10 dezembro, 2012

Para os ricos, privilégios, Para os pobres, austeridade.

marinho e pinto impunidade Marinho e Pinto, mais uma vez aponta o dedo à injustiça que se faz sentir no mundo da Justiça.
Critica as mordomias e direitos das elites que se julgam acima da lei e superiores aos comuns cidadãos.

«[...] O primeiro-ministro, se ainda possui alguma réstia de dignidade e de moralidade
- tem de explicar por que é que os magistrados continuam a não pagar impostos sobre uma parte significativa das suas retribuições;
- tem de explicar por que é que recebem mais de sete mil euros por ano como subsídio de habitação;
- tem de explicar por que é que essa remuneração está isenta de tributação, sobretudo quando o Governo aumenta asfixiantemente os impostos sobre o trabalho e se propõe cortar mais de mil milhões de euros nos apoios sociais, nomeadamente no subsídio de desemprego, no rendimento social de inserção, nos cheques-dentista para crianças e — pasme-se — no complemento solidário para idosos, ou seja, para aquelas pessoas que já não podem deslocar-se, alimentar-se nem fazer a sua higiene pessoal.

O primeiro-ministro terá também de explicar ao país por que é que os juízes e os procuradores do STJ, do STA, do Tribunal Constitucional e do Tribunal de Contas, além de todas aquelas regalias, ainda têm o privilégio de receber ajudas de custas (de montante igual ao recebido pelos membros do Governo) por cada dia em que vão aos respectivos tribunais, ou seja, aos seus locais de trabalho.
Se o não fizer, ficaremos todos, legitimamente, a suspeitar que o primeiro-ministro só mantém esses privilégios com o fito de, com eles, tentar comprar indulgências judiciais.»
"A vida corre atrás de nós para nos roubar aquilo que em cada dia temos menos."
Algumas mordomias dos juízes, imorais.

Marinho Pinto sempre denunciou as mordomias e a corrupção, sempre foi contra a injustiça e os privilégios imorais, das elites, neste video critica os direitos dos partidos e afirma que em democracia, jamais poderiam ser os partidos a decidir os seus direitos e mordomias, pois acha que esses assuntos devem ser decididos por quem paga, ou seja, os cidadãos. 



Neste outro video, já como eurodeputado, denunciou as mordomias e os salários milionários dos eurodeputados, que nenhum outro eurodeputado denunciou antes. As falcatruas para fugir ao fisco e para somar subsídios... o regabofe 



Mais alguns exemplos de austeridade selectiva... 
  1. Justiça protegida?
  2. No exército, somam
  3. Na saúde, subtraem
  4. Nos ricos, não cortam
  5. Fundações protegidas 
  6. Institutos parasitas
  7. Observatórios cegos
- "Forças de segurança vão receber um aumento de 10,8% OE 2013. Miguel Macedo garante aumento na ordem dos 10,8% para PSP, GNR e SEF, em 2013."
- "Portugal é o terceiro país da Zona Euro com mais polícias. Portugal está na frente na despesa pública com segurança e ordem pública e número de polícias por habitante da Zona Euro."
- "A despesa de Portugal com Defesa é superior à média da Zona Euro ultrapassando-a no pagamento de salários e nos consumos intermédios."   ... Fonte
- Educação: "Governo corta o triplo do que a troika mandou. "
- SNS: "A ‘troika’ mandou cortar 550 milhões e o Governo cortou mais 650 milhões e este ano vai cortar mais”, sublinhou.
- Baixar TSU foi iniciativa do Governo, não da troika, diz chefe de missão do FMI." fonte
- Portugal reduziu em mais de 5% dos funcionários públicos entre dezembro de 2011 e setembro de 2012. Superando, assim, em mais do dobro a meta anual imposta pelo memorando da troika.

Mais artigos de Marinho e Pinto.

6 comentários :

  1. Precisamos de muitos Marinhos e Pintos que com frontalidade e muita coragem lutem ininterruptamente para acabar com as injustiças sociais, a corrupção a todos os níveis e todos os terríveis e escandalosos atentados ao erário público que nos tem empobrecido, envergonhado como povo e nos apróximam cada vez mais dos mais corruptos da Europa.
    Por estranho que pareça, a sociedade parece continuar surda e muda com o evoluír desta nossa tragédia que parece não querer terminar.
    Temo que despertem tarde demais e que entremos, para mal de muitos, suavemente no terceiro mundo. Assim são os portugueses...infelizmente!

    ResponderEliminar
  2. Mais um disparate.
    Marinho Pinto defende o seu lobby.
    Está envolvido no encobrimento dos crimes socratinos.
    As suas pseudo-denúncias são pura politiquice bloquista.
    Marinho Pinto que diga o que faria,se tivesse o poder executivo nas mãos.
    Que assuma o comunismo e não seja hipócrita.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aqui o que importa filtrar são as denuncias que ele faz.
      temos que ter a capacidade de perceber que ele está a denunciar algo que nos deveria preocupar e muito, se ele o faz pq está zangado com a mãe, ou porque está a esconder o socrates, isso é outro tema. Aqui denunciam-se privilégios de uma classe que não tem servido o povo que a sustenta, privilégios de uma classe que está nas mãos dos políticos.

      Aqui denunciam-se crimes contra o erário público e não intrigas politicas. Creio que nesse contexto já entende porque é importante que quando alguém aponta para a lua, não fiquemos a olhar para o dedo, senão perdemos a vista da Lua.

      Eliminar
    2. Muito bem observado D.Zita..o importante é saber se é ou não verdade o que diz é a falta de coragem duma classe política que protege sempre os mesmos..vir com essa do Sócrates já cansa..pra trás mina a burra é preciso olhar pra frente e por a justiça a funcionar e colocar na cadeia está cambada de ladrões que colocam na miséria o nosso triste povo. Até na Grécia colocaram na cadeia um ministro por causa do assunto dos submarinos num caso parecido com o nosso..aqui nada. E aquela do BPN e não só é de bradar ais céus,esquece-se os ladrões e culpa-se os polícias.. trise país.É prciso agir e haver alguém que denuncie esta ladrieirz completa..Haja coragem para acabar com esta podridão.

      Eliminar
    3. Aliás devo acrescentar que só as pessoas desinformadas ou amigas dos corruptos é que acreditam que Marinho Pinto alguma vez defendeu o corruptos do socrates. Para os que gostam de manipular o que Marinho diz ou é deixo este artigo que expõe a verdade por tras da manipulação:

      Compreender Marinho Pinto, é saber o significado de integridade. Tudo o mais é demagogia de corruptos incomodados.

      LIÇÕES DE INTEGRIDADE... NÃO É PARA TODOS, MAS FAÇAMOS UM ESFORÇO POR PORTUGAL. O povo português, foi treinado, durante muitos anos a defender cegamente os partidos, e é urgente perceber que se queremos salvar este país, temos que defender e sentir lealdade pelo país, pelo povo, pela verdade e justiça.
      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2014/06/compreender-marinho-pinto-e-saber-o.html#ixzz35N1nqytW

      Eliminar
    4. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
      A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
      Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
      Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
      A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
      MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

      Eliminar