17 junho, 2013

AS ESCANDALOSAS RENDAS DA EDP... Mais prejuízos para os portugueses...


PS ofereceu rendas excessivas (4 MIL MILHÕES A MAIS) à EDP, a Troika descobre o abuso e manda o governo actual renegociar e eliminar as rendas. O ministério da economia tentou, mas perdeu o braço de ferro com a EDP.


Reparem bem neste video... um escândalo... um ministério inteiro cede perante os interesses da EDP?
Henrique Gomes, ex sec. de estado da energia, demitiu-se por questões morais, conta como o relatório, enviado em mão para o PM, foi parar ás mãos da EDP. No final do video o Ministro da Economia, conta o ridículo da situação. Por isso não se admirem que este seja mais um ministro a abater.
Porque se demitiu? Pergunta Gomes Ferreira.
Henrique Gomes- O ministério da economia estava no jogo do gato e do rato com outro ministério... portanto com muitas dificuldades. (percebe-se que ele se referia ao ministério das finanças e ao PM, no video 2)
Video 1,  Video 2Video onde se revela o abuso das rendas.
(Estes vídeos são extractos deste original de 50 min. Deliberadamente, deixei visível o tempo do video original, para poderem localizar estes pedaços, no todo, caso se sintam incrédulos e queiram ver os 50 min.)

Este video serve ainda para mostrar que os políticos que defenderam o interesse da EDP continuam por lá a trair o país, e Henrique Gomes, que tentou defender o interesse nacional, foi para a rua...
Posto isto, gostava que os portugueses que criticam o Medina Carreira, o Paulo Morais e o Marinho Pinto, etc, porque já estiveram no poder e não fizeram nada, que percebam, de uma vez por todas, porque não se consegue fazer nada... Um ministério inteiro perdeu o braço de ferro com a EDP.
Temos que perceber que a EDP, contratou 5 ex ministros, da velha guarda, portanto muito influentes e pagos a peso de ouro... Porque será?
Os corruptos são mais em número e em poder, e são apoiados por milhões de portugueses que votam neles há décadas e atacam quem os denuncia. Se queremos justiça, temos que aprender a ser justos. Não há Marinho Pinto, ou Medina ou Paulo Morais ou ministro que consiga enfrentar e ganhar braços de ferro contra corruptos quando, o povo insiste em estar do lado dos corruptos, ou pura e simplesmente insiste em não querer saber o que se passa na politica.

Para mim cidadania e justiça popular, é sabermos ser críticos e duros com os maus, mas também apoiar e encorajar os bons. Cada vez é mais difícil acreditar que existem políticos honestos no meio de tanta corrupção e traição. No entanto, se devemos ser justos criticando, denunciando e não elegendo corruptos, também é importante louvar, apoiar e proteger, aqueles que tentam defender o interesse nacional, por vezes, sacrificando a sua imagem e carreira, em nome da ética e moral.
Em Portugal, carecemos de espírito cívico, normalmente exibimos uma incapacidade inata para discernir quem nos faz mal e quem nos tenta proteger, quem são os corruptos e quem são os íntegros. E isso é um trunfo para os corruptos e uma sentença, que neutraliza os honestos.
Coloquem-se no lugar do José Gomes Ferreira, Marinho Pinto, Paulo Morais ou Medina Carreira. Imaginem que podiam ter à disposição bons tachos, como todos os outros que optaram pela via da corrupção, mas em vez disso decidem ajudar um povo ingénuo que anda a ser roubado e enganado? Agora imaginem o que sentem estes senhores que são tantas vezes criticados duramente e injustamente, e apenas tentam ajudar, prejudicando-se e sendo ofendidos por quem ajudam.
É este o estilo de justiça e cidadania, que os portugueses possuem e exercem. E esta é uma das formas mais eficazes de ajudar os corruptos e travar os seus opositores. Não sabemos ser justos, não sabemos ser críticos, não sabemos utilizar a cidadania, e muito menos a democracia. Já que a democracia só consegue sobreviver e ser útil, se o povo souber utilizar o seu decisivo poder em seu favor... não contra ele próprio, não a favor de quem o engana.

