Modelo de governação: O Perverso Narcisista e o seu cúmplice

corrupção ditadura democracia manipulação
Um povo incapaz de julgar, de avaliar, de tomar decisões que o protejam e que defendam o seu futuro e interesse, é um povo condenado ao sofrimento.  
Continuamos a eleger corruptos, continuamos a não apoiar aqueles que denunciam quem nos rouba e engana... continuamos a acreditar nas mentiras e a permitir que a manipulação seja a nossa verdade inquestionável.

"Este modelo de hoje, ao qual chamo, O Perverso Narcisista e o seu cúmplice, destaca o egoísmo absoluto e a manipulação mental, cuja única finalidade consiste em controlar o outro, o que origina uma desestabilização dos processos de decisão, da capacidade de julgar e do poder de auto crítica. Levando à execução de um genocídio psíquico na sociedade.
Reflictam, somos governados por perversos narcisistas, e o que importa para eles é preencherem o seu “Eu” numa cultura de fachada, a fim de se sentirem admirados para reenviarem ao seu ego oco uma imagem extraordinária de ele mesmo.
O perverso narcisista, com certa predisposição psicopatológica, trata o cidadão como um executante sem racionalidade, para melhor praticar a manipulação mental, cujo objectivo é um discurso falsificado que conduz à uma conversão.
Este perverso narcisista rapidamente foi identificado pelo seu egocentrismo e sua falta de ética.
É necessário tomar consciência que estes psicopatas são dirigidos pela sua vontade de enriquecer-se e progredir, em detrimento de qualquer responsabilidade social, porque para ele os estragos pouco importam. Para eles a justiça é branda e lenta.

Não tomou consciência desta transição, ditaduras às democracias autocráticas cuja perversão narcisista provoca grandes implicações e consequências para a humanidade?
Lembrem-se destas medidas disseminadas há muitos anos:
- A valorização das tendências negativas, tais como o narcisismo, egocentrismo, orgulho falseado, no lugar da humildade, da modéstia e da simplicidade.
- A subida em exponencial dos falsos elitismos, o culto das stars, falsas celebridades, a valorização do conceito de VIP, a valorização do poder e da riqueza.
- A desvalorização progressiva da imagem do povo, a redução do povo à categoria de objecto nos meios de comunicação social.
- subida progressiva das injustiças, as humilhações e a violência para com o povo.
- A valorização, a exaltação e a normalização das conduções perversas, pelos meios de comunicação social e os líderes
- A dominação dos grandes grupos económicos, perversos, sobre a sociedade humana e os seus meios de comunicação social.

Não se pode esquecer que o grau de perversão e crueldade de uma sociedade está em correlação com o ambiente no qual evolui esta sociedade.
Faço um apelo a vós, Cidadão, que tomem consciência do vosso Presente e Futuro porque depende da decisão que tomarem, considerando a realidade de hoje:
a)    Este sistema perverso narcisista considera o cidadão como um simples objecto, como o mercado considera o cidadão, uma potência no âmbito da Compra ou do Trabalho.
b)    A exaltação das condutas perversas, as emissões nas quais a humilhação tornou-se uma norma.
Com efeito, trata-se de um puro mecanismo de manipulação narcisista, erigida num verdadeiro sistema.

Uma sociedade dominada por uma estrutura narcisista tem todas as possibilidades de reencontrar-se prisioneira voluntária de uma penitenciária insensata e dourada.
É toda a magia do sistema perverso, fazer da sua vítima, uma vítima que consente, que ignora que é vítima e que tem a consciência que ao mesmo tempo está a ser violada."

"Não existe prisão mais eficaz e duradoura, que a falsa ilusão de liberdade." 


par Evelyn Moraes E Castro Houard (Articles), mardi 9 octobre 2012, 

Sem comentários:

Publicar um comentário