31 janeiro, 2012

Mais um tacho da ministra da Justiça, com subsidio de férias e Natal... Justiça não é para todos?

Já antes tinha sido aqui publicado um caso polémico no que respeita a contratações da Ministra da Justiça, Paula Teixeira da Cruz. Acusada, pelo Bastonário da Ordem dos Advogados, de nepotismo e favorecimento de amigos, com 15 Tachos...  
Mas o seu nepotismo continua a semear boys e girls, subtraindo dinheiro ao estado e somando riqueza entre família e amigos, desta vez colocou a sua irmã, arquitecta Maria Manuela Teixeira da Cruz, como sub directora Geral da direcção Geral do Território, no Ministério da Ministra Assunção Cristas. (Correio da Manhã)  Actualização...

Eis que nos surpreende de novo com mais um caso, manchando novamente a integridade do ministério e da instituição que representa. E ofendendo os cidadãos.
Numa época de contenção continua a contratar indiferente aos cortes impostos pelo governo, que serve, pois atribuiu subsidio de férias e de Natal ao felizardo que vai auferir 3.892...  euros mais os extras!!! Como pode constatar ao consultar o DR em baixo.
O desespero por colocar os boys em tachos chorudos é tão emergente, que nada temem, sem pudor e sem vergonha, prosseguem as contratações duvidosas e injustas... afinal a crise e os cortes continuam a ser apenas para quem  não tem os amigos certos?!


Trata-se do filho do Dr. Fernando Negrão, deputado do PSD e ex-director da
Policia Judiciária!
Todos nós, quaisquer que sejam as n/cores partidárias, devemos divulgar e
ponderar sobre o que se passa no nosso país!
Pelos vistos sempre é verdade que há Portugueses de 1ª e de 2ª e que aos segundos apenas resta apanhar no pelo e pagar a crise;...

Atenção: Fernando Negrão, veio desmentir esta noticia, afirmando que  não é pai do dito Boy. Ele pode nem ser o pai, mas o outro não deixa de ser boy.

30 janeiro, 2012

Portugal vibra com crime e corrupção politica. Desliga-se dos que tentam trava-la.




Video com o Resumo da entrevista sobre a corrupção, de Paulo Morais e Medina Carreira. Explicam a dimensão da corrupção em Portugal e as formas como esta afecta a saúde financeira, social e económica da nação.
A corrupção destrói Portugal. Deixemos de ser crentes e comecemos a questionar. Só os crentes desesperados se deixam manipular, pois precisam muito de acreditar.
A corrupção alastrou-se a todos os sectores e ninguém a quer parar, pois todos os envolvidos nela, obtêm benefícios garantidos, sem risco e sem trabalho, apenas usando o poder e o dinheiro público.

Em suma o povo escandaliza-se com noticias sobre corrupção, sobre o governo, e toda a sua envolvente saga de escândalos.
Seguem,  os passos de todos os políticos, as suas promiscuidades e mesmo as suas banalidades, votam neles, aderem aos milhares com "likes" no facebook apoiando os que executam crimes contra a Pátria.

29 janeiro, 2012

Tal como o governo, injustamente, a justiça protege os ricos.

portugal não ha justiça freeport
Os portugueses têm que se conformar e perder a esperança de ver algum dia, os criminosos que saqueiam e empurram Portugal para o caos e a falência, pagar pelos crimes que infligem à Pátria. 
Outrora, muitos dos nossos políticos seriam considerados traidores de Portugal, pois colocam em causa a hegemonia, a estabilidade e autonomia nacional, através de crimes descarados e graves. Hoje em dia esses senhores e esses crimes são tratados pela justiça e pela opinião pública, com a ligeireza de um corriqueiro escândalo sem consequências.  

A ministra da Justiça foi questionada pelo público sobre se, em Portugal, há uma justiça para ricos e uma justiça para pobres.
"Neste momento em Portugal há uma justiça para ricos e uma justiça para pobres a partir do momento em que se alguém tiver meios pode eternizar um processo, indo de recurso em recurso, suscitando uma série de incidentes e quem não tem esses meios não o pode fazer", respondeu."  RTP

Para que não restem dúvidas, o exemplo de Isaltino Morais, condenado já em várias estâncias, é a prova viva e real deste estado caótico e injusto.
Paradoxalmente o caos chegou ao ponto de fazer da justiça uma injustiça, um antro obscuro de inércia, de incompetência e nulidades.
O caso Camarate, um atentado que ninguém quer deslindar...
etc etc


28 janeiro, 2012

Cavaco Silva e o seu sonho na Pide. Haverá mais macaquinhos no seu sótão?


cavaco silva apodrecetuga Os nossos políticos estão sempre a surpreender-nos pela positiva.  
Agora surge revelada, pela revista Sábado, a ficha de inscrição de Cavaco Silva, na PIDE?  fonte
Cavaco diz que não se lembra de ter preenchido nenhuma ficha na PIDE para poder consultar documentos da NATO, mas admite que é possível que isso tenha acontecido porque, lembrou, tinha na altura um director que era membro do Conselho Científico da NATO.
«Às vezes as pessoas em estado de desespero não olham a meios. Não me recordo, mas se o fiz foi com certeza no quadro do trabalho que estava a fazer na Fundação Calouste Gulbenkian», referiu.

27 janeiro, 2012

Alberto João Jardim e as megalomanias que lhe pagamos.


João jardim esbanja
CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR 
Mais uma grande obra de importância vital para a qualidade de vida dos Madeirenses... Uma Rotunda!!! Meio milhão de euros??
A construção da rotunda do Estreito da Calheta custará 461 mil euros.
Caso queira conhecer mais da magnitude despesista de João Jardim, Visite neste link mais de 20  loucuras deste senhor que devia ser proibido de gerir o dinheiro dele... Quanto mais o nosso!!!!! 

E não se esqueça que pagamos de várias formas estes ataques de loucura... 
Através da factura da EDP.
Através de várias isenções fiscais, exclusivas das ilhas, que lesam o erário público.

25 janeiro, 2012

O governo aperta o cerco, descobriu formas de poupar muito dinheiro, sacrificando vidas.


Até onde iremos tolerar? Portugueses doentes de cancro, esperam a morte em casa por não disporem de dinheiro para se tratar. Veja o video. 
A desumanização caótica dos serviços sociais, perpetrada pelo actual governo já começa a fazer-se sentir e da forma mais cruel... Paga-se com a vida, com a dor e a perda de dignidade.
O governo sempre hasteou a bandeira dos cortes colossais... 
Garantiu ao povo, que iria realizar cortes históricos na despesa pública... 
Mal sabíamos nós...ingénuos, a ameaça que esta promessa ocultava. 
Ingénuos fomos levados a acreditar que eles se referiam a cortes na despesa pública, respeitantes aos luxos e mordomias da classe politica e dos gestores públicos. 
Ingénuos acreditamos que eles iam abdicar dos carros de luxo, das ajudas de custo colossais, das reformas acumuladas, precoces e desproporcionadas, dos boys, das fundações e instituições despesistas e inúteis, do financiamento dos partidos, do financiamento das campanhas, dos salários colossais e acima da média da Europa, etc etc... 
Ingénuos, os portugueses vêem-se agora confrontados com os tais cortes históricos, mas aos já curtos direitos do povo, colocando em perigo a sua vida, a sua saúde, a sua dignidade, a sua educação, a sua reforma e outros mais direitos adquiridos, por muitas e muitas décadas a pagar impostos. 
Neste video, entenda o impacto que as medidas mesquinhas, cegas e cruéis dos nossos ministros, tiveram, na já de si, triste e dorida vida dos pobres e doentes...  Matar ou deixar morrer, é crime!!


