13 junho, 2011

Justiça bem beneficiada e calada. Reformas de luxo no ministério da Justiça


"Os juízes do TC podem reformar-se após 10 anos de trabalho" fonte
Quanto ganham os senhores doutores, Aposentados no ano de 2005 era assim (Janeiro a Novembro) com pensões de luxo e outras mordomias.
E protegidos
Ministério da Justiça - 5380.20 Juiz Desembargador Conselho Superior Magistratura
- 7148.12 procurador-geral Adjunto Procuradoria-Geral
- 5380.20 Juiz Desembargador Conselho Superior Magistratura
- 5484.41 Juiz Desembargador Conselho Superior Magistratura
- 5498.55 Juiz Desembargador Conselho Superior Magistratura
- 5498.55 Juiz Desembargador Conselho Superior Magistratura
- 5498.55 Juiz Desembargador Conselho Superior Magistratura
- 5338.40 Procuradora-Geral Adjunta
- 5663.51 Juiz Conselheiro Conselho Superior Magistratura
- 5498.55 Procurador-Geral Adjunto Procuradoria-Geral
- 5460.37 Juiz Desembargador Conselho Superior Magistratura
- 5663.51 Juiz Conselheiro Conselho Superior Magistratura
- 5338.40 Procuradora-Geral Adjunta Procuradoria-Geral República
- 5663.51 Juiz Conselheiro Conselho Superior Magistratura
- 5663.51 Juiz Conselheiro Supremo Tribunal Administrativo
- 5498.55 Juiz Desembargador Conselho Superior Magistratura
- 5498.55 Juiz Desembargador Conselho Superior Magistratura
- 5663.51 Juiz Conselheiro Conselho Superior Magistratura
- 5182.91 Juiz Direito Conselho Superior Magistratura
- 5182.91 Procurador República Procuradoria-Geral República
- 5307.63 Juiz Desembargador Conselho Superior Magistratura
- 5498.55 Procurador-Geral Adjunto Procuradoria-Geral República
- 5173.46 Conservador Direcção Geral Registos Notariado
- 5173.46 Conservadora Direcção Geral Registos Notariado
- 5173.46 Conservador Direcção Geral Registos Notariado
- 5173.46 Notário Direcção Geral Registos Notariado
- 5173.46 Conservador Direcção Geral Registos Notariado
- 5663.51 Juiz Conselheiro Conselho Superior Magistratura
- 5663.51 Juiz Conselheiro Conselho Superior Magistratura
- 5498.55 Juiz Desembargador Conselho Superior Magistratura
- 5043.12 Notária Direcção Geral Registos Notariado
- 5173.46 Conservador 1ª Classe Direcção Geral Registos Notariado
- 5498.55 Juiz Desembargador Conselho Superior Magistratura
- 5498.55 Juiz Desembargador Conselho Superior Magistratura
- 5027.65 Conservador Direcção Geral Registos Notariado
- 5663.51 Juiz Conselheiro Conselho Superior Magistratura
- 5498.55 Juiz Desembargador Conselho Superior Magistratura
- 5173.46 Conservador Direcção Geral Registos Notariado
- 5498.55 Juiz Desembargador Conselho Superior Magistratura
- 5173.46 Notário Direcção Geral Registos Notariado
- 5498.55 Juiz Desembargador Conselho Superior Magistratura
- 5498.55 Juiz Desembargador Conselho Superior Magistratura
- 5159.57 Conservador Direcção Geral Registos Notariado
- 5173.46 Notária Direcção Geral Registos Notariado
- 5173.46 Ajudante Principal Direcção Geral Registos Notariado
- 5498.55 Juiz Desembargador Conselho Superior Magistratura
- 5173.46 Notário 1ª Classe Direcção Geral Registos Notariado
- 5173.46 Notária Direcção Geral Registos Notariado
- 7284.78 Vice-Cônsul Principal Secretaria-Geral (Quadro Externo)
- 6758.68 Vice-Cônsul Secretaria-Geral (Quadro Externo)
- 5663.51 Juiz Conselheiro Conselho Superior Magistratura
- 5498.55 Juiz Desembargador Conselho Superior Magistratura
- 5498.55 Juiz Desembargador Conselho Superior Magistratura
- 5498.55 Procurador-Geral Adjunto Procuradoria-Geral República
- 5498.55 Juiz Desembargador Conselho Superior Magistratura
- 5663.51 Juiz Conselheiro Conselho Superior Magistratura
- 5498.55 Juiz Desembargador Conselho Superior Magistratura
- 5498.55 Juiz Desembargador Conselho Superior Magistratura
- 5498.55 Juiz Desembargador Conselho Superior Magistratura

