09 agosto, 2012

PAULO MORAIS CONVIDA OS CORRUPTOS A TEREM VERGONHA.





GRANDE HOMEM E CIDADÃO, DAS POUCAS FIGURAS PÚBLICAS QUE SE INSURGE CONTRA A CORJA QUE ARRUÍNA PORTUGAL... COM TODA A TRANQUILIDADE EI-LO NESTE VÍDEO A CONVIDAR OS CORRUPTOS A TEREM VERGONHA ... 
Quando o entrevistador convida todos os visados a irem ao programa desmentir o que Paulo Morais afirma, Paulo Morais interrompe e diz: "E eu convido-os a terem mais vergonha... "
Paulo Morais merecia mais atenção... e os portugueses mereciam um Paulo Morais.

O video em cima faz parte do programa "Negócios da Semana" cujo video completo se ENCONTRA no final do texto explicativo do respectivo conteudo. 

OS PROBLEMAS MAIS GRAVES QUE AFECTAM OS PORTUGUESES 
Pontos em destaque no vídeo. Resumo
- Em Portugal, o estado, gasta por ano, cerca de 80 mil milhões de euros, o orçamento está completamente descompensado. Pois os juros da dívida pública representam a maior despesa do estado, 9 mil milhões, situação que deveria ser inaceitável e que o governo deveria renegociar urgentemente e de forma justa para os portugueses, pois existem alternativas que favorecem menos a banca, mas favorecem o estado português.
Em mais nenhum país civilizado se assiste a este desequilíbrio...  permitir que a divida pública seja o ministério mais dispendioso em Portugal  O "ministério da divida pública" ou devemos chamar-lhe o "ministério da banca"??? Anedótico, criminoso e ruinoso. 
- Paulo Morais afirma que os juros podiam ser mais baixos, existem muitos empréstimos contratados pelos governos, ao longo dos anos que deviam ser urgentemente renegociados. E deveriam recorrer aos certificados de aforro.
Mas isso não se faz porque os interesses da banca continuam a sobrepor-se aos dos portugueses e do estado. A banca, as obras públicas, o sector imobiliário e escritórios de advogados dominam por completo a politica portuguesa.
Este domínio da banca traz ainda outro grave prejuízo aos portugueses.
Existem países decentes onde são os cidadãos, privados, que compram a divida pública através dos certificados de aforro e outros produtos semelhantes, em que o estado apenas paga 3 a 4% de juros ao cidadão.
Mas em Portugal a banca decide, e são os interesses da banca que prevalecem, obrigando o estado e empenhar-se, pede empréstimos à banca, com juros a 6% e 7%.
E o governo, pactuando com a banca, foi eliminando, ao longo dos anos, esta alternativa, destruindo os certificados de aforro e oferecendo à banca juros altíssimos que tornam a despesa pública insustentável.
Não existe vontade dos governos para renegociar este "despejo" de dinheiro público para a banca. Pelo contrário o governo tem anulado as formas mais favoráveis aos interesses nacionais e promovido os esquemas favoráveis à ganancia da banca. Os governos gostam de enriquecer a banca e descaradamente, oferecem o dinheiro público aos seus amigos, para que estes os protejam, com luxos, para o resto da vida... a eles, à família e amigos. 

-Temos um caso único que não se vê ou permite em mais nenhum país no mundo civilizado, e que se passa em Portugal com o maior descaramento. Em Portugal a banca privada tem administradores e gestores dos seus bancos a trabalhar no conselho consultivo do Banco de Portugal. Aquele que representaria a isenção e deveria exercer a fiscalização, acaba por estar nas mãos dos que deveria fiscalizar e supervisionar, e portanto jamais o fará com isenção ou a favor dos interesses dos país.
Cita alguns exemplos:
O caso de Almerindo Marques que está no BdP e está ligado ao BES.
Ou ainda o caso de António de Sousa que era a figura máxima na representação da banca privada e tinha também poder no BdP.

- Paulo Morais afirma não ter dúvidas nenhumas que mesmo as parcerias Público Privadas, não são renegociadas nem os valores diminuídos porque os políticos estão de cócoras perante os interesses dos donos das concessionárias e os favores que obterão destas, sempre que precisarem. 
Isto tudo porque em Portugal existe algo mais grave que já ultrapassa a mera promiscuidade na troca de cargos políticos e privados. Não é aceitável que um politico que esteja hoje a negociar com concessionárias esteja amanhã a trabalhar nessa concessionária!!!
Os mais marcantes ministros das obras públicas trabalham hoje nas PPP.

