30 abril, 2013

ANGOLA CHEGOU E VENCEU! GOVERNOS ABREM AS PORTAS.


MINISTÉRIO AFASTADO, MAS
ANGOLA É APROXIMADA? 
"Diz-me com quem andas e dir-te-ei quem és."
As elites portuguesas estreitam laços com Angola, o país dos milionários feitos com sangue e suor do povo.
Eis que nos vemos a ser vendidos e submetidos a países como Angola. Um, modelo económico e social, exemplar.
Paulo Morais, expõe a forma como Portugal, aproxima a nossa economia e sociedade, dos princípios Angolanos. Os pobres cada vez mais miseráveis os ricos cada vez mais ricos, o estado social, uma miragem. Serão estes os sonhos em breve realizados, das nossas elites? Actualmente os sinais estão bem visíveis, o sonho deles torna-se realidade, tomaram para seu deleite, o domínio de Portugal, para fazer dele o seu paraíso e o inferno do povo.
Se não acredita leia o artigo e perceba as semelhanças... perceba o estranho, tente perceber o porquê?

"O poder oligárquico angolano inva­diu a vida económica, social e até política de Portugal.
É dom­i­nante a pre­sença angolana nas maiores empre­sas por­tugue­sas. São inúmeras as suas par­tic­i­pações, que vão das tele­co­mu­ni­cações através da Zon, aos petróleos, onde mar­cam posição pre­dom­i­nante na Galp; pas­sando pela banca, através do Mil­len­nium ou do BIC, e estendendo-se a muitos out­ros sec­tores. Angola dom­ina hoje, directa ou indi­rec­ta­mente, uma parte sig­ni­fica­tiva do cap­i­tal bol­sista por­tuguês.
O din­heiro prove­niente das riquezas nat­u­rais angolanas jorra a rodos nos gru­pos económi­cos por­tugue­ses. Mas o bene­fí­cio para a econo­mia lusa é prati­ca­mente nulo.
Os angolanos não investem em nada de pro­du­tivo, não criam riqueza agrí­cola ou indus­trial. Limitam-se a com­prar par­tic­i­pações de cap­i­tal aos seus ami­gos por­tugue­ses que assim enrique­cem, vendendo uma parte do tecido económico por­tuguês. Mas não há qual­quer acréscimo de riqueza real, aumento de activi­dade económica ou cresci­mento do emprego, por via da pre­sença angolana.

Para além do mais, o for­t­alec­i­mento das relações económi­cas com Angola estim­ula a cor­rupção, pois esta contamina-se. Angola tem os piores indi­cadores de cor­rupção do mundo lusó­fono. Ocupa uma das mais baixas posições mundi­ais no rank­ing de transparên­cia da Trans­parency Inter­na­tional.
Uma pre­sença per­ma­nente de angolanos em sec­tores chave da econo­mia por­tuguesa virá aju­dar a pio­rar a já de si débil e deca­dente situ­ação de Por­tu­gal, um humil­hante, em ter­mos europeus, 33.º lugar. Não serão segu­ra­mente os angolanos e os seus negó­cios que aju­darão Por­tu­gal a recu­perar os níveis dese­jáveis de transparência.

Tam­bém no plano social, a pre­sença angolana é descome­dida. Nas lojas mais caras de Lis­boa, os mil­hões jor­ram. Os con­sum­i­dores de luxo são a oli­gar­quia con­sti­tuída pelas famílias dos grandes gru­pos económi­cos por­tugue­ses, os fute­bolis­tas e os mil­ionários angolanos.
Em Por­tu­gal, em tempo de crise, os por­tugue­ses mais pobres estão na mis­éria, a classe média exper­i­menta as provações do desem­prego, das dívi­das famil­iares e da ausên­cia de futuro.
Em Angola, o desen­volvi­mento não chega, a assistên­cia na saúde é uma miragem, falta edu­cação, o povo vive na mis­éria.
Entre­tanto, as elites angolanas com­pram os aparta­men­tos mais caros de Lis­boa e Cas­cais, gas­tam mil­hões em automóveis topo de gama e fre­quen­tam os mais caros restau­rantes da cap­i­tal portuguesa.

Final­mente, por via deste pre­domínio económico e influên­cia social, o domínio dos gov­er­nantes angolanos sobre o poder político por­tuguês é cres­cente. Há uma cor­rida de políti­cos por­tugue­ses que se deslo­cam a Luanda a prestar vas­salagem ao poder vigente. A influên­cia angolana é galopante e chega a todo o apar­elho da Admin­is­tração por­tuguesa.
Observam-se hoje situ­ações inimag­ináveis, como a do dep­utado Mota Pinto, que coor­dena a fis­cal­iza­ção dos serviços secre­tos por­tugue­ses e é, em simultâ­neo, admin­istrador da ZON, de Isabel dos San­tos. Jamais se imag­i­naria que um empre­gado de Isabel dos San­tos pudesse fis­calizar as sec­re­tas portuguesas.

As nos­sas autori­dades estão numa dependên­cia tal do gov­erno de Eduardo dos San­tos, que o min­istro dos estrangeiros, Paulo Por­tas , teve de vir des­cul­par pelo facto de a justiça por­tuguesa andar a inves­ti­gar alguns poderosos cidadãos angolanos. Uma ati­tude indigna dum min­istro de um gov­erno oci­den­tal. Com pos­turas destas, o gov­erno por­tuguês transformou-se num dos prin­ci­pais instru­men­tos das oli­gar­quias cor­rup­tas de Angola na Europa e torna-se cúm­plice da mis­éria a que o gov­erno de Eduardo dos San­tos con­de­nou os seus con­ci­dadãos, nos­sos irmãos angolanos.
Este artigo foi orig­i­nal­mente pub­li­cado na edição de 30 de março de 2013 do jor­nal angolano Folha 8

"Mortalidade infantil sobe. Há mais bebés a morrer em Portugal. Depois de mais de uma década de decréscimo, a taxa de mortalidade infantil aumentou." CM
Mais sinas de retrocesso de Portugal.

Conseguem vislumbrar o futuro? 
"Em Angola, segundo dados do instituto nacional de estatística, apenas 42% da população usa água para beber de fonte apropriada e somente 31,7% possui instalações sanitárias apropriadas." fonte
"Um inquérito realizado em 2008 pelo Instituto Nacional de Estatística indica que 37% da população angolana vive abaixo da linha de pobreza, especialmente no meio rural (o índice de pobreza é de 58,3%, enquanto o do meio urbano é de apenas 19%)[21] [nota 28]. Nas cidades grande parte das famílias, além dos classificados como pobres, está remetida para estratégias de sobrevivência[49]. Nas área urbanas, também as desigualdades sociais são mais evidentes, especialmente em Luanda[50]."

"Em 2005, a expectativa de vida foi estimada em apenas 38.43 anos, uma das mais baixas do mundo. A mortalidade infantil em 2005 foi estimada em 187.49 por 1000 nascidos vivos, as mais altas do mundo. A incidência de tuberculose em 1999 foi 271 por 100000 pessoas. Taxas de imunização de crianças de um ano de idade em 1999 foram estimadas em 22% de tétano, difteria e tosse convulsa e 46% para sarampo. Desnutrição afetado cerca de 53% das crianças abaixo de cinco anos de idade a partir de 1999. Desde 1975 e 1992, houve 300 mil mortes relacionadas com a guerra civil. A taxa global de morte foi estimada em 24 por 1000 em 2002. A prevalência de HIV/AIDS foi 3.90 por 100 adultos em 2003. A partir de 2004, havia aproximadamente 240000 pessoas que vivem com HIV/AIDS no país. Houve uma morte 21000 estimado de AIDS em 2003. Em 2000, 38% da população tiveram acesso à água potável e 44% tinham saneamento adequado[53]."

"Apesar dos recursos alocados para a educação terem crescido em 2004, o sistema educacional da Angola continua a receber recursos muito abaixo do necessário[55]. A taxa de alfabetização é muito baixa, com 67,4% da população acima dos 15 anos que sabem ler e escrever português."

«Ausência de saneamento básico contribui para o aumento do Paludismo» 
"Diarreia é a terceira causa de mortalidade infantil em Angola." 
"Por exemplo, a esperança de vida à nascença em Angola (51,5 anos) é das mais baixas em todo o mundo"
- Camas de hospital, per capita no mundo. Angola entre os piores.  
Índice de Desenvolvimento Humano.

Relvas, Angola e o BPN

29 abril, 2013

CAMARATE - ATENTADO RECONHECIDO MAS ADIADO ATÉ À IMPUNIDADE.



NESTE VIDEO, UM DEPUTADO RECONHECE CAMARATE COMO ATENTADO, MAS SEM ALARMISMO, JÁ PRESCREVEU, ESTÃO TODOS SALVOS! 
Farinha Simões, (da CIA), colocou em video no youtube a confissão, onde relata em detalhe, como e quem organizou o atentado. 
O atentado, onde faleceu Sá Carneiro, Adelino Amaro da Costa e a restante comitiva, é reconhecido como tal, mas os assassinos ficarão impunes. No entanto, nesta entrevista ao deputado José Ribeiro e Castro, percebemos que o descaramento da justiça e a impunidade dos donos de Portugal, continua no auge.
Já passaram muitos anos, mas o tempo não pode apagar determinadas coisas, não temos o  direito de o permitir. A Justiça, os valores morais e a história não se apagam, ensinam-nos alguma coisa. O que fica, a pesar, deste crime hediondo... é que os criminosos que arruínam e arruinaram Portugal, não só permanecem ilesos e impunes, como conseguem manter-se na ribalta. Com bons cargos, com poder, com tachos de responsabilidade, com  vidas regaladas e de luxo.
E esta situação prevalece, ainda hoje e desde há 3 décadas, por isso não venham dizer que Camarate foi há 30 anos, porque Camarate continua a destruir Portugal tidos os dias. A impunidade, a corrupção e a injustiça, que marcam o caso de Camarate, não foi algo do passado, é algo bem presente .. e é isto que não percebemos.

Até ao minuto 3 descreve porque é que houve tantas comissões, e explica que os processos eram sempre interrompidos com a dissolução da AR ou outros acontecimentos. Enfim, um descaso, muito conveniente. 
deputado afirma, que já em 1991, na 4ª comissão de inquérito, o Parlamento declarou, várias vezes, que tinha sido um atentado. Foi confirmado pelo Parlamento mas não pela justiça.
A justiça não agiu bem. Não investigou e o crime já prescreveu, claro. E apenas prosseguiu a investigação, porque as famílias das vitimas insistiram e assumiram as responsabilidades que eram do estado, e apresentaram a acusação. Caso contrário o processo teria terminado, sem nenhuma conclusão logo em 1995. A actuação da MP, da PJ, da Direcção geral da aeronáutica civil, são muito criticáveis.

