29 novembro, 2012

Para que serve a Maçonaria? Para ajudar snobs ricos com o dinheiro dos pobres?

maçons dominam justiça
Aos maçons nunca lhes faltará dinheiro, tachos, alojamento económico, impunidade, emprego e outros luxos que milhões de portugueses nem ousam ambicionar.
Um país devastado pela mentalidade triste de um punhado de snobs que acham que o dinheiro do estado serve para ajudar os ricos e não os necessitados. 
Tantas famílias produtivas e trabalhadoras, sem tecto e sem comida, mas os maçons/politicos optam por esbanjar em causas mais nobres. O dinheiro dos nossos impostos serve para oferecer boas casas, a preço de pobres, aos ricos. Este não é um caso único, mas é exemplar.
"Durante nove anos, o conhecido chef Michel da Costa, que está desde ontem preso preventivamente foi inquilino de espaçosas instalações que lhe foram cedidas pela Câmara de Lisboa a preços sociais. 
A prisão preventiva foi determinada na sequência de uma mandado de detenção emitido pelas autoridades francesas, que estão a investigar o cozinheiro por suspeitas de fraude fiscal e branqueamento de capitais.

Maçon assumido, Michel instalou uma escola de cozinha em várias das lojas que a empresa municipal dos bairros sociais de Lisboa, a Gebalis, tem na freguesia de Marvila. 
Beneficiado com renda para pobres cobrava aos alunos dos cursos anuais  mensalidades da ordem dos 650 euros, mas a renda que o chef pagava em 2011 à autarquia era substancialmente inferior: 382 euros por mês.
O PÚBLICO perguntou à vereadora Helena Roseta, responsável pela Gebalis, com que base tinha a Câmara de Lisboa entregue as lojas a preços reduzidos a uma sociedade anónima com fins lucrativos. Mas ninguém soube responder.
Mais tarde abriu aqui uma escola de cozinha, que foi ampliando à custa de mais lojas arrendadas à Gebalis. Em 2010, fundou uma cooperativa, pedindo à câmara para transferir os arrendamentos para o nome desta organização, uma vez que a mesma não tinha fins lucrativos. 
Uma aluna de Michel conta que eram os estudantes que confeccionavam as refeições servidas pela empresa de Michel nos comboios Alfa Pendular Lisboa-Porto."Também chegámos a servir jantares da Maçonaria, que se realizavam na escola", relata a mesma aluna, que pediu o anonimato.
Alguns alunos da escola de cozinha apresentaram queixa-crime contra o chef, que acusam de os ter burlado. 
O chef, de 67 anos, foi detido anteontem pela PJ, ao mesmo tempo que um outro indivíduo de nacionalidade francesa, sócio do cozinheiro. fonte

Ser maçon é beneficiar do dinheiro público para viver o sonho dourado. 
Relvas   

Ex-juiz acusa maçonaria de controlar a justiça
"O sistema de justiça português é constituído por lojas maçónicas e controlado pela maçonaria. Além de controlar as decisões dos processos - incluindo os casos da Universidade Moderna, Portucale, Casa Pia, Apito Dourado e Isaltino Morais -, controla igualmente a carreira dos juízes e dos magistrados do Ministério Público e dos altos funcionários do Estado", diz José da Costa Pimenta, em carta para a actual ministra e os principais protagonistas do sector.
As acusações vão surgir em livro. Eis os vários processos:
CTT: (Citações do Ministério Público) Em escutas telefónicas, um indivíduo faz alusões à sua condição de maçom para obter informações do caso da venda de prédios
Moderna: (Citações do Ministério Público) Uma conspiração maçónica, com a Moderna como ponto de reunião, para tomar conta das estruturas do poder em Portugal, é revelada num documento de Nandim de Carvalho.
Portucale: (Citações de Abel Pinheiro) Nos governos de Guterres, o GOL era conhecido por o "gabinete", dado o número de socialistas por metro quadrado. (...) É uma rede de relações humanas única." fonte

22 comentários :

  1. Bom dia sra. Zita, realmente a Maçonaria é o cancro da sociedade. Aquele parlamento dos inúteis, de parasitas de idiotas (230 deputados) grande parte pertencem ao cancro da maçonaria. Quem entra para a maçonaria, não é o zé da esquina, mas sim, os politicos corruptos, pessoas influentes na sociedade.
    A maçonaria só serve para troca de favores, para as negociatas contra o estado; tráfico de influências. Onde se movimenta muito dinheiro. No local dos bandidos (parlamento) há vários partidos, e com as suas ideologias diferentes, um exemplo mas, como se consegue explicar alguém do BE pertença a mesma loja da maçonaria que esteja alguém do psd. Nestas lojas são todos amiguinhos, portanto o parlamento é a maior fantochada que pode haver. É a realidade do faz de conta. Pior que um circo, porque de facto um circo tem palhaços profissionais e que animam a plateia, ora aquele circo do parlamento são palhaços (230) que dão cabo da vida dos portugueses. De facto a maçonaria é quem manda.