Já o fiscalista Caiado Guerreiro estranha que as PPP sejam apenas renegociadas no fim do ano. E o mais vergonhoso é que quem vai negociar o novo contrato, são os mesmos que traíram os portugueses e beneficiaram as concessionárias nos contratos anteriores, fazendo contratos ruinosos para o estado português. Bravo!!!
E sugere ... Se o governo quisesse realmente renegociar as PPP sem lesar de novo o estado, bastava copiar os contratos de países civilizados e íntegros que há anos utilizam as PPP. Se o governo quisesse mostrar honestidade nas suas práticas, não recorria a escritórios de advogados portugueses que já estiveram envolvidos das negociações ruinosas anteriores.
Caiado Guerreiro afirma que as PPP ou foram negociadas por alguém deficiente ou criminoso.
Afirma ainda que a reavaliação do IMI e o IMT irá sobrecarregar a classe média e baixa, pois as instituições financeiras detentoras de mega patrimónios e riquezas, não PAGAM NEM IMI NEM IMT.... Mais uma vez a classe média a financiar os buracos e a dar o corpo ao manifesto, para poupar os milhões dos ricos.

Paulo Morais diz que a única coisa que falta para resolver o despesismo das PPP é a vontade do governo.

A recente privatização/alienação da EDP é um exemplo de falta de vontade do governo de proteger  os interesses do estado.  
A comissão criada para fiscalizar e defender os interesses do estado e dos portugueses, envolve elementos com interesses em negócios privados que se opõem e entram em conflito com os do estado,  e têm ainda interesse em defender a EDP.
Miguel Frasquilho - com interesses no BES, banco que acessorou a parte financeira dos chineses na compra da EDP.
Mesquita Nunes - o advogado que pertence ao escritório de advogados que trabalha para a EDP e que trabalhou para o governo nesse processo.
Pedro Pinto - que é consultor de empresas que dependem completamente da EDP.

- Paulo Morais é peremptório e durante o video, no minuto 41.36 convida os visados a terem vergonha pela promiscuidade que ostentam, lesiva dos interesses dos portugueses.A comissão parlamentar que neste momento tem mais importância para o futuro dos portugueses é a que está a negociar com a TROIKA. Ironicamente o povo português não está representado nessa comissão, pois é composta por representantes dos bancos, representantes dos escritórios de advogados, dos interesses imobiliários e das grandes empresas.
Como é possível esta situação, que é do conhecimento público e está disponível para quem a quiser consultar na internet  e saber quais são os interesses que movem estes senhores...  e os maiores partidos portugueses tem o desplante de colocar estas pessoas com interesses opostos aos do estado a negociar os interesses do estado?

-Outro exemplo de como a promiscuidade é descarada e prevalece, é o problema da contratação pública.
O actual presidente da comissão parlamentar de defesa e o anterior, vêm todos do mesmo escritório de advogados!? E mostra de que forma uma empresa de advogados detém poder preocupante sobre o ministério da defesa e as pessoas que se nomeiam para lá. (José Matos Correia, José Luis Arnaut)

Outro escândalo... o código da contratação pública foi feito pelo escritório do Dr Servulo Correia, e só em pareceres para explicar o código que ele próprio fez, já facturou 7 milhões e meio de euros. Mas mais corrupto ainda é que estes escritórios intervém de forma inconstitucional no processo legislativo, executivo e judicial o que viola a lei da separação dos poderes, e o presidente da república permanece sereno, continua a ignorar o seu trabalho.
-Paulo Morais afirma ainda que as entidades reguladoras deveriam ser chamadas de branqueadoras pois é o que elas fazem.
- Caiado Guerreiro, termina com uma sugestão... já que o estado português é bom na fiscalização, estando entre os melhores da Europa... deveria virar todo esse poder de fiscal para ele próprio e fiscalizar os cerca de 13.740 organismos públicos dos quais apenas 1724 apresentaram contas. Apenas com esta simples medida, provavelmente resolviam o défice em 6 meses.