Já no minuto 11 afirma que a agenda parlamentar tem andado muito ocupada, o que não permite dar atenção a estes casos.
@- Consulte aqui o video da confissão de Farinha Simões e os documentos.  Onde nomeia nomes sonantes da elite portuguesa, e não só. (resumo aqui alguns trechos do video, da confissão, da responsabilidade do confessor e segundo ele)
  1. Mário Soares, (o preferido dos traficantes de armas) 
  2. Francisco Pinto Balsemão ( Do clube Bildberg e maçonaria, o que sabia do atentado desde o inicio) 
  3. General Diogo Neto, Coronel Vinhas, Frank Carlluci, etc (os que tramaram tudo) 
  4. PS (referido, pelos americanos, como o partido amigo dos americanos) 
  5. Banco BIC de Angola, e o envolvimento do pai (José Pedro Castro)e do filho, director adjunto do BIC (Bruno Castro),  no tráfico de armas. 
  6. O segurança pessoal de Sá Carneiro, também envolvido.
  7. Contém ainda a revelação de todos os envolvidos no atentado e no tráfico de armas.
  8. General Costa Gomes e Rosa Coutinho lideravam o tráfico para Angola
  9. Major Otelo Saraiva de Carvalho cuidava do negócio com Moçambique.
  10. Dinis Almeida, Coronel Corvacho, Varela Gomes e Carlos Fabião, outros nomes dos que enriqueceram com o negócio.
  11. Foi encontrada a mala dele com a investigação e os nomes, foi dada à PJ, mas desapareceu.
  12. Etc...Etc... só visto porque contado ninguém acredita. 
PRIMEIRO - Segundo este relatório, parece que escolheram um dos piores aviões que havia em Portugal para transportar 2 figuras de estado da maior importância?
SEGUNDO - Também o piloto, foi escolhido entre os piores, para se responsabilizar e transportar essas mesmas pessoas, tão importantes? Os responsáveis pela segurança do PM e do avião eram assassinos?
OS 2 PILOTOS ERAM KAMIKAZE? PORQUE CONHECENDO-SE ALGUNS FACTOS DE AERONÁUTICA, TODO O PILOTO E CO-PILOTO ANTES DE DECIDIR PEGAR NUM AVIÃO, TEM DE VER O RELATÓRIO DE PROBLEMAS DO AVIÃO (caderneta dos mecânicos, precisamente aquela que afirma que o avião estava com muitos problemas).
SE ELES ACEITARAM PEGAR NO AVIÃO NÃO TEM LÓGICA O RELATÓRIO PRETENDER MOSTRAR QUE O AVIÃO ESTAVA CONDENADO A CAIR, POIS A SER VERDADE OS PILOTOS SERIAM OS ÚLTIMOS A ACEITAR PILOTA-LO e os primeiros a perceber o perigo.
ALIÁS OS PRÓPRIOS AEROPORTOS TÊM PADRÕES DE SEGURANÇA, QUE EXIGEM QUE ESTEJAM ASSEGURADOS, ANTES QUE UM AVIÃO POSSA DESCOLAR. 
TERCEIRO - O co-piloto também era péssimo? Coincidências a mais, problemas a mais, incompetência a mais, avarias a mais e negligencia a mais, é o que se denota nesta sua explicação...
QUARTO - O advogado Sá Fernandes corrobora que Portugal era nessa altura um paraíso de traficantes de armas.
Já passaram muitos anos, mas o tempo não pode apagar determinadas coisas. A Justiça, os valores morais e a história. O que fica, deste crime hediondo... é que os criminosos que arruínam e arruinaram Portugal, não só permanecem ilesos e impunes, como conseguem manter-se na ribalta. Com bons cargos, com poder, com tachos de responsabilidade, com  vidas regaladas e de luxo. Esta situação prevalece há 3 décadas, por isso não venham dizer que Camarate foi há 30 anos, porque Camarate continua a destruir Portugal tidos os dias. A impunidade a corrupção e a injustiça, não foram há 30 anos... e é isto que não percebemos.

Um artigo muito interessante e sarcástico, sobre a nova comissão de inquérito. 

28 abril, 2013

A GERAÇÃO DOS ESPOLIADOS. PAULO MORAIS DEFINE ASSIM, OS PORTUGUESES.

ps corrupto pedofilia

"Nas manifestações, em Lisboa, no Porto, e um pouco por todo o país, estava representada uma maioria
sofredora, todo um povo que se sente num beco sem saída.
Um beco em que Cavaco, Guterres, Barroso e Sócrates nos encurralaram. Passos Coelho prometeu que nos iria resgatar deste atoleiro, mas apenas tem mantido o status quo, tornando-se assim co-responsável por uma das piores fases da vida da história do país.
Esta é a geração mais espoliada nos seus rendimentos, que são transferidos pelo sistema político para os cofres dos verdadeiros donos do regime, bancos, construtores e promotores imobiliários. A política abastardou-se e transformou o orçamento de estado no instrumento que drena os recursos dos pobres para o bolso dos poderosos.
Nas manifestações de sábado marcou presença todo o tipo de portugueses, desesperados, revoltados ou deprimidos, injustiçados, letrados e analfabetos, velhos e novos.
Encontrei mães aflitas que já não têm comida para dar aos filhos, professores indignados porque os seus alunos chegam à escola sem pequeno-almoço, reformados deprimidos porque não têm dinheiro para passear, por via da redução das pensões, a par do aumento do preço dos transportes.
Também lá estava a classe média, informada e culta, pois sente que a redução do seu poder de compra é em vão. Sabe que abdica de férias, passeios e almoços apenas para manter negócios criminosos como o das parcerias público-privadas.

Estavam jovens sem futuro, idosos sem presente. Pais e avós amargurados. Marcaram presença emigrantes, desde os que saíram para escapar à fome e à miséria, até jovens qualificados que tiveram de deixar o país porque não têm cá qualquer possibilidade de sucesso. Fartos de incompetência, rumaram a paragens onde a sua carreira depende do currículo e não do padrinho ou da filiação partidária.
Marginalizados da manifestação – os verdadeiros marginais no sábado – foram os partidos, a classe política, os sindicatos e todas as outras estruturas orgânicas do regime. Não havia caciques, todos eram pares. Sentia-se no ar o espírito de Grândola, "em cada esquina um amigo, em cada rosto igualdade". fonte

27 abril, 2013

A prova que a Maçonaria controla os Partidos e os cargos.




Um video com algumas revelações surpreendentes, sobre a Maçonaria, uma realidade que muitos portugueses continuam a fingir que não existe, e a subestimar a sua influencia no estado do país.
Henrique Neto - "Apercebi-me, quando estava no PS, e estava na AR, por exemplo em inquéritos parlamentares, havia mudanças de opinião abruptas, uma pessoa estava a defender uma coisa e de repente começava a defender outra. Ás vezes defendia que fulano era incompetente e de repente era esse o escolhido, o eleito para o cargo. E isso era frequente com pessoas que eu sabia serem membros da Maçonaria. A Maçonaria decidia quem ocupava os lugares na economia etc, esta prática é conhecida como a solidariedade entre irmãos maçónicos. Havia pessoas que não faziam nada sem consultar a maçonaria."
Medina Carreira surpreende. Não adianta falar da Maçonaria. Porque a Maçonaria é a base de tudo, e enquanto o povo não se convencer que existe essa gente que tem que ser extirpada, nada adianta, porque por muito que os critiquem, eles riem-se de nós.

"Mais de 80 maçons em cargos influentes
Miguel Relvas, um dos ministros mais influentes, Carlos Zorrinho, líder da bancada do PS, autarcas como Moita Flores ou Isaltino Morais, ex-ministros como Rui Pereira, ex-presidentes da AR como Almeida Santos, empresários como Jorge Coelho, deputados e muitas personalidades da sociedade fazem parte desta organização semi-secreta." fonte

"Igreja- O património secreto da Opus Dei
Uma escola superior, um hotel, uma financeira, uma escola de futebol, e dezenas de outros imóveis, são algumas das estruturas controladas pelos mais de 1500 membros da Opus Dei. Um património muito vasto e diversificado, avaliado em mais de 50 milhões de euros, revela esta segunda-feira o Diário de Notícias (DN).O DN publica hoje mais dados sobre a Opus Dei, nomeadamente em relação ao seu património que abarca colégios, prédios, um hotel, terrenos, uma escola de futebol, palacetes de associações e cooperativas, uma escola superior e até uma sociedade de capital de risco, entre outros.
De salientar porém que no registo comercial, a organização só é proprietária de três jazigos, sendo essas diversas estruturas propriedade da Fundação Maria Antónia Barreiro, como confirmaram administradores da Opus Dei ao jornal.
Assim sendo, e avaliando todas estas estruturas, o valor do património da Opus Dei, mas declarado às Finanças pela fundação, ultrapassa os 50 milhões de euros. O DN sublinha aliás que a organização já foi alvo de acusações públicas por tentativa de ocultação de riqueza.

Mas o presidente da Opus Dei em Portugal, José Rafael Espírito Santo, garante que “ninguém nega” a ligação a essas estruturas, justificando tratar-se de “uma questão de princípio, não de estratégia” porque quem gere esse património, disperso pelo País, são membros da Opus Dei o que, portanto, “significa uma aposta na responsabilidade dos leigos”.
Dados do Governo indicam que, acrescenta o DN, o património da Fundação Maria Antónia Barreiro está avaliado em 41,85 milhões de euros, quase mais 1200% desde que há instituição foi criada há 27 anos.
A juntar a este já vasto património, em breve, a Opus Dei vai “construir uma residência nova na Alameda da universidade em Lisboa (…) que será denominada Colégio Universitário dos Álamos”, e cujo terreno custou dois milhões de euros." FONTE

Maçonaria, tal como a politica em Portugal, serve para desviar para os ricos, os bens e dinheiro, destinado para ajudar os pobres.
Eles chamam-lhe solidariedade entre irmãos. Nós povo desperto, chamamos-lhe ladrões. Mas é pela ignorância de todos nós, que insistimos em ignorar esta máfia secreta, que eles prosseguem intocáveis, poderosos e ricos.

