Todos sabiam e ninguém faz nada... Apenas por a TROIKA exigir, o governo vai investigar a vergonha das PPP??



Existem 3 pontos importantes a realçar no escândalo que se segue:
1º quem apresentou queixa contra este abuso descarado, foi a ACP, e não o governo, ou os tribunais, ou a oposição...
2º quem está a obrigar a que o caso seja levado por diante, é a TROIKA e não o governo ou os tribunais.
3º mais uma vez os culpados "criminosos" já deram inicio ao velho truque,  processar quem os denuncia, enrolando a lei, atrasando processos e ganhando a impunidade.

As pessoas poderão acreditar que com a exposição deste caso, muitos politicos serão punidos e a justiça finalmente dará sinais de vitalidade e força...
Muitos acreditarão que finalmente existe vontade de desmascarar e castigar os corruptos que roubam o povo. Que o governo finalmente resolveu defender o país...
Desenganem-se... Pois tudo permanece imutável, no seu percurso de impunidade e falta de denúncia.
Tal como o caso dos submarinos que foi provado e investigado na Alemanha e em Portugal, não se apura nada,  nem julga ninguém.
Tal como o caso dos Pandur, que também foi a Répública Checa quem denunciou e investigou o caso de corrupção, onde se julga que Portugal também estava envolvido... mas por cá, nem se toca no assunto.
Agora é o caso das SCUTs, e para que conste, mais uma vez, o assunto apenas está a obter projecção porque são entidades externas, que exigem investigação... e neste caso é a TROIKA. 
Não foram os juízes do TC, não foram os nossos ministros das finanças, ou todo o governo que se preocupou em ajudar Portugal e o povo, a fazer justiça e a deixar de sustentar parasitas e criminosos. Foi apenas a TROIKA que exigiu, e os fantoches terão de avançar com a investigação e renegociação... Porque em boa verdade já há 5 anos se sabe deste abuso, deste roubo, e desta vergonha, e nenhum governo, nenhum tribunal ou juiz, ou nenhum partido da oposição fez nada para mudar o saque continuado e descarado das PPP.
Resta ainda acrescentar que as comissões que informam a Troika do que se passa, são algo duvidosas, e provavelmente o povo não sairá justiçado ou vitorioso de mais esta profunda e cruel injustiça de que tem sido vitima, nas PPP. 
Existe ainda um pequeno detalhe a acrescentar...  (já estamos habituados) na justiça portuguesa isto vai dar pano para mangas e vai culminar num mar de impunidade. Pois os acusados começarem já a ameaçar quem os denuncia, irão fazer gato sapato da lei, até que o tempo passe e a impunidade vença.

Segundo este video já em 2007 o presidente da Republica foi avisado e chamado a intervir neste desvio de dinheiro público, e pura e simplesmente remeteu-se ao silêncio.  Ainda segundo o video, este caso mostra claramente que teve que  existir compadrio criminoso e descarado entre bancos, construtoras, consultoras, POLÍTICOS E grandes gabinetes de advogados. O papel mais descarado foi o do secretário de estado que agora tenta fingir que não teve a ver com nada. 
Isto apenas mostra que Portugal está a saque, sem ninguém que nos proteja. Portugal tem um grupo de inimigos que diariamente conspiram contra o nosso futuro, o nosso dinheiro, os nossos filhos e o nosso país. Conspiram e levam a cabo todo o tipo de crimes sem dó nem piedade, roubando os pobres para luxos dos ricos.
Portugal está entregue a um gang de políticos criminosos e o povo ingénuo... otário continua a dar-lhe votos de confiança.

Eis o artigo do expresso, que confirma o acima comentado... 
"Negócios das SCUT chega a tribunal
O Ministério Público entra em cena após o Tribunal de Contas ter detetado a ocultação de €705 milhões pagos a concessionárias
Passos Coelho admitiu que as conclusões do TC poderão “iluminar o Governo” na renegociação contratual das PPP (uma exigência da troika, aliás). Para o parceiro de coligação, o CDS, a auditoria demonstra que o Executivo de Sócrates foi também “um Governo da mentira, do engano e da fraude”. (...) o PCP fala de um “modelo desastroso para o interesse público e para a economia nacional”, que “tem de acabar”.

Para o Automóvel Club de Portugal, “este processo não pode morrer na praia”. O ACP já fizera, no início de maio, uma queixa-crime, visando explicitamente, além de Paulo Campos, os antigos ministros Mário Lino e António Mendonça. Além do processo desencadeado pelo ACP.
Não faltam assim as vias para descobrir os segredos dos negócios das estradas em Portugal.
A condução habilidosa ocorreu em seis subconcessões rodoviárias — Baixo Alentejo, Litoral Oeste, Algarve Litoral, Baixo Tejo, Douro Interior e Auto-Estrada Transmontana. Segundo os juizes, em decisão tomada por unanimidade, ao volante da operação estaria o anterior secretário de Estado das Obras Públicas Paulo Campos.
“A documentação facultada pelo InIR — Instituto das Infraestruturas Rodoviárias”, entre 2010 e 2011, “evidencia a existência de divergências e, por vezes, omissões, disparidades que, alegadamente, o InIR afirma dever-se a orientações a que estava sujeito pela tutela”, diz o relatório. Mais adiante, reforça o TC: “Verificou-se terem sido omitidos, por intervenção da tutela, factos relevantes”. Nas conclusões do Tribunal, são descritos mecanismos e esquemas (como cálculos com base em taxas de inflação superiores às previstas, por exemplo) que fariam existir “benefícios-sombra” para concessionárias e entidades bancárias, em detrimento dos interesses do Estado e dos contribuintes.
Paulo Campos, hoje deputado, rejeita ter negociado qualquer acordo paralelo. Nega ainda ter ordenado a eliminação de páginas em qualquer documento, ameaçando mesmo processar o InIR. 
fonte

3 comentários:

  1. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
    A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
    Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
    Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
    A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
    MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

    ResponderEliminar
  2. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
    A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
    Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
    Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
    A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
    MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

    ResponderEliminar
  3. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
    A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
    Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
    Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
    A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
    MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

    ResponderEliminar