05 abril, 2013

SUBVENÇÃO VITALÍCIA, DOS POLÍTICOS, DUPLICA AOS 60 ANOS.




"Lei prevê aumento de 100% no valor da subvenção vitalícia, quando o político beneficiado chegar aos 60 anos." fonte

"Artigo 25.º - (Cálculo da subvenção mensal vitalícia)
1 - A subvenção mensal vitalícia referida no n.º 1 do artigo anterior é calculada à razão de 4% do vencimento base correspondente à data da cessação de funções do cargo em cujo desempenho o seu titular mais tempo tiver permanecido, por ano de exercício, até ao limite de 80%."
2 - Quando o beneficiário da subvenção perfaça 60 anos de idade ou se encontre incapacitado, a percentagem referida no número anterior passará a ser de 8%." FONTE

Temos que aguentar e sustentar estes luxos que descaradamente afrontam os interesses do povo e da nação. Benesses obtidas por leis, leis que servem cada vez mais os interesses dos políticos, ávidos de dinheiro e poder.
Agora já são milhões de euros, e duplicará!!!

"Mais de 400 ex-políticos de todos os quadrantes, à excepção do BE, ainda beneficiam desta benesse que foi revogada em 2005 pelo PS.
A possibilidade de se acumularem subvenções vitalícias com vencimentos no sector privado faz com que gestores de topo beneficiem ainda daquela benesse. Casos de Jorge Coelho, Manuel Dias Loureiro, Armando Vara ou Ângelo Correia.
Já Dias Loureiro, gestor de fundos de investimento - e ex-administrador da Sociedade Lusa de Negócios, holding do BPN -, recebe 1700 euros, sendo que, conforme disse ao DN, não tenciona prescindir a não ser que a lei o obrigue. "Nunca pensei nisso", disse. fonte

MACHETE E SOARES CRIARAM A LEI DAS SUBVENÇÕES VITALÍCIAS
Subvenções dos ex-políticos são uma longa história com quase 30 anos. Ideia original partiu de um governo PS/PSD em 1984, Lei original das pensões vitalícias é de Soares e Rui Machete.
Governo de Soares e Machete avançaria com a proposta de lei 88/III que, após várias alterações, acabaria por ser aprovada no Parlamento com os votos favoráveis do PS e do PSD, dando origem ao primeiro "Estatuto remuneratório dos titulares de cargos políticos" (Lei n.º 4/85, de 9 de Abril). FONTE

Sócrates criou lei para beneficiar e proteger políticos. fonte
"Os portugueses, têm de ganhar consciência que esta canalha de gente nos destruirá. Dizimar-nos é o objectivo central do grande capital financeiro. Fá-lo-ão de qualquer maneira, sabedores que são, que o seu sistema político não lhes resolve o problema de enriquecimento ilícito ao mesmo tempo acompanhado de algum bem-estar social de décadas atrás. O capitalismo tem como meta a atingir a dominação dos povos e reduzi-los a uma nova forma de escravatura."

MARINHO PINTO DENUNCIA A IMORALIDADE DAS LEIS QUE NOS IMPÕEM, PELA CALADA SEMPRE A ROUBAR O POVO A ENRIQUECER OS PARASITAS. PARA ELES TUDO , PARA O POVO NADA?
POR ISSO MARINHO DIZ QUE AS MORDOMIAS DOS POLÍTICOS DEVEM SER DECIDIDAS EM DEBATE NACIONAL E NÃO PELOS PRÓPRIOS PARASITAS.




Há fome e miséria, mas... para estes há sempre fartura
  1. há milhões para derreter nas autárquicas 
  2. Milhões para ajudar banqueiros milionários incompetentes
  3. Milhões para derreter na AR
  4. Milhões para o repasto dos politicos
  5. Milhões para amigos
  6. Mais alguns pequenos abusos, de milhões. 
  7. Em Assistentes pessoais
  8. Em flores
  9. Em regalias aos ex-presidentes 
  10. Em cantinas
  11. Em despesismo inútil 
  12. Em Regalias e mais regalias aos deputados
  13. Em Incompetência / irresponsabilidade
  14. Em Água mineral!! Por favor. 
  15. A lei das faltas
  16. E os faltosos impunes
Marinho quer acabar com parasitismo dos partidos. Por isso continuará a ser atacado. 