Privilégios dos magistrados: António Marinho (Jornal Expresso )
1) Recebem um subsídio de renda de casa no valor de 700 EUR mensais, mesmo que residam em casa própria. E, se forem casados com outro magistrado, habitando em casa própria cada um deles recebe esse subsídio (logo, 1400 EUR). A situação atinge mesmo o absurdo já que até os magistrados aposentados incorporam esse subsídio nas suas reformas (!?), nas mesmas condições dos que se encontram no activo. Mais ainda: O subsídio de renda de casa dos magistrados está isento de IRS, após acórdão do STA, ou seja, decisões dos magistrados. FONTE
E este subsidio já teve aumentos. Como podem ver aqui

@ - A somar mais privilégios aos juízes.
O Tribunal Constitucional é um tribunal de nomeação politica e, por esse facto, resolveram comprar automóveis de Luxo e Super Luxo para cada um dos 'Juízes' ( de nomeação política ).
Estes carros são utilizados pelos Juízes - num total de 13 Juízes - para todo o serviço, precisamente como acontece nas grandes Empresas.
1- O Presidente tem um BMW 740 D (129.245 EUR )
2- O Vice-Presidente: BMW 530 D ( 72.664 EUR )
3- Os restantes 11 Juízes têm um BMW 320 D ( 42.145 EUR)

@ - "Os juízes do TC podem reformar-se após 10 anos de trabalho" fonte

@ - Nas Regiões Autónomas os juízes, magistrados do Ministério Público, funcionários judiciais e funcionários do Registo e Notariado, sejam naturais ou não da Madeira e dos Açores, continuam a ter ‘direito’ a passagens para gozarem de férias no Continente, depois de um ano de trabalho, indica o Diário de Notícias.

A desculpa é que precisam de incentivar pessoas a ir para os cargos, com a falta de emprego que grassa pelo país, ainda alguém acredita que é preciso incentivar pessoas para irem para tachos e no estado? Esta é apenas mais uma regalia típica, que geralmente são atribuídas a classes laborais que albergam amigos e família de políticos e ex políticos, ou seja, cunhas e boys. E as benesses são a forma encontrada para se aproveitarem do estado e dar o melhor aos seus protegidos, com o dinheiro de todos. Ao estilo do Banco de Portugal, outro famoso albergue de ex políticos e amigos, e bem recheado de regalias.

CES (Contribuição Especial Solidariedade) não se aplica aos juízes !
Esta gente já beneficia (não sei por que razão…)com a indexação das suas pensões aos trabalhadores no activo!!
Recebem as reformas por inteiro em caso de incapacidade por doença do foro psiquiátrico.
Auferem subsídio de renda de casa, no valor mensal de 750,00€, mesmo morando em casa própria.
E depois vêm falar de equidade, justiça social, etc. e tal…
Isto só numa república das bananas!!
Espalhem pelos vossos contactos. Isto é serviço público!!
Que gente esta!! Eis a explicação para o "NÃO CHUMBO" da CES. Protegem-se a todos os azimutes e armadilham tudo à volta. E o Governo alinha.

Escreve hoje o Jornal de Negócios que nem todos os reformados com pensões elevadas saem a perder com a decisão do Tribunal Constitucional (TC). Os juízes e os diplomatas jubilados não são afectados pela polémica contribuição extraordinária de solidariedade (CES), viabilizada pelos juízes do TC. E com a decisão do TC passam também, como qualquer funcionário público, a ter direito a subsídio de férias.
Estes pensionistas estão teoricamente equiparados aos funcionários públicos.
A CES não se aplica às suas pensões devido a uma norma do Orçamento do Estado que abre uma excepção para as "pensões e subvenções automaticamente actualizadas por indexação à remuneração de trabalhadores no activo".
Claro, como água da fonte.
Se não fosse esta norma, oportuníssimamente, introduzida na Lei do Orçamento, a CES teria sido certamente chumbada.
Chamem-lhes o que quiserem, mas eles estão-se todos borrifando... E certamente riem-se ....Voltámos à Idade Média: os senhores feudais e a plebe !!!

Na Suiça, existe um tecto para as reformas, de 1.700 euros, veja neste video.
Em Portugal não há tecto para as reformas e ainda se podem acumular reformas, e salários e precocemente.
O exemplo mais criticado e descarado, é o caso de Assunção Esteves, a Presidente da AR.