Para onde caminhamos portugueses? E quando bater à nossa porta a velhice? A doença? A pobreza? 
O governo tem o seu mérito, e temos que o reconhecer... com as medidas que nos têm imposto, vai conseguir poupar muito dinheiro, para poder aumentar as regalias dos seus amigos. Senão vejamos. 
Segundo este video escandaloso Passos Coelho acaba por poupar de várias formas: 
  1. As pessoas não se transportam? Poupa-se nas ambulâncias.
  2. As pessoas faltam aos tratamentos? Poupa-se no tratamento e nos médicos. 
  3. As pessoas morrem? Poupa-se nas reformas e noutros serviços que usufruíam. 
  4. As pessoas doentes desaparecem? Poupa-se em tudo.
  5. As pessoas não compram remédios? Poupa-se nas farmácias.

Cortes graves afectam a vida dos governantes e ex governantes, veja as imagens. (Anedota)



Passos Coelho optou por poupar e vai para as reuniões, dando o exemplo, sem gravata. Poupa no ar condicionado e na roupa. E garante obter a atenção de todos para o assunto.



Já Gabriela Ventura - dirigente do Ministério da Agricultura, gestora do PRODER, decidiu seguir o exemplo de Passos Coelho, mas em vez do corte radical, cortou apenas 50%, ou seja, usa metade da roupa. Veste-se apenas da cintura para cima, como se pode ver aqui, em reuniões de trabalho...



Ministro Mota Soares, quis mostrar outra forma de economizar com transporte, bem tentou mas desistiu ... não conseguiu seguidores.
Longe vão os tempos em que comprava viatura com o seu dinheiro. Agora com o dinheiro do povo já é menos poupado.



Cavaco Silva optou por pedir ajuda, fez um choradinho comovente público, pois não ganha para despesas. Nada melhor que o povo teso e sacrificado para o ajudar.



Sócrates sem salário e sem emprego ... calcula-se a pobreza em que caiu. Optou por emigrar...
Realizou cortes radicais na sua vida para o dinheiro aguentar até que as coisas acalmem.
Tal como ficou combinado, terá de ficar 3 anos afastado e em silêncio. O tempo que geralmente os portugueses demoram a voltar a adora-lo.
Emigrou, e com o parco dinheiro que juntou no governo, foi estudar para Paris e mais o filho. Sendo desempregado teve que se sujeitar a viver num bairro onde as rendas rondam os 4 mil euros por mês. Pertinho da Torre Eiffel, estudam e pagam os estudos que custam também milhares de euros, têm empregada, e frequentam festas de elite e cafés e restaurantes finos. Segundo a revista do Expresso, gastam cerca de 15 mil euros por mês... sem salário!!?? (revista jornal Expresso 21/01/12). 


  O INDIGENTE EM PARIS


Contornar a lei, oferecer dinheiro aos amigos e enganar o povo são as funções principais do governo.

Subsidio de férias e Natal disfaçado
Os Subsídios de Férias e de Natal mudaram o nome para:

"ABONO SUPLEMENTAR"
Quando se quer dar dinheiro do povo a uma "afilhada", arranja-se sempre maneira.
Nem que se mude os nomes dos subsídios para "Abono suplementar".
É uma vergonhosa discriminação de direitos! E há mais!!!

DIVULGUEM!

No Jornal Expresso desta semana, apressaram-se a explicar que foi um lapso, que usaram a minuta errada. Desculpa muito mal inventada. Existem minutas onde se oferece abonos suplementares em junho e novembro? Ou será que todos percebemos bem que fica bem óbvio que não há engano nenhum. Não existe uma  minuta que disfarce o nome do subsidio de férias e de Natal. Claro que não. 

24 janeiro, 2012

Discursos, mentiras e pura demagogia escondem a verdade e a vergonha dos donos de Portugal.

culpados da crise
Para aqueles que se deixaram embriagar nas demagogias dos que nos saqueiam há 40 anos.
Demagogias que nos querem fazer crer que a culpa da crise é da Europa, do Euro ... do Mundo.
A culpa é do terrorismo... 
A culpa é do Sócrates ou do Cavaco.
A culpa da crise é dos portugueses que pagam poucos impostos.  
A culpa é do FMI ou da Troika... ou até mesmo das alterações do clima.
Desenganem-se...
Iniciei este blog com o intuito de mostrar onde e como se esvai o nosso dinheiro público. Na coluna lateral encontram a lista do destino duvidoso e criminoso, de vários milhões dos nossos impostos. 
Desperdícios, roubos, incompetências, desvios, um rol de vergonhas que já há muito deveriam ser conhecidas de todos, inclusive da justiça. 
Por isso decidi divulgar este artigo, porque corrobora aquilo que eu defendo e acredito.
A crise, o despesismo, os cortes, a decadência dos serviços públicos, as ameaças crescentes de ruptura no SNS, na CGA, etc etc tem como causa mais directa e clara, a delinquência dos que nos governam e a inércia da justiça e do povo. Um povo desinformado desinteressado que acredita que a abstenção é a forma de punir os corruptos, quando na realidade os mantém seguros no poder.
Paulo Morais, Medina Carreira, Marinho e Pinto, e a Dr.ª Maria José Morgado têm ajudado na luta contra a corrupção, destacando-se pela ousadia.  na denúncia.
Mas estranhamente passam despercebidos, como se estivessem a falar de roubar feijões, ou outras insignificâncias. Fica por compreender o porquê deste desinteresse quase senil, dos portugueses, por assuntos tão vitais para a saúde do país e do povo.  
Nem por isso me deixarei contagiar pela inércia, ou deixarei de continuar a divulgar os crimes a que tenha acesso, apesar do desinteresse dos portugueses. 
Aqui fica mais um contributo precioso que, supostamente, deveria acordar muitos portugueses da inércia que nos soterra.

«SERMÃO DO BOM LADRÃO
A voracidade incontrolável do sector empresarial do Estado tem sido fonte de corrupção e miséria.
Espantoso é descobrir a denúncia destas espertezas lusas no “Sermão do Bom Ladrão”, do Padre António Vieira. “BASTA SENHOR QUE EU PORQUE ROUBO EM UMA BARCA SOU LADRÃO E VÓS PORQUE ROUBAIS EM UMA ARMADA, SOIS IMPERADOR? ASSIM É”.
Pois a armada agora será o sector empresarial do Estado guiado pelo lema do sorvedouro dos dinheiros públicos. Alguns pequenos exemplos, segundo um especialista.
HÁ 14.000 ENTIDADES, 900 FUNDAÇÕES, 100 EMPRESAS DO ESTADO CENTRAL E LOCAL COM DUPLICAÇÃO DE FUNÇÕES, DE DESPESAS E DESPERDÍCIOS ABSURDOS ALIMENTADAS POR DINHEIROS PÚBLICOS E TUTELADOS PELO GOVERNO. FUNCIONAM EM REGIME DE APAGÃO ORÇAMENTAL.

A igualdade a criar desigualdade.

França a 1.ª região consagrada na Erábia. Estará na hora de começarem a pensar em ver as vossas netas de burka? 
Quando o assunto começa a fazer parte das preocupações do Nouvel Obs, nestes termos, então é porque a coisa está a atingir patamares de extrema gravidade.