60 comentários :

  1. A democracia não avariou hoje. Quando chegar o dia das eleições, vão votar no mesmo ou no nada. Mal dos conscientes que pagam por tabela. O medo sempre foi mau conselheiro e, por isso, quem tem medo de mudar precisa de arranjar cão que o guarde. Ou cadela. Por causa dela continuamos a ser roubados.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. não votar,nem branco,nem nulo,nao votar

      Eliminar
    2. totalmente de acordo

      Eliminar
    3. E tudo da mesma categoria,Politicos,Jornalistas e Sindicalistas só que.rem tacho.

      Eliminar
    4. Estes bandidos que nos roubam às descaradas, pondo como bode expiatório a troika, enquanto continuarmos a votar nestes ladrões nunca mais saímos disto. Roubaram o BPN, roubam-nos nas reformas, roubam nos vencimentos, roubam nos impostos, despedem pessoas que não têm culpa seja do que for. Põem portugueses uns contra os outros para assim continuarem a reinar e assim poderem roubar com a maior das facilidades... Se não acordamos, quando formos a dar por ela, estamos nus.

      Eliminar
  2. CAMBADA DE PORCOS!!!!!!

    ResponderEliminar
  3. Sonhei que o Povo vai acordar da carraspana que apanhou e que vai levantar em cada rotunda de norte a sul, uma FORCA onde vai dependurar todos estes canalhas que nos chupam o sangue.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estes gajos, ditos políticos e que disto vivem, não trabalham nem produzem nada de nada, era ignorá-los escorraça-los deste país que neste momento só vive da imagem infelizmente....acabaram com o país e connosco. Votar, significa assegurar o bem estar destes filhos da puta, todos iguais....vão trabalhar para pagar aquilo que roubaram e continuam; o bolo já está quase no fim....quem vai acabar c/ ele? Que se FODAM !!!!!

      Eliminar
  4. Eu fico doente com a filha da putice destes chulos.Julgamentos populares resolviam isto; quando um deles tivesse a corda no pescoço os outros pensavam duas vezes.Mas melhor, agora vai tudo atrás dos outros como se não fossem todos a mesma merda.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O QUE FAZIA FALTA EM PORTUGAL ERA UMA ESPÉCIE DE " ETA" QUE FOSSE LIMPANDO O PAÍS DESSES PARASITAS.

      Eliminar
  5. Guerra Subversiva:
    Votar de forma dominante no PCP,
    obrigá-los a ser governo,
    a denunciar a máscara dita de esquerda.
    O PCP no governo, PS/PSD na oposição JÁ.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. PCP ???? Mais uma vez as desgraças sociais aproveitam instabilidade do País para agarrar sobras. Desde quando a esquerda mesmo à esquerda tiveram ou tem gente capaz de fazer algo de util ??? Tirem os bandidos para colocar outros bandidos !!!
      O que o País precisa é de outro 25 de Abril mas desta vez com tiros e sangue, pois não aceito os meus filhos sofrerem as consequências da inercia dos meus compratriotas

      Eliminar
    2. Disse muito bem: Outro 25 de Abril que fizesse com que estes corruptos e este capitalismo selvagem fosse todo nacionalizado de novo e colocasse na praia estes exploradores do povo e os fizesse embarcar para o desconhecido para que nunca mais ouvíssemos falar deles.

      Eliminar
  6. As oligarquias PS+PSD+CDS,
    encostadas à parede.
    Sem fuzilamentos,
    mas para os ver borrados.

    ResponderEliminar
  7. Mas porque é que não fazemos uma greve pela moralidade? Porque é que não é o povo a obrigar o governo a legislar de uma maneira correcta e moral? Vamos para a rua! Não para pedir o que não podemos ter mas para que outros não tenham tudo que querem!

    ResponderEliminar
  8. Agradeço que me informe em que lei está previsto esse aumento. Não me parece algo legítimo e, realmente, estou como S. Tomé, ver para crer.
    Maria Rita Silva

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sugam tudo o que poderem ai ai salasar

      Eliminar
    2. "Artigo 25.º - (Cálculo da subvenção mensal vitalícia)
      1 - A subvenção mensal vitalícia referida no n.º 1 do artigo anterior é calculada à razão de 4% do vencimento base correspondente à data da cessação de funções do cargo em cujo desempenho o seu titular mais tempo tiver permanecido, por ano de exercício, até ao limite de 80%."
      2 - Quando o beneficiário da subvenção perfaça 60 anos de idade ou se encontre incapacitado, a percentagem referida no número anterior passará a ser de 8%."

