Cortes graves afectam a vida dos governantes e ex governantes, veja as imagens. (Anedota)



Passos Coelho optou por poupar e vai para as reuniões, dando o exemplo, sem gravata. Poupa no ar condicionado e na roupa. E garante obter a atenção de todos para o assunto.



Já Gabriela Ventura - dirigente do Ministério da Agricultura, gestora do PRODER, decidiu seguir o exemplo de Passos Coelho, mas em vez do corte radical, cortou apenas 50%, ou seja, usa metade da roupa. Veste-se apenas da cintura para cima, como se pode ver aqui, em reuniões de trabalho...



Ministro Mota Soares, quis mostrar outra forma de economizar com transporte, bem tentou mas desistiu ... não conseguiu seguidores.
Longe vão os tempos em que comprava viatura com o seu dinheiro. Agora com o dinheiro do povo já é menos poupado.



Cavaco Silva optou por pedir ajuda, fez um choradinho comovente público, pois não ganha para despesas. Nada melhor que o povo teso e sacrificado para o ajudar.



Sócrates sem salário e sem emprego ... calcula-se a pobreza em que caiu. Optou por emigrar...
Realizou cortes radicais na sua vida para o dinheiro aguentar até que as coisas acalmem.
Tal como ficou combinado, terá de ficar 3 anos afastado e em silêncio. O tempo que geralmente os portugueses demoram a voltar a adora-lo.
Emigrou, e com o parco dinheiro que juntou no governo, foi estudar para Paris e mais o filho. Sendo desempregado teve que se sujeitar a viver num bairro onde as rendas rondam os 4 mil euros por mês. Pertinho da Torre Eiffel, estudam e pagam os estudos que custam também milhares de euros, têm empregada, e frequentam festas de elite e cafés e restaurantes finos. Segundo a revista do Expresso, gastam cerca de 15 mil euros por mês... sem salário!!?? (revista jornal Expresso 21/01/12). 


  O INDIGENTE EM PARIS


9 comentários:

  1. Gostei do seu blog e vou segui-lo. Sou brasileiro, de ascendência portuguesa, mas da Ilha da Madeira. Tenho um blog falando sobre política.abs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
      A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
      Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
      Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
      A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
      MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

      Eliminar
  2. Já o Eça de Queirós se indignava, desde o século XIX, e até agora cada vez tudo pior. Sinceramente quem trabalha honestamente é que é sempre tramado, nunca passa de um honesto, enquanto os corruptos lhe sugam o sangue, sempre foi assim, por séculos e séculos... O Triunfo dos Porcos retrata bem a velhaquice que é a política. Ainda está para aparecer políticos honestos, que cumpram o que prometem. São todos bons na oposição. Chegam ao poleiro é cada um pior que o anterior. Quando o exemplo não vem de cima é complicado, porque ou à moral ou comem todos. E moral é que não há decididamente!

    ResponderEliminar
  3. É curiosa a indumentária desta Gabriela Ventura que se veste só da cintura para cima, mas afinal as pessoas que se vestem assim são as que a sociedade dá valor. Acham chiquérrimo, sexy e avançadex, caso contrário são umas tristes da Idade Média. Na TV não estamos a levar a toda a hora com o pernal da Catarina Furtado? Por sinal bem paga com o dinheirinho do contribuinte que bovinamente se baba a ver-lhe as pernas (os que se babam). Ficam bem caras ao nosso bolso estas sessões erótico-pedantes. Faz falta a revolta, no sentido de restaurar valores que já não se sabe o que é, como honra, palavra, carácter, bom senso e vergonha na cara.

    ResponderEliminar
  4. Muito obrigado por não ter retirado os comentários. Acontece é que os mesmos desapareciam, o que me levou a questionar o que se passaria. Algum mecanismo os fazia aparecer depois, é o que interessa.
    Bem Haja!

    ResponderEliminar
  5. A senhora com certeza nunca deve ter ido aos " nossos bairros de lata, mais conhecidos como barracas " e ver a imundície que por lá existe. Ainda por cima é ignorante quanto ao fato de que " nós Portugueses lhes demos a independência ". Nós não lhes demos nada, eles é que nos deram muito ouro, que um estúpido de um rei que tivemos com a mania das grandezas esturricou todo em obras megalómanas. E para além disso porque razão é que a maioria dos Portugueses está a emigrar para lá, esses de certeza que não devem partilhar das suas considerações. Por isso, antes de falar, pense, que deve ser coisa que não tem costume de fazer.

    ResponderEliminar
  6. A primeira vez que entrei no seu Blog. Fiquei encantado com a honestidade frontalidade e simplicidade. Como apresenta os problemas eu fiquei logo um seguidor. Obrigado finalmente já temos um blog que nos esclarece sobre a corrupção em Portugal. Em resposta À senhora burguesa das duas uma ou a senhora tem sido beneficiada pelo regime ou então é uma pessoa abastada aqui fica um concelho experimente viver com 500 euros mensais e depois diga qualquer coisa mas antes não.

    ResponderEliminar
  7. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
    A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
    Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
    Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
    A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
    MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

    ResponderEliminar