SABIA QUE AS JOVENS MULHERES MUÇULMANAS EXIGIRAM SER ISENTAS DAS AULAS DE BIOLOGIA E DESPORTOS, NÃO SENDO PENALIZADAS NAS SUAS NOTAS FINAIS?
(Fonte: Nouvel Obs)
- Sabia que os muçulmanos têm horários próprios que lhes são reservados exclusivamente para as piscinas?
(Fonte: Análise da Política)
- Sabia que as estudantes muçulmanas, no exame, conseguiram que legalmente possam ser acompanhadas por seus maridos e examinadas por uma mulher?
(Fonte: Nouvel Obs)
- Sabia que uma associação de muçulmanos, na Universidade de Paris, põe em causa o direito de um professor de "cultura ocidental" para julgar o trabalho de um estudante muçulmano?
(Fonte Express)
- Sabia que os muçulmanos estão a lutar por conseguir a abolição do Natal, em algumas escolas primárias?

23 janeiro, 2012

Emprego por ajuste directo?Trocando as voltas ao povo para ver se passa despercebido.

Clique na imagem em baixo para visualizar o servicinho que os verdadeiros Chicos Espertos do nosso governo, fazem no intuito de ocultarem contratações de mais motoristas. 
Sob a forma de adjudicações e ajustes directos também se contrata muita gente?
Cá vai mais um tacho para um amigo.
As leis são para serem contornadas. E ninguém melhor que os políticos para o fazer. Para isso contratam exércitos de advogados fiéis e bem pagos para criar leis de forma a serem contornáveis e para saberem como as contornar.

O Ministro Miguel Relvas precisava de viajar e não lhe bastava os 3 motoristas cedidos pela Secretaria Geral do Ministério dos Assuntos Parlamentares logo decidiu contratar por  Ajuste Directo um novo motorista por € 73.446,00. 
 E de onde vem importante responsável pelo transporte da política do Governo? Onde trabalhava antes? A resposta está no DRE:





Então ficamos a saber que o ex-motorista do grupo parlamentar do PSD vai receber €73.446,00.
Curiosamente esta nomeação encoberta não consta da página das nomeações do Governo. Porém, o Sr. Alexandre Meireles não é o único que não consta da página das nomeações do Governo. Vejamos o caso do Rui: O Rui Jorge que vai ganhar  € 5.000,00 em dois meses:
Olhemos o caso da Rita:
A Rita que vai ganhar um pouco mais que o Rui , 3.750,00€ em 66 dias:
Mais uma vez, curiosamente, não constam da página de transparência do Governo!

22 janeiro, 2012

Cavaco Silva começa a perder o respeito do povo e foi vaiado.


As imagens que as televisões não mostraram do presidente da República, a ser vaiado.


 Jantar na inauguração da Capital Europeia da Cultura 2012: Cavaco Silva é vaiado pelo Povo (mesmo Povo e não os folk do costume) à entrada e à saída do restaurante; Durão Barroso é aplaudido (quando veio à janela e na saída ); Álvaro Pereira – Ministro da Economia – é aplaudido e cumprimentado. A Sra Presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves cumprimenta e é acarinhada; Jorge Sampaio é aplaudido; José Seguro é aplaudido e cumprimentado intensamente. OS TAMBORES VIERAM DEPOIS da segunda vaia a Cavaco Silva. Tarde demais. Mas quem o POVO QUERIA era o Coelho – Bem esperaram mas não saiu. A Polícia afirmava que já não estava mais nenhum Político dentro do restaurante mas também não deixaram de manter o cordão de segurança. Farto de esperar, digo eu para o Sr. Comandante:

- Se não tem lá dentro mais ninguém porque é que mantêm o cordão de segurança ? – Remédio Santo: O Sr. Comandante em menos de um minuto dispersou os Agentes. Mas o Povo não é burro. Diziam:

-Ele há-de sair. Outros diziam:

-De certeza que já saiu pela traseira. Eu digo:

-Se estava lá dentro de que teve medo ?!!! Mas o que é certo é que os tambores rufaram. (comentário do autor do video no youtube)


Em Portugal, admiramos o sucesso dos aldrabões. Assim fica tudo mais claro...

divinos corruptos portugal
Nossos deuses aldrabões
Para aqueles que ainda tinham dúvidas, eis uma explicação que justifica a persistência dos portugueses em votarem sempre nos mesmos... continuarem a respeitar Oliveira e Costa, Dias Loureiro, Cavaco Silva e outros saqueadores do Portugal perdido.
Na Islândia por exemplo, os saques ao estilo BPN foram travados e as consequências foram atenuadas, em parte porque os cidadãos escorraçavam e envergonhavam nas ruas, os envolvidos.
Segundo o Prof Manuel Sobrinho Simões - "Admiramos o sucesso dos aldrabões." Os nossos políticos estão no habitat ideal. 

EXTRACTOS DE UMA ENTREVISTA REVELADORA
Manuel Sobrinho Simões, médico, investigador e professor universitário, diz que Portugal continua a ser vítima do conflito de interesses que grassa entre as conveniências dos partidos e dos políticos e as necessidades do país e dos portugueses. 
O empobrecimento das famílias entristece-o. A desgovernação do país tira-o do sério.
1 - Em três semanas tivemos quatro dias de descanso extra.
Ele foi a tolerância de ponto para Lisboa, a greve geral, um feriado civil e na próxima quarta-feira teremos um religioso. Como é que avalia a nossa relação com o trabalho?
No nosso país, uma pessoa que trabalhe todos os dias e que tenha de assinar ponto é visto como um falhado. Quando me tornei professor catedrático até os meus amigos ficaram decepcionados quando perceberam que a minha vida ia continuar a fazer-se das mesmas rotinas. E mais recentemente, no Hospital de São João, a maior parte dos professores da Faculdade de Medicina foram contra a fiscalização do horário de trabalho dos médicos através da leitura da impressão digital - o dedómetro - mas eu fui a favor. É humilhante? É. Sobretudo para quem tem funções de direcção. Mas tem de ser assim, porque infelizmente muitos de nós não cumprimos.

2 - Então a diferença entre nós e o resto da Europa, sobretudo os nórdicos, não está nos genes?
Claro que não. A diferença entre nós e os nórdicos não está nos genes, é fruto da cultura e da educação, da geografia, do clima e da religião. Eles tinham frio, era-lhes difícil cultivar cereais e não tinham vinho. Para sobreviverem tiveram de estimular a inovação e a cooperação. Ao contrário de nós, que tínhamos um bom clima, uma agricultura fértil e peixe com fartura. E depois tivemos África, a seguir o Brasil e logo os emigrantes. Não precisámos de nos organizar e não precisámos de nos esforçar. Não era preciso. Não planeávamos, desenrascávamos. Continuamos assim, gostamos de resolver catástrofes. 

3 - Mas todos temos na memória os subsídios que foram concedidos aos agricultores para não produzirem.

21 janeiro, 2012

Detector de mentiras para políticos, fácil e barato. (anedota)

cortes anedota mentiras politicos
Sabem como se vê quando um politico está a  mentir? 
É só ver se os lábios estão a mexer!
----------------------------------
Descartes dizia, " Penso, logo existo" 
Os russos adaptaram "Penso, logo exílio"
Os alentejanos " Penso, logo exausto" 
As louras "Penso, logo higiénico"
Os americanos "Penso, logo exijo"
Os políticos "Penso, logo roubo"

20 janeiro, 2012

A fome e a pobreza darão emprego a alguns. (Anedota)

pobres alimentam chulos ricos frases
Passos Coelho está a fazer um dos seus famosos discursos:
- E a partir de agora temos de fazer mais sacrifícios!
Ouve-se uma voz na multidão:
- Trabalharei o dobro!
Passos continua:
- E temos de entender que haverá menos alimentos!
A mesma voz:
- Trabalharei o triplo!
Passos prossegue:
- E as dificuldades vão aumentar!
- Trabalharei o quádruplo!
Passos vira-se para o chefe da segurança e pergunta:
- Quem é esse idiota que vai trabalhar tanto?
- O coveiro! – respondeu o chefe da segurança

19 janeiro, 2012

3 razões para os boys da EDP. Qual delas a pior?