O VIDEO COMPLETO: Negócios da Semana - A Máfia das Parcerias Público-Privadas em Portugal (04-07-2012)





48 comentários :

  1. Não sei qual a razão
    Que faz a imaginação,
    Causar-me frustração…

    Será fantasiar demasiado?
    Falhar, no ligar à realidade?

    Mas não é verdade,
    Que imaginar, no passado,
    Encaminhou a liberdade?

    Então porque me desiludo?
    Pelo sonho traído?
    Pelo ideal corrompido?

    Nem só por isto, nem por aquilo…
    Mas por tudo!
    Por tudo estou intranquilo...

    Pela corrosão do poder
    Aos sonhos que lá vão ter…

    Pelos pobres que passam a lordes
    Pelos sonhadores, os maiores traidores
    Mas, sobretudo,

    Pela alma do homem, venal
    Que à traição se dispõe
    Pelo que o dinheiro lhe propõe…

    Dignidade, Honra, Ideal?
    Tudo isso tem baixo preço,
    Quando o corruptor me propõe
    Bem mais do que mereço…

    ResponderEliminar
  2. MÁFIA ORGANIZADA e sempre dentro das leis feitas pela própria MÁFIA, mal seria que assim não fosse :/

    PPP ruinosas é acabar com elas, ponto final.
    Mas não com certeza com os desgovernantes actuais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois os governantes são os que mais gostam das PPP assim...

      Eliminar
  3. Bernardo de Sousa Couitnho11 agosto, 2012 14:18

    Culpa dos portugueses, que a maior parte não tem direito em reclamar, porque não vai votar. Preferem a desculpa que nada resolve e vão para a praia ou divertir-se nesse dia antes de ir cumprir o seu dever civico. Nem que vá só dar baixa do nome sem votar em ninguém.
    Veio o 25 de Abril, liberdade de expressão. Então as pessoas deveriam pagar uma multa por não irem votar. Estes mostram também como os corruptos um desrespeito pelo país.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Votar em quem ... nos mesmos que levam o país a ruina ... os partidos politicos estão todos minados de imcompetentes basta ver o que se passa na assembleia da republica a 30 anos que somos roubados ... afinal onde estão os hunestos ... são sempre os mesmos quando não estão no governos estão em administradores e vice verso ... acabem com estes politicos , que nos vão levar a ruina ... acho uma graça votar em quem aldrabões prometem e prometem e a seguir não cumprem , mas ficam lá os 4 aninhos de tacho, ainda nenhum disse fui engando e isto não está bem , portanto vou-me embora ... o vais ... arregaçam as mangas e em nome da democracia vão gamar mais uma teca de massa ... tirem o escudo da bandeira e ecrevam lá salve-se quem poder ....

      Eliminar
    2. Concordo que o voto devia ser obrigatório. No entanto, no boletim de voto tinha que existir um campo para se votar em branco. O resultado da votação deveria ter em conta a votação em branco, não dando legitimidade ao partido partido vencedor, caso esse partido tivesse menos de 50% da votação global.

      Eliminar
    3. Concordo, se fossemos mais ativos isto não acontecia! Mas eles, os poilitícos,salvo raras execçôes não lhes interessa que sejamos politicamente informados!

      Eliminar
    4. SAO SO AS PPP E AS IPSS GERIDAS POR FUNCIO
      N
      ARIOS CAMARARIOS E FREQUENTADAS POR FILHOS DE QUEM NAO PRECISA E PAGAS COM OS NOSSOS IMPOSTOS ONDE ESTA A SEG SOCIAL AQUI NO CONC DE CASCAIS HA DUAS GERIDAS P MESMO FUNCIONARIO QUE SO DEVE IR A CAMARA PARA ASSINAR O PONTO E RECEBER O ORDENADO E AO FIM DO ANO RECEBER O SUBSIDIO GRANDES VIDAS

      Eliminar
  4. Isto é uma vergonha. É o que Paulo Morais pede, mas nunca será atendido o seu pedido, precisamente, por falta de vergonha.....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ana paula mourato14 agosto, 2012 01:08

      Eu tenho vergonha ! vergonha de ver Portugal neste estado de dívida e corrupção; vergonha de ver portugueses a destruir o seu próprio país. Ainda não tenho vergonha de ser portuguesa porque amo o nosso clima, as nossas paisagens, a nossa gastronomia,a nossa música e artesanato, os nossos monumentos e edifícios, a nossa simpatia e cordialidade, mas tenho vergonha de ser governada por desenvergonhados!

