19 maio, 2013

Assistam e acordem, o saque de Portugal reconhecido e declarado em frente aos saqueadores.



Neste video, Dr. Marinho e Pinto em 2011, denuncia e critica a forma como a corrupção tomou conta da nação. Se ainda tem dúvidas de que somos uns pobres "cornos" mansos, assista e pense.
Marinho Pinto avisou...frente a frente, com os saqueadores de Portugal - o vosso saque irá trazer em breve, sacrifícios colectivos... estas foram as palavras proferidas em inicio de 2011, uma critica dura e directa, ao governo Sócrates que abrangeria também os seus antecessores.
Mas de nada serviu este apelo de Marinho Pinto, apelar ao bom senso e piedade dos vilões já não os comove. Marinho acreditava que estava a dirigir-se a pessoas com ética, moral e consciência e que poderiam por isso comover-se e mudar o rumo do país.. mas depressa percebeu que estava a falar para sociopatas, pessoas sem empatia, vergonha e sem dó nem piedade. Eles prosseguiram os saques...

# - Fala das fortunas feitas em Portugal à vista de todos, pelas elites politicas.
# - Afirma mesmo que houve verdadeiros assaltos aos recursos públicos.
# - Bancos foram saqueados em milhares de milhões de euros. E os autores dos crimes gozam obscenamente livres e impunes as delicias dessa audácia.
# - Refere ainda o desaparecimento de milhares de milhões de euros vindos da u.e., usados em negócios obscuros.
# - Releva ainda a banalização dos cursos superiores e realça mesmo a venda de cursos superiores e a venda de diplomas.
# - Aborda o abuso das parcerias público privadas, onde os prejuízos são sempre para o povo e os lucros escandalosos ficam sempre para a parte privada.
video Marinho e Pinto corrupção nação.
O ABUSO CRESCE 
TODOS OS DIAS
# - Afirma que o estado usa todos os meios para contornar as regras da contabilidade pública. E as autarquias já lhes seguem os passos através das celebres empresas municipais.
# - Avisa também que os privados estão asfixiados de impostos para pagar as dividas das empresas do estado, onde os gestores recebem principescas remunerações que num mês ou 2 ultrapassa o que muitos portugueses não conseguem receber numa vida inteira de trabalho.
# - Referiu ainda a duplicação camuflada de impostos, pois todos pagam impostos e mesmo assim pagam taxas por todos os serviços: Estradas, tribunais, universidades, hospitais, etc.
****Todos sabemos de onde vem o dinheiro da nossa nova classe burguesa - os políticos. Todos sabem que eles nos saqueiam para enriquecer e nós continuamos a aceitar, calar e a pactuar.

Para os que tentam distorcer a verdade, afirmando que Marinho Pinto é apenas mais um tendencioso protector do PS, creio que fica  bem evidente que este senhor defende a verdade e o país, doa ao PS, ao PSD ou a quem doer.
Não deixem que os políticos tenham mais esta vitória, através da nossa ignorância  desacreditando Marinho Pinto e outros que como ele denunciam a corrupção. Marinho Pinto nunca defendeu o Sócrates nos casos em que esteve envolvido, como muitos tentam afirmar, os portugueses é que confundem muito as coisas, confundem defender a verdade e a justiça, com defender partidos. Por vezes defender a verdade e a justiça, pode parecer defender partidos ou politicos corruptos, mas não o é, pode ser por mero acidente. Se eu criticar o Passos Coelho não estou a defender o Socrates. Se eu defender que se infringiram regras no processo do Socrates, não estou a defender o Sócrates, mas a justiça.
O que Marinho Pinto fez, foi criticar a forma como a justiça procedeu em determinado assunto... é importante que as pessoas aprendam a analisar as coisas e as pessoas. Ou continuaremos a ter adoradores de corruptos e odiadores de pessoas integras e honestas. O resultado devastador está à vista, somos governados por corruptos e incompetentes, descarados, que nada temem pois abrigam-se na ignorância do povo.


14 comentários :

  1. Sempre defini este homem como um cavaleiro ao serviço da verdade!! Adoro este homem, está corretissimo!! A verdade tem de ser dita, toma lá hooo cavaco...

    ResponderEliminar
  2. AAMIGO BASTONÁRIO, GOSTAVA SABER QUAL O CAMINHO A PERCORRER PARA JULGAR ESTES HOMENS E MULHERS QUE TANTO MAL FAZEM AÕ PAÍS.

    ResponderEliminar
  3. Grande Homem!Sabemos que é tudo verdade o que ele disse no seu discurso... Mas Sr Bastonário! precisamos mais. Ajude nos a por na cadeia essa corja que nos roubou e levou ao estado que nos encontramos. Sou aposentada. Pensei que podia gosar a minha aposentação fazendo coisas que enquanto trabalhava não podia. todos os meses descontei no meu vencimento para poder usufruir desse direito de aposentado. E agora e que me dão? cortam na pensão taxam impostos altíssimos... quando é que isto para? quando afundarmos. AQcho que já chega.Tá na hora dos Homens e Mulheres inteligentes do nosso país tomarem as rédias...

    ResponderEliminar
  4. Gostaria de perguntar ao Dr. Marinho Pinto, se nunca pensou em, usando de todos os seus conhecimentos e influências, reunir um certo número de cidadãos sérios e interessados em mudar o rumo deste País para a criação de um movimento cívico, afim de concorrer a eleições e, iniciar-se assim o fim de todos esses corruptos que nos tem desgovernado ao longo de todos estes anos?...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nada deterá os donos de Portugal, pelo menos a bem. Quem tentar contrariar os interesses instalados, tem muito que sofrer.