Outros ministérios:Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior
- 5015.16 Professor Coordenador Inst. Superior Engenharia Lisboa
Procuradoria-Geral República - Antigos Subscritores
- 6193.34 Professor Auxiliar Convidado
Outros ordenados chorudos do Banco de Portugal:
Vítor Constâncio governador do Banco de Portugal ganha 272.628 € por ano, ou seja quase
O Vice-governador, António Pereira Marta - 244.174 €/ano
O Vice-governador, José Martins de Matos - 237.198 €/ano
José Silveira Godinho - 273.700 €/ano
Vítor Rodrigues Pessoa - 276.983 €/ano
Manuel Ramos Sebastião - 227.233 €/ano

Empresas Públicas e Sociedades Anónimas
- 6082.48 Jurista CTT Correios Portugal SA
Ministério da Educação
- 5103.95 Presidente Conselho Nacional Educação
Ministério dos Negócios Estrangeiros
- 7327.27 Técnica Especialista Secretaria-Geral (Quadro Externo)
Tribunal de Contas
- 5663.51 Presidente
O Vice-governador, António Pereira Marta até acumula com o seu salário com a sua pensão como reformado … do Banco de Portugal.
Aliás, o Vítor Rodrigues Pessoa, também tem uma reforma adicional de 39.101 €/ano
Total 316.084 €/ano e o José Silveira Godinho também acumula com uma pensão do BP, mais 139.550 €/ano Total 413.250 €/ano
Campos e Cunha, ex-ministro das Finanças recebeu durante os dois meses em que esteve no Executivo 4600 euros mensais de ordenado e uma reforma de 8.000 euros do Banco de Portugal.
Mira Amaral saiu da Caixa Geral de Depósitos (CGD) com uma reforma de gestor 18.000 euros. Na altura acumulava uma pensão de 1,8 mil euros, como deputado e 16.000 euros como líder executivo da CGD.
O que me choca não é o valor da reforma. É o facto de Mira Amaral poder auferir desta reforma - paga pelos contribuintes - ao fim de apenas um ano e nove meses!!!!!!

12 comentários :

  1. fora com estes ladroes, de portugal |!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
      A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
      Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
      Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
      A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
      MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

      Eliminar
  2. Isto só lá vai à bomba!

    ResponderEliminar
  3. Não se trata de má gestão, trata-se de corrupção descarada, treinada e avaliada nos vários partidos do círculo mafioso, enquanto jovens dos " JOTAS " , para executar quando subirem à gamela, lá colocados pelos padrinhos (estes já sabidolas experientes) políticos doutros tempos ! Todos marionetes dos magnatas do dinheiro, que dominam o mundo e fazem do povo os seus cordeiros.

    ResponderEliminar
  4. JOTAS de partidos que normalmente partilham o poder que dos outros nem água bebem.Será que o tal de Marinho Pinto trabalhou ou trabalha de graça?

    ResponderEliminar
  5. Se dizer a verdade não é publicado?

    ResponderEliminar
  6. De inúmeras pessoas que contacto, todas querem o mesmo, ou seja, meios para acabar com esta situação, a bem ou a mal, grande parte são caçadores mas não chega, HAVERA OUTRO OTELO QUE ENTREGUE ARMAS AO POVO?

    ResponderEliminar
  7. É preciso fazer chegar a palavra ao cidadão, muitos nem sabem destes roubos...

    Vamos arranjar maneira de tirar a gamela a esta cambada de corruptos, o povo precisa mudar a mentalidade, somos tratados como anjinhos, com o conhecimento que adquiri nunca mais voto nestes corruptos.

    ResponderEliminar
  8. Quando será o fim desta escumalha que se diz governo e ROUBA o pão da boca dos nossos filhos.

    ResponderEliminar
  9. Enfim ! E os desgraçados dos ex-militares, que deram todoo o seu esforço e alguns até o seu bem mais precioso " A VIDA " ?. Atribuiram-lhes 150 € anuais, que não dá para um café. Alguns, que foram gravemente FERIDOS em COMBATE, como eu, lhes roubaram parte dessa esmola, alegando que não tinham a comissão completa. COMO É QUE É POSSÍVEL QUE EU, SÓ RECEBO POUCO MAIS DE METADE, SE ESTOU NO HOSPITAL MILITAR DE LUANDA ? Não posso estar aos tiros, se estou numa cama hospitalar. !

    ResponderEliminar
  10. Isto é com o que roubam aos reformados e funcionários públicos...

    ResponderEliminar
  11. Como um povo de cabrestos que somos, que amochamos a tudo, temos aquilo que merecemos. Chamem agora os militares, onde é que eles andam, estão a dormir? Então o glorioso não foi feito para pôr na ordem toda esta corja? Onde é que está o 25 A? Estes gajos conseguem ser de longe piores em todos os campos do que os tais fascistas. Que me provem o contrário.

    ResponderEliminar