Por vezes levantamos suspeitas infundadas.
Como foi o badalado caso das nomeações da EDP. Na nossa boa fé e ingenuidade acreditávamos que o  governo, apenas seguia o percurso do costume, ao colocar os seus boys em bons tachos como os da EDP!
Pois ... subestimamos a estratégia, não de trata afinal de um mero acto de tráfico de influências, nem de um simples pagamentos de favores, nem das insignificantes nomeações partidárias...  muito menos nos deve preocupar o desrespeito pela democracia e igualdade de direitos, nem tão pouco os salários que julgamos escandalosos.
Afinal os interesses ocultos, na nomeação desta poderosa equipa, para a EDP, terá um peso muito mais considerável nas nossas vidas. As coisas são muita mais complexas, muito menos democráticas e menos éticas ainda do que aquilo que suspeitávamos. E os interesses que ocultam, vão-nos sair muito mais caros, que míseros salários que nos exaltaram.

Segundo Paulo Morais, o saque que representam as nomeações para a EDP, será apenas o inicio de muitos outros saques e de maiores dimensões. 
Boys EDPAquilo que tanto nos exaltou e ofendeu foi apenas o colocar das peças no tabuleiro para dar inicio ao jogo. O jogo, esse desenrolar-se-á, muitas vezes longe da nossa percepção mas bem junto das nossas carteiras. 

Paulo Morais
"Resta então admitir que foram os accionistas que, de moto-próprio, decidiram convidar alguns dos principais apoiantes de Passos Coelho e de Portas para obterem influência num sector completamente regulamentado e dependente do estado. 
É aliás na capacidade de obtenção de favores do estado que se tem baseado a actividade dos accionistas portugueses de referência na EDP, como a família Mello ou o grupo Espírito Santo." 
Quando dermos por ela estamos a pagar mais impostos em facturas da EDP, estamos a ir ao Continente sem saber bem porquê, estamos a trocar os hospitais privados pelos públicos, sem opção, estamos falidos e  eles dirão que, por culpa nossa.
Os accionistas escolheram esta equipa de senhores para que possa existir pressão politica no governo. Para que os interesses da EDP e do governo sejam os mesmos, mesmo quando vão contra os interesses do contribuinte e do país.
Agora se compreende esta afirmação de Catroga:

18 janeiro, 2012

Selecção portuguesa já está em primeiro lugar, no despesismo.

selecção portuguesa mais cara
O hotel dos luxos, faz inveja 
aos países mais ricos do mundial. 
Para não degenerar nem ofender o velho estilo português, mais uma vez, lá fora, mostramos quem somos e como fazemos as coisas, cá dentro.
Normalmente os pobres, mas competentes e inteligentes, poupam. 
Apenas os ricos ou pobres inconsequentes e incompetentes, esbanjam.  
Ora como nós não somos ricos deve deduzir-se que a exorbitância que vamos pagar pela estadia da selecção Nacional, é apenas a prova de que houve incompetência para poupar!
Desprovidos de inteligência e capacidade de gerir o dinheiro alheio, esbanjamos, não queremos arriscar e ficar vistos como os mais pobres... até porque isso não seria representativo da realidade económica do país. 
Enquanto as famílias portuguesas sufocam com o orçamento familiar cada vez mais curto, esforçando-se todos os dias para se manterem à tona com dignidade e pão na mesa... deparam-se com estas pequenas ofensas que acrescentam ao desespero, revolta...  Indignação e desmotivação para se manterem em esforço. 
Os portugueses não deveriam ser um todo? Empenhados numa luta igual? Com os mesmos métodos e objectivos?
Contudo, estes exemplos mostram uma realidade que teima em provar que nem a luta é igual nem os objectivos convergem. 
Uns lutam perdendo tostões para os impostos, outros continuam a esquivar milhões. Métodos...
Uns lutam para poupar tostões, outros continuam a esbanjar milhões. Objectivos...
Quando é que o governo entende que é a ele que cabe, mediar as injustiças e os abusos, impedindo que se perpetuem ofensas públicas aos cidadãos portugueses? 

A NOTICIA NA FONTE.
"O desportivo espanhol As divulgou um estudo que pretende identificar quais as selecções que vão gastar mais com a estadia para o Campeonato da Europa de 2012.
Assim, a selecção nacional vai gastar cerca de 33 mil euros por dia e ocupa o primeiro lugar da tabela."


Selecção e custo de hotel: (diário) 
1. Portugal - Opalenica 33.174 euros
2. Rússia - Varsovia 30.400 euros
3. Polónia - Varsovia 24.000 euros
4. Irlanda - Sopot 23.000 euros
5. Alemanha - Gdansk 22.500 euros
6. Rep. Checa - Wroclaw 22.200 euros
7. Inglaterra - Cracóvia 19.000 euros
8. Holanda - Cracovia 16.200 euros
9. Italia - Wieliczka 10.500 euros
10. Croácia - Warka 8.300 euros
11. Dinamarca - Kolobrzeg 7.700 euros
12. Espanha - Gniewino 4.700 euros
 sol

Comparando com os salários, esta é uma verdadeira ofensa, aos míseros portugueses. 
E no que toca a trabalho... Os que mostraram competência (campeões), ocupam o último lugar em despesa! Os vícios do governo já se alastram a todos os sectores - os menos bons são os que ganham mais. 

MAIS ALGUMAS REGALIAS DE SONHO, DO HOTEL ESCOLHIDO
Paulo Bento manifestou-se, nomeadamente, agradado com o campo n.º 5 anexo ao Hotel Remes, e com o mini-estádio, com capacidade para cerca de mil espetadores, que poderá ser palco dos treinos abertos ao público, que a UEFA exige.
O spa foi outro dos equipamentos referenciado e elogiado pelo selecionador nacional, que irá poder contar, a partir de 04 de junho, com tão importante ferramenta no trabalho de recuperação dos jogadores.
A zona de lazer do hotel inclui uma pista de bowling, mesas de bilhar, uma piscina interior, ginásio e jacuzzis, equipamentos essenciais para os jogadores portugueses descontraírem, física e mentalmente.
Inaugurado em 2010, o Hotel Remes está vocacionado para o turismo desportivo e, mais precisamente, para receber equipas nas mais variadas disciplinas,
já que conta com nove campos relvados. fonte


17 janeiro, 2012

O regabofe na Madeira sai caro. Desculpas de mau pagador.

ilha madeira regabofe crise
Gerida em forma de regabofe a Madeira, tal como o resto do país, chega ao cumulo de perder o controle, deixando os cidadãos sem acesso a um direito básico, por falta de pagamento ás farmácias.
Apesar de os governos receberem as verbas orçamentadas para pagar cada um dos sectores que servem o estado, eles conseguem desviar as verbas para pagarem a quem eles bem entendem e com a prioridade que entendem.
Para o governo Madeirense, a pasta Social nunca foi uma prioridade, numa ilha onde todos se queixam de pobreza e onde o papel do apoio social deveria ser protagonista e prioritário, não o tem sido como podemos ver neste artigo, as prioridades da Madeira visam luxos e megalomanias dos ricos, não as necessidades dos pobres e desfavorecidos. 
Para complementar os gastos acima veja nestas imagens onde o dinheiro é investido ou esbanjado, já que grande parte das obras está ao abandono. Pois o excessivo luxo não se enquadrou no contexto de pobreza onde está inserido.

