15 setembro, 2012

Aconteceu na Islândia, a libertação da corrupção e da ruína.




Não deixe de ver este video com as verdades que nos querem ocultar, de um povo que se libertou do poder politico e económico que sufocava o país e o povo.
Na Islândia a corrupção não venceu... Leia alguns exemplos de mais medidas que colocaram um fim ao regabofe dos políticos. O povo libertou-se, tomou as rédeas do país e da constituição e salvou o país da ruína, lançando-o rumo ao sucesso. 
Na Islândia o crescimento económico triplica em relação à UE em 2012. À semelhança de Portugal também a Islândia teve um caso ao estilo BPN.  
                                                                                                                                          Hoje, 15 de Setembro, na manifestação todos unidos contra quem nos saqueia... EXIGIR CORTES NAS GORDURAS DOS PARASITAS E NÃO NO PÃO DOS TRABALHADORES. BASTA DE SACRIFICAR OS POBRES... MOSTREM QUE OS SACRIFÍCIOS SÃO PARA TODOS!!
"Baixar TSU foi iniciativa do Governo, não da troika, diz chefe de missão do FMI." fonte
O governo é que não sabe fazer mais nada, senão cortar aos mais pobres. Não sabem mais, coitados... São novos, inexperientes, incompetentes e cobardes.
Que se lixe a Troika? Ou que se lixe a austeridade? Seja ela imposta pelos políticos ou pelos credores de Portugal, todos deveríamos saber que a Troika não está por detrás de tanta austeridade nem tão pouco foi ela que arruinou o país, a Troika já afirmou que as medidas da TSU não foram exigência da TROIKA. A Troika mandou cortar nas PPP, nas fundações, na ADSE, nas offshores, nos benefícios fiscais, nas associações, nas despesas do governo, nos salários de luxo escondidos... etc etc. O governo já há muito que deveria ter começado a cortar nas gorduras e insiste em não o fazer, fintando a Troika... ofendendo os sacrifícios do povo. E fingindo que gorduras é o SNS, a CGA, o ensino, etc
Antes de escorraçar a Troika temos que escorraçar quem nos levou até ela, quem continua a engana-la, a ela e a nós.


"Investigação CM: Troika quer que o executivo introduza alterações no sistema de apoios financeiros à carreira diplomática . Estado esconde subsídios de luxo a diplomatas. Entre salário, abonos de representação e casa, um diplomata pode receber mais de 11 mil euros por mês." cmjornal
PORQUE NOS QUEREM FAZER CRER QUE A TROIKA É O LOBO MAU??? PARA O GOVERNO SACUDIR O CAPOTE DAS RESPONSABILIDADES? 


11 comentários :

  1. Respostas
    1. AGORA é urgente que se saiba o que se pretende...
      O QUE SE DEVE EXIGIR é o fim da corrupção e da impunidade e uma constituição que proteja Portugal e o povo dos politicos... expulsar apenas o coelho e a troika JAMAIS RESOLVERÁ OS NOSSOS MAIS GRAVES PROBLEMAS.

      NÃO adianta mudar apenas as moscas...

      Eliminar
    2. Convém saber, discutir, esclarecer e mudar definitivamente, mais uma verdade com a qual eu concordo, mas para que isso aconteça é necessário, um referendo democrático com novas normas constituicionais que protejam os interesses do povo e reduzir, cortar, acabar com medidas, conselhos que troika sugeriu e não foi feito nada.

      Eliminar
  2. Ora nem mais Zita! Que se acabe com a corrupção e esquemas fraudulentos, PPP's e afins... A Troika nao tem culpa, foram chamados e ajudaram com o dinheiro que nao tínhamos para pagar salários da função publica etc...

    ResponderEliminar
  3. Sempre disse que o mal não estava nas pessoas, no Povo. Acusar-nos de passividade, cobardia, mansidão, estupidez é uma tremenda injustiça e substimar-nos. Precisamos, isso sim, de ter porque lutar. Continua a faltar, porém, um caminho iluminado por onde seguirmos. Não está nos actuais Partidos do "arco" do Poder, nem nos restantes que existem quer no Parlamento quer nos lá não chegam assim como não há que esperar que surja um novo e diferente, nem alguém.

