26 junho, 2012

Secretário de estado adjunto acha as misérias dos utentes do SNS cómicas!!


Mais um video censurado!?? 
Fernando Leal da Costa, secretário de estado adjunto da saúde, contou, aos portugueses, uma grande anedota, mas ele parece ser o único a rir-se da sua anedota e das anedotas que têm assombrado o Serviço Nacional de Saúde e os utentes.
Ou este senhor possui uma dose elevada de humor negro, ou então está a gozar com as misérias dos portugueses que sofrem devido ao estado calamitoso a que está a chegar o SNS.
Teve o descaramento de afirmar, no video que se segue (agora censurado), que, as queixas dos utentes, são apenas casos anedóticos! 
-“Não concordamos com a crítica. Não há racionamento. Os casos referidos são mais ou menos anedóticos. "Foi assim que se referiu, no encerramento da sessão de apresentação do Relatório do Observatório Português de Saúde, o governante quando lhe relataram os casos de desespero de pessoas sem dinheiro para se tratar, de deficientes que ficaram sem apoios, etc
Os dramas de que milhares de portugueses, se queixam... não o afectam, porque ele tem dinheiro para se tratar em clínicas particulares e no estrangeiro...


LAMENTO QUE A CENSURA DEMOCRÁTICA TENHA APAGADO O VIDEO QUE ESTAVA NUM CANAL DE TV, PELOS VISTOS, AO SERVIÇO DELES E NÃO DA INFORMAÇÃO... a vergonha do que dizem e do que fazem, por vezes assola-os, e mandam apagar as provas... 
JÁ TINHAM APAGADO TAMBÉM O VIDEO DA HELENA ROSETA DO CANAL ORIGINAL, e mais uns quantos que mostram a vergonha que nos governa. Se alguém encontrar cópias, deste video que foi apagado, que divulgue e coloque o link aqui nos comentários.