    Temos um belo exemplo o Relvas não é demitido do governo, porque é maçon e é o braço direito do fantoche do primeiro ministro.

    Tenham um bom dia todos os leitores e também a sra. Zita e continue a denunciar a corrupção, porque para muitos políticos, a corrupção é normal nesta sociedade. Temos que denunciar e revoltar, há 38 anos que somos roubados, enganados por políticos da treta, por gente que não presta, por bandidos, de fato e gravata.

    Portugal pertence à Europa e à União Europeia, mas os governantes têm uma mentalidade de Países Africanos (roubam ao povo para sustentar as mordomias)

    ResponderEliminar
  2. Por lapso , no artigo anterior não assinei.

    Assino Fernando

    ResponderEliminar
  3. Ah e tal, somos uma organização que preza os mais elevados valores, como a fraternidade e a igualdade e liberdade.
    Claro que da boca deles não os iríamos ouvir falar mal deles próprio não é assim?
    Esta gente uma vez entranhados na maçonaria, passam a obedecer mais a esta do que a qualquer outro órgão do pais. A Seita está acima da nação para eles.
    Mas isto não vai lá com falinhas mansas.
    Este cancro só se resolve mesmo removendo-o. Não sei se me fiz entender.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os políticos também se aproveitaram do facto de a classe politica estar associada à ideia de pessoas brilhantes, dignas, honestas e de confiança. E ao abrigo dessa imagem conseguiram, por muitos anos fazer o oposto, até que as pessoas conseguissem perceber que sim , que era possível os políticos não serem honestos, nem de confiança nem brilhantes.

      Neste momento só podemos esperar uma coisa, que se existem pessoas honestas dignas, integras, com vergonha, com elevados valores de fraternidade igualdade e liberdade, eles que abandonem a seita da maçonaria e da politica, para sabermos quem são os honestos e quem nos não são.
      Porque se alguém entra para um grupo que todos divulgam como sendo um gang ou uma casa de prostitutas, não pode esperar que o considerem um santo.

      Eliminar
    2. Chororô de quem não tem onde cair morto... é isso que acontece com quem critica a maçonaria... e os maçons cada vez melhores, mais ricos e mais cheios de bens e luxos, e os pobretões mais cheios de inveja e chororô

      Eliminar
    3. A inveja deve ter matado JFK: http://www.youtube.com/watch?v=OB6klulKffE

      Eliminar
    4. Bom video sim , ainda não conhecia e é muito bom

      Eliminar
  4. A maçonaria é um instrumento de corrupção, que dilui a separação de poderes (que já por si é deficiente, ver até virtualmente inexistente), promovendo a promiscuidade entre os ricos e poderosos. A existência de sociedades como a maçonaria explica em grande parte a razão pela promiscuidade entre políticos com visibilidade, sendo que grande parte da classe política em Portugal é de facto uma grande teia cujas ligações superam divisões partidárias; por detrás da fachada que é a falsa discórdia teatral a que assistimos na assembleia todos os dias, estão plataformas como, mas não só, a maçonaria que permitem coordenação e concertação entre os ricos e poderosos.

    ResponderEliminar
  5. Bom dia sr. Pedro Lopes, o seu comentário é o resumo do que se deve fazer à seita (cancro que é a podridão da maçonaria) ser removido. Mas eu tenho uma sugestão ser exterminada tipo câmaras de gás na altura do holocausto, mas qualquer maçon iria ser exterminado um por um e sem excepção. Qualquer pessoa deve respeitar o próximo, como a nossa liberdade termina quando começa a do próximo. Mas esta actual maçonaria dos políticos corruptos não respeita os cidadãos, só querem dinheiro e lugares de destaque. Portanto qualquer maçon não quer saber da sociedade, mas sim das suas negociatas, dos seus jogos de poderes, dos seus favores e dos tráficos de influência como por exemplo alguns negócios das tretas das ppp´s que sugam os dinheiros público. Esse dinheiro que faz falta para manter a saúde a que nós (portugueses) temos direito a ter uma saúde digna e não morrer por falta de cuidados médicos. Portanto qualquer maçon que queira sugar dinheiro, simplesmente é fuzilado. Uma coisa é certa se esta maçonaria não houvesse o interesse do dinheiro ou da troca de favores. Ninguém destes políticos idiotas, corruptos estariam na maçonaria. Mas quando há dinheiro em causa os parasitas sugam os dinheiros públicos. Portanto esta maçonaria actual corresponde a parasitas com interesse em dinheiro e poder com tráfico de influencias. E não aos tais valores fraternidade e a igualdade e liberdade.