      Eliminar
  9. É URGENTE POR ESTA CANALHADA DAQUI PARA FORA, SUGAN-NOS ATÉ AO TOTANO, CAMBADA DE IMCOMPETENTES

    ResponderEliminar
  10. Porque é que o Madof apanhou 150 anos e estes ainda se riem do povo honesto que acreditou nas suas patranhas. Quando será que ajustiça funciona neste país?

    ResponderEliminar
  11. Não podemos confiar mais no governo.Neste país só a classe política, futebolistas e carteis de
    droga é que conseguem viver. Quem trabalha, está só a trabalhar para o luxo deles.
    Deviam também estar atentos a quem põe o dinheiro lá fora e ajudado por quem, da maneira como fogem aos impostos e a todos os pagamentos

    ResponderEliminar
  12. É a depravação da política moderníssima na sua máxima expressão. Uma obscenidade muito difícil de engolir, mas o povo vai votar nos mesmos que nos trouxeram até aqui, sejam eles quais forem. Precisamos urgentemente de um partido anti-regime.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Principalmente é preciso divulgar a informação seja de que forma fôr sobre o estado a que este país chegou e porque chegou e que outros politicos da oposição rotativa deixaram chegar. É preciso alertar as pessoas para aquilo que ainda está a ser cozinhado pelos governanates para tramar e roubar quem trabalha honradamente e os reformados que descontaram efetivamente para ter a sua reforma. O que está em causa é a politocracia podre e as pessoas de "nome" que ao darem o seu aval a negociatas prendem-se na teia de interesses e fazem parecer bom o que é um roubo para a nação. Tudo isto que faz com que a democracia não funcione e não haja alternativas políticas válidas para que os cidadãos nelas possam votar. Não se esqueçam que os políticos de alguns partidos estão a aproveitar a situação para se candidatar como indepententes continuando assim a sua ação oportunista. O não voto ou o voto em branco poderá abanar os partidos do "arco da governação" e chamar a atenção de novas forças políticas válidas para que tomem a iniciativa de se candidatrem para poderem mudar este país que politicamente está a apodrecer e a injustiçar a maioria da população.

      Eliminar
  13. CONTINUO SEM SABER QUAL A FONTE...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque és burro ou analfabeto...

      Eliminar
    2. "Artigo 25.º - (Cálculo da subvenção mensal vitalícia)
      1 - A subvenção mensal vitalícia referida no n.º 1 do artigo anterior é calculada à razão de 4% do vencimento base correspondente à data da cessação de funções do cargo em cujo desempenho o seu titular mais tempo tiver permanecido, por ano de exercício, até ao limite de 80%."
      2 - Quando o beneficiário da subvenção perfaça 60 anos de idade ou se encontre incapacitado, a percentagem referida no número anterior passará a ser de 8%."

      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2011/10/subvencao-vitalicia-duplica-aos-60-anos.html#ixzz3PrsM3aFA

      Eliminar
  14. Cada povo tem os governos que merece.

    ResponderEliminar
  15. Os políticos que deviam dar o exemplo, não o fazem, porque ganhar muito, em pouco tempo de trabalho, é próprio dos indivíduos mais mal formados, sem olhar aos meios, para atingirem os seus fins. Por tudo isto e para que a política deixe de ser uma bandalheira, com leis à maneira dos seus interesses e dos interesses do patronato e banqueiros, o POVO tem, quanto antes, despertar e fazer a revolução necessária e durante o tempo preciso, para acabar, de vez, com pensões vitalícias, passadas ou futuras e muito em especial, com os subsídios vitalícios, visto que, em democracia, os deveres e direitos, custe o que custar, são e deverão ser sempre iguais para todos os cidadãos. Acabar com pensões ou reformas dos políticos, a não ser quando, após os descontos de, pelo manos 36 anos de descontos devidos, para a reforma e só aos 65 ou 66 anos de idade, salvo doença grave, que possa obter a reforma por invalidez e, no caso de cancerosos, ficarem isentos de quaisquer descontos, porque para mal já lhes basta a o sofrimento.O POVO DEVERÁ LUTAR COM TODA A GANA E QUANTO ANTES, ANTES QUE SEJA TARDE DEMAIS, com o povo subjugado e sem nada fazer, para terem todos os seus direitos e acabar, de uma vez por todas, com os privilégios e mordomias dos governantes e dos deputados, para que sejam substituídos, masmo que, por independentes e acabar, de vez, com privilégios dos políticos. visto que ninguém é obrigado a ir para a política e os que vão, fazem-no, de livre vontade, pelo devem capacitar-se de que não têm de ter privilégios e poderem ser eleitos, apenas dois mandatos, para quaisquer lugares políticos, sejam no Governo, na Assembleia da República ou em autarquias. É uma das melhores maneiras de acabar com os taxos e compadrios, de qualquer espécie.