      Eliminar
  5. Referente a corrupção da banca ou de outro aspectos estão todos em liberdade e continuam com dinheiro e ninguém faz nada por isso não acredito na justiça Portuguesa nem em nenhum governo desde entrada do Euro em que todos os governantes ficaram ricos e com reformas antecipadas e vitalícias

    ResponderEliminar
  6. tenho vergonha de ter acreditado sempre que votei.
    votei por nós. votei por Potugal.
    Como diz o Daniel (BE) e o nosso filosofo Gil, nós não compreendemos, mas como já não existe democracia , impera a finança e o mundo dos ricos, nunca pensei em confirmar o Marx , mas adorava que ele tivesse razão O capital devorar-se-à a si próprio.
    Gostava de ver os Amorins, os Jerónimos e essa corja a definharem,
    E se para a proxima ninguem fosse lá ( às urnas , entenda-se!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não vou. Nem na próxima nem nas seguintes.

      Eliminar
    2. Meu caro, queira reflectir um pouco e aprenda a distinguir entre empresários que, felizmente e com mérito, ainda continuam a manter postos de trabalho, e os ex (e quiçá futuros) governantes que se locupletaram na e com a ladroagem das inúmeras PPP's e Institutos fantasmas, que só os beneficiaram, bem como aos parentes e amigos, além dos competentíssimos boys dos respectivos partidos. Diga-me, pois: entre estas duas classes, qual a que beneficia e ajuda ao emprego e à economia do País e qual a que nos tem depauperado vergonhosamente.

      Eliminar
  7. O DCIAP LIMITOU-SE A DEFENDER OS INTERESSES DOS CORRUPTOS ! PORQUÊ?
    AOS ESPECIAIS CUIDADOS DO GOVERNO DE PORTUGAL!
    Na sequência de factos DENUNCIADOS e submetidos aos cuidados do DCIAP,
    da parte não se sabe de quem, veio a surgir um procedimento que mais do que errado é criminoso da lei e do direito, veja em anexo ou verifique:
    http://injusticaemportugal.blogs.sapo.pt/538.html

    http://injusticaemportugal.blogs.sapo.pt/
    O autor desse embuste praticou assim um crime pp. no Art.º 369 do CP. e esta bem consciente disso mesmo, tanto que nem sequer se subscreveu, agindo cobarde-mente, colocando em causa tudo e todos no DCIAP.

    Repare-se que a denuncia deu entrada a 15 de Junho, esse arquivamento como o pobrezinho de espírito assim o intitula, ocorreu a 28 de Junho, ou seja, decorridos 13 dias, sem que fossem efectuadas quais-queres diligências, a solicitar a documentação, que se encontra no tribunal de Abrantes, nada fizeram, trataram do caso, como de denuncia anónima se trata-se - nem sequer conseguiram apurar a identidade do denunciante, ao estado a que chegámos!
    Mas as coisas do "DCIAP" departamento central de investigação e acção penal-são mesmo assim: http://www.jn.pt/PaginaInicial/Seguranca/Interior.aspx?content_id=2716460
    Os corruptos, protegem-se uns aos outros - o trafico de influências continua:http://perseguicaoterrorismo.blogs.sapo.pt/2288.html http://terremotonajustica.blogs.sapo.pt/

    Pelo exposto, o ofendido, não pode deixar de solicitar uma vez mais, a intervenção de V. Exª. junto de quem de direito, de tal forma que a legalidade democrática, possa vir a ser reposta de imediato, e assim possa vir a surgir um despacho devidamente fundamentado em matéria de facto e de direito - com valor jurídico, como é de apanágio de toda a justiça.

    Continuo sem acesso ao direito e aos tribunais Art.º 20 CRP.
    Ao abrigo do disposto nos Artsº.9 e 22 da CRP.

    Pede deferimento com carácter de urgência, conforme a situação assim o parece exigir.

    Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva

    Obs.http://terremotonajustica.blogs.sapo.pt/745.html
    http://www.canaljustica.tv/
    www.canaljustica.tv

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Belo programa, mas para passar às 21H00...