Mais grave que a impunidade e corrupção de alguns, é os governos escorraçarem os poucos, que tentam mudar o rumo do país, tentando defender o bem nacional.
E isto passa-se na maior das tranquilidades, sem que nenhum português se indigne, sabendo que eliminam quem os defende e promovem quem os rouba.... isto não é normal....
Mais escandaloso ainda é que o próprio PSD votou contra, que se investigasse este caso, ou seja protegeu a EDP e permitiu a humilhação de Henrique Gomes.

"A proposta de audição, apresentada pelo PCP para esclarecer o processo que levou à saída do ex-governante no ano passado, foi aprovada pelo PS, PCP e Bloco de Esquerda na Comissão de Economia e Obras Públicas, mas acabou chumbada pela maioria.
O PSD e o CDS chumbaram hoje uma proposta do PCP para ouvir no Parlamento o ex-secretário de Estado da Energia, Henrique Gomes, e o ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira." fonte
(Atenção os que queriam investigar o processo, não são uns santos! Não se esqueçam que o jogo da politica deles é tombar uns para eleger o próximo, e não defender o interesse nacional)
"A corrupção só acaba quando os governantes se aperceberem que é melhor incomodar 3 pessoas, do que 3 milhões de pessoas! Para isso é preciso haver 3 milhões de pessoas a mostrarem-se incomodadas. Ainda não vi 3 milhões de pessoas na rua a protestar, por isso temos o que merecemos." Paulo Morais no Programa 5 para a meia noite a 07-05-2013

Neste video conheça mais um escândalo da EDP e descubra porque ninguém consegue deter ou contrariar este poderoso albergue de ex políticos e banqueiros influentes.


A corrupção cerca-nos, sufoca-nos, esgota-nos e empobrece-nos, disseminando-se por todo lado sem nos deixar saídas. No entanto, actualmente começa a ser exposta por diversos meios de comunicação. E talvez seja essa a única saída... sermos um povo informado e consciente do que se passa no país e quem são os culpados.
Por isso não a negue, não finja que não é verdade apenas porque é de um partido, apenas para defender partidos e dirigentes corruptos. Se quer ajudar Portugal, temos que condenar os políticos. Somos nós ou eles, a escolha é nossa. Ao longo de 30 anos eles já mostraram o que escolheram... escolheram o bem deles que é a nossa ruína, está na hora de sermos nós a escolher a ruína deles e o nosso bem... somos mais, somos muitos, e nós é que estamos correctos, não eles.

Casos mais recentes sobre a EDP
Privatização lesa portugueses em 117 milhões
Como eliminar pessoas que se opõem aos lobies
Como aumentar o poder dos lobies?
A equipa maravilha de ex políticos da EDP
16 mil milhões para as barragens?
Mais influencias... 

10 comentários :

  1. Na tabela junta, estão as cotações de fecho da EDP na Bolsa de valores de Lisboa nas últimas dez sessões.

    Como podemos constatar, no período, as acções da EDP foram transaccionadas entre os 2,3650 e os 2,4220 euros.

    A cotação média foi de 2,3933 euros.

    E, hoje, o nosso Governo decidiu vender os pouco mais de 4,1% que o Estado português ainda detinha na EDP a 2,35 euros por acção.

    Mais um excelente negócio para quem as comprou, que ainda não se sabe quem foi.

    Ou os sortudos ganharam , e o Estado perdeu, entre 658 milhões de euros (Público) e 659 milhões de euros (Expresso).
    •Para quem anda entretido a advogar a redução do número de deputados, 658 milhões de euros dariam para custear as despesas de funcionamento da Assembleia da República durante quase sete anos.
    •Para os acólitos da causa do cu tremido, 658 milhões de euros dariam para comprar 6500 carros topo de gama.
    •Para os 3 em cada 5 desempregados sem direito a protecção social, 658 milhões dariam para pagar o subsídio social de desemprego durante um ano a 112 mil pessoas.
    •Para os funcionários públicos e para os pensionistas, 658 milhões é o equivalente a um dos subsídios que o Governo roubou.
    •Para os comerciantes em dificuldades de todo o país, é o dinheiro que lhes deixou de entrar em caixa. São os medicamentos que se racionam nos hospitais do país. São o aquecimento das escolas das nossas crianças que os cortes na Educação proibiram. Foi tudo isto que hoje o Governo ofereceu, saberão lá eles a quem. Foi tudo isto que o Governo voltou a roubar aos portugueses.