15 janeiro, 2012

A pobreza potencia a corrupção e crime.

zé povinho espremido dedica-se ao roubo

As dificuldades económicas que já se vão sentindo, e o pavor das que ainda estão para vir, irá potenciar a necessidade de obter rendimentos alternativos, e os actos de corrupção e assaltos serão o caminho fácil.

Como diria Paulo Morais, "Talvez por cá, como no Mundo, a melhor forma de combater a crise seja começar por travar um combate, sem tréguas, à corrupção."

Os portugueses são arrastados para a pobreza por um governo irracional, pautado por medidas injustas e desajustadas, pobreza essa que irá potenciar crimes de vária ordem.
Um governo que teima em usar os menos ricos para tapar os buracos do regabofe dos ricos.
Um governo que teima em cortar serviços sociais que serviam de amparo ás finanças caóticas de muitas famílias, seja no SNS, seja em subsídios de apoio...
E que simultaneamente teima em deixar os mais poderosos e ricos intocáveis
Permite que os boys, os políticos e gestores públicos permaneçam com benefícios intactos e ofensivos, pois os governos entendem, MAL, que cortar a despesa pública não é cortar com as suas folias e luxos, mas cortar na saúde, na educação, na SS, nas reformas, nos transportes, etc...dos outros.
Despesa pública, para eles, é apenas o que se gasta com os contribuintes, nunca o que se gasta com os vícios dos políticos e parasitas dos contribuintes!!

Video da Directora do DIAP, onde afirma que a crise poderá aumentar a corrupção.
Se antes a corrupção era quase exclusivamente um "privilégio" restrito das elites politicas, agora poderá alastrar-se aos funcionários comuns.
"A Polícia Judiciária deteve, em Lisboa, três pessoas, um funcionário e dois ex-funcionários da administração fiscal, que estão "fortemente indiciados" pela prática de crimes de corrupção passiva.
(...)teve início numa denúncia da Direcção das Finanças de Lisboa, que permitiu o desmantelamento do grupo, cuja actividade "ilícita organizada consistia na 'prestação de serviços de consultadoria fiscal', fornecimento de informação privilegiada e documentos abrangidos pelo segredo fiscal e, ainda, na viciação de documentação de natureza fiscal, com grave violação de deveres funcionais e a troco de avultadas contrapartidas económicas".
Em comunicado, a PJ adianta que as três detenções ocorreram na sequência da execução de seis buscas (domiciliárias e não domiciliárias)." JN

A tragédia de se perder o presidente da República. (anedota)

anedota Cavaco SIlva
Cavaco Silva está de visita a uma escola primária. As crianças estão a discutir as palavras e os seus significados.
O professor convida o Presidente da República para  moderar o debate, sobre o significado da palavra "tragédia".
Um rapazinho explicava o que era para ele uma tragédia "se o meu melhor amigo, que mora na casa ao lado, atravessar a rua e for atropelado por um carro, isso era uma tragédia".
"Não", diz o Presidente, "isso seria um acidente, pois ninguém teve culpa".
Uma menina diz: "se um autocarro cair duma ponte por culpa do motorista, e todos os que lá iam morrerem, isso seria uma tragédia".
"Também não", explica Cavaco Silva. "isso seria o que nós chamamos UMA GRANDE PERDA".
 "Há aqui alguém que me possa dar um exemplo de uma tragédia?" Insiste o Presidente...
Finalmente, no fundo da sala, o Joãozinho levanta a mão. Muito baixinho, diz, "se o sr. regressar a Lisboa no avião do Governo e ele for atingido por um míssil de indignados terroristas, e explodir no céu, isso seria uma tragédia".
"Correcto!", exclama Cavaco Silva, "muito bem. E podes explicar aos teus colegas PORQUE É QUE isso seria uma tragédia?"
"Bem", começa o Joãozinho, "porque, como o sr. explicou, não seria um acidente, e, como toda a gente sabe, não seria uma grande perda!"

14 janeiro, 2012

Governo propõe nova forma de poupança nos transportes. (Anedota)

Passos Coelho e o ministro dos transportes após tomarem conhecimento de dois estudos, mandaram criar um grupo de trabalho para estudar formas de rentabilizar esta faceta tão económica dos portugueses. 
Para o governo tudo serve de desculpa para cortar serviços pagos por impostos.
Um dos estudos conduzido pela Universidade Técnica de Lisboa mostrou que cada português caminha em média 440 km por ano.
O outro estudo feito pela Associação Médica de Coimbra revelou que, em média, o português bebe 26 litros de Vinho por ano.
Conclusão, isto significa que o português, em média, gasta 5,9 litros aos 100km, ou seja, é económico! Mais económico que os transportes!!! 

Até assusta pensar no que o governo vai concluir... 

"Corruptos são apanhados se forem estúpidos" Justiça só tem penas para pobres e estúpidos?


políticos impunes corruptos ricosA corrupção tem mostrado que a impunidade é o seu maior incentivo.
Em boa verdade e como diz Marinho Pinto, só mesmo se forem corruptos estúpidos é que são apanhados, pois todos os envolvidos no acto corrupto têm interesses a preservar, e interesse em manter o assunto em sigilo. 
O potencial queixoso, que no caso da corrupção politica é quase sempre o povo e a nação, não chega a ter conhecimento de nada. Se por acaso houver fuga de informação e o caso for exposto, aos criminosos, ainda lhes resta uma última alternativa - corromper a justiça. 
Marinho Pinto sugere algumas formas de corrupção descarada, que seriam fáceis e rápidas de eliminar- «Há tráfico de influências no Parlamento, sobretudo por se poder acumular funções de deputado com a actividade privada de advogado» -  mas obviamente ninguém as elimina pois são convenientes aos corruptos. Um ciclo vicioso difícil de quebrar. Quem faz as leis, protege-se com elas.

Exemplos recentes e antigos de impunidade que têm manchado a confiança dos portugueses na justiça e nas instituições.
  • "No caso Face oculta o único condenado é o processo. Suspeitos ilibados por erro da justiça?"  fonte 
  • "Processo de Sócrates arquivado por falta de pagamento da taxa de justiça."  expresso
  • BPN/SLN um rol interminável de crimes impunes. fonte 
  • Percurso de figuras de proa da elite politica e da economia, manchadas com alguns crimes. fonte
  • Luvas no caso dos submarinos em águas de bacalhau? fonte
  • Abuso de cartões de crédito do estado, para vidas de luxo.  fonte 
  • O exemplo vem do ministério da justiça.  fonte
  • Estamo processa denunciante. sol
As recentes afirmações do Bastonário da ordem dos Advogados e da  responsável pelo Departamento de Investigação e Acção Penal de Lisboa, não deixam margem para dúvidas... 
«Corruptos são apanhados se forem estúpidos»

13 janeiro, 2012

Oração matinal do ministro Vítor Gaspar, que Deus o proteja e a nós também... (Anedota)

santos pereira faz asneira anedota
Querido Deus:
Até agora o meu dia está a correr bem, ainda hoje
- não cometi nenhuma gafe nem errei previsões,
- não exibi ignorância dos assunto nem incompetência, 

- não fiz cortes em salários ou pensões,
- não aumentei de impostos,

- não cortei rendimentos a reformados  desempregados e doentes...
- Também não contratei boys

- nem tão pouco abusei do erário público 
- não desprezei os pobres, 
- não bajulei os ricos
- não prejudiquei Portugal nem os portugueses... 
- não comprei nenhum carro de luxo.
- não mandei ninguém para o desemprego
- não negociei com a Troika, mais medidas de austeridade
- também não afundei mais o país a negociar mal a divida... 
Mas peço a tua protecção, Senhor, pois são 9h da manhã, está na hora de me levantar da cama, a qualquer momento... 