    ResponderEliminar
  16. No tempo antigo não havia tantos, é muito bem feita, pois os do 25 de abril foram os primeiros a orientarei-se depois seguiu o resto até quando não sei, mas como dizia um amigo só perde quem tem

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Andei à "fugir" da PIDE! Nunca gramei o Toino de Stª. Comba mas tiro-lhe o chapéu só pelo facto de não ter enriquecido com a política.
      Estes filhos da puta do PS - PSD - CDS chupam-nos da forma que querem e ainda se riem das "bestas" que sugam.
      Francamente! Sempre votei PCP/CDU e de nada estou arrependido, pois sei que são gente honesta e trabalhadora, que respeita quem trabalha, não aparando golpes a esses sabujos: Cavacos - P. Coelhos - Portas & cª.

      Eliminar
    2. Dada a situação actual do Pais eu comprendo que vote PCP/CDU porque o meu voto vai ser um X a acompanhar todo o boletim de voto. No entanto observe o seguinte: quais as soluções apresentadas pelo PCP/CDU para arranjar dinheiro para pagar aos funcionarios?. Quando foi que houvimos do PCP alguma sugestão no sentido de reduzir a despesa ENORME com a Assembleia da Républica, reduzido-a para 50%, reduzindo o numero de deputados, as despezas de representação, automóveis etc etc. Quando?. Quando foi que houvimos o PCP/CDU dizer que se deveriam acabar com as subvenções vitalicias de todos os politicos sem excepção ??. Quando foi que ouvimos o PCP/CDU dizer que só a Presidencia da Republica custa cerca de 17 milhões de euros anuais aos contribuintes e que é preciso acabar com isso? Porque razão mesmo que a TROIKA seja injusta o PCP pura e simplesmente não negociou, ia buscar o dinheiro onde?? porque razão não houvimos o PCP sugerir que se acabassem com 90% das Fundações e Observatorios que não servem para nada e só dão despeza? Conclusão, os problemas actuais assim nunca poderão ser resolvidos por estes partidos - é pois necessário fazer manifestações em larga escala exigindo uma restruturação de toda a estrutura politica, exigindo igualmente leis eficazes no combate á corrupção tal como a criminalização enequivoca do enriquecimento ilicito chamando á responsabilidade anteriores e actuais politicos, mas essas manifestações deverião ser feitas , COM A MESMA FORÇA COMO AS QUE FORAM FEITAS NO BRASIL principalmente pelas novas gerações que são presentemente e serão futuramente as mais afectadas. Por fim e enquato não fosse feita uma restruturação em condições, com os anteriores e actuais politicos a prestarem contas dos seus actos que tem levado milhares de familias e crianças a passar fome, ninguem deveria votar.

      Eliminar
    3. Resposta ao Anónimo de 25 de Setembro.
      Deve ser muito novinho ou então já esquecido do que se passou quando o PCP foi governo, após a revolução. Onde foi parar o dinheiro do "dia do trabalhador"????
      Isabel

      Eliminar
  17. Há que regular a máquina do estado com tal precisão, que os ministros estejam impossibilitados, pela própria natureza das leis, de fazer favores aos seus conhecidos e amigos e que se favoreçam a si próprios. Alguém falou isto em 1932.

    ResponderEliminar
  18. Não votar mas curiosamente

    "Mais de 400 ex-políticos de todos os quadrantes, à excepção do BE, ainda beneficiam desta benesse que foi revogada em 2005 pelo PS."