  1. Um irmão muito secreto e correcto.
  2. Um polvo em expansão, sem vergonha nem travão.
  3. Património da Maçonaria ultrapassa os 30 milhões.
  4. Maçons protegidos com dinheiro público?
  5. Lusófona e maçonaria.
  6. Lusófona e mais um caso
  7. Maçon decorador com dinheiro público
Mais sobre a Maçonaria, no Diário de noticias

26 abril, 2013

Parcerias público-privadas “foram um desastre”, diz Ferreira do Amaral




Ferreira do Amaral confessa que as PPP foram um desastre, mas difícil de prever, já que as populações estavam satisfeitas? (Artigo em baixo)
O descaramento destes senhores é realmente impressionante e já cansa. 
A lata com que fazem dos portugueses parvos é desgastante.
A falta de vergonha destes parasitas megalómanos, dá náuseas.
O desplante com que enganam e rapinam, envergonha o mais desonesto larápio de Portugal.
Será normal estes soberbos e arrogantes rapinadores de impostos, terem a coragem de dizer que as populações estavam satisfeitas com as PPP?
Já cansa, vê-los a fingir, que nós, povo, ainda não sabemos de nada...
Já cansa vê-los fingirem que se preocupam com as populações ou com o país.
Por acaso alguém informou as populações, do que eram as PPP? 
As populações foram consultadas sobre as PPP? 
As populações sabiam que estavam a ser pagas rendas parasitas e criminosas, com os impostos, para sustentar milionários das PPP? 
As populações sabiam  quanto lhes custou, custa e custará as PPP? 
Se as populações soubessem os contornos dos contratos das PPP, jamais os teriam assinando. Nem o mais burro merceeiro, aceitaria as condições negociadas, em contratos que lesam descaradamente, uma das partes - O ESTADO, o merceeiro mais burro.
Será que estes senhores, cegos de ganancia, ainda não sabem, que nós já sabemos, que as PPP não serviam para ajudar o estado, mas sim para ajudar os amigos privados, dos governos? Pois alegando que o estado não tinha dinheiro para as construir sozinho, pediam ajuda aos privados, que graças a uma contribuição menor , ficavam com a exploração e outros benefícios do negócio. Como se explica no video em cima.
E tal como afirma, Caiado Guerreiro, neste outro video, " as PPP ou foram negociadas por alguém deficiente ou criminoso." fonte
Ferreira do Amaral não gosta das PPP, acha que são uma “uma tentação irresistível” e “mau para o Estado” e defendeu uma “iniciativa legislativa para impedir este tipo de saída”, no entanto lá está ele, presidente do conselho de administração da Lusoponte, a provar que é uma tentação irresistível má para o estado, portanto boa para ele. Onde o consenso entre estado e lusoponte tem sido sempre possível. Já sabemos que sim. O estado aceita tudo. É um sócio maravilhoso, sem patrão que o defenda.

Extractos do artigo com as afirmações de Ferreira do Amaral
"Parcerias público-privadas “foram um desastre”, diz Ferreira do Amaral - 10/04/2013
Presidente do conselho de administração da Lusoponte disse que era difícil criticar as PPP quando populações e autarcas se mostravam satisfeitos com projectos que eram impossíveis com investimento directo do Estado. O presidente do conselho de administração da Lusoponte, Joaquim Ferreira do Amaral, considerou que as parcerias público-privadas (PPP) “foram um desastre”, ao darem a ideia falsa de que “tudo era possível, porque não faltava dinheiro”.
As declarações foram feitas nesta quarta-feira, na comissão parlamentar de inquérito às PPP. “O maior problema é que, no auge das PPP, era difícil falar mal das PPP. Deus me livre de falar contra as PPP”, afirmou, lembrando a satisfação das populações e dos autarcas com o avanço de projectos que eram impossíveis com investimento directo do Estado.

Já em Janeiro, quando foi ouvido na comissão de inquérito na condição de ex-ministro das Obras Públicas, Ferreira do Amaral se havia afirmado “um crítico muito grande” das PPP, defendendo uma “iniciativa legislativa para impedir este tipo de saída”. O antigo governante referiu então que, quando saiu do Governo, em 1995, não havia nenhuma PPP, considerando que este modelo de negócio é “uma tentação irresistível” e “mau para o Estado”. Na altura, afirmou também que não considerava a Lusoponte uma parceria público-privada.(...)
Ainda assim, Ferreira do Amaral considerou que a relação entre o Estado e a empresa concessionária das pontes sobre o Tejo “tem corrido bem”, acrescentando que “tem sido sempre possível chegar a consenso objectivo”. Artigo completo na FONTE

Mais alguns vídeos sobre as PPP que não são PPP
  1. 50 mil milhões para as PPP
  2. PS e os jogos da lei
  3. A renegociação das PPP
  4. Paulo Campos e a lei
  5. Tribunal reconhece prejuízo do estado
Afirmar que as populações estavam satisfeitas com as PPP, é um verdadeiro insulto. É o mesmo que apreciar a satisfação de alguém, quando se lhe oferece uma casa ou um carro, sem lhe dizer que vai ser roubado com a oferta. Brincam com gente séria...

Obras públicas prejuízos privados.
Quando um político português reclama obras públicas está-se mesmo a ver o que lhe vai na alma: a choruda comissão que vai receber do empreiteiro amigo a quem vai ser adjudicada a feitura daquelas obras por meio de um fraudulento concurso que de público só o foi de nome, realizadas durante de uma complexa e demorada empreitada com um orçamento flutuante e de duração incerta e que, no final, vai apresentar inúmeras derrapagens financeiras, muitos defeitos e com onerosos encargos perpétuos para os contribuintes.

25 abril, 2013

RESGATE DECIDIDO POR BANQUEIROS, EMPRESÁRIOS E POLÍTICOS?


É indispensável ler o artigo que se segue.. para que fique claro quem pressionou o pedido de milhões, para resgatar Portugal... ou terá sido para resgatar a banca? 
O governo, nas informações que foi cedendo à imprensa, deixa perceber que o resgate de Portugal foi decidido por aqueles que realmente estão a beneficiar com ele. Portugal está a ser comandado por um grupo de poderosos gananciosos dispostos a tudo para salvaguardar as suas empresas e o seu património pessoal, nem que para isso conduzam 10 milhões de portugueses para a escravidão dos juros, do desemprego, miséria e perda de dignidade? E ainda tem a lata de afirmar que: "Este é o momento para todos assumirmos as nossas responsabilidades"??? Tentando convencer os portugueses que eles são também responsáveis pela sua desonestidade, o ingrato teve coragem de roubar o povo e ainda tem coragem de agora o acusar do roubo?? Os contribuintes é que vão pagar as contas das rendas que ele andou a dar a empresas amigas, e os favores que ele fez a empresas amigas e ainda tem a lata de continuar a trata-los como idiotas?

"O Governo decidiu dirigir à Comissão Europeia um pedido de financiamento", disse José Sócrates esta noite, na declaração ao país. "Este é o momento para todos assumirmos as nossas responsabilidades", disse, garantindo que a decisão foi tomada de acordo com "o interesse nacional".
"A rejeição do PEC proposto pelo Governo com o apoio e voto de confiança da Europa foi o sinal mais errado para os mercados financeiros", acrescentou o primeiro-ministro. Esta terá sido a gota de água na decisão do Governo, depois de muitas recusas de um pedido de ajuda externa, que parecia inevitável aos olhos de empresários, banqueiros e políticos nacionais que, nos últimos dias, manifestaram apelos ao Governo neste sentido. (...)
Nos últimos dias, os banqueiros apelaram à necessidade de um pedido de ajuda externa imediato. Os presidentes dos principais bancos portugueses apelaram ao Executivo de José Socrates para que pedisse ajuda externa, na sequência dos cortes da banca portuguesa a empréstimos ao Governo. fonte 
(A fonte foi apagada entretanto, mas a reacção da banca prova que existiu esta teoria do Sócrates, que deve ter sido apagada, por ter sido desmentida pela banca) 

“José Sócrates só actuou quando os banqueiros saíram à cena”
Foi um comportamento irresponsável?
Absolutamente, digo-o com todo o vigor. Até às eleições de 2009 o défice era de 5,9% acabou em 9,4%, para além das correcções que agora se tornaram necessárias. Uma das grandes técnicas do Governo Sócrates/Teixeira dos Santos (convém não separar as duas personagens) foram as desorçamentações irresponsáveis que tiveram consequências desastrosas para a economia.

"Os banqueiros rejeitam a ideia de que tenha sido a banca a empurrar o Governo para um pedido de ajuda a Bruxelas. O presidente do BPI, Fernando Ulrich, acusa o Executivo de mentir. Os banqueiros rejeitam a ideia de que tenha sido a banca a empurrar o Governo para um pedido de ajuda a Bruxelas. O presidente do BPI, Fernando Ulrich, acusa o Executivo de mentir.
Recorde-se que, na sequência de uma reunião no Banco de Portugal, os principais bancos portugueses decidiram, no dia 4 (segunda-feira à noite), não dar nem mais um cêntimo ao Estado, não regressando aos leilões nos próximos meses, para comprar dívida pública. RR

Garcia Pereira explica, para onde foi o resgate.
O estado português é a muleta da banca? Os milhões que salvam a banca.
Torna-se cómico de tão triste... Sócrates afirma que o pedido de financiamento foi o momento de assumir as "nossas responsabilidades". Claro que todos sabemos quem foram os responsáveis que deveriam ser chamados à responsabilidade, e Sócrates também sabe quem são:
-Os governos que nos têm gerido incompetentemente e criminosamente,
-Os banqueiros
-Os empresários
-E toda a restante pandilha que levaram Portugal à falência, usando o país como instrumento privado de enriquecimento de bancos, empresas de construção, políticos e amigos, empresas privadas de diversos ramos, donos de fundações, institutos e observatórios, e outros  interesses instalados, que insistem e persistem, em servir-se do dinheiro público, há décadas.
  1. Paulo Morais expõe as maiores mentiras dos políticos
  2. Paulo Morais aponta alguns dos responsáveis.
  3. Paulo Morais convida os responsáveis a ter vergonha
  4. Quais os interesses dos que negoceiam com a troika?
  5. Canibalização do povo, pela dívida.
  6. Explicando porque ninguém os detém.
  7. Onde estão estes 43 mil milhões que salvariam Portugal?
  8. Todos sabemos quem viveu acima das suas possibilidades. 