(Nota; também encaixa na perfeição no Ministro Álvaro Santos Ferreira)

Caos e pobreza, toda a verdade: Ganância da banca sem limites.



Divulgarei aqui, 2 vídeos reveladores, já que muitos desconhecem como se transforma uma operação vulgar, num crime contra a humanidade, pois ao repetir essa operação, sem limites e visando apenas a ganancia, tem-se colocado muitas nações e cidadãos em crise. 
Ambos os vídeos explicam o mesmo problema, o primeiro em forma de palestra o segundo de forma esquematizada. Escolha o seu estilo...  


DAVID ICKE, no video acima (o cerne da questão, começa a partir do minuto 7, do video) revela o que influência as crises nacionais e mundiais. Uma mera manobra financeira, que todos os dias se repete milhões e milhões de vezes, mas de uma forma que talvez desconheça.
Uma manobra que poderia ser considerada crime, caso não fosse do interesse dos donos do mundo, os mais ricos e poderosos, em manter este "crime" imputável, pois é graças a ele que realizam muitos milhões a partir do nada... apenas com números e especulação.
A origem do caos financeiro do mundo, pode ser descrita de forma simplista como sendo o "EMPRÉSTIMO DAQUILO QUE NÃO SE TEM, NEM EXISTE" sem restrições nem limites, de tal forma que se permite o abuso até ao caos. 
O mundo sob o domínio da banca, o monstro criado e enriquecido, apenas com a usurpação de juros de empréstimos de dinheiro virtual.

No segundo video, aqui neste link (também mais directo ao assunto, a partir do minuto 7), O mesmo fenómeno é explicado de forma mais concisa e prática. Este segundo video foi feito por portugueses de forma muito lúcida e lúdica, a explicar como funciona a banca... como enriquecem e dominam sem que nenhuma lei, nem nenhum governo se detenha a analisar as consequências e a colocar um travão nesta promiscuidade.

Resta perguntar porque razão ninguém coloca um limite nestes esquemas de enriquecimento da banca ás custas da miséria de tantos? Talvez porque a banca é o apoio dos ricos e políticos, e estes junto com a banca submetem o mundo aos seus interesses. 
A maioria importa? Na democracia importa a vontade da maioria  das pessoas, no capitalismo importa a vontade dos que detêm a maioria da riqueza, simples!!
E agora temos que confiar neles para nos tirar do caos que eles criaram... 

12 janeiro, 2012

Portugueses, precisamos da ajuda de todos... (Anedota)

anedota corrupção politica
Precisamos da tua ajuda!! 
Um grupo armado auto denominado "mensageiros da justiça" raptou esta manhã, vários deputados que se encontravam nos gabinetes da assembleia da republica (felizmente que ás 11 horas ainda havia poucos) 
Os raptores estão a exigir o pagamento de 10 mil euros em troca da sua libertaçao.
Se não for pago dentro de 24 horas, prometem que vão rega-los com combustível e queima-los vivos.
Estamos a organizar uma coleta e necessitamos da sua ajuda!!!
Até agora já conseguimos 
1580 litros de gasolina sem chumbo 
1329 de gasolina sem chumbo 98.
3124 litros de gasóleo 
2175 de gasóleo agrícola 
578 caixas de fósforos 
321 mil isqueiros, 
Também aceitamos botijas de gas.
PORTUGAL PRECISA DE TI ... AJUDA.....
Obrigado a todos... 

Pagamos as mentiras e demagogias de políticos imorais.



Por incrível que pareça ainda há quem acredite que por mais que se viole o estado democrático, por mais antidemocráticos que sejam os métodos e procedimentos... que ainda vivemos em democracia.
É um insulto à inteligência dos cidadãos, usar e abusar da mentira para enganar uma nação, e se essas mentiras e manipulações, forem pagas pelos impostos dos enganados, o insulto é ainda maior.

A lei do financiamento dos partidos.
Nós, contribuintes, pagamos impostos que sustentam os charlatães políticos ainda antes deles serem eleitos, apenas para gozarem a juventude parasitária de quem não precisa de produzir nada para ter a conta recheada.
São 83 milhões por ano, dos nossos impostos, para sustentar este gang de futuros saqueadores do povo...

Entretanto este antro fervilhante de esfomeados por fama, dinheiro e poder fácil, que se auto denominam jotas e "partidos", recebem também apoios milionários de privados que mais tarde, com os eleitos no poleiro, verão retribuídos, com milhões de euros dos nossos impostos e favores, em adjudicações directas.
"A lei de financiamento de campanhas já favorecia - e de que maneira! - a promiscuidade entre os negócios e a política. Mas a recente decisão do Governo de aumentar os montantes dos ajustes directos permitidos a governantes e autarcas constitui um verdadeiro convite ao roubo. Paulo Morais

Para além do financiamento dos partidos ainda sustentamos as campanhasEm suma, pagamos para eles vadiarem enquanto esperam pelo poleiro, pagamos para os ajudar a venderem as suas mentiras, manipularem o povo e ganharem o poleiro.
Só o presidente Cavaco Silva gastou 1,8 milhões na campanha e garante não ter usado tudo a que tinha direito, pois usou ajudas de outros privados e empresas... Afirma ele orgulhoso!
Num estudo realizado por José Aguiar, conclui-se que só em tempos de antena na TV, gastou-se 21 milhões de euros, desde 1999.  Mota Amaral assume que se devia rever a forma como se esbanja dinheiro nas campanhas, pois as leis que as orientam já estão obsoletas.

Mas há mais...  sustentamos ainda os políticos e gestores públicos quando cessam funções que tem direito a subsidio de reintegração. Quando terminam as funções, os deputados e governantes têm o direito, por Lei (deles) a um subsídio que dizem de reintegração.
Um mês de salário (3.449 euros) por cada seis meses de Assembleia ou governo.

Para terminar em grande ainda prolongam o parasitismo para a eternidade pois ao fim de poucos anos de carreira ficam com reformas precoces e milionárias, que têm provocado grandes rombos na segurança das reformas dos futuros reformados, honestos. 
A procura, desenfreada, destas reformas disparou 400% .

Depois de percebermos o quanto nos custam os políticos (à luz da lei, porque na sombra saem muito mais caros), estranha-se que nos saia sempre material tão rasca.
Na nossa boa fé, acreditamos que ao sustentar campanhas tão dispendiosas, teríamos garantido algo fidedigno, credível, fiável, promessas e planos para cumprir. Tudo provado, legalizado e garantido... Tudo verdadeiro e justo. Pois afinal se sai caro, tem que ser fiável...
Quem poderia acreditar que é tudo falso, uma brincadeira de mau gosto... Uma mera diversão de uma cambada de parasitas, que fazem do povo, palhaço. Uma fantochada... Onde tudo é permitido para chegar ao poleiro? E nós a pagar...
Num estado democrático se somos enganados por publicidade enganosa temos direito a indemnização e o autor do crime é punido...
A lei protege um cidadão individual por danos causados pela mentira, publicidade enganosa, burla, venda agressiva, etc, no entanto não protege uma nação inteira destas violações do direito?!!! As leis existem mas ninguém as faz cumprir.