    ResponderEliminar
  19. olá a todos

    Nem nessecito ler toda a coluna ao lado para concluir que neste pais á muito feliz em s.e.x.o pois até mesmo os fo. reclamam no sigilo sorrindo lol.lol

    ResponderEliminar
  20. POVO PORTUGUES MUITO FALA MAS AGIR NAO SE VE NADA,,
    POVO PORTUGUES O QUE ELE SABE FAZER è ACOMUDAR-SE COM AS SITUACOES EM VEZ DE FAZER REVOLTA CONTRA ESSES CHULOS QUE AINDA GOZAM COM O POVO PORTUGUES, EM METER NA RTP ESSE GRANDE PORCO DO SOCRATES,
    SOU SUISSO DE ORIGEM PORTUGUESA ADORO PORTUGAL, O QUE ME REVOLTA NAO SAO OS POLITICOS MAS SIM OS PORTUGUESES QUE NAO REAGEM A SUITUACAO, REVOLTA POVO PORTUGUES METAM ESSES CHULOS DAI PARA FORA , GRECIA UN EXEMPLO DO QUE DEVERIAM FAZER TODOS OS PORTUGUESES

    ResponderEliminar
  21. Caros compatriotas acordem! Não votem nos mesmos aldrabões e oportunistas de sempre PSD+PP+ PS . Foram estes partidos que levaram Portugal à ruina e à vergonha nacional de estarmos na dependênccia de VAMPIROS E CORRUPTOS=FMI+BM+BCE+UE+OMC... estão na mão de capitalistas selvagens e são a ruina do planeta.

    ResponderEliminar
  22. já chega de tantas vezes enganados com governos do ps e psd vamos votar em força na esquerda acreditem que as coisas vão melhorar estes vendilhões de patria não servem os que pouco ou nada têm votem na esquerda mas não na dita esquerda do ps.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como pode o P.S. ser um partido de esquerda se o Mário Soares fechou o socialismo na gaveta e atirou a chave para o Tejo...P.S + P.S.D.+ C.D.S= a capitalismo mal camufládo...Vamos dar uma oportunidade com o nosso voto aos partidos da esquerda que em 40 anos nunca governaram.

      Eliminar
  23. Os portugueses falam muito mas agem pouco.Está na altura de irmos todo para a rua manifestar a nossa revolta e exigir que estes corruptos sejam julgados e condenados pela maneira como desfraldaram este País. Fizemos os nossos descontos para termos um final de vida feliz, mas em vez disso estamos mais pobres do que nunca.VAMOS TODOS PARA A RUA LUTAR PELOS NOSSOS DIREITOS e correr com todos estes oportunistas

    ResponderEliminar
  24. Putas ao Governo que os filhos já lá estão.

    ResponderEliminar
  25. Tenho sonhos recorrentes em que vejo claramente visto o renascer das FP25ABRIL numa acção de DESRATIZAÇÃO deste pobre País. estarei louco? ou serei vidente?

    ResponderEliminar
  26. SE ISSO É VERDADE , ENÃO VAMOS LUTAR ....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para ter direito a reforma seija politico ou o que quer ae seija deve de descontar os mesmos anos que qualquer trabalhador da classe privada desconta ,anos de descontos iguais para todos ,e tetos de reforma máximos para todos

      Eliminar
  27. Os comentadores anteriores têm razão, mas não dizem como é que o povo pode alterar a situação. E não é squer é muito complicado. Bastaria adoptar as seguintes medidas:
    1º - Criar um movimento abstencionista que levasse o povo a não votar nas próximas eleições legislativas. Se a abstenção fosse superior a 80% o Pres. da República não tinha legitimidade para nomear qualquer governo decorrente dessas eleições.
    2º - O movimento exigiria a formação de um governo de salvação nacional, com os seguintes objectivos:
    - Alterar a constituição, tornando-a mais democrática e permitindo candidaturas individuais à assembleia da república. A nova constituição seria aprovada por referendo. O período legislativo passaria a ser de 6 anos em vez dos actuais 4, para se poder implementar programas mais completos.
    - Ao fim de cada três anos haveria um referendo (utilizando os meios informáticos) para julgar o governo. Se o resultado fosse negativo o governo caía e o P. da Rep. nomeava outro 1º ministro proposto pelo partido ou partidos que governassem o país.
    3º - O movimento abstencionista evoluiria para um partido do povo, cujo único objectivo seria ganhar as eleições para implementar um programa que tivesse em conta apenas o desenvolvimento do país e o bem-estar dos portugueses. Esse programa não seria elaborado pelo partido mas sim por um grupo se sábios e peritos das empresas e universidades portuguesas não pertencentes ou simpatizantes com qualquer partido.
    Na primeira sessão legislativa, pelo menos, se o movimento popular ganhasse as eleições nomearia um primeiro ministro independente,não pertencente ao partido para garantir o cumprimento integral do programa.
    Estas ideias poderiam servir de base para alterar a actual situação, que nos vai levar ao descalabro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As 2 primeiras medidas estão muito bem elaboradas e sim, é uma excelente ideia.
      Quanto a 3ª, era impossível controlar esse "grupo", pois desses tais sábios, de certeza que muitos seriam parasitas ou infiltrados e em menos de nada iam tornar-se mais uns políticos para encher o bandulho á nossa conta e fazer de conta que estão lá para fazer o pais desenvolver-se.
      Eu acrescentava outra medida para prevenir...contratar um tipo da alcaeda com brevet e dar-lhe um avião com o mapa da assembleia :)