Segundo este video. Os resgates são um saque para salvar a banca e as grandes empresas, e não os países.
A Alemanha pede emprestado a juros negativos, ou seja ganha dinheiro por pedir empréstimos?

Diário dos dias, nos bastidores políticos, que antecederam o resgate de Portugal.
O artigo é longo, descrevendo os vários momentos da pressão, vivida pelo governo, durante a tomada de decisão do resgate, mas deixo aqui apenas alguns extractos.
"Portugal esteve à beira do ataque de nervos nas horas que antecederam o pedido da ajuda externa. Sócrates, cada vez mais só e sob pressão, pediu a Cavaco que convencesse os banqueiros a comprar dívida, Carlos Costa mandava cartas secretas, Teixeira dos Santos agia por conta própria. (...)
Um dia, quando os documentos confidenciais ficarem acessíveis, saber-se-á com rigor por que razão o país foi forçado, pela terceira vez na sua história democrática, a procurar ajuda externa. Para já, é possível recuar um pouco no tempo e reconstituir o quadro de incerteza e dramatismo que se vivia. (...)
Nos corredores de São Bento, viviam-se horas de fim de festa. O primeiro-ministro estava condenado a enfrentar a assistência externa. Conta quem ouviu: “Sentia-se encurralado, vítima da acção dos banqueiros, do BdP e de Teixeira dos Santos.” fonte

Para os que conhecem o memorando da Troika assinado por Sócrates, a verdade é uma apenas e chocante a mentira.





24 abril, 2013

OS MITOS E AS MENTIRAS POLITICAS SOBRE O “ESTADO SOCIAL”


-"Financiamento só chega até Maio, diz Teixeira dos Santos" 12 ABR 11
-"Ministro das Finanças diz que pode faltar dinheiro para pagar as reformas" 10/01/2006
-"Campos e Cunha: Teixeira dos Santos ou mentiu ou foi incompetente" 03.11.2010

Segundo o artigo que se segue, o resgate foi baseado em mentiras. 
A acrescentar ás supracitadas mentiras, no passado, do PS somam-se as actuais do PSD, que escutamos todos os dias.

EXTRACTOS DO ARTIGO DO ECONOMISTA EUGÉNIO ROSA 
Mitos e Mentiras ( PS & PSD? )
 (1) Sem o empréstimo da "troika" não haveria dinheiro para pagar salários e pensões; 
(2) A despesa do Estado em Portugal é muito superior à de outros países da UE; 
(3) As despesas do Estado em Portugal com a saúde, educação e a segurança social são insustentáveis. 
Por isso interessa já desmontar de uma forma clara e objetiva essas mentiras, e para isso utilizaremos os próprios dados oficiais. 

1 - Comecemos pela 1ª mentira da direita sobre o empréstimo da "troika" para pagar pensões e salários. Segundo o Ministério das Finanças, em 2011, as receitas dos impostos e contribuições foram superiores à soma das despesas com Pessoal das Administrações Públicas mais despesas com pensões e outras prestações (inclui saúde), em +4.229,6 milhões €; em 2012 esse excedente subiu para +4.454,1 milhões €. E não consideramos todas das Administrações Públicas. Ainda existem "Outras receitas" que, em 2012, foram mais 9.606,2 milhões €. Afirmar, como fazem muitos comentadores, que o Estado foi obrigado a pedir o empréstimo à "troika" porque não tinha dinheiro para pagar salários e pensões é ou ignorância ou a intenção de mentir descaradamente para enganar a opinião pública, pois os impostos e contribuições pagas todos os anos pelos portugueses são mais que suficientes para pagar aquelas despesas.
Qual seria então o interesse em mentir? (Portugal paga uma taxa de juro média de 3,4%, quando custa aos credores uma taxa média de 1,4%, e à Alemanha apenas 0,5%; é a solidariedade!) 

2 - Outra mentira é que a despesa do Estado em Portugal é superior à de outros países, e por isso tem de ser significativamente reduzida. Segundo o Eurostat, em 2011, a despesa total das Administrações Públicas em Portugal representou 49,4% do PIB português, quando a média na UE situava-se entre os 49,1% e 49,5%, portanto um valor praticamente igual. E em 2012, segundo o Relatório do OE-2013 do Ministério das Finanças, a despesa de todas as Administrações Públicas (Central, Local e Regional) em Portugal reduziu-se para apenas 45,6%. E neste valor estão incluídos os juros da divida que atingiram 7.038,9 milhões € em 2012. Se o deduzirmos desce para apenas 41,4%. Afirmar ou insinuar, como muitos fazem, que a despesa pública em Portugal é excessiva é ou ignorância ou a intenção de enganar a opinião pública. 

3 - Em relação à afirmação de que as despesas do Estado com as funções sociais em Portugal são excessivas e insustentáveis e por isso é necessário reduzir a despesa significativamente, interessa dizer que, segundo o Eurostat, em 2011, a despesa pública com a saúde em Portugal correspondeu apenas 6,8% do PIB quando a média na União Europeia variava entre 7,3% e 7,4%. Em euros por habitante, em 2011, em Portugal o gasto público com a saúde foi apenas de 1.097€, quando a média nos países da UE variava entre 1.843€ (+68% do que em Portugal) e 2.094€ (+91).
O mesmo se verifica em relação à proteção social, que inclui as pensões. Segundo o Eurostat, em 2011, a despesa pública com a proteção social em Portugal correspondia apenas a 18,1% do PIB quando a média na União Europeia variava entre 19,6% e 20,2% do PIB. Em euros por habitante, a diferença era ainda muito maior, Em Portugal o gasto público com a proteção social por habitante era apenas de 2.910€, quando a média nos países da União Europeia variava entre 4.932€ (+69% do que em Portugal) e 5.716€ (+96%). E nos países desenvolvidos a despesa por habitante era muito superior (Bélgica:+126%; Dinamarca:+274%; Alemanha:+114%). Mesmo se consideramos a totalidade da despesa com a saúde, educação e segurança social, em 2011 ela representava em Portugal 63,4% da despesa total do Estado quando a média na UE era de 65,7% .
Fazer cortes significativos na despesa com as funções sociais do Estado com a justificação de que essas despesas em Portugal são excessivas e superiores às dos outros países da UE é ou ignorância ou uma mentira para enganar a opinião pública. 

O que é insustentável e inaceitável é uma politica recessiva aplicada em Portugal em plena recessão económica, que está a causar uma quebra acentuada nas receitas do Estado e nas contribuições da Segurança Social, o que põe em perigo não só a sustentabilidade das funções sociais do Estado mas a do próprio Estado. Mais cortes na despesa pública só agravam a situação. Como dizia Keynes, só os imbecis é que não entendem isso.
A mentira e a ignorância estão cada vez mais presentes nos ataques às funções sociais do Estado pelos comentadores com acesso privilegiado aos media. É mais um exemplo concreto do pensamento único sem contraditório atualmente dominante nos grandes órgãos de comunicação social. Quem oiça esses comentadores habituais que muitas vezes revelam que não estudaram minimamente aquilo de que falam, poderá ficar com a ideia de que Portugal é um país diferente dos outros países da União Europeia onde o "Estado Social" é insustentável e está próximo da falência por ter garantido aos portugueses uma saúde, uma educação e uma proteção, que inclui o sistema de pensões, mais "generosos" do que a dos outros países e que, por isso, é insustentável.

SERÁ VERDADE QUE PORTUGAL FOI OBRIGADO A PEDIR O EMPRÉSTIMO À "TROIKA" PORQUE NÃO TINHA DINHEIRO PARA PAGAR SALÁRIOS E PENSÕES? 
Quadro 1- Receitas dos impostos e das contribuições, e despesas com pessoal de todas as Administrações Públicas e com prestações sociais (inclui a saúde)
RUBRICAS
2011
Milhões €

2012
Milhões €

2013
Milhões €
Receitas Fiscais (impostos)40.352,338.583,841.476,5
Contribuições sociais (Segurança Social e CGA)20.926,919.383,620.114,5
TOTAL (da Receita)61.279,257.967,461.591,0
Despesas com Pessoal19.425,716.661,417.285,9
Prestações sociais (inclui SS, CGA, e saúde)37.623,936.851,937.628,9
TOTAL (da despesa)57.049,653.513,354.914,8
SALDO (Excedente)+ 4.229,6+ 4.454,1+ 6.676,2
Fonte: Relatório do Orçamento do Estado para 2013, pág. 90, Ministério das Finanças

23 abril, 2013

DEPUTADOS DIVINOS - acima da lei e da crise, lutam contra a igualdade.


deputados falta direitos regaliasComo os deputados justificam faltas por doença.
Sim, são os mesmos que legislaram sobre a suspensão do vencimento nos 3 primeiros dias de um atestado médico!
Para bom entendedor, basta ler o ponto 7...
Os deputados são pessoas de confiança, basta a palavra deles para justificar uma falta, já os portugueses, comuns, não são de confiar. 

"Aprova o Regime de Presenças e Faltas ao Plenário
Resolução da Assembleia da República n.º 21/2009, de 26 de Março
A Assembleia da República resolve, nos termos do n.º 5 do artigo 166.º da Constituição, o seguinte:
1  ‐ As presenças nas reuniões plenárias são verificadas a partir do registo de início de sessão efectuado pessoalmente por cada Deputado, no respectivo computador no hemiciclo.
2  ‐ Os serviços registam oficiosamente na base de dados que faz a gestão das presenças, a partir dos elementos de informação na sua posse, os Deputados que, por se encontrarem em missão parlamentar, não comparecerem à reunião.
3  ‐ Aos Deputados que não se registem durante a reunião ou não se encontrem em missão parlamentar é marcada falta.
4 ‐ Os procedimentos referidos nos números anteriores reportam‐se a cada reunião, podendo esta repartir‐se por vários períodos num só dia.
5  ‐  Para efeitos da eventual aplicação de sanções, apenas releva uma falta em cada dia, prevalecendo a referente às reuniões plenárias, no dia em que estas tenham lugar.
6  ‐  Os Deputados têm o direito de apresentar justificação para as faltas, nos termos estabelecidos no respectivo Estatuto e no Regimento, observando as respectivas exigências de fundamentação.
7 ‐ A palavra do Deputado faz fé, não carecendo por isso de comprovativos adicionais.Quando for invocado o motivo de doença, poderá, porém,ser exigido atestado médico caso a situação se prolongue por mais de uma semana." fonte

Já aqui se tinha feito referencia ao despesismo em luxos da Assembleia da República.
  1. Em flores
  2. Em subvenções vitalícias, precoces e que dobram de valor aos 60 anos
  3. Em regalias aos ex-presidentes
  4. Em cantinas
  5. Em despesismo inútil
  6. Em Assistentes pessoais
  7. Em Regalias e mais regalias aos deputados
  8. Em Incompetência / irresponsabilidade
  9. Golf subsidiado, é essencial
  10. Majestoso menu de luxo, da AR
  11. Em video, mais luxos
  12. Os carros de luxo... ou bólides
  13. O orçamento da AR de 2013, engorda?
  14. Deputados defendem o povo?
  15. Água mineral, por favor.