Consta da LEI ELEITORAL: Artigo 152º
( Coacção e artifício fraudulento sobre o eleitor ou o candidato )
1. Aquele que usar de violência ou ameaça sobre qualquer eleitor ou que usar de enganos, artifícios fraudulentos, falsas notícias ou de qualquer outro meio ilícito para o constranger ou induzir a votar em determinada lista ou a abster-se de votar será punido com prisão de seis meses a dois anos.
Vejamos o que diz a lei que protege o consumidor; 
 "Quando se adquire um produto ou serviço espera-se que ele corresponda às expectativas, quanto à qualidade e utilidade. A Lei estabelece que estes devem satisfazer os fins a que se destinam e produzir os efeitos que se lhes atribuem"
4) O Direito à Informação:
O direito à informação está consagrado na Lei de Defesa do Consumidor (Lei n.º 24/96, de 31 de Julho). Mas é necessário que a informação chegue até nós de uma forma clara e inequívoca.
A publicidade que é feita aos produtos e serviços tem que ser verdadeira, pois ela leva os consumidores a adquirirem determinado produto pelas características que aí são apresentadas. Se depois verificar que a realidade do produto não corresponde ao que foi enunciado na publicidade, está perante um caso de publicidade enganosa, e como tal, deve denunciar às entidades competentes ou às organizações de defesa dos consumidores.
Quando alguém ou alguma entidade lhe presta informações falsas, lhe vende artigos de má qualidade ou lhe preste serviços que não o satisfaçam ou não correspondam às expectativas, está a causar-lhe um dano. Pois bem, tem todo o direito à reparação desse dano. Para isso basta RECLAMAR!!!  fonte
Sem comentários, políticos mentirosos e advogados trapaceiros...?

Neste vídeos reveja o descaramento e a impunidade com que somos enganados, por pessoas a quem temos que confiar o nosso futuro e a nossa pátria. Descaradamente mentem sem pudor nem vergonhas, sem ética ou moral....E nós a pagar... A pagar uma ditadura. 
Assista aos vídeos das mais recentes mentiras.

As mentiras de Passos Coelho.


  1. AS MENTIRAS DE SÓCRATES, EM VIDEO
  2. As mentiras do Portas... 
  3. É um politico de fachada 
  4. Paulo Portas acalma-se facilmente 
  5. A colecção...



11 janeiro, 2012

Emigrar é solução, Portugal não gosta de portugueses ( Anedota.)

Corrupção politica anedota
Um Angolano emigra para Portugal. No seu primeiro dia, decide sair a ver os arredores da sua nova cidade.
Andando rua abaixo em Lisboa, pára a primeira pessoa que vê e diz:
- Obrigado senhor Português por me permitir estar neste país onde me deram casa e comida grátis, seguro, médico e educação grátis, obrigado.
A pessoa sorri e reponde: "... - Mas eu sou ucraniano! "
O Angolano continua e encontra outro e diz:
- Senhor português, obrigado por este país tão belo que é Portugal.
A Pessoa responde: - Mas eu não sou português sou brasileiro!!
O Angolano continua, a seguinte Pessoa que vê na rua cumprimenta-o e diz:
- Obrigado por este país tão belo que é Portugal.
A Pessoa diz: - Muito bem mas eu não sou português sou Marroquino!!
O Angolano finalmente vê uma senhora morena e mais ou menos bem vestida que vem a seu encontro e pergunta:
- Você é Portuguesa?
A mulher sorri e diz: - Não, sou cigana e sou romena.
Estranho e confuso o angolano pergunta:
- Mas... que raio, afinal onde estão os portugueses?
A cigana olha-o de cima abaixo e reponde:
- A trabalhar... Espero... senão quem nos ia sustentar??

Aumentem o salário ao Catroga, para bem de todos.

Catroga boy 45 mil euros
Para além de todas as polémicas geradas em volta de Eduardo Catroga e os restantes Boys que irão deleitar-se nas tetas da EDP, ainda restam algumas questões, que intrigarão muitos portugueses.
A EDP é privada, sim... paga o que quiser, mas o que aqui se denuncia é este hábito estranho de colocar ex políticos, mesmo idosos e reformados, pagos a peso de ouro, em empresas top. 
Neste vicio indisfarçável das democracias doentes, onde o salário pagará, mais o poder de influenciar e de fazer favores, do que o seu trabalho e competência. Favores esses e influencias que saem muito caros aos nossos impostos, por isso o seu salário passa a preocupar os contribuintes, apesar de ser pago pelos chineses, é a nós, contribuintes, quem mais lesa.

Só três razões poderiam explicar estas nomeações. 
Paulo Morais
A primeira seria a de que o primeiro-ministro pretendia influenciar a gestão da EDP através de pessoas de sua confiança. Não sendo hoje a EDP uma entidade pública, esta constituiria uma forma de dar continuidade à tradição de José Sócrates de intromissão no sector privado, a ponto de indicar nomes tão pouco recomendáveis como Rui Pedro Soares para a PT ou Armando Vara para o BCP. Não quero crer neste cenário.
A segunda hipótese seria a de que Passos Coelho queria proteger os seus amigos e teria metido umas "cunhas" aos accionistas da EDP, e em particular aos chineses. Hipótese também a descartar. Seria mau demais!
Resta então admitir que foram os accionistas que, de moto-próprio, decidiram convidar alguns dos principais apoiantes de Passos Coelho e de Portas para obterem influência num sector completamente regulamentado e dependente do estado. 
É aliás na capacidade de obtenção de favores do estado que se tem baseado a actividade dos accionistas portugueses de referência na EDP, como a família Mello ou o grupo Espírito Santo. Que contam agora com a cumplicidade dos membros do partido comunista chinês, também eles especialistas em promiscuidade entre estado e negócios.
Influenciar o poder será pois a missão que os chineses destinaram aos amigos de Passos Coelho e Paulo Portas, a troco de uns milhares. 
A Eduardo Catroga, coordenador do programa económico do PSD, a Paulo Teixeira Pinto, que liderou o projecto de revisão constitucional, passando por Celeste Cardona ou Rui Pena, com enorme ascendente junto de Portas.
Aceitando os convites, esta gente descredibiliza-se ao permitir que os coloquem na posição de traficantes da influência que têm sobre Passos Coelho e Portas. E – pior! – colocam estes na situação de políticos permeáveis" Paulo Morais in CM

10 janeiro, 2012

Afinal quem tinha os dados correctos? O ministro ou o outro?








Resumo do video...
As Empresas Públicas de transportes possuem privilégios imorais, aos quais mais ninguém tem direito, em Portugal.
Afinal há igualdade ou há privilégios desmedidos para alguns, que prejudicam todos?
1- Férias - Regime geral de férias permite entre 22 a 25 dias úteis de férias. Mas o regime privilegiado da Carris permite o 34 dias úteis ( 22 + 12 de dispensas)
Regime geral de baixa por doença existe o subsidio de doença pago pelo estado.
2- Baixa - Nas empresas de transportes existe o subsidio por doença, igual ao dos comuns dos portugueses, no entanto para os funcionários destas empresas iluminadas, existe mais um complemento pago pela empresa. O resultado é que por vezes estes funcionários ganham mais de baixa do que a trabalhar.
3- Reformas - No Regime geral das pensões de reforma é a Segurança Social que paga as reformas. Mas na Carris, no Metro ou na STCP, para além da reforma comum, ainda recebem mais um complemento de cerca de 25% pago pela empresa, que claro, todos sabemos, sustentadas pelos impostos.
Marques Mendes afirma que encontrou reformas de 3 mil a 5 mil euros... nestas empresas.