    Aqui fica o registo, para mais tarde recordar. Um dia, ajustaremos contas. Havemos de pôr esta democracia ao nosso serviço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Excelente texto! Parabéns a quem o escreveu.

      Agora que a EDP é maioritariamente chinesa, uma atitude decente de qualquer europeu será de consumir europeu, prioritariamente.

      A ideia é passarmos todos para a Iberdrola ou para a Endesa, sempre são - maioritariamente - espanholas...

      Quando a facturação cair a sério, como irá o eterno Mexia justificar o dinheiro para o Cool Jazz que paga o ordenado à filha dele?




      Eliminar
  2. Quando descobrirem um/a globalista que seja honesto, chamem-me:

    http://www.publico.pt/mundo/noticia/lagarde-a-sarkozy-utilizame-como-te-convier-1597591.

    Fico á espera.

    Os nacionalistas é que são um problema...... Para a super-elite corrupta.

    Senão acreditam vejam o panico que o Aurora Dourada está a causar ás Lagardes, FMI's, PSDs e PS's locais tipos Samaras e elite Sionista em geral... Até nos EUA andam preocupados com a sua ascenção.....Porque será?

    Estão quase nos 25% e anda toda a imprensa Grega, Europeia e até Americana a bufar que nem porcos contra o Golden Dawn......

    O Partido Social Nacionalista que mete a burguesia e esquerdistas(Que são uma e a mesma elite) de cabelos em pé.




    ResponderEliminar
  3. esperemos que muitos eleitores em vez de irem gritar para a av. votem com sentido da responsabilidade. pelas sondagens pensam dar a vitoria a quem enterrou o país(negocios das PPP, energia gratuita(eolica) ao triplo da do petroleo) ate arrepia a alma !! acordem; se nao mudarem as moscas vao cheirar sempre aos compadrios que nos amarram. será que acham que precisamos de mais submarinos? todos devem conhecer um pescador; perguntem-lhe para que lhes servem, chiça!!

    ResponderEliminar
  4. O problema não é as EÓLICAS, mas sim os NEGÓCIOS... A RENDA paga às PPP's foi garantida pelos Secretários de estado em troca de um cheque chorudo... todos mamaram: SÓCRATES e restantes SECRETÁRIOS de ESTADO... Agora rodam as cadeiras e vão estes para lá mamar (PSD. O PARLAMENTO por aqueles que estão na bancada do GOVERNO é uma autêntica CENTRAL de NEGÓCIOS...

    ResponderEliminar
  5. até quando suportamos isto? corrupção á vista e não há maneira de actuarmos é escandaloso a gatunagem QUANDO ACORDAMOS!.......o povo é muito tolerante e acomodado

    ResponderEliminar
  6. ACTOS, já não vamos lá com palavras. ANTES MORRER DE PÉ, DO QUE VIVER A VIDA INTEIRA CURVADO. um segundo 25 de Abril, para limpar esta escumalha toda.

    ResponderEliminar
  7. 1-O socrates nao sabe fazer nada.

    2-O socrates vive uma vida de milionario entre França e Portugal.

    3-Alguem deve pagar a vida do socrates ou ele se alavancou bem.


    Espero que Portugal nao aceite esta persona non grata, assim como todas as camaras e aprtidos qeu roubam os impostos de quem paga.

    ResponderEliminar
  8. Eu,filho de pobres trabalhadores do campo e um simples operário emigrante na Holanda onde resido desde 1964 e já velhote,91 anos de idade,digo uma vez mais que os pulhas,os trafulhas,os traficantes,os aldrabões,os trapalhões,os velhacos,os sacanas,os cínicos,os hipócritas,os vigaristas (com destaque para os Vigários de Cristo),os espertalhões da Alta, da Média,da Pequena Burguesia mas também ente da Plebe,que sabiam como tirar o melhor partido da Ditadura clerical-fascista do Estado Novo,agora em liberdade e«democracia»e com o liberalismo económico e financeiro em que cada qual se amanha como pode,ÊLES,seus descendentes e os «filhos da mesma escola»,muito melhor sabem como tirar o melhor partido desta SITUAÇÃO.Sòmente os bem intencionados ou os palermas como eu,é que foram,são e serão sempre as eternas vítimas.E não esquecer que ÊLES estão a vingar-se do 25 d'Abril.

    ResponderEliminar
  9. Quando começar a caca as bruxas talvez isto acabe!!!!

    ResponderEliminar