22 abril, 2013

Boys da Ministra da Agricultura, sem cortes!!



corrupção apodrecetuga tachos boysO desemprego não é para todos. O desemprego apenas afecta quem não tem amigos na elite. A Ministra da agricultura tem alguns amigos que precisaram de ajuda.
Num país onde cidadãos comuns, se suicidam porque não vêem uma saída, para escapar à indigna miséria, emergem alguns gloriosos, que nem precisam de pestanejar para terem tudo de sobra. Empregos a mais, salários a mais, ajudas a mais, dinheiro a mais, poder a mais, e lata a mais.
Mas a Ministra garante, (aliás, como todos os que contratam boys, garantem), que os seus boys, são pessoas competentes.
Acredito piamente, que no seu circulo pessoal de amigos, talvez estes sejam os mais competentes que ela conhece, para ocupar os ambicionados cargos, mas será que a sua competência foi avaliada, em igualdade de circunstancias, com todos os portugueses disponíveis, necessitados e com currículo? Pois... parece que não, apesar de ser obrigatório.
"A ministra da Agricultura, Assunção Cristas, nomeou dois ex-colegas da faculdade para altos cargos no Ministério que tutela.  Segundo o semanário Expresso, um dos nomeados vai para a inspecção geral da agricultura, mar, ambiente e ordenamento do território.
Quanto ao outro ex-colega, que era também assessor jurídico da ministra, fica com a vice-presidência da agência portuguesa do ambiente, mais precisamente com a tutela da autoridade nacional da água.
Num esclarecimento à SIC, o Ministério de Cristas garante que os únicos critérios são a competência e capacidade de trabalho. E que se trata de pessoas com currículo profissional reconhecido." fonte"Os dois ex-colegas de faculdade nomeados pela ministra Assunção Cristas, para altos cargos no Ministério, deviam ter sido submetidos a concurso público, mas a ministra não o fez." fonte
Mais ... Nomeações: 
Secretário de estado da Cultura recruta ‘boy’ do PSD, vai ganhar 3069 euros/mês no Governo. Barreto Xavier, o secretário de Estado da Cultura, nomeia assessor do PSD para seu adjunto.fonte

Visite a longa lista de boys e tachos, compilada, aqui no blog 


21 abril, 2013

Maçonaria, politica e banca, uma história sem fim e sem limites.


maçonaria corrupção portugal miguel sousa tavaresMiguel Sousa Tavares, desvenda alguns esquemas entre a banca, a maçonaria e a politica. O descaramento é característica mais marcante dos intervenientes. Na falta de justiça, Miguel Sousa Tavares, propõe que pelo, menos através do conhecimento público, esta passe a ser uma história julgada, por todos, pela falta de vergonha. O artigo é de 2007, mas a falta de vergonha, o compadrio, o abuso, a maçonaria, etc... continuam por esse país fora, devastadores e bem actuais. E infelizmente, ainda desconhecidos por milhões de portugueses.

"Em países onde o capitalismo, as leis da concorrência e a seriedade do negócio bancário são levados sério a inacreditável história do BCP já teria levado a prisões e a um escândalo público de todo o tamanho.
Em Portugal, como tudo, vai acabar sem responsáveis e sem responsabilidades, convém recordar os principais momentos deste "case study", para que ao menos a falta de vergonha não passe impune.

1- Até ao 25 de Abril, o negócio bancário em Portugal obedecia a regras simples: cada grande família, intimamente ligada ao regime, tinha o seu banco. Os bancos tinham um só dono ou uma só família como dono e sustentavam os demais negócios do respectivo grupo.  Jardim Gonçalves veio revolucionar isso, com a criação do BCP e, mais tarde, da Nova Rede, onde as pessoas passaram a ser tratadas como clientes e recebidas por profissionais do ofício. (...)
2 - (...)o BCP foi crescendo, crescendo, até se tornar o maior banco privado português, apenas atrás do único banco público, a Caixa Geral de Depósitos. E, de cada vez que crescia, era necessário um aumento de capital. E, em cada aumento de capital, era necessário evitar que algum accionista individual ganhasse tanta dimensão que pudesse passar a interferir na gestão do banco. Para tal, o BCP começou a fazer coisas pouco recomendáveis: aos pequenos depositantes, que lhe tinham confiado as suas poupanças para gestão, o BCP tratava de lhes comprar, sem os consultar, acções do próprio banco nos aumentos de capital, deixando-os depois desamparados perante as perdas em bolsa;
aos grandes depositantes e amigos dos gestores, abria-lhes créditos de milhões em "off-shores" para comprarem acções do banco, cobrindo-lhes, em caso de necessidade, os prejuízos do investimento.
Desta forma exemplar, o banco financiou o seu crescimento com o pêlo do próprio cão - aliás, com o dinheiro dos depositantes - e subtraiu ao Estado uma fortuna em lucros não declarados para impostos. Ano após ano, também o próprio BCP declarava lucros astronómicos, pelos quais pagava menos de impostos do que os porteiros do banco pagavam de IRS em percentagem. E, enquanto isso, aqueles que lhe tinham confiado as suas pequenas ou médias poupanças viam-nas sistematicamente estagnadas ou até diminuídas e, de seis em seis meses, recebiam uma carta-circular do engenheiro a explicar que os mercados estavam muito mal.

20 abril, 2013

VIVER MAL É CARÍSSIMO! A tua necessidade de comer está acima das tuas possibilidades?


"Carta aos 19%
Em nome de Portugal, gostaria de agradecer o teu contributo para o sucesso económico do nosso país. permanente na fila para o centro de emprego.
Portugal tem tido um desempenho exemplar, e o ajustamento está a ser muito bem-sucedido, o que não seria possível sem a tua presença
Está a ser feito um enorme esforço para que Portugal recupere a confiança dos mercados e, pelos vistos, os mercados só confiam em Portugal se tu não puderes trabalhar. O teu desemprego, embora possa ser ligeiramente desagradável para ti, é medicinal para a nossa economia. Os investidores não apostam no nosso país se souberem que tu arranjaste emprego. Preferem emprestar dinheiro a pessoas desempregadas.
Antigamente, estávamos todos a viver acima das nossas possibilidades. Agora estamos só a viver, o que aparentemente continua a estar acima das nossas possibilidades.
Começamos a perceber que as nossas necessidades estão acima das nossas possibilidades. A tua necessidade de arranjar um emprego está muito acima das tuas possibilidades. É possível que a tua necessidade de comer também esteja. 
Tens de pagar impostos acima das tuas possibilidades para poderes viver abaixo das tuas necessidades. Viver mal é caríssimo.
Não estás sozinho. O governo prepara-se para propor rescisões amigáveis a milhares de funcionários públicos. Vais ter companhia. Segundo o primeiro-ministro, as rescisões não são despedimentos, são janelas de oportunidade. O melhor é agasalhares-te bem, porque o governo tem aberto tantas janelas de oportunidade que se torna difícil evitar as correntes de ar de oportunidade. Há quem sinta a tentação de se abeirar de uma destas janelas de oportunidade e de se atirar cá para baixo. É mal pensado. Temos uma dívida enorme para pagar, e a melhor maneira de conseguir pagá-la é impedir que um quinto dos trabalhadores possa produzir. Aceita a tua função neste processo e não esperneies.
Tem calma. E não te preocupes. O teu desemprego está dentro das previsões do governo. Que diabo, isso tem de te tranquilizar de algum modo. Felizmente, a tua miséria não apanhou ninguém de surpresa, o que é excelente. A miséria previsível é a preferida de toda a gente. Repara como o governo te preparou para a crise.
Se acontecer a Portugal o mesmo que ao Chipre, é deixá-los ir à tua conta bancária confiscar uma parcela dos teus depósitos. Já não tens lá nada para ser confiscado. Podes ficar tranquilo. E não tens nada que agradecer."   Ricardo Araújo Pereira



19 abril, 2013

ENTREVISTA PEDRO SOARES DOS SANTOS: "AINDA NÃO NOS CONTARAM A VERDADE TODA SOBRE O PAÍS"


CÁ VAI BOMBA... "Quando, o sábio aponta para a lua os idiotas olham para o dedo."
Esqueçam o dedo... 
Como sempre, vão chover criticas contra o homem do Pingo Doce, e tudo o mais que tiver a ver com o Homem e o Pingo Doce. Se conseguirem, deixem isso para artigos, onde alguém, está a defender o homem e o Pingo Doce. Pois aqui apenas se  pretende partilhar esta opinião e saber se concordam que Portugal está ainda pior do que aquilo que sabemos.Não defendo o Pingo Doce, nem o entrevistado, como poderão constatar se colocarem no motor de pesquisa do blog. Tentem comentar o que acham que falta saber sobre a gravidade da situação de Portugal.

Extractos da entrevista a Pedro Soares dos Santos (Visão)
"Portugal ainda não quis aceitar que faliu.
O País faliu e agora prepara-se para viver com menos acesso ao crédito menos bónus de vida.(...) Vai ser difícil estamos a ser geridos num processo puro de falência e ainda não nos contaram a verdade toda.
Não nos deixam aceder à verdadeira situação em que estamos. No dia em que conhecerem a real situação os portugueses vão saber qual o rumo que terão de seguir. E claro precisa mos de um líder sério que nos indique o caminho certo.
Como povo não estamos informados sobre o que se passou nas Finanças portuguesas. Parece me que ninguém quer falar nesse assunto para não nos abrir os olhos.

