10 junho, 2011

Barbara e Carrilho - romance de origens profissionais...

barbara guimarães tacho

Barbara Guimarães recebeu até Outubro de 2001, 5.000 euros por mês, do Ministério da Cultura para realizar um programa diário na RDP - Antena 1. Ao todo foram 60.000 euros recebidos em 2000 e cerca de 4500 a 5000 euros por mês em 2001, um total de 110.000 euros
Tudo graças a amizade então existente entre o ministro da Cultura e a conhecida estrela de televisão.
Manuel Maria Carrilho subsidiou o programa, um pequeno magazine cultural de cinco minutos.
Este deve ser o dinheiro que um contribuinte médio faz de descontos UMA VIDA INTEIRA, sem poder fugir !!!
E foi assim que o amor floresceu.... espero que todos os portugueses tenham gostado do programa, era curto mas caro...
Tão curto que nem o vi, e tão caro que deu em casamento. Fonte

Mais uma vez um investimento de impostos que deu em fracasso: SEPARAÇÃO DE BARBARA E CARRILHO - CORREIO DA MANHÃ. 25/10/13 






22 comentários :

  1. sao todos iguais eu tirava todo o dinheiro que roubaram e roubam e punha todos a 500 euros para darem valor a vida cambado de unuteis

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos a mamar até o leite secar. Está quase. Infelizmente só eles mamaram e nós vamos pagar por isso.

      Eliminar
    2. Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
      Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão ou porem o Marinho Pinto como cabeça de lista, por exemplo. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam.
      A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote. Também é por vossa culpa que os extremistas estão a ganhar terreno, e pela mesma razão. É fácil pôr os fanáticos a votar. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas dos partidos, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem de acordo com o que acham ser a melhor solução, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.

      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/search/label/Cidadania#ixzz3qcRv2b1D

      Eliminar
  2. Para quem conhece Carrilho percebe que esta é uma atitude fidalga de grande intelectual de esquerda, homem de cultura, em tudo superior aos outros os quais, têm o dever de o admirar...

    Um conselho: Fujam das intelectualidades.
    Normalmente, só disfarçam fragilidades...

    ResponderEliminar
  3. E eu a pensar que ela gostava dele pela beleza... dizem que é a profissão mais antiga do mundo, mas parece que ainda está na moda.
    Não tenho nada contra, não queria era ter sido eu a pagar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A profissão mais antiga do mundo é cobrador de impostos, a outra a que dizem que é a mais antiga, essa veio depois para pagar favores.

      Eliminar
  4. As contas estão a ser pagas por nós. Pior é as alternativas serem praticamente nulas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
      A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
      Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
      Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
      A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
      MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

      Eliminar
  5. O problema é que todos pagamos,bufamos e não gozamos,não é justo.

    ResponderEliminar
  6. Eu ha tempos atras ja tinha dado o mote num comentario que fiz em relacao a uma(s) situacao(oes)identicas que aconteceram ou acontecem por essa praca da alegria. Simplesmente:

    " Quando houver outra vez eleicoes, seja elas quais forem, facam
    boicote a nivel nacional, tal como as greves. Pura e simplesmen-
    te nao votem!"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há um milhão de Portugueses que vivem à volta da politica (chupistas), e esses votam sempre. E se prestarmos atenção, muitos poucos mais votam...

      Eliminar
    2. É o que tenho dito a todos os meus amigos e conhecidos. Não apareçam nas urnas pura e simplesmente, nada de votos nulos ou brancos. Não vão votar. Gostava e espero ver uma minoria de 10% de votos apurados. Diriam então que têm legitimidade para governar? Plebiscito, venha ele, e fim dos malditos Partidos que para nada servem senão para se servirem.

      Eliminar
  7. Faz falta uma ditadura de gente séria, que ainda existem em Portugal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mil vezes uma ditadura iluminada e benévola a um Fascismo disfarçado de democracia. Também a Coreia do Norte se diz Democracia. É-o?

      Eliminar
  8. Nâo aquerdito !!!!! o P.S. nâo consente gente desta entre os seus militantes.

    ResponderEliminar
  9. EM 2003 12 MIL CONTOS PARA RESTAURARAR O WC !
    Com o PS no poder, uma notícia envolvendo outra casa de banho dominou as primeiras páginas dos jornais. Desta vez, o "Tal & Qual" assegurava que o ministro da Cultura, Manuel Maria Carrilho, gastara mais de 12 mil contos na remodelação do WC do seu gabinete. Em declarações ao jornal, o então seu assessor de Imprensa, Luís Bernardo, explicou a necessidade de remodelar as instalações: "É preciso haver condições de trabalho, nós nem podemos ir à retrete !

    ResponderEliminar
  10. OS TUGAS SÃO UNS CAMELOS POIS JULGAVAM QUE OUVIAM, LIAM E RIAM COM OS NÚMEROS DESTA COR** DE GRAÇA. AGORA É BEM FEITO QUE PAGUEM.

    ResponderEliminar
  11. Desculpem a afronta mas, a profissão mais antiga do mundo é a de extorsionista. Depois cahmaram-lhe cobrador de impostos e antes de lhe cahamarem isso, imediatamente á de extorsionista , veio a prostituição para pagar os ditos impostos.

    ResponderEliminar
  12. José.
    Instalações para cagar não são precisos 12000 contos.12000 Euros ainda acredito. Se o dinheiro saíu dos cofres do estado, foi roubado. Vivemos num país de ladrões e canalhas.Ah, bom Salazar, tanta falta que fazias para acabar com esta corja de incompetentes.

    ResponderEliminar
  13. Pobre País! Sai do túmulo Salazar!

    ResponderEliminar
  14. ainda dizem que a cultura não da de comer,lol até deu em casamento e agora que a teta secou partiu se para a violência

    ResponderEliminar