      Eliminar
    2. DESDE QUE A PANELEIRAGEM SE TORNOU LEGAL, ESPERO TUDO NESTE MUNDO!!

      Eliminar
  8. Isto já lá não vai com falinhas mansas, aprendem "todos" na mesma escola. .....

    ResponderEliminar
  9. Não volto na minha vida a votar! Não posso dar carta branca a mais nenhum politico depois de lá estarem fazem só o que lhes dá jeito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. fazes muito mal, ao menos vota em branco. Isso é o que os gatunos querem

      Eliminar
    2. Esta política criminosa não pode ser apontada a quem não foi Governo. Os corruptos criminosos q estão a desgovernar Portugal não foram para lá sozinhos, foram legalmente eleitos por povo ceguinho que vota sempre nos mesmos: PSD, PS, CDS. São estes os partidos que têm penhorado Portugal. Traidores à Pátria é esta corja política criminosa.Quem lhes dá cobertura está a pactuar com eles. ISTO É CRIME.
      É indesculpável porem os partidos à frente da Pátria o erro é sistematicamente repetido nas eleições desde sempre.

      Eliminar
    3. OLHE LÁ O ESPERANÇA, PREFERIA QUE FOSSE O P.C.P.? DEIXE DE SUGERIR IDÉIAS INDESCULPÁVEIS. ISSO "DEVIA2 SER CRIME#

      Eliminar
    4. SE NÃO VOTAS, ÉS POUCO INTELIGENTE, POIS ASSIM ENTREGAS O TEU VOTO AOS POSSÍVEIS ADVERSÁRIOS!

      Eliminar
    5. eu vou votar no Paulo Morais

      Eliminar
  10. Pena é o seu programa passar tão tarde. Seria muito bom que estes seus debates fossem em horário nobre. Mas mesmo assim, obrigado por nos informar e nos dar a conheçer, as tramoias e a corrupção praticadas pela nossa classe politica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os debates são demasiado reveladores pelo que as classes dominantes fazem tudo para que seja visto por muito pouca gente...
      assim como quem quer mostrar que somos democratas, mas não muito.

      Eliminar
    2. PAULO MORAIS, DIFICILMENTE LI UM ARTIGO TÃO DESASOMBRADO, E TÃO CHEIO DE VERDADES INDESMENTÍVEIS COMO O SEU. PARABÉNS!!!!

      Eliminar
  11. Inflismente, a historia repete-se. As pessoas nao aprendem.Aguardar ,para ver de que tipo vai ser aproxima revoluçao.

    ResponderEliminar
  12. Eu tambem digo que isto já lá não vai com falinhas mansas e tbem estou à espera da próxima revolução e desejo que a próxima não vá ser com rosas nem cravos, deve ser mesmo à bala. Só assim se fará a purga desta pobre nação falida, com um povo descrente e indignado mas impotente, porque está pejada desses tais generais, almirantes, boys craques da retórica charlateira politiqueira com vista ao gamanço e à engorda no já magro repasto orçamental, através dos esquemas desgovernativos,criminosamente planeados, pelos sucessivos eleitos da alternância. Este Coelho que mais devia ser rato, tbem me enganou e estou deverasmente indignado...

    ResponderEliminar
  13. Estou plenanamente de acordo com o último interveniente : Isto só lá vai com uma revolução mesmo a sério!
    Acorda povo, acorda povo!
    Nesta luta, nunca te dês por vencido...
    Façamos uma Revolução de novo!
    Para este Governo ser despedido!

    ResponderEliminar
  14. Joaquim Ferreira do Amaral
    Jorge Coelho
    Luis Valente de Oliveira
    António Mexia
    Almerindo Marques


    Tres meses eu a mandar e estes pintas desapareciam e entregavam todo o seu cacau ao estado. Com estes, iriam também os isaltinos, os soares, os silvas, os cavacos, os limas , os felgueiras, os costas, os socrates, os loureiros, os valentins, os miras, os cadilhes, os constâncios, os rendeiros, os jardins BCP e outros relvas.
    , Todos os corruptos, eram SÓ fuzilados , nada mais, pois não têem cura e o povo é que sofre.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O seu cacau está bem acautelado em offshores e impossível de ser encontrado pela nossa incompetente justiça.