      Eliminar
  28. Portugal não pode morrer assim e só protestar não chega somos mais os que estamos mal, eles não podem vingar, portugueses univos num só objetivo defender o nosso pão e o dos nossos filhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os portugueses só se unem para defender o futebol e eleger o seu partido corrupto.

      Eliminar
  29. O mal não está só nos políticos. Uma grande parte da responsabilidade é do jornalistas sem espinha dorsal, que não investigam, que não questionam, que não denunciam e se limitam a transcrever press releases. Se houvesse melhor jornalismo, haveriam melhores políticos. E já agora... se o povo se mexesse um pouco...!

    ResponderEliminar
  30. Este país só tem uma solução: Apanhá-los um a um, matá-los e despojá-los de todos os bens que roubaram! Só a tiro se resolverá os problemas deste país, mas o povo é ignorante e pacífico de mais e já não temos forças armadas!

    ResponderEliminar
  31. PS-CDS-PSD-CDU-PCP e mais nao sei quantos partidos sao todos iguaizinhos! Fazem tudo o que lhes apetece porque o povo portugues fala muito mas faz pouco e como tal permite tudo isto. Manifestaçoes da treta mandados pela cgtp ou por outra qualquer que nao passam de outra corja que come directamente com os partidos e o povo ainda paga para isso....nunca votei e por opçao abandonei o país. Emigrei como se diz realmente. Estou a trabalhar talvez para outros tantos que me roubam mas me dão vida digna e com a certeza que daqui a 10 anos terei a renda da casa paga, a agua paga, o IMI pago, transportes gratuitos, entradas em museus e outros edificios publicos com 50% de desconto, medicaçao gratuita, nao falo em assistencia medica por que essa gratuita, e mais cerca de 600 euros por mes no minimo. A minha terra é aquela que me dá uma vida digna e içarei sempre a bandeira do país que me der boas regalias pelo que um dia dei por ele. De portugal só quero a reforma dos cerca de 26 anos que aí trabalhei.........

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo seu testemunho. Seria interessante saber qual é o país, para percebermos se é dos tais que faz parte dos menos corruptos.

      Eliminar
    2. Ana Marinho.
      Concordo.
      E sabe que mais? Estou para fazer o mesmo. E tenho 50 anos.

      Rui
      Coimbra

      Eliminar
  32. Não entendo como nós Portugueses temos ainda a vergonha de falar e não agir. Eu não tenho forças para agir pois sou homem c/ 70 anos e não tenho já forças para isso. Onde estão os Portugueses de "TOMATES"? Já não há . Só há PANELEIROS e LADRÕES . O maior artista que nos roubou foi o Mario Soares e seu Filho. ningúem fala deles porquê? Habituado que estava a brincar na quinta do pai dele com brinquedos de pedra, transformou Portugal num quintal de brincadeira, e nós fomos todos parvos que apoiamos e demos credito . VIVA SALAZAR .Vocês falam contra Salazar ,mas deviam ter vergonha quando falarem nesse nome .

    ResponderEliminar
  33. É TUDO IGUAL DA DIREITA À ESQUERDA. A DIREITA FAZ E A ESQUERDA SABE TUDO E NÃO DIVULGA SÓ FAZ TEATRO É A VIDA DELES É UMA CAMBADA A ELIMINAR MAS COM OS BOLSOS VAZIOS PORQUE NADA É DELES, DEVERIAM INDEMANIZAR O PAÍS PELO QUE FIZERAM DELE, VAMOS PARAR TODOS ATÉ QUE CAIAM, MAIS VALE DOIS TRÊS DIAS DE FOME QUE TODA A VIDA ASSIM ASSIM

    ResponderEliminar
  34. políticos super ladroes sugam, o povo que trabalha e eles reformam se aos 50 anos e que refoemas ricas

    ResponderEliminar