    Cumprimentos.
    Fernando

    ResponderEliminar
  6. Mais uma achega acerca da maçonaria. Então já algum pobre foi parar dentro da maçonaria? Claro que não, pessoas sem influencia ou sem recursos financeiros não vão parar a sociedades secretas de bandidos. Mas também é certo nem pessoas honestas vão para estas seitas que é o cancro da maçonaria.
    Estou completamente de acordo consigo "Porque se alguém entra para um grupo que todos divulgam como sendo um gang ou uma casa de prostitutas, não pode esperar que o considerem um santo".

    Algumas pessoas pensam que todas as pessoa tem um preço e o dinheiro compra praticamente tudo, mas a honestidade é um bem precioso, e quem de facto é um Homem com H grande (claro homem e mulher), não de deseja corromper. E não há dinheiro do mundo que pague, porque uma pessoa que seja desonesta muito dificilmente se esquece.

    Portugal está cheio de esquemas para a desonestidade e a corrupção ser a base dos políticos. Temos de nos sentir lesados, por os bandidos, quando um simples ladrão nos assalta e nós temos de responder o estado rouba o estado social, aumenta o imi, aumenta o irs, aumenta para a segurança social, queriam mexer na tsu. E com os ladrões dos políticos não reagimos da mesma forma que um ladrão que nos roube na rua? Temos de mudar de mentalidade, porque quem trabalha quase que passa fome, mas que Portugal da treta. Já chega de trabalhar para sustentar chulos, parasitas, idiotas, corruptos.

    Uma bala para cada politico, maçon corrupto, resolvia muita coisa, mas principalmente os portugueses viam-se livres desta escumalha corrupta e o nosso défice iria certamente ser reduzido disso não terei a menor dúvida.

    Fernando

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então já algum pobre foi parar dentro da maçonaria?

      Fernando,

      Ninguém se candidata á maçonaria. Eles é que escolhem novos membros, pessoas que conhecem no dia a dia e não é só do mundo dos negócios, é também no mundo das artes, da justiça, dos média e outros.

      Eles escolhem pessoas que sabem ou prevêem que seja um pessoas com capacidades intelectuais mas que sejam corruptíveis e sem grande base moral. Depois de la estarem é impossível saírem, pois podem ser assassinados.
      Certamente que para os convencerem lhes prometem mundos e fundos, e lhes dizem que aquilo vai ser fabuloso.
      A maçonaria teria de ser destruída á bruta e num processo global, não apenas num pais.


      Eliminar
  7. A Maçonaria em Portugal é uma associação de malfeitores, um verdadeiro antro de corrupção, compadrio e tráfico de influências. É utilizada como uma catapulta para chegar a cargos de poder. Estão lá os piores dos piores e como se não bastasse muitos são pedófilos mas nada temem pois estão devidamente "protegidos". Esta corja é talvez a principal responsável pelo saque e pilhagem de Portugal e pela desgraça e miséria dos dias de hoje. São como térmitas! Infiltram-se em todo o lado: política, justiça, sistema financeiro, e sobretudo, serviços secretos.

    ResponderEliminar
  8. Assassinaram o Rei de Portugal, de uma das monarquias mais democráticas do mundo em que até as mulheres já votavam para o parlamento, e o Rei era o maior amigo do povo e a sua riqueza propriedade da pátria, para instaurarem esta Republica mafiosa que já nos custou 50 anos de ditadura, um "charco" de corrupção, tem custos insuportáveis e foram autores do desmantelamento do império português!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Império português que levou 800 anos a construir!