E qual é a sua sensação sobre o real problema do País?
Estamos numa situação de falência muito mais grave do que aquela que nos mostram. É a minha intuição. O que se está a fazer é muito duro e não se explica porquê. Não sabemos se os impostos vão aumentar se não vão aparecer mais taxas. Se ontem estava tudo bem hoje já não está porquê?
Algum dia houve um rumo no País?
As discussões em Portugal não nos dão rumo nenhum. Basta olhar para o que se discute no Parlamento que é sempre na base do insulto. No único sítio onde deveria haver debate sério e honesto sobre o futuro o rumo e os verdadeiros problemas não se discute nada." fonte

Apenas um aviso? Ou saberá ele mais do que o que desvenda? Estará o pior para vir? Pois acredito que sim...



18 abril, 2013

Portugal recebe subsidio para abater 10.000 mil vitelos? Continuam a pagar para não produzirmos?




Data do video: 23/01/12

E é assim que se descobrem as hipocrisias, que continuam a destruir Portugal. 
Querem que sejamos competitivos, produtivos, empreendedores, exportadores e não importadores? Será? 
Ou será que preferem que sejamos eternamente escravos e dependentes de empréstimos e dividas. 
Querem que sustentemos a banca europeia, e não só, por muitos e muitos anos. Seleccionam nações inteiras, cujos governos são fracos e corruptos e aceitam escravizar os seus cidadãos, alinhando no jogo, aceitando que o povo fique a pagar impostos colossais, para sustentar juros de dividas, que já todos sabemos que são impagáveis e eternas. (Como se vê no gráfico em baixo.)
PS e PSD entregam Portugal em sacrifício aos interesses estrangeiros, há décadas. Eles ganham cargos, negócios, financiamento de partidos e protecção, nós povo, não ganhamos nada, perdemos quase tudo.

"Vitelos com quinze dias estão a ser abatidos e incinerados em grandes quantidades no matadouro de Ponta Delgada.
O subsídio atribuido aos agricultores para o abate é superior ao valor de mercado dos animais.
De acordo com o Governo Regional, nos últimos dois anos foram abatidos e incinerados cerca de dez mil vitelos.
A União Europeia paga setenta e cinco euros por cada animal abatido.
Os viteleiros que compravam estes animais para exportação dizem não poder competir com o subsídio comunitário e já abandonaram a actividade." fonte 
Aqui outro video a explicar a noticia de forma mais concreta. Açores abatem dez mil vitelos 

O gráfico que mostra porque nunca pagaremos a divida. É mais um embuste.
A prova de uma evidência, passe a expressão: nunca pagaremos a dívida, e também por isso deve ser denunciada e renegociada, também porque esta política económica não a faz descer. Este gráfico foi publicado por Francisco Louçã, e fica aqui juntamente com a sua explicação:
No último “Tabu”, na SicN, usei este gráfico, que aqui fica para ser estudado por quem quiser. A vermelho está a previsão da evolução da dívida pública portuguesa, segundo a folha Excel que o FMI utiliza (e que foi descoberta e revelada pela Iniciativa para a Auditoria Cidadã), e a azul o efeito nos cálculos do FMI se introduzirmos as previsões do Banco de Portugal para 2013 e 2014 (e uma versão optimista de evolução posterior em estagnação se a mesma política se mantiver).
O resultado é impressionante: mesmo que se mantenha o actual nível de impostos, de corte de salários, de destruição de emprego e de austeridade autoritária, a dívida nunca baixa e o problema torna-se perpétuo. Ou seja, Portugal explode se não anular parte da dívida e recuperar uma economia para o emprego e os salários.

Mais uma explicação sobre a escravatura das dividas.
Um povo ignorante é sempre fácil de enganar. Informem-se, informem, vamos acabar com a ignorância, nestes assuntos, porque já basta. Ninguém sabe porque é que a nossa dívida foi negociada em condições menos vantajosas, para nós, que no caso da Grécia e do Chipre? Ninguém se questiona?


17 abril, 2013

BPN/SLN o buraco negro do dinheiro dos portugueses. O ninho dos corruptos

BPN lugar para todos políticos corruptos
...os corruptos 
(Este artigo está foi actualizado neste link.)Sente-se no ar a desconfiança, o medo e a retracção... de um povo que percebe que a corrupção minou toda a nação. Camuflado de SLN, ou de BPN, comandado sempre pelos mesmos, o polvo da corrupção alastra os seus tentáculos por todo Portugal.
Um parasita voraz, insaciável alimentado há anos.  
Em baixo consulte, uma lista de 70+ (sempre a subir) crimes, cometidos em nome dessa divindade intocável, BPN .
Fingindo que gere, arruína. 
Fingindo que investe, perde. 
Fingindo que paga, endivida-se
Fingindo que empresta, dá.
Fingindo que poupa, esbanja
Fingindo que governa, governa-se
BPN / SLN eram uma teia que continua a destruir tudo que envolva dinheiro do estado. 
BPN/SLN foi a forma mais disfarçada e simultaneamente mais descarada, que os políticos encontraram, de colocar o dinheiro do ESTADO, ao serviço do enriquecimento ilícito, da nossa elite de políticos e companhia. 
Sem medo, sem vergonha... seguros da impunidade que grassa entre eles, pois os cabecilhas do Gang são amigos do Presidente da República??!
Navegue por este oceano de crimes cobardes contra um povo inocente que já não tem a capacidade de se defender... Ou porque desconhece que o saqueiam, ou porque mesmo conhecendo os crimes não encontra justiça que lhe valha. 

"A bomba atómica dos impostos dos portuguesesA SLN e o BPN geriam várias empresas, cerca de 200. As que davam lucro ofereciam os lucros à SLN e aos accionistas as que davam prejuízo desfalcavam e deixavam buracos nas contas do BPN, pois iam-se financiar ao BPN, sem garantias, muitas vezes. 
Quando a situação  ficou insustentável, para o BPN e já o buraco era demasiado visisvel, este foi nacionalizado, ofereceram-no aos cidadãos, e a SLN seguiu a sua vida. Agora mudou de nome, chama-se Galilei, tem negócios de castanhas em trás os montes, negócios na praia dos salgados, etc etc.
O BPN foi comprado, pelo Mira Amaral/ BIC mas todas as dividas e desfalques que ele possuía, muitos dos quais ainda se vão descobrir, ficaram para os portugueses irem pagando à medida que aparecem. Criaram a PARVALOREM, é o banco que assume as dividas do BPN e oferece ao zé povinho. 
O BPN possui um buraco de cerca de 2 mil milhões só de terrenos que falsamente  foram dados como garantia de milhares e não valiam mais de 100. Por esquemas que eles faziam em que iam à câmara valorizar o terreno, alterando o PDM.
Também usavam a artimanha de financiar o mesmo bem em duplicado, tudo servia para retirar dinheiro do banco. 
Cavaco Silva é economista, ele sabia que o BPN servia para lavar dinheiro. "Estas afirmações estão disponíveis neste video de Paulo Morais.
1O advogado e ex-deputado do PSD Duarte Lima foi detido, é suspeito de envolvimento em fraudes ao banco BPN de quase 50 milhões de euros.
Lima usou dois testas-de-ferro para adquirir 35 parcelas de terreno na zona para onde chegou a ser anunciada a construção das novas instalações do Instituto Português de Oncologia (IPO), em Oeiras.
Os negócios com os terrenos terão sido feitos em 2007 pelo filho do ex-deputado, Pedro Lima, e pelo empresário e também ex-deputado do PSD Vítor Raposo, sócios maioritários do fundo imobiliário Homeland, que realizou o negócio. Fraude fiscal, falsificação de documentos, burla e tráfico de influências serão crimes em que incorre. Homeland terá conseguido um empréstimo no BPN de 43,4 milhões de euros.
Vítor Raposo está a ser ouvido no Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC), em Lisboa pelo juiz Carlos Alexandre, depois de ter sido entregue, sob detenção, pela Polícia Judiciária. fonte  
Hoje, sabe-se que os milhões que Lima pediu emprestados ao BPN e não pagou, foram pagos ao BIC, pelo estado, ou seja por todos nós.
No início deste ano, a Parvalorem, empresa pública criada para acolher os activos tóxicos (maus negócios) do BPN, comprou ao BIC. novo dono desse banco, os créditos concedidos (nunca pagos) pelo BPN ao Fundo Homeland. fonte
 - A Cimentos Nacionais e Estrangeiros, a chamada cimenteira da SLN é declarada insolvente em setembro de 2010, vai ver o seu futuro decidido em assembleia de credores com dois planos a votação. No sentido de recuperar o funcionamento daquela companhia, que tem um total de dívidas de 153 milhões de euros. O plano de insolvência da CGD prevê o pagamento dos créditos sobre a insolvência "até ao valor máximo de 42 milhões(...)
(Lusa) - Sindicalistas e trabalhadores da CNE, participaram hoje numa ação de protesto, contra a alegada "má gestão" e a insolvência da empresa, que poderá pôr em causa 72 postos de trabalho. A CNE é uma empresa do antigo grupo SLN (Sociedade Lusa de Negócios),fonte

NAV paga 1000 euros por mês, por aluguer de carro?


