25 janeiro, 2012

Contornar a lei, oferecer dinheiro aos amigos e enganar o povo são as funções principais do governo.

Subsidio de férias e Natal disfaçado
Os Subsídios de Férias e de Natal mudaram o nome para:

"ABONO SUPLEMENTAR"
Quando se quer dar dinheiro do povo a uma "afilhada", arranja-se sempre maneira.
Nem que se mude os nomes dos subsídios para "Abono suplementar".
É uma vergonhosa discriminação de direitos! E há mais!!!

DIVULGUEM!

No Jornal Expresso desta semana, apressaram-se a explicar que foi um lapso, que usaram a minuta errada. Desculpa muito mal inventada. Existem minutas onde se oferece abonos suplementares em junho e novembro? Ou será que todos percebemos bem que fica bem óbvio que não há engano nenhum. Não existe uma  minuta que disfarce o nome do subsidio de férias e de Natal. Claro que não. 

3 comentários :

  1. Comentar p'ra quê. São todos gatunos sanguinolentos da pior espécie.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comentar e divulgar... o povo está a acordar, e não podemos recuar.

      Eliminar
  2. Facto intrigante e nunca explicado: Quando o Jornal Publico publicou a investigação do José António Cerejo sobre a TECNOFORMA, surgiu um tumulto Jornalistico. Relvas no olho do furacão pois foi ele enquanto Secretário de Estado do Governo de Durão Barroso que se movimentou para os Fundo Europeus serem dados à Empresa dirigida por Passos para formar Técnicos de Aerodromos. Era Secretária do Relvas nessa altura Maria Helena Belmar da Costa conhecedora de todas as manobras. Quando Passos chega a 1º Ministro, Relvas coloca-a no Gabinete como secretária de Passos a Maria Helena e a sua namorada como técnica informática. Uns dias depois o PM manda publicar no Diário da Republica a exoneração imediata de Maria Helena Belmar da Costa, pondo a circular na imprensa através dos seus milhentos assessores, com o Zeca Mendonça à cabeça que ela tinha mexido em coisas privadas do 1º mas sem apresentar queixa contra ela. Como investigam tudo gostaria de saber porque esta Senhora, funcionária do PSD durante 30 anos, saiu da engrenagem

    ResponderEliminar