      Eliminar
  5. que o Dr Marinho Pinto dê algumas soluções para se acabar com tudo o que muito bem disse e que todos os Portugueses sabem.

    ResponderEliminar
  6. O que é que este homem pode fazer contra a corrupção, para além de denunciar esta situação vergonhosa? se temos umas leis feitas expressamente para poderem ser contornadas, se o própio estado é o ente mais corupto e controla o meios de comunicação? Enquanto nos envolvemos em debates entre quem é o bom e quem o mau (Ps e PSD, as duas faces da mesma moeda), não nos pomos de acordo para deter estes vilões, e Portugal caminha a passo firme para ser um país destruído.
    Senhoras e senhores, bem-vindos ao terceiro mundo.

    ResponderEliminar
  7. De facto é preciso tê-los no sítio, para afirmar tais evidencias logo à frente de alguns protagonistas dos mesmos assaltos.

    ResponderEliminar
  8. Um dos raros "GRANDES HOMENS" de Portugal.
    Honestidade, frontalidade e uma extraordinária coragem!!
    Precisamos mais gente assim.

    ResponderEliminar
  9. Procuro informações sobre o naufrágio do navio Bolama ocorrido a 4 de Dezembro de 1991 em águas portuguesas. Investigação jornalística. Ver Blog: naviobolama.blogspot.pt

    ResponderEliminar

  10. A Revolução pode estar neste e mais alguns, poucos, nomes associados a ideias novas.

    Como diz a Zita, os donos de Portugal (traduzindo: famílias de banqueiros e 50 indivíduos da classe política dirigente, 20 do PSD, 20 do PS e 10 do CDS)que têm um complot, mais tácito do que expresso, para manterem o poder e continuar a roubar os nossos impostos.

    Para isso não vão olhar a nada! Homens como Paulo Morais ou Marinho Pinto vão ser enxovalhados na "comunicação do regime" dirão, no mínimo, que eles são loucos, têm dívidas, que os filhos são drogados, enfim, tudo farão para afastar as intenções de voto nessas pessoas.

    Pelo menos nós, que andamos por aqui, mantenhamos a cabeça fria e lembremos, a quem duvide, o que disseram de Medina Carreira. Que era um velho do Restelo, um derrotista, um desajustado...

    Marinho Pinto tem a ambição de ser PR.
    Faltar-lhe-ão os apoios financeiros TRANSPARENTES para lá chegar.

    Deixo aqui uma sugestão:
    Abra uma conta e peça pequenos contributos aos portugueses.
    Não se venda aos bandidos do costume.

    Obama fê-lo e deu-se muito bem!

    (Muitos de nós pagariam bastante, e de boa-vontade, para se libertarem desta escumalha impune.)


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema não é dos ignorantes mas sim de pseudo-sabedores que vêm para aqui falar de obama!!!!
      valha-nos santa paciência.

      Eliminar
  11. JANUS e A DUPLA FACE DA MESMA MOEDA

    A “moeda” transacionada pela política com objectivo de obter ou manter o poder tem duas caras, ao contrário da moeda vulgar que tem cara ou coroa (ou seja, uma alternativa, metaforicamente falando).

    Duas caras, por analogia, com Janus (Deus romano que lhe é atribuído a cunhagem das primeiras moedas de bronze): Duas caras paralelas que se reforçam mutuamente, de um lado, a Prepotência ou o Despotismo; do outro, a Cupidez ou a Ganância. A isto se resume a política, os políticos e os seus sistemas ideológicos (Democracia – o véu do Capitalismo, Nacionalismo/Fascismo, Comunismo e todos os outros “ismos” ) que lhes serve de máscara. A máscara ideológica( palavra do árabe “maskharah” : palhaço, homem disfarçado) oculta os seus reais objectivos: estatuto, riqueza e poder. Aliás usar uma Máscara, como elemento simbólico, já representa para aquele que a usa um misterioso poder. A CORRUPÇÂO , o instinto anti-social do homem tão antigo como a civilização, é o caminho mais curto para a sua concretização. E a impunidade intensifica esta tendência...que permanece mais ou menos uniforme através dos tempos.

    Também, poderá ter uma outra interpretação, como as duas faces que se olham como um reflexo, no qual os políticos são o “espelho” da maioria da população. Um povo sem cultura cívica que idolatra chicos-espertos que embalam a “realidade” com palavras doces, pouco exigente e informado e facilmente manipulado....que outros governantes poderiam ser eleitos??...que mais poderia ser Portugal??

    Se referi Janus e suas duas faces opostas aqui enquanto escrevo sobre política é porque a palavra política (palavra grega que significa também sociedade) é uma das mais clarificadoras da dualidade humana. Na mitologia quando uma das faces de Janus falava a verdade a outra mentia ...representava assim aquele que acalenta e guia, protege e ama ao mesmo tempo que engana, que trai, que odeia e que manipula. Ambíguo como todos nós...

    Este País precisa de um novo começo...antes que o passado nos destrua. A chave (símbolo de Jano) que abre e fecha todas as portas do futuro está nas nossas mãos.

    Um beijo, Zita

    ResponderEliminar
  12. Eles comem tudo e nao deixam nada.

    ResponderEliminar