      Eliminar
  9. Eu,um simples operário emigrante na Holanda desde 1964 e já velho
    (88anos)no meu fraco entender,atrevo-me a dizer que pelo que tenho lido a Maçonaria é uma Seita poderosa de intelectuais burgueses que como são crentes num Ser Supremo,com seus trajes e rituais se parecem com a outra Seita da bíblico-judaico-cristã Religião,dos Vigários de Cristo que desde há séculos Vigarizam o Povo e que deu o seu apoio à Ditadura clerical-fascista do Estado Novo.ÊLES,penso eu,talvez façam parte da chamada Sociedade Civil e provàvelmente da Sociedade Militar que embora seja uma «Casta» àparte,é o pilar da Civil.

    ResponderEliminar
  10. assalto aos dinheiros do pobre portugues que feito parvo, paga a luz a um preço exorbitante e nao pode reclamar,QUE PAGA IMPOSTOS DE UMA TELEVISAO QUE NAO VE NEM RADIO OUVE E NAO PODE RECLAMAR, que paga mais de impostos do que a água que consome e noa pode reclamAr, que nao vota mas que la poe sempre os mesmo, falsas eleiçoes e nao pode reclamar, que o escravizam tirando-lhes os direitos ja ganhos e nao pode reclamar, que é todo os dias gozado e roubado e nao pode nem tem a quem RECLAMAR.

    Que nao usufrui das tranches milionarias para o apis, nem se pode candidaar `s mesmas, excepto se la tiver conhecimentos, e nao pode reclamar, que tem que pagar os juros dessas tranches, com o seu suor sem ter pedido o dinheiro e nem sequer se serviu dele sem poder reclamar.


    MERDA....

    ResponderEliminar
  11. Volta inquisição.

    Queima os demonios, de preferencia vivos.Sabemos que eles voltam.

    ResponderEliminar
  12. Pois é! Agora parecem que estão a acordar dum pesadelo que dura à quase há 200 anos!!! Apontem um facto histórico que dignifique Portugal durante este período que vai desde 23 de Julho de 1833 até agora. Só revés, só factos que envergonham a história deste país, que desde então sempre teve a maçonaria no poder!!!

    ResponderEliminar
  13. E que podemos fazer para além de divulgar? Eu quero, mas como e com quem?

    ResponderEliminar
  14. o povo é quem mais ordena (não sou comunists) mas esta frase acenta quem nem uma luva, basta o povo querer, denunciar, apontar nomes, ou fazer manifestações contra esta seita de vampiros que nos deixam ir à ruína e por cima ainda se sentem salvadores da Pátria. Sou católico, por isso peço a providência dívina que afaste de Portugal esta seita de sanguessugas.

    ResponderEliminar
  15. o problema é que ninguém consegue.
    Vejam as história. Desde a revolução francesa que o mundo começou a ficar minado pelos maçons. As ditas "Repúblicas" a Fraternidade, Igualdade e os raio dos "Direitos Humanos", e Organizações mundiais disto e daquilo, unicef, onu, etc .- pertencem à maçonaria.
    Onde iremos pedir ajuda? não podemos.
    Recordem o livro "Eu fui Maçom" editado há uns anos em frança e vejam o que lhe aconteceu no momento que resolveu ir contra a maré. Se conseguirem encontrar este livro, leiam...

    O medo existe na verdade, mas não deveria.
    Aqui temos que ser inteligentes e saber fazer a reviravolta aos poucos, tal como eles introduziram este sistema tão protegido, ao longo dos anos, sorrateiramente usando os "Direitos humanos" como escudo, p+ara poderem entrarem em tudo..

    Não se pode lutar directamente contra eles, mas pode-se lutar de outras formas...

    ResponderEliminar
  16. Passem palavra sobre esta entidade. Passem palavra sobre os males desta organização... Só assim criaremos uma sociedade mais desperta, mais atenta ao longo dos tempos. Não seremos nós a mudá.lo mas espero que os nossos filhos ou netos o façam.

    Vejam as guerras mundiais onde os "ditadores" do oriente estão a ser eliminados, um a um, deixando Repúblicas atrás. Iraque, Líbia, Egipto, antiga União Soviética, etc.. Está cada vez mais forte e o dito povo, cada vez mais pequeno pois continuar perdido nos ecrãs da televisão a seguir o rebanho dos enganados... Usam as religiões e incentivam rebeldias nos países para criarem dissabores entre eles, e para os "herois militares ocidentais" virem "ajudar" e implantar a semente...

    um dia isto vai mudar. mas há que fazer por isso desta forma. Não se revoltando directamente para a justiça, pois lá... o esperto maçom já se encontra sentado.

    Assino como anónimo mas ando bem evidente ao público a lutar contra o sistema ;)

    ResponderEliminar