Em época de crise, e desemprego assustador, é espantoso tomar conhecimento de tamanho despesismo. Há engenheiros, enfermeiros, etc,  no desemprego porque não há quem lhes possa pagar 600 euros por mês. Há serviços de apoio social (SNS, lares) com carência de pessoal e de meios. No entanto, para pagar carros alugados a administradores, há sempre dinheiro.
Por prolongar o aluguer operacional de um carro usado pela administração da NAV por apenas 180 dias, esta empresa pública pagou 5.791 euros, isto é, quase mil euros/mês. Foi logo no início deste ano. 
Ao consultar o site do governo, e pesquisar por - Navegação Aérea de Portugal - NAV , encontra os ajustes directos desde 2008, onde este contrato especifico aparece com a data de 22/02/2013. 
Desde 2008 até à data, os ajustes directos já perfazem a belíssima quantia de 3.109.276,36 euros
Mais sobre a NAV, no blog.                                          




PROLONGAMENTO DE ALUGUER OPERACIONAL DA VIATURA UTILIZADA NO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO
Navegação Aérea de Portugal - NAV Portugal, E.P.E.  LOCARENT-COMPANHIA PORTUGUESA DE ALUGUER E VIATURAS SA    5.791,0 €






No entanto não quis deixar de mostrar mais algumas despesas retiradas aleatoriamente do mesmo site de despesas do governo, a despesa a que se refere o artigo, está no final da lista. (ordenada pelo valor dos contratos)

  CONTRATO                      Empresa contratada              custo              data    
Substituição de escapes no grupo de emergência ERA A.S (506019 009583) 1.415.000,00 € 27-02-2013
Fornecimento e instalação de bancadas para a Torre de Controle de Lisboa SAAB SENSIS CORPORATION (22-2629993) 699.648,00 € 20-09-2012
Fornecimento e instalação de equipamentos para a nova iluminação sobre as bancadas militares RENTLEI-AUTOMÓVEIS E TURISMO, SA (501287191) 255.395,52 € 18-11-2010
Fornecimento de Cartas de Informação Vectorial MSFT-SOFTWARE PARA MICROCOMPUTADORES LDA (502586745) 191.084,36 € 21-12-2011
Renovação subscrição McAfee Virus Prológica – Sistemas Informáticos, SA (501432507) 186.013,10 € 28-04-2009
Fornecimento e Instalação de Redes de Cabos de Fibra Óptica no Aeroporto de Ponta Delgada PT PRIME-SOLUÇÕES EMPRESARIAIS DE TELECOMUNICAÇÕES E SISTEMAS, SA (502840757) 125.646,30 € 21-07-2010
Intervenção na ligação PDH entre o Pico do Facho e o Aeroporto de Porto Santo ENGAVAC-ENGENHARIA E EDIFICIOS, LDA (507043596) 106.738,23 € 17-11-2010
Fornecimento de Motherboard para gravadores Audiosoft PT PRIME-SOLUÇÕES EMPRESARIAIS DE TELECOMUNICAÇÕES E SISTEMAS, SA (502840757) 106.025,21 € 21-12-2009
Fornecimento de Software e Hardware para Actualização do Simulador Radar PT PRIME-SOLUÇÕES EMPRESARIAIS DE TELECOMUNICAÇÕES E SISTEMAS, SA (502840757) 106.025,21 € 17-12-2009
Prestação de Serviços de Assessoria Informática CISCO Thales Air Systems, S.A. (319156877) 100.050,00 € 09-03-2009
Fornecimento e Instalação de Sistema Artas Linux DELOITTE & Associados, SROC S.A. (501776311) 99.550,00 € 09-03-2009
Fornecimento e Instalação de Sistema Artas Linux PAVICENTRO PRE-FABRICAÇÃO SA (500213399) 99.450,00 € 13-12-2010
Contrato Gold Netflow e serviços de engenharia SOTÉCNICA-Sociedade Electrotécnica, S.A. (500274797) 98.856,00 € 19-02-2009
Fornecimento de Material CISCO 3560 NORMÁTICA, S.A. (501782230) 98.246,00 € 09-03-2009
Fornecimento de Material CISCO 3560 Prológica – Sistemas Informáticos, SA (501432507) 96.499,83 € 09-03-2009
Fornecimento de Material CISCO 3560 Prológica – Sistemas Informáticos, SA (501432507) 96.499,83 € 09-03-2009
Fornecimento de telefones satélite e antenas PRICEWATERHOUSECOOPERS-ASSESSORIA DE GESTÃO, LDA (504193279) 95.000,01 € 15-12-2009
Fornecimento de analisador testador GB Comsoft GmbH (DE143581312) 94.250,00 € 09-03-2009
Fornecimento de analisador testador GB Comsoft GmbH (DE143581312) 94.250,00 € 09-03-2009
Prestação de Serviços de Auditoria Externa ás Contas da NAV Portugal Prológica – Sistemas Informáticos, SA (501432507) 90.671,68 € 09-03-2009
Fornecimento de Equipamento de calibração JDSU OMK-6 INFORMANTEM – Informática e Manutenção, Lda (503670693) 89.138,32 € 29-06-2009
Fornecimento de plataforma de gestão de dados de segurança Haworth Portugal – Mobiliário de Escritório, SA (500077622) 88.612,68 € 28-04-2009
Licenciamento, instalação, configuração e formação do software “Pauts” para a Torre das Flores SCHINDLER-ASCENSORES E ESCADAS ROLANTES, SA (502353740) 86.640,00 € 24-05-2012
Fornecimento de Mobiliário Setronix – Sociedade de Estudos e Empreendimentos de Telecomunicações, Lda (500246815) 86.367,50 € 10-03-2009
Prestação de Serviços de Suporte de Manutenção de Hardware para o Parque de Equipamentos Informáticos da NAV Portugal NET DIS – Distribuição de Equipamentos, Lda (504182340) 82.407,78 € 09-03-2009
Fornecimento de fitas de progresso de voo Prológica – Sistemas Informáticos, SA (501432507) 79.719,65 € 28-04-2009
Fornecimento de Impressoras para fitas de progresso de voo RCL -Reunião e Comércio de Componentes Electrónicos, Lda (501443851) 76.919,15 € 09-03-2009
Fornecimento de Equipamentos SAIA Hewlett-Packard Portugal, Lda (502407697) 74.970,00 € 09-03-2009
Fornecimento e Instalação de Equipamento de Segurança Contra Incêndio no Centro de Controle Aéreo de Santa Maria SOTÉCNICA-Sociedade Electrotécnica, S.A. (500274797) 74.765,00 € 19-02-2009
Fornecimento de Equipamentos SAIA PAVICENTRO – Pré Fabricação, S.A. (500213399) 61.750,00 € 09-03-2009
Fornecimento de Discos para Servidor HP DL380-G2/G3 Setronix – Sociedade de Estudos e Empreendimentos de Telecomunicações, Lda (500246815) 61.250,00 € 10-03-2009
Fornecimento de software LPRR Database NORMÁTICA, S.A. (501782230) 59.066,58 € 09-03-2009
Fornecimento de Cartas de Informação Vectorial VORTAL-COMERCIO ELECTRONICO, CONSULTADORIA E MULTIMEDIA, SA (505141019) 57.880,00 € 24-06-2010
Fornecimento de Thyratron CX1551 e fichas NORMÁTICA, S.A. (501782230) 57.577,54 € 28-05-2009
Construção das Infra-Estruturas Exteriores do Futuro Sensor de Vento do Aeroporto das Flores KONICA MINOLTA BUSINESS SOLUTIONS PORTUGAL, UNIPESSOAL, LDA (502120070) 53.791,20 € 12-11-2010
Fornecimento e Instalação de Ramal de Esgotos no Edifício 121 Prológica – Sistemas Informáticos, SA (501432507) 53.762,38 € 09-03-2009
Fornecimento de Cabos Tricoax VKVM Prológica – Sistemas Informáticos, SA (501432507) 53.762,38 € 09-03-2009
Reparação dos indicativos luminosos instalados no Edifício 121 EXCELLENS – ENGINEERING E CONSULTING (508035252) 52.360,00 € 29-06-2009
Fornecimento de Racks HP Universal e respectivos acessorios NORMÁTICA, S.A. (501782230) 49.222,20 € 09-03-2009
Fornecimento de Servidores DL 380G5 Artisys – Aeronautical Real Time Information Systems (CZ60716339) 47.900,00 € 09-03-2009
Fornecimento de Touchscreen CTF 840 BDO & ASSOCIADOS, SOCIEDADE DE REVISORES OFICIAIS DE CONTAS, LDA (501340467) 46.800,00 € 29-03-2012
Fornecimento de Computadores Tsunami Perfomer 765 AÇORCABOS – Telecomunicações Eléctricas, Lda (512032459) 43.054,23 € 09-03-2009
Fornecimento de Servidores HP DL380 R05 CONVEX – Consultoria e Integração de Sistemas, Lda (502145838) 42.873,36 € 09-03-2009
Fornecimento de Servidores HP DL380 R05 Tecnidata – Serviços e Equipamentos de Informática, S.A. (501551557) 41.744,23 € 29-06-2009
Fornecimento de Servidores HP DL380 R05 LISTOPSIS-TECNOLOGIA E ORGANIZAÇÃO DE PRODUTOS (502981547) 41.287,52 € 29-01-2010
Fornecimento de Servidores HP DL380 R05 NORMÁTICA, S.A. (501782230) 41.091,21 € 09-03-2009
Fornecimento de Servidores HP DL380 R05 Tecnidata – Serviços e Equipamentos de Informática, S.A. (501551557) 40.884,32 € 09-03-2009
Fornecimento de Servidores HP DL380 R05 Tecnidata – Serviços e Equipamentos de Informática, S.A. (501551557) 40.884,32 € 09-03-2009
Fornecimento de Servidores HP DL380 R05 Prológica – Sistemas Informáticos, SA (501432507) 39.859,95 € 09-03-2009
Fornecimento de equipamento Cisco 2821 Prológica – Sistemas Informáticos, SA (501432507) 39.859,95 € 09-03-2009
Prestação de Serviços de Auditoria Prológica – Sistemas Informáticos, SA (501432507) 39.859,95 € 09-03-2009
Fornecimento de equipamento Firewall incluindo formação e configuração Prológica – Sistemas Informáticos, SA (501432507) 39.859,95 € 09-03-2009
Empreitada de Beneficiação de Caleiras e Escada de Acesso ao Terraço do Edifício DELOITTE CONSULTORES SA (502310090) 38.390,00 € 13-09-2012
Fornecimento de Aquisição Equipamento VHF VORTAL-COMERCIO ELECTRONICO, CONSULTORIA E MULTIMEDIA, SA (505141019) 36.450,00 € 20-07-2012
Upgrade para as consolas do TCD NORMÁTICA, S.A. (501782230) 36.256,95 € 09-03-2009
Fornecimento de material HP DL 380R05 PRICEWATERHOUSECOOPERS & ASSOCIADOS-SROC, LDA (506628752) 35.748,00 € 28-01-2010