      Eliminar
  15. Sinceramente, não haverá em Portugal quem nos defenda desta gorja. O que poderemos fazer neste Estado Democrático para mudar esta gente?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por enquanto resta divulgar, não temos poder para muito mais, a indignação tem que nascer em todos nós para que a revolução surja... irreversível e sem pausas.

      Eliminar
  16. Joaquim Ferreira do Amaral
    Jorge Coelho
    Luis Valente de Oliveira
    António Mexia
    Almerindo Marques


    Isto ja é um principio, para ser criada uma lista dos corruptos, dos ladroes e de quem delapida o Estado e o Povo, continue-se com essa lista, acrescente-se as moradas e comece-se a fazer justiça popular, que pelos vistos é aquela que não admite RECURSO.

    Alguem que marque o dia e comecemos , marcha-se sobre lisboa, com as nossas armas - a voz da razao. Não vai haver tropa para nos deter(pois essa, ja os corruptos trataram dela) Portanto VAMOS PARA LISBOA, lutar pelo que é nosso!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Paulo Morais já começa a ser perseguido, é difícil lutar contra corruptos quando o povo vota neles e lhes dá dinheiro e poder. E não apoia quem luta contra eles

      Eliminar
  17. O meu comentário é que subscrevo tudo o que aqui está dito por pessoas conscientes e esclarecidas.
    VAMOS DIVULGAR E DENUNCIAR TODAS ESTAS IRREGULARIDADES VERGONHOSAS DESTES POLÍTICOS CORRUPTOS QUE LEVARAM O PAÍS À FALÊNCIA.

    ResponderEliminar
  18. ESSA ESCUMALHA PERSEGUE TODOS OS QUE LES FAZEM FRENTE SERRAR FILEIRAS EN TORNO DE UM LIDER

    ResponderEliminar
  19. todos os comentàrios que li mostram bem infelizmente,a realidade da nossa naçào,nào me considero um dos enganados,sempre que vivi em portugal votei,mesmo a ultima vez por coincidencia estava em portugal,votei,nunca votei no cavalo ganhante,porque eu sou dos tais que sào os pequeninos que dizem o que lhe vai na alma,e conhecem a realidade do povo,nunca me enganaram,sàào sempre os mesmos e depois vejo aqui escrito por muita boa gente que estào hà espera dum milagreiro,pois estamos dacorda esta classe politica està no minimo podre,nào se pode confiar uma patria,nos nào nascemos neste cantinho da europa por acaso,eu nào acredito numa europa com leis dependendo do papào,nos temos quase autonomia pra fechar fronteiras em caso de nessecidade,pois somos nos que temos que fazer,depois nos cidadoes temos que encontrar entre os nossos gente honesta e competente,bons falantes sào eles todos,divida ,so sera paga depois do equilibrio financeiro do pais e consuante decisào do povo,porque se nào houver revoluçào ,nào acredito noutra maneira deles largarem o tacho e ou fazem agora ou morremos lentamente e com vergonha de ser gente,lutemos plos nossos,paremos o pais,o povo tem que ganhar consciencia que é o maior peso duma naçào,viva portugal

    ResponderEliminar
  20. Isto é de bradar aos céus. Como é possível a esquerda de Portugal não ter já tomado uma posição forte, sobre o assunto e não me venham com a treta de que a esquerda no parlamento está limitada. isso é bem verdade mas existem outros meios, como por exemplo abdicarem publicamente de todas as bonomias e subsídios que são atribuídos a área politica. Exigir na assembleia da Republica que a idade da reforma seja igual para todos aos 65 anos, e o horário de trabalho que seja de 45 horas semanais para toda a gente. Assim como corrigir outras situações que são ofensivas ao cidadão, comum que pagam os seus impostos se o fizerem não tenho duvidas de que ganharão o respeito e votos de muitos Portugueses. E deixam o problema para a direita resolver. Porque eu sempre ouvi dizer Que o exemplo tem que vir de cima neste caso que os sacrifícios cheguem aos que mais ganham.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As leis também favorecem os da esquerda.
      Eu se trabalhasse no parlamento com a corja de políticos que todos conhecemos, e segundo os meus princípios e ética, pegava nas malas e abandonava aquele antro de corrupção. pelo menos é isso que as pessoas costumam fazer. Se não queres passar por prostituta, não frequentas um bordel, se não queres passar por drogado, não frequentas os locais de venda de droga... se existe alguém honesto no parlamento, convido-os a aceitar o meu desafio.
      Saiam todos das vossas cadeiras confortáveis, abdiquem dos vossos luxos e gritem bem alto para todos os corruptos ouvirem .
      - Abandonamos o parlamento porque nos recusamos a pactuar com o que está a ser feito aos portugueses...
      Que tal?