Será que ele chama a isto anedotas??? 
As noticias contam histórias de todos os cantos do país, desde pessoas que se deixam ficar em casa, a sofrer uma morte lenta, porque não têm dinheiro para se tratar do cancro. Porque os hospitais estão a centenas de Km e não há dinheiro nem para medicamentos muito menos para transporte. E aceitam o sofrimento e a morte, provocada por um cancro sem tratamento, porque não têm opção.
Em baixo as muitas noticias de miséria que todos os dias fazem rir o secretário de estado adjunto da saúde. Haja gente feliz com a miséria dos outros. 
1- Cortam os apoios das ambulâncias, e morrem pessoas com cancro e outras doenças, por falta de acesso aos tratamentos.(video)
2- Cortam os subsídios  morrem pessoas porque não conseguem comprar medicamentos. 
3- Corta os saláriosmorrem idosos por causa do frio e má nutrição...Pico de mortes entre idosos.
4 - "No distrito de Bragança há muitos doentes, sobretudo oncológicos, que estão a faltar a consultas e tratamentos porque não podem pagar o transporte de ambulância. Uma viagem entre Alfândega da Fé e o IPO, no Porto, pode custar 250 euros."fonte
5 - Estado está a poupar com a Saúde, mas as famílias não. Os cofres públicos dispensaram menos 842 milhões para o sectorda saúde. Em contrapartida, as famílias gastaram mais 11 mil euros. fonte
6- "António sofre de cancro colorrectal, e a reforma do casal (500 euros) não chega para pagar os remédios." fonte
7- "A população idosa e isolada não tem maneira de pagar o transporte de acordo com a nova lei. Em Odemira, há casos de reformados que recebem 250 Euros por mês e têm de pagar 200 Euros pelo transporte nas ambulâncias. Há mesmo quem pergunte aos bombeiros se é possível o pagamento em prestações" fonte
8- "Hospitais do Norte limitam remédios. Médicos denunciam terapias mais baratas e menos eficazes contra o cancro." CM
9- Os dois irmãos adolescentes sofrem de uma doença genética incurável que os deixou presos a uma cadeira de rodas. Deixaram de ir ao médico porque a mãe não consegue pagar o transporte entre Cabeceiras de Basto, onde vivem, e o Hospital de Santo António, onde são seguidos, no Porto. (fecham hospitais e afastam as pessoas do SNS)  http://expresso.
10- Há falta de vacinas nos centros de saúde do Norte. A delegada da administração regional de saúde admite que a situação ainda não está resolvida.
Três meses depois das primeiras queixas de falta de vacinas que fazem parte do plano nacional de saúde, nomeadamente contra o tétano, sarampo, papeira e rubéola, mas mesmas ainda estão em falta. fonte
11- Aumentam desistências de exames de saúde.
Em declarações à agência Lusa, Rocha Alves reconheceu que, desde que entrou em vigor o despacho (10.430/2011) que determina que "os estabelecimentos hospitalares integrados no Serviço Nacional de Saúde [SNS ] não podem utilizar as requisições de prescrição de Meios Complementares de Diagnóstico e Terapêutica (MCDT) para as entidades com convenção" tem aumentado a demora e os custos para os utentes
12- Crise agrava problemas de saúde mental e dependências
O OPSS analisou igualmente o mercado de medicamentos ansiolíticos e antidepressivos de ambulatório, comparticipados pelo Serviço Nacional de Saúde ( SNS ) entre 2002 e 2011, reportando um aumento de 15,3% no consumo de ansiolíticos.
13- Crise e austeridade dificultaram acesso aos serviços
O custo com transporte de doentes, suportado pelo SNS , teve reduções que chegaram a atingir 65% (ARS Alentejo)", indica o documento.
14- Aumento das taxas afasta utentes do SNS  
O aumento das taxas moderadoras fez com que algumas pessoas deixassem de ir ao Serviço Nacional de Saúde, afirma a DECO, segundo a qual há muitos constrangimentos no acesso à saúde, nomeadamente a demora na marcação de consultas.
15-  SNS em causa pelo "compradrio" e não por falta de verba  "A agiotagem, o compadrio, a submissão aos grandes grupos económicos e a falta de sensibilidade social é que põem em causa a sustentabilidade do SNS
16- Um milhão arrisca pagar remédios por inteiro  Associação Nacional das Farmácias (ANF) acusa Ministério das Finanças de não querer pagar por não ter verbas. Além de os beneficiários do subsistema correrem o risco de vir a pagar remédios a 100%, a ANF ameaça processar o ministério por incumprimento do acordo.
17- Portugueses vão pagar mais 170 milhões/ano "Os utentes vão pagar o dobro em cerca de 25 milhões de prescrições", disse, relativamente aos antidepressivos que descem de 95% para 90% a comparticipação.
18- Queixam-se que gastamos 25 milhões de euros por dia só com o SNS, O QUE ELES não revelam são as verdadeiras causa de tal descalabro.
As gestões ruinosas, como as vendas dos Hospitais, que gastam muitos dos nossos impostos a pagar aluguer.   aqui , aqui ,  aqui ,  aqui,   aqui
19-  Engenharia financeira oculta a destruição do SNS.  Uma das formas de destruir o SNS é através do seu estrangulamento financeiro. É isso o que tem feito os governos. 
O estrangulamento financeiro do SNS pelos governos de Sócrates foi feito através de transferências do Orçamento do Estado para o SNS cada vez mais insuficientes para cobrir as despesas do SNS e dos Hospitais. 
20- Concurso obriga a comprar plasma por 70 milhões. O dos dadores de sangue tem que ir para o lixo.
Desorganizados, incapazes de gerir com competência, desperdiçam 70 milhões de euros e 300 mil unidades plasma!!? Artigo completo: apodrecetuga.
21 - Doentes oncológicos esperam toda a noite para tratar da isenção das taxas moderadoras... levam colchões e dormem no chão... veja o video.
22 - Pico de mortes, jornal "The Guardian", denuncia misérias de Portugal.Maria Isabel Martins levantou-se às 5 da manhã para ir de autocarro de Portalegre para uma consulta em Lisboa de diabetes. É uma viagem de 130 Km (3 horas). Antes era grátis o transporte mas já não é."Isto é vergonhoso. Agora, cada consulta custa-me € 44 e eu tenho que voltar dentro de 2 semanas" Artigo completo: http://apodrecetuga.
23 - Taxas moderadoras afastam 1800 pessoas por dia das urgências
O aumento das taxas moderadoras fez cair o número de pessoas que chegam às urgências hospitalares? Os números indicam que sim: há menos 1800 casos diários. O PÚBLICO passou um início de madrugada em dois dos maiores hospitais de Lisboa.
24- 1800 PESSOAS, POR DIA, DEIXARAM DE IR ÁS URGÊNCIAS. GOVERNO CONTINUA EFICAZ NA SUA CHACINA CONTRA OS POBRES E DOENTES
25 - Entre três mil e quatro mil doentes de cancro por ano não fazem tratamento de radioterapia devido à insuficiência deste tipo de equipamentos no País, segundo especialistas ouvidos pelo CM. Na União Humanitária dos Doentes com Cancro, são recebidos diariamente reclamações e protestos de doentes, que se queixam de esperar semanas ou meses por uma consulta de oncologia ou tratamentos.
A denúncia da insuficiência de equipamentos de radioterapia em Portugal surgiu ontem num estudo publicado na prestigiada revista científica ‘Lancet Oncology'.
Segundo a investigação, o nosso país tem uma taxa de 4,6 aparelhos de radioterapia por milhão de habitantes, um número abaixo da média europeia, que é de 5,3. Isto significa que 19 por cento dos tratamentos oncológicos não são realizados. fonte
MAS O SECRETÁRIO DE ESTADO RI-SE!! 