    De toda esta força, serenidade e quase silenciosa eloquência que tive, ontem, a honra de partilhar é que há-de sair um País renovado, uma Justiça inspirada na dignidade humana e não na cobiça, na ganância de alguns sem escrúpulos. Assim desejo e espero.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Luciano onde é que partilhou e em que consiste essa sua teoria que poderá renovar o país? Agradecia que partilhasse, se for possível. Obrigado.

      Eliminar
    2. Lamento ter induzido em erro quem se deu ao trabalho de ler o meu desabafo. A preocupação de escrever poucas linhas e o infeliz emprego da palavra "partilhar" tiveram esse efeito. Lamento. Estava a referir-me à participação na manifestação de dia 15 e à satisfação que "partilhei" com os demais pela própria participação, pelo modo como correu a iniciativa, pela afluência surpreendente, pela singularidade da convocação não filiada e pelo significado do acontecimento.

      Um pessimista e descrente, como sou, trouxe de lá uma migalha de esperança: a democracia directa só pode funcionar, nas sociedades actuais, se as decisões a tomar forem de sim ou não, um ou pouquíssimos objectivos (desde coerentes entre si) a prosseguir em cada momento. Não creio no aparecimento de salvadores nem de novos Partidos nem nos Partidos grandes nem nos pequenos. Entendo, porém, que os Governantes podem ser mantidos em respeito se a Justiça funcionar e se os eleitores forem críticos, exigentes e impiedosos; se houver ética e lucidez por parte daqueles que comunicam e - como disse acima e agora se fez - se as decisões forem propostas claramente e para resposta de sim ou não.

      Fora com a Troika e queremos as nossas vidas significa a recusa desta política e de quem a defende e executa. As pessoas responderam: sim, queremos.

      O CDS e o PSD recolheram, de imediato,em cogitações (precisam de encontrar forma de continuar na mesma); apareceram as primeiras dissidências, as vozes a dizer que o rei vai nú, a Manuela Leite, o Capucho, as vozes de Medina Carreira e de Paulo Morais ouvem-se melhor, até a de João Galamba, a Cândida até diz que não disse o que todos lhe ouvimos quando, em público, teve o descaramento de se bater à sucessão na Provedoria, o próprio Seguro titubeou umas coisas antes assim que assado... E de muitos que vou ouvindo e vendo nem posso comentar porque não lhes sei os nomes. Dou, também, por certos desaparecimentos de cena; sinto no reaparecimento de Relvas e na entrevista de Coelho, depois do arrogante modo e vingativo do anúncio fatal da tal sexta-feira, os primeiros sinais de estertor. Constou, mesmo, que o Sócrates teria dado mostra de querer reaparecer... Era o que faltava! Já basta o lastro que deixou. Mas o rumor basta para que reapareçam defensores indefectíveis a esgrimir enormidades contra barbaridades da parte dos indefectíveis do Coelho...

      Venham, depressa, é essa a esperança, novas propostas claras, sem sofisma (como é habilidade costumeira, três para sim uma para não, a fazer passar...) propostas que abram um novo caminho, que deixem antever um futuro digno - com os Governantes postos em respeito pela força do Povo, alicerçada na razão.

      Desculpem escrever tão longamente e, se não tenho razão, pelo menos desabafei. Obrigado.

      Eliminar
  4. Acordàmos???? Só agora???? Que tardio despertar! De décadas!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda tenho algumas dúvidas se acordamos... ou se haverá nesta manifestação muitos portugueses apenas desejando depor o passos coelho, em vez de se preocuparem em exigir outras coisas maiores e vitais para a liberdade e justiça dos portugueses.

      As pessoas ainda acreditam que mudar os que estão no poleiro, pode ser a salvação... as pessoas ainda acreditam que há politicos honestos e competentes.

      Por isso não sei se acordamos ou se apenas estamos contra o passos coelho... aguardemos.

      Eliminar
    2. Infelizmente, acho que está totalmente certa, eu temo que a revolta foi só contra este governo, e se não fosse esta medida da TSU a manifestação seria muito mais pequena.

      Este acordar foi um acordar para outro sonho, mais outro...

      Saudações

      Eliminar
  5. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
    A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
    Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
    Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
    A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
    MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

    ResponderEliminar