      O PCP inclusive já chegou a pedir beneficios para a justiça... veja neste artigo, se quiser...
      """""Justiça mais uma vez beneficiada. Será pelo bom desempenho? Ou em Portugal há portugueses de 2ª e de 1ª?
      Certamente há algo aqui que nos falha... a justiça é protegida no cortes de subsídios?
      1º - Os reformados da justiça vão ser poupados aos cortes exigidos aos reformados de Portugal?
      2º - Isto é estranho e mais estranho fica quando por detrás desta aprovação, esteve uma proposta do PCP!?
      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2012/02/justica-mais-uma-vez-beneficiada-sera.html#ixzz2ZudKWh8k

      Eliminar
  21. Eu só quero agradecer ao Professor Paulo Morais e a quem o apoia por tudo o que está a fazer pelos Portugueses que estão entregues á sua sorte. Nesta altura a descrença nos políticos é enorme eu não tenho duvidas de que se houvesse agora eleições todos os partidos sairiam penalizados dai o pavor de eleições nesta altura do campeonato.

    ResponderEliminar
  22. TONA-SE ÓBVIO QUE DESDE ´(SÓCRATES) NÓS, O PAÍS, ESTÁ A SER ROUBADO, E O QUE É MAIS TRISTE, É QUE SÃO OS PRÓPRIOS QUE "JURARAM" DEFENDER OS INTERESSES PÁTRIOS, APROVEITEM PARA SER OS PRÓPRIOS A RPOBAR O PAÍS! RECOMENDO AOS PORUGUÊSES QUE DEIXEM DE ABSOLVER A ROUBALHEIRA DESENFREADA QUE ESTAMOS, E, CONTINUAMOS A SER VITIMAS, E PELO POUCO QUE ME TEM SIDO POSSÍVEL CONSTATAR, OS GATUNOS ESTATAIS, SAEM DO GOVERNO, PARA EMPRESAS GOVERNAMENTAIS; ISTO É DEIXAM DE METER A MÃO NA CARTEIRA, MAS MEXEM DIRETAMENTE NO BOLSO!CONDENEM SEVERAMENTE OS QUE NOS TEEM ROUBADO, E SÃO MUITOS, E, CONSTRUAM CADEIAS (SEM MORDOMIAS) COMO A CARREGUEIRA, MAS SIM COMO UMA CADEIA QUE SE PRESE, QUE SEJA "DURA" COMO SÃO AS CADEIAS PARA ONDE VÃO OS DESGRAÇADOS, POR ROUBAR, O MINIMO PARA COMER! SEMPRE FOI E SERÁ ASSIM, JÁ O MEU FALECIDO AVÔZINHO DIZIA---QUEM ROUBA UM PÃO É UM LADRÃO... MAS QUEM ROUBA UM MILHÃO É UM BARÃO! CA GANDA PAÍS, SÓ BARÕES, OS LADRÕES ESTÃO NA CADEIA! VIVA PORTUGAL!SE FOR AO CÚ A UM MIUDO,MUITOS ANOS DEPOIS VOU PARA A CARREGUEIRA, COM TODAS AS MORDOMIAS, OU FICO EM CASA COM PULSEIRA ELETRÓNICA, MAS SE FOR AO SUPERMERCADO E ROUBAR MEIA DÚZIA DE ALIMENTOS, VOU "DIRETO" PARA A CADEIA! ENTENDEM ISTO ??? EU ENTENDO: ESTAMOS EM PORTUGAL!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é desde o socrates é desde há mais de 3 décadas.

      Eliminar
  23. Julgo que está na altura de os portugueses indignados, aqueles que nada devem à política e também nada esperam dela, mostrarem a sua indignação e a sua união pela causa nacional.

    Julgo que podemos demonstrar a indignação através de greves e outras formas de luta idênticas, mas, para quem nos governa, será sempre uma questão de mera estatística.