4 - Medicamentos - Já na comparticipação de medicamentos continuamos a assistir à desigualdade descarada e ofensiva. No regime geral, apenas raras excepções permitem a comparticipação a 100% do estado. No entanto na Carris e Metro de Lisboa, têm direito a medicamentos totalmente gratuitos!
5 - Assiduidade - Outro privilégio estranho, são os prémios de assiduidade,  que até os faltosos premeia. No caso da Transtejo e da Soflusa os trabalhadores recebem subsídios/ prémios apenas por se apresentarem ao serviço... ( Nós, os comuns otários, pensávamos que era para isso que servia o salário)
Repare-se no abuso...
- 1 mês sem faltas + 223 euros por mês
- se só tiver 1 falta por mês, recebe à mesma mas apenas +166 euros por mês
- se tiver 2 faltas por mês, recebe também mas apenas uns míseros +148 euros por mês.
governo reduz salários incompetente- e agora a cereja no topo do bolo... se faltar metade do mês ainda se arranja um prémio diário de 7 euros.
Mas há muitos mais
6 - Extras - Os funcionários da CP e da REFER têm direito a viajar de graça na CP, assim como os seus irmãos, dependentes, cônjuges, pais e filhos.
7 - Subsidio de solidão (denominação fictícia) - A Metro de Lisboa premeia os maquinistas com mais 30% do salário, apenas por andarem sozinhos. Na Carris também possuem o subsidio de solidão... mais 18% por andarem sozinhos.
8 - Ao Km - E um subsidio de 10 cêntimos por cada KM percorrido!!!
9 - Subsidio de...??? (difícil de nomear este, aceitam-se sugestões) Na Transtejo e na Soflusa recebem subsídios aos que manobrarem os transportes mais recentes, que vai de 35% a 18% mais do salário.
"CP é líder do ranking de empresas com mais chefias com salários médios de 3,1 mil euros brutos. Segue-se a TAP e a REFER." Fonte
"A dívida das empresas do setor empresarial do Estado (SEE) ascendia no final de 2011 a 49,255 mil milhões de euros"  ARTIGO COMPLETO: 

09 janeiro, 2012

Contribuintes ou vitimas de extorsão do estado? EDP persegue-nos!!

Certiel Mexia EDP mais um tentaculo do polvo
PRESIDENTE, GRANDE ESTRATEGA...
o seu salário inicial e o actual!! Paga Zé

A EDP e as muitas estratégias, que usa, para sorrateiramente ir ao bolso dos cidadãos, é realmente espantosa.
Sem pudor, sacrifica e suga o cidadão, reinventando formas de lhe sacar o pão da boca e o sustento da carteira. 
Disfarçadamente... somos chamados a pagar várias vezes o mesmo serviço e a mesma conta  (Caso das SCUTS). 
Apenas mudam os pretextos para cobrar.

A Certiel, é mais um exemplo de cobranças mal explicadas.
Se a EDP nos cobra 53% de taxas, na factura, que uso dá a esse dinheiro se afinal continua a cobrar-nos, sob vários pretextos, os serviços obrigatórios da EDP?

A história remonta há uns anos atrás... Regabofe de incoerências 
A associação CERTIEL, auto formou-se em Fevereiro de 2000, num velhinho 5º andar na Rua António Enes, em Lisboa…
Passado apenas um ano, mudou-se para o centro de Lisboa, e tem todo um edifício só para si…
De onde veio o dinheiro, para esse edifício?
Esse dinheiro foi cobrado, segundo muitas opiniões, talvez abusivamente por esta empresa, que se auto-intitula de associação certificadora de instalações eléctricas…
Esta associação, presta um serviço, que não tem qualquer utilidade publica, e que já todos pagam nas facturas da electricidade da EDP…
A CERTIEL, diz ser ela própria uma empresa sem fins lucrativos.
Só no ano de 2001, recebeu aprox. 250.000 pedidos de vistorias, os seus requerentes pagaram  nessa altura, 42.05 € adiantados por cada pedido, mais as aprovações de 40.000 projectos e 3.000 re-inspecções (60% das vistorias)
Nada mau para uma empresa sem fins lucrativos…
Desses 250.000, sabe quantas inspecções foram feitas ???
Como não têm capacidade para ver todas as instalações, fazem as inspecções por sorteio, certificando a grande maioria delas, pelo correio.
Conclusão: Paga-se 42.05 € e recebe-se uma carta a dizer que a instalação está certificada…
É ou não é um bom negócio ??? Agora multiplique isto por 250.000, some os projectos, some as re-inspecções, e veja quanto dá…Entretanto os preços já subiram e a tabela de preços, actualizada, é esta. 


E agora vamos falar da responsabilidade…
Mesmo fazendo a vistoria, e certificando a instalação, eles livram-se da responsabilidade, num artigo feito por eles que diz que a responsabilidade é do instalador.
Se a responsabilidade de qualquer maneira, é sempre do instalador, alguém nos pode explicar:
-Para que serve a certificação ???
-Para que serve a vistoria ???
-Para que existe a Certiel ???

A resposta é simples…
Serve para retirar dinheiro a quem trabalha, por um serviço que a EDP já cobra nas suas facturas.
Serve também para meia-duzia de graúdos andarem de Audis, BMW’s e Mercedes, à custa de quem paga ou fica sem electricidade em casa.
Será que pagam impostos? Ou estão isentos por não terem fins lucrativos?
Acho que a CERTIEL, deve ser no mínimo, alvo de uma auditoria às suas contas, mas rapidamente.
Mas para combater a corrupção em Portugal, devia-se começar por extinguir a CERTIEL
Eles têm o descaramento de cobrar 3 € por uns impressos, que não passa de uma simples folha A4, onde se escreve o nome e a morada…
Para que um projecto seja apreciado, paga-se 131.28 € … um exagero, visto o projecto ter de estar previamente assinado por um engenheiro ou nem sequer é aceite para apreciação. Há algum lugar no mundo, onde uma re-inspecção custe mais do dobro do pedido de inspecção ???
(Testemunho enviado ao blog)

São manobras sem nexo de um país que regressou à lei dos "fora da lei"... 
A lei do mais forte volta a vigorar, com a pequena diferença que agora a força se mede pelo poder politico, e não nas ruas empoeiradas do farwest, de revólver em riste... 
Mãos ao alto que isto é um assalto. 
No entanto agora o povo tem o voto com que poderia escorraçar os fora da lei, mas o povo nem o voto sabe usar.
Já imaginaram o ridículo que é darem uma arma ás vitimas para escorraçar os forasteiros e eles guardarem a arma em casa e recusarem-se a usa-la, porque não gostam dos forasteiros nem gostam do caos que eles causam?

É assim que as vitimas dos políticos utilizam o voto, no dia de se unirem para escorraçar os forasteiros corruptos, o povo não vota. Fica em casa indignado e revoltado com os forasteiros e nada faz para ajudar quem os tenta escorraçar. Guarda a arma/voto e pensa que eles, os corruptos ficam ofendidos por eles tirem ficado em casa, nem compreendem que ficam contentes por saberem que têm menos um a disparar contra eles.