Afinal quem deu cobertura ao saque de milhões de Luís Filipe Vieira? Foi António Costa e o Centeno? ou André Ventura? Gomes Ferreira explica

André Ventura,  comenta a prisão de Filipe Vieira. Eu represento os portugueses e o dinheiro que lhes foi roubado espero que a justiça aja “Sem qualquer exceção, nem complacência, a Justiça tem que ser rápida, eficaz e transparente”, afirmou André Ventura, conhecido adepto do Benfica e líder do partido 'Chega',  O deputado reconheceu que "as suspeitas são graves", pelo que espera que "o tribunal possa dizer o que está em causa e que decisões tomará."
JÁ COSTA, TENTA APAGAR O RASTO DA PESSOA QUE É
“A Bola” apaga do site notícias sobre apoio de Costa e Medina a Luís Filipe Vieira
Desaparecimento de notícias foi denunciado nas redes sociais após detenção do presidente do Benfica. 

DIZ AINDA VENTURA "O que peço para este caso é o mesmo que para os outros. Justiça tem de ser rápida, eficaz e transparente. Não pode haver nomes, cargos nem figuras. Estou aqui como representante do Chega e dos portugueses e e é isso que eles querem. São crimes que lesaram Portugal e os contribuintes e espero que a justiça seja rápida e transparente", explicou.

 

Neste Outro video Vieira deixa bem claro que o assalto aos bancos portugueses é um esquema montado pelos políticos onde pessoas como ele e Berardo etc são usados para ficar com as culpas, mas quem fica com o dinheiro são os politicos e os amigos que ficam com a garantias e o dinheiro dos contribuintes. Vieira afirma que centeno: "Devia ser enforcado" quem fez contrato do Novo Banco com Lone Star

O presidente do Promovalor garantiu que cumpriu "com tudo" o que lhe foi pedido. "Entreguei todos os ativos, não tive qualquer perdão de juros ou de capital."



Respondendo à deputada Filipa Roseta, do PSD, Vieira disse: "Quem assinou esse contrato, pendurem-no". Depois de no PSD lhe recordarem que, pelo Governo, o contrato foi assinado pelo então ministro das Finanças, Mário Centeno, acrescentou: "Devia ser enforcado, uma pessoa que assina uma coisa destas.... Não se podem fazer...", afirmou.

Antes a deputada tinha questionado o empresário (questionado nesta comissão nessa condição e não como presidente do Benfica) sobre a desvalorização abrupta de vários dos ativos associados às suas empresas, designadamente entre 2017 e 2018. Vieira respondeu: "Eu, sobre avaliações, digo quem as faz são peritos mas nunca incluem normalmente o desenvolvimento do projeto". Acrescentando que "não faz sentido alguém fazer avaliações destas, talvez as façam para o fundo" e que alguns desses avaliadores "não percebem nada de construção".

Andamos a ser roubados e quem ousa denunciar vai parar à prisão... 
E os que estão fora do país e não podem ser presos, são silenciados? 



Se este fosse um país decente, os que trabalharam nos bastidores da banca os politicos e fiscalizadores, também deviam estar no banco dos réus. 
Tanto Filipe Vieira, como Berardo e Vasconcellos, da Ongoig, estão sob a lei da rolha e indirectamente vão deixando no ar que quem devia defender o país, é que foi o menos honesto. Nas audições parlamentares as frases chocam. Porque será que os media nunca deram relevo a estas afirmações GRAVÍSSIMAS? 
Momentos em que eles referem que a verdade "há-de vir ao de cima"... ou quem devia estar a ser interrogado era quem "autorizou estes empréstimos", ou "quem fez estes contratos, DEVIA SER ENFORCADO" (centeno), ou ainda que a "história está muito mal contada"...ETC. 

O VIDEO É LONGO MAS COMPILA AS PARTES MAIS REVELADORES DE ALGO MUITO OBSCURO, DITO NOS INQUÉRITOS PARLAMENTARES que passa despercebido aos mais distraídos. Filipe Vieira e Berardo presos também não é sinal de que a justiça está a trabalhar. É sim sinal de como o polvo está bem vivo e dominante e veio dar sinal de que quem se mete com o PS, leva. A sua prisão, à revelia de todos os outros companheiros de aventura, só prova que o “Polvo” está bem vivo e não lhe perdoa ter ido à Assembleia da República dizer que a culpa não era dele, mas dos políticos e dos banqueiros, quando disse que estes “não sabiam o que andavam a fazer”. Luís Filipe Vieira caiu no mesmo "erro" que Berardo,

atreveu-se a falar do Polvo que se manobra por trás do mega assalto ao país, através da banca, há décadas, e levou o mesmo castigo. Referiu mesmo que Centeno vendeu o BES de forma criminosa e lesou os contribuintes, segundo afirma o próprio Vieira no seu Inquérito parlamentar, Centeno que estranhamente, e contra a qualquer principio de ética, logo após a venda do BES, foi trabalhar para o Banco de Portugal, para passar o pano sobre todos esses mesmos crimes? Para que ninguém saiba os contornos do contrato com a Lone Star? 
Que Vieira afirma ir contra o interesse dos contribuintes? 