    Talvez seja necessária uma abordagem menos passiva e começar a mostrar, antes das eleições de 2015 (para quem alguns políticos sem políticas alternativas já pedem a maioria), que os portugueses, o povo que alegadamente nada pode fazer, podem começar a cobrar o mau governo. E como, na minha modesta opinião, poderemos agir?

    --- Contactar algumas das pessoas que já ousaram dar a cara contra o sistema (Paulo Morais, Marinho Pinto e outros) para que pudessem ser o rosto do povo e, quiçá, puderem avançar com a criação de um novo partido político. Talvez assim pudéssemos começar a lutar na arena onde os que nos roubam lutam, mas com a vantagem de termos o povo a apoiar um novo projeto. Quem sabe se um partido assim não colheria a maioria dos votos e pudesse “reformar” e “refundar” o estado;
    --- Criação de um blogue, endereço ou apartado postal, para onde todos nós pudéssemos enviar contributos, soluções e ideias para a construção de um país melhor. Seria com base nessas ideias simples do povo que poderíamos refundar esta nação e devolver ao povo os que nos foi tirado com esta falsa democracia;
    --- Criação/disponibilização de uma conta bancária para onde os “indignados” pudessem enviar pequenas contribuições com o objetivo claro de:
    • Serem feitas divulgações cirúrgicas de muitas das informações que já se encontram na net, mas que a maior parte dos portugueses (por ignorância, falta de motivação ou desinteresse) não sabe.
    • Com muitas dessa informação, e bem documentada, apresentarmos queixas contra governantes ou decisores que tenham colocado em causa a independência financeira da pátria por incompetências, desleixo, má gestão, falta de fiscalização e até abuso de poder. De notar que os crimes de corrupção, em Portugal e por razões obvias, nunca são punidos. Por isso deveríamos começar por provar que apenas não protegeram os interesses nacionais e lesaram o estado e esperar que as “comadres se zanguem” para começar a surgir a verdade.
    • Exigir que as empresas que concorreram a obras públicas com a apresentação de orçamentos baixos e abaixo do real custo da obra (apenas com a intenção de a poderem ganhar, fazendo posteriormente ajustamentos que conduziram às derrapagens sobejamente conhecidas), sejam obrigados a cumprir os valores orçamentados e apenas esses. Em caso de derrapagem obrigar quem atribuiu a obra àquela empresa e a própria empresa a indemnizarem o estado;


    Esta conjugação de vontades poderia ser determinante no nosso futuro. No limite dávamos a nós mesmos a possibilidade de reagir e agir contra quem nos governa e mostrarmos a esses “pulhas” que somos civilizados mas não otários. Por outro lado permitiríamos que pudéssemos levar a luta até eles e moralizar (coisa que julgo será difícil) essa classe.

    Não sei se o que aqui escrevi são aberrações políticas, mas julgo que tempos difíceis exigem medidas radicais.

    Um bem-haja pelo seu blogue.

    ResponderEliminar
  24. Ó minha Querida Amiga ali de cima (falta de paciência minha para ir confirmar o nome): orgulho de ser Portuguesa por causa do clima e das paisagens e da gastronomia que temos??!!!!! Mas que mal lhe fizeram os Nórdicos para que lhes não reconheça direito a terem orgulho de serem Suecos, Noruegueses, Finlandeses, .... por aí fora?!!!! Eu cá por mim tenho ORGULHO DE SER PORTUGUÊS POR TER NASCIDO EM PORTUGAL!!!!!!!! E ZANGA E NOJO PELOS QUE CÁ TAMBÉM NASCERAM E NEM SABEM O QUE ISSO É!!!

    ResponderEliminar
  25. Já o ouvi pessoalmente e fiquei impressionado e simultaneamente maravilhado com a sua verdade e frontalidade com que aborda os temas sobre os corruptos que a abrilada nos trouxe bem haja pela sua força

    ResponderEliminar
  26. É pena que os corruptos não sejam julgados,mas como neste pobre país não há justiça para os criminosos ricos e depois do célebre 25 de abril que criou uns pseudo politicos que se estão nas tintas para defenderem o povo como deveriam de faze-lo assim vemos um país mais pobre do que no tempo do grande estadista drº Oliveira Salazar estadista que viveu para a Nação e morreu pobre no seu tempo os corrutos eram julgados

    ResponderEliminar