8 comentários :

  1. porra...sai dai ha 30 anos mas continua tudo na mesma...senao pior....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito pior caro comentador, eles agora sabem até onde podem abusar, sabem que o povo é manso, sabem que a lei os serve, por isso está cada vez pior... se antes roubavam mil, agora roubam milhões, e os serviços sociais é onde cortam.

      Eliminar
    2. Acho graça à sua intervenção. Então foi-se embora e esperava, descançado, que os desgraçados que cá ficam é que resolvam os problemas? A corrupção não acaba por emigrar! O pais não produz mais por você emigrar! Então por que raio é que isto devia melhorar sem si cá??? Se tiver uma boa resposta diga-me como é que você consertava o país se cá tivesse ficado? E porque não ficou? Ao menos consertava o país! Cumprimentos de quem sempre cá esteve. Ju

      Eliminar
  2. Isto não é um governante. É um macaco!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por favor não ofenda os macacos... isto é um monstro desumano, não um macaco

      Eliminar
  3. é isso , não ofendam os animais, estes tipos são MONSTROS como escreveu o anónimo , e monstros eu pensava que só existiam no nosso imaginário, mas não, existem mesmo e estão e/ou estiveram no governo do País

    ResponderEliminar
  4. O video foi mandado apagar, foi pena, espero que alguém o tenha gravado para o pormos a circular nas redes , eu tirei um print screen comprovativo do que digo, mas não o sei colocar aqui, no entanto basta clicarem no simbolo do Youtube que vão dar com a página e com o que eu vi

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. LAMENTAVELMENTE PARECE QUE NINGUÉM REALIZOU CÓPIAS DO DITO VIDEO, e este video que estava incluído num canal de noticias da TV, foi apagado e não consigo encontrar rasto de nada sobre ele ...

      PARA AQUELES QUE ACREDITAM QUE VIVEMOS EM DEMOCRACIA, EIS MAIS UMA PROVA.
      Lamento que assim seja. Mas apenas nos permitem saber aquilo que eles querem...
      O video foi realizado após uma reunião ou conferencia do sec. adjunto, com o observatório da saúde, ou algo assim, e à saída uma jornalista perguntava ao sec. o que achava das queixas que o observatório apresentou sobre doentes sem tratamento, e outras queixas...
      Ao que ele respondeu, a rir, que as queixas são casos anedóticos e não a realidade....

      Lamento a falta de rigor do resumo que fiz do video, mas não me recordo de todos os detalhes....

      Se alguém encontrar cópia agradeço que coloque aqui o link,
      Já foram vários os Videos que divulguei aqui que em menos de 2 dia obtiveram 50 mil visitas e pouco tempo depois aparecem apagados, por sorte tenho encontrado cópias... mas parece que deste não há.

      Eliminar