O VERDADEIRO CRIME DO BES FOI CENTENO TER VENDIDO O BANCO COMO VENDEU, afirma Vieira, sobre o contrato da venda do BES à Lone Star Já Nuno Vasconcelos confirma isso mesmo, no seu direito de resposta, onde esclareceu as falsas acusações da Mortágua "Entendo que alguns executivos, por razões políticas, gostem de ter um bode expiatório para esconder do povo português as terríveis decisões que tomaram ao criar o Novo Banco e deixar falir o BES — que arrastou em sua queda várias empresas que geravam empregos e recolhiam impostos em Portugal. A péssima gestão dos banqueiros e reguladores, como a do Banco de Portugal, não é de minha responsabilidade! A decisão saiu, sim, muito cara aos contribuintes portugueses, mas nada tive a ver com ela." Talvez tal como Berardo Vieira, também tenha sido usado, para perpetuar e manter esta corrida... esta febre do ouro da banca, que tem sido o assalto aos bancos e ao dinheiro dos portugueses, sob a capa de pseudo empréstimos, estranhamente quase impingidos pelos bancos, e ignorados pelas entidades de supervisão e politicas, responsáveis.
"Cumpri com tudo o que me foi pedido"

Antes tinha afirmado que "é cómodo" mas falso que o "colem" às perdas do Novo Banco imputadas aos contribuintes, afirmando que nunca teve nenhum perdão de capital ou juros.

"Por muito que seja cómodo publicamente colarem-me às perdas do Novo Banco e às perdas dos contribuintes portugueses, tudo isso não passa de uma tentativa de alterar a realidade: não tive nenhum perdão de capital, nem nenhum perdão de juros. Nem eu, Luís Filipe Vieira, nem o grupo Promovalor", disse.

"Não pedi perdões de dívida, nem perdão de juros, nem eles me foram dados. É do conhecimento público que muitos empresários tiveram perdões de capital e de juros. Não foi o meu caso", reiterou.

O presidente da Promovalor considerou ainda que "é muito fácil colocar o Luís Filipe Vieira como um grande devedor que não cumpriu" e "muito cómodo para muito boa gente colocar o presidente do Benfica como grande devedor da banca que não cumpriu". Considerou que isso é cómodo "para os poderes políticos", para "a supervisão bancária" e "para uma certa sociedade que precisa de encontrar culpados".

"Cumpri com tudo o que me foi pedido. E mais: entreguei todos os ativos, não tive qualquer perdão de juros ou de capital, mantive o meu aval pessoal e ainda investi mais capital para ajudar na recuperação", afirmou.

"Digam uma, uma só, operação de reestruturação feita neste país com condições tão ou mais vantajosas para os bancos", acrescentou. FONTE 

Também Gomes Ferreira confirma a estranheza de todo o processo: afirma que é PROIBIDO INVESTIGAR QUEM AUTORIZOU EMPRÉSTIMOS DO BES E CGD PORQUE HÁ LUVAS PARA OS PARTIDOS. 
ESTE TEM SIDO O REGABOFE DA BANCA, OS PORTUGUESES DEPOSITAM DINHEIRO NOS BANCOS E O DINHEIRO É DISTRIBUÍDO PELOS AMIGOS DOS POLÍTICOS CORRUPTOS. Vendem o dinheiro dos outros a preço da chuva. Este é apenas um exemplo que devemos aplicar a todos os outros PERSONAGENS, que devem milhares e milhões em pseudo empréstimos, há anos e anos, e não pagam nem vão presos... nem os que autorizaram o roubo nem os que roubaram.... porque será? Porque é que é crime e calculista, estes empréstimos? Porque é que não são erros, ou falhas? Muito simples a banca tinha mecanismos que impedem empréstimos avultados a pessoas que não apresentem garantias de ter como pagar. E mesmo que a banca empreste, o governo tem mecanismos de também impedir, e mesmo o banco de Portugal. Mas o que se tem passado é que todos estes mecanismos têm sido desrespeitados, falhas dizem os responsáveis, impunes e irresponsáveis, e isso é crime. Mas como os crimes são todos cometidos por políticos e seus amigos... o único condenado é o povo que perde o dinheiro depositado. 

O MAIS GRAVE, É QUE AS ASSINATURAS DE QUEM AUTORIZOU O ASSALTO, ESTÃO LÁ NOS REGISTOS, MAS NINGUÉM INVESTIGA OU CONDENA, PORQUE SÃO ASSINATURAS DE POLÍTICOS E BENEFICIAM PARTIDOS POLÍTICOS, afirma Gomes Ferreira. https://bit.ly/3ikIHcj 
OS JOGOS DA BANCA E O POLVO : https://bit.ly/3jaGMWU 
FILIPE VIEIRA CULPA DO BANCO , https://bit.ly/37hW5rC 
Berardo e Vieira sem papas na língua. https://bit.ly/3ymbaEr 
Centeno deveria ser enforcado pelo que fez aos portugueses https://bit.ly/3A2aFQf Criminosos? muito amigos do PS? Vieira? https://bit.ly/3yhYzSu 
Berardo sem papas na língua https://bit.ly/3xgfzHD 
Presidente do BCP denuncia socialistas https://bit.ly/37g1vTE

1 comentário:

  1. Dos 3 que estão ali em cima qual deles é o mais virtuoso?

    ResponderEliminar

Olá caro leitor, obrigada por comentar... sei que apetece insultar os corruptos, mas não é permitido. Já não podemos odiar quem nos apetece... (enfim) Insultem, mas com suavidade.
Incentivos ao ódio, à violência, ao racismo, etc serão apagados, pois o Google não permite.