Fornecimento de material HP DL 380R05 CONSTRADAS-ESTRADAS E CONSTRUÇÃO CIVIL, LDA (501325174) 35.215,00 € 11-02-2011
Fornecimento de material HP DL 380R05 MICROSOFT IRELAND OPERATIONS LTD (IE8256796U) 35.040,66 € 16-10-2012
Fornecimento de material HP DL 380R05 MICROSOFT IRELAND OPERATIONS LTD (IE8256796U) 34.245,24 € 29-06-2012
Fornecimento de material HP DL 380R05 NETDIS-DISTRIBUIÇÃO DE EQUIPAMENTOS INFORMÁTICOS LDA (504182340) 33.789,57 € 28-05-2010
Fornecimento de material HP DL 380R05 LUSOREDE-REDES,ENERGIA E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO, LDA (503378704) 33.779,00 € 08-02-2010
Fornecimento de material HP DL 380R05 Instituto Geográfico do Exército (600021610) 32.865,71 € 09-03-2009
Fornecimento de material HP NC 360 Adapter RCL -Reunião e Comércio de Componentes Electrónicos, Lda (501443851) 31.294,20 € 25-06-2009
Fornecimento de equipamento 3COM MÁRIO PEREIRA CARTAXO, LDA (501242287) 29.600,00 € 09-03-2009
Fornecimento de material HP BLc 7000, bastidores, monitores Setronix – Sociedade de Estudos e Empreendimentos de Telecomunicações, Lda (500246815) 29.549,30 € 10-03-2009
Fornecimento de material HP BLc 7000, bastidores, monitores Prológica – Sistemas Informáticos, SA (501432507) 26.573,30 € 28-04-2009
Fornecimento de material HP EVA4400 e acessórios diversos Prológica – Sistemas Informáticos, SA (501432507) 26.573,30 € 28-04-2009
Fornecimento de material HP EVA4400 e acessórios diversos Prológica – Sistemas Informáticos, SA (501432507) 26.573,30 € 28-04-2009
Fornecimento de material HP EVA4400 e acessórios diversos Prológica – Sistemas Informáticos, SA (501432507) 26.573,30 € 28-04-2009
Formação de Sensibilização em SHST na Metodologia E-Learning RIOTEC-ELECTRICIDADE, AQUECIMENTO E CONTROLE, LDA (503150177) 26.514,00 € 14-12-2012
Fornecimento de mobiliário GLINTT (502544864) 26.062,12 € 14-02-2012
Upgrade para PVS 5600 Graphic Board Barco GLINTT-TECNOLOGY ENABLED SERVICES (502544864) 26.062,12 € 03-01-2011
Upgrade para PVS 5600 Graphic Board Barco CISED CONSULTORES-CONSULTORIA DE ENGENHARIA E GESTÃO (502856289) 25.985,00 € 23-07-2012
Fornecimento de Analisador de Espectros Portátil FSH8 CONVEX – Consultoria e Integração de Sistemas, Lda (502145838) 25.822,66 € 09-03-2009
Fornecimento de Analisador de Espectros Portátil FSH8 Rohde & Schwarz Portugal, Lda (506416003) 25.340,00 € 09-03-2009
Fornecimento de Analisador de Espectros Portátil FSH8 Prológica – Sistemas Informáticos, SA (501432507) 25.142,26 € 09-03-2009
Fornecimento de software red hat entreprise Linux advanced server 5.0 RCL -Reunião e Comércio de Componentes Electrónicos, Lda (501443851) 25.034,06 € 09-03-2009
Reparação de Transmissor Alenia Lenave – Comércio, Indústria e Representações, Lda (502405422) 24.450,00 € 29-06-2009
Reparação de Drive Selex Welco Technik AG (CH 221703) 23.993,40 € 09-03-2009
Reparação de R/F Drive Selex Rohde & Schwarz Portugal, Lda (506416003) 23.040,00 € 09-03-2009
Reparação de Carta Selex Rohde & Schwarz Portugal, Lda (506416003) 23.040,00 € 09-03-2009
Reparação de Klystron Alenia 3 W-WIRE E WIRELESS WORD SA (505197898) 22.909,80 € 20-01-2011
Prestação de Serviços de Vigilância MICROSOFT IRELAND OPERATIONS LTD (IE8256796U) 22.428,81 € 16-03-2011
Fornecimento de Autocad LISTOPSIS, LDA (502981547) 22.299,99 € 22-12-2009
Fornecimento de Servidores HP DL 380R05 SAIR DA CASCA II - CONSULTORIA E COMUNICAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO SUSTENTAVEL, SA (508027470) 21.600,00 € 17-12-2009
Fornecimento de Servidores HP DL 380R05 IER Impresoras Especializadas S.L. (ESB82811118) 21.506,69 € 09-03-2009
Fornecimento de Placas Gráficas HP Dec. Medida S.A. – Instrumentação, Controle e Telecomunicações (505784807) 21.240,00 € 09-03-2009
Fornecimento de Computadores HP T5730 COMPAQ Selex – Sistemi Integrati S.p.a. (05576291008) 21.240,00 € 09-03-2009
Fornecimento e monitor MOA 526A BELTRAO COELHO (MADEIRA) EQUIP. ESC.LDA (511049749) 20.210,00 € 19-01-2011
Fornecimento, montagem e ligação de aparelhos de iluminação e segurança para o Edifício 121 ImoPersona – Construções Unipessoal, Lda (505544652) 19.800,00 € 10-03-2009
Fornecimento de Cartas Cisco WIRE E WIRELESS WORLD (3w) SA (505197898) 19.754,55 € 18-01-2013
Fornecimento e Instalação de Actualização do Sistema AFTN/CIDIN TCSI-DIGIBERIA TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO, SA (502670355) 19.729,85 € 20-10-2011
Fornecimento e montagem de revestimento em vinil Tecnidata – Serviços e Equipamentos de Informática, S.A. (501551557) 19.388,00 € 09-03-2009
Beneficiação e Impermeabilização do VOR DME do Porto HEWLETT-PACKARD PORTUGAL, LDA (502407697) 19.382,03 € 27-01-2012
Manutenção de Torres e Fornecimento e instalação de Sistema de Iluminação e Calha de Segurança 3W-WIRE E WIRELESS WORD SA (505197898) 19.358,33 € 19-12-2011
Fornecimento e instalação de Novos Mastros para Sistema Radiante no Porto Santo 3W-WIRE E WIRELESS WORD SA (505197898) 19.358,33 € 03-01-2011
Fornecimento e Colocação de Postes Cavan Artisys – Aeronautical Real Time Information Systems (CZ60716339) 18.788,00 € 16-07-2009
Fornecimento de Lanternas de Sinais Park Air Systems, Ltd (1951792) 18.608,26 € 09-03-2009
Fornecimento de consumíveis de informática IER Impresoras Especializadas S.L. (ESB82811118) 17.990,00 € 10-03-2009
Fornecimento de Equipamentos 3 COM Selex – Sistemi Integrati S.p.a. (05576291008) 17.671,00 € 09-03-2009
Fornecimento de Mobiliário Telescan – Telecomunicações e Sistemas, Lda (501086595) 17.338,00 € 09-03-2009
Fornecimento de material HP DL 380 R5 e acessórios diversos HEWLETT PACKARD PORTUGAL LDA (502407697) 17.217,13 € 14-07-2011
Fornecimento de material HP DL 380 R5 e acessórios diversos PT PRIME-SOLUÇÕES EMPRESARIAIS DE TELECOMUNICAÇÕES E SISTEMAS, SA (502840757) 17.100,00 € 20-12-2011
Fornecimento de material HP DL 380 R5 e acessórios diversos RCAT-Refrigeração, Cogeração e Acumulação Térmica, SA (504259873) 16.880,00 € 16-07-2009
Fornecimento de material HP DL 380 R5 e acessórios diversos TECNIDATA SI-SERVIÇOS E EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA, SA (501551557) 16.744,56 € 30-03-2011
Fornecimento de material HP DL 380 R5 e acessórios diversos RIBASADO LDA (500231834) 16.095,01 € 17-11-2009
Fornecimento de material HP DL 380 R5 e acessórios diversos Novabase IMS (500074372) 16.017,87 € 09-03-2009
Reparação de cartas Jotron CONSTRADAS-Estradas e Construção Civil, SA (501325174) 15.871,05 € 04-01-2013
Licenças de software Instituto Geográfico do Exército (600021610) 15.694,05 € 09-03-2009
Reparação de Módulo MTI PIF MULTICERT-SERVIÇOS DE CERTIFICAÇÃO ELECTRONICA, SA (505767457) 15.106,14 € 24-08-2011
Fornecimento de interfaces para ILS RS 232 BARROCAS & ASSOCIADDOS - SOCIEDADE DE ADVOGADOS (502308001) 15.000,00 € 31-05-2012
Fornecimento de Storages Works HP HEWLETT-PACKARD PORTUGAL, LDA (502407697) 14.838,64 € 28-01-2010
Fornecimento e montagem de módulos de aglomerado de madeira Star – Companhia de Segurança Privada, Lda (503948497) 14.619,00 € 09-03-2009
Fornecimento de Portáteis Toshiba Selex – Sistemi Integrati S.p.a. (05576291008) 13.982,00 € 09-03-2009
Placas gráficas PVS6600 STAR-COMPANHIA DE SEGURANÇA PRIVADA (503948497) 13.958,76 € 18-11-2010
Aquisição de fotocopiadora Konica Minolta Finupe – Engenharia e Acabamentos, SA (502588551) 13.690,00 € 01-06-2009
Fornecimento de Baterias Marathon e respectivos cabos Barretazul - Comércio de Materiais de Construção, S.A. (508204909) 13.100,00 € 16-11-2009
Fornecimento de Computadores Tsunami Frontier 574DT Barretazul - Comercio de Materials de Construção, S.A. (508204909) 12.990,00 € 29-09-2010
Material Adder 3 W – Wire e Wireless Word S.A. (505197898) 12.968,50 € 09-03-2009
Fornecimento e instalação de Fibra Óptica para o Aeroporto de Lisboa INFORTOLDOS-INDUSTRIA E FORNECIMENTO DE TOLDOS, LDA (502827807) 12.800,00 € 30-11-2010
Substituição de vidros na Torre do Aeroporto de Faro PROLOGICA-SISTEMAS INFORMATICOS, SA (501432507) 12.768,00 € 27-06-2011
Reparação de Rádios Denro ELECTRO CENTRAL VULCANIZADORA (500092354) 12.698,00 € 11-04-2011
Klystron CPI Modelo Varian NORMÁTICA, S.A. (501782230) 12.568,04 € 09-03-2009
Reparação de Cartas e Módulos Denro GT Informática (502968923) 12.300,00 € 09-03-2009
Fornecimento de Software VNWARE SERMICRO SA (980095115) 11.917,58 € 11-10-2012
Driver Combiner Face ATI Avionics Inc. (142752831) 11.840,00 € 11-03-2009
Update ao software e hardware do simulador radar Selex – Sistemi Integrati S.p.a. (05576291008) 11.749,00 € 09-03-2009

LOCARENT-COMPANHIA PORTUGUESA DE ALUGUER E VIATURAS SA (502443880) 5.791,00 € 22-02-2013