21 abril, 2015

Salgado, apesar de ser considerado internacionalmente o pior gestor do mundo, em Portugal continua a ser rei, no meio da podre política nacional.

Num escândalo desta dimensão, que gerou um dano à sociedade de milhares de milhões, porque não há ainda contas congeladas nem património confiscado? E porque não há ainda ninguém preso?
Neste video Paulo Morais explica que Ricardo Salgado saiu de todo este caos, tão ou mais rico que antes e livrou-se dos problemas graves que tinha.
Como é possível que mafiosos desta envergadura, diligentes e experientes, sejam interrogados, a maior parte das vezes, por deputados ingénuos sem formação na área da investigação, da finança ou da economia? Como é que estes mafiosos não haveriam de escapar sempre impunes?
Evidentemente que ninguém  possui meios ou capacidade para aceder à documentação que prova qual é o património dele e para quem o transferiu?
"Ricardo Salgado não tem nenhum bem imobiliário em seu nome. A mulher, também não. A SIC sabe que nos registos da Autoridade Tributária e Aduaneira nada consta em nome do antigo homem forte do Grupo Espírito Santo." 
sic



"Ricardo Salgado foi ao Parlamento depor no âmbito do inquérito ao BES.
Foi recebido como um rei, discursou com sobranceria, desprezou os deputados e nada esclareceu. Que trunfos tem Salgado para poder agir com tanta arrogância?
Na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), Salgado só falou do que quis.
Até porque ninguém lhe colocou questões verdadeiramente incómodas.
Ficaram por fazer as perguntas que permitiriam clarificar como foi possível desaparecer tanto dinheiro do BES e quem foram os atores na política e na Administração cúmplices no processo.
Ficamos sem saber como foi possível o BES transferir para Angola três mil milhões, na maior operação de fuga de capitais, mesmo debaixo do nariz do Banco de Portugal;
quem no governo autorizou o abate ilegal de sobreiros que viabilizou o negócio imobiliário da ‘Vargem Fresca’;
quem foram os portugueses subornados na compra de submarinos intermediada pela ESCOM.
Tão-pouco se esclareceu qual a intervenção do ex-ministro Miguel Relvas na privatização da EDP e qual a sua ligação ao BES;
que papel teve o BES nas parcerias público-privadas, tão ruinosas para o Estado.
Ou, até, a troco de quê o BES financiou os estudos de Durão Barroso em Georgetown.
E, finalmente, nem uma pista sobre onde está o dinheiro proveniente de tanto negócio obscuro.
Ao fim de horas de inquirição, nenhuma destas questões foi esclarecida.
As perguntas pareciam escolhidas pelo inquirido. Perante uma CPI submissa, Salgado fez o seu espectáculo. Sentado no topo da mesa, em vez de confrontado, de frente para os inquiridores, como se faz em qualquer parlamento decente do mundo. Assumiu ar professoral e usou os deputados como figurantes das suas manobras para influenciar a opinião pública.

Só poderia haver uma razão para Salgado agir com esta arrogância: ter muitos políticos portugueses na mão; ou melhor, no bolso, no bolso onde guardará a sua lista de pagamentos – em avenças, favores, prebendas, empréstimos sem garantias e outros privilégios –, cujos beneficiários serão políticos e seus familiares. 
Ricardo Salgado, apesar de ser considerado internacionalmente o pior gestor do mundo, em Portugal continua a ser rei, no meio da podre política nacional. Paulo Morais
“Não vi até hoje nenhuma explicação que me convencesse que era necessário deter Ricardo Salgado”, disse José Sócrates.

EM PORTUGAL A BANCA É QUE MANDA? POR TODO O MUNDO BANQUEIROS SÃO PRESOS POR MUITO MENOS. EM PORTUGAL ROUBAM AOS MILHARES DE MILHÕES, LESA-SE O PAÍS, O POVO, A ECONOMIA E A SOBERANIA, E NADA ACONTECE AOS RESPONSÁVEIS?
Islândia - "Os directores de bancos islandeses que arrastaram o país para a bancarrota em finais de 2009 foram presos por ordem das autoridades, sob a acusação de conduta bancária criminosa e cumplicidade na bancarrota da Islândia.Os dois arriscam-se a uma pena de pelo menos oito anos de cadeia, bem como à confiscação de todos os bens a favor do Estado e ao pagamento de grandes indemnizações." tsf

Espanha - Condenado Ricard Pagès Font  o director geral da Caixa Pendès. Também os ex-directores do banco em questão foram condenados a penas entre um e dois anos de prisão, mas têm a possibilidade de evitar a detenção se entregarem os 28,6 milhões de euros de pensões que amealharam enquanto estavam à frente da entidade.
"Banqueiro espanhol Miguel Blesa na prisão sem fiança. O ex-presidente da Caja Madrid Miguel Blesa voltou a ser enviado para a prisão, desta vez sem fiança, acusado de cometer diversas irregularidades aquando da compra do banco de Miami City National Bank."

Grécia - "A justiça grega condenou o ex-presidente da câmara de Salónica a prisão perpétua. Em causa está o desvio de dinheiros públicos. O antigo autarca liderou um desfalque de 52 milhões de euros dos cofres da segunda maior autarquia da Grécia. Este é o primeiro grande caso de corrupção política a ser julgado desde o início da crise financeira na Grécia."
- O Ministro Grego que esteve envolvido na compra dos submarinos, (caso semelhante ao de Portugal, que envolveu subornos de 30 milhões e condições que lesaram os portugueses), já foi condenado...  a 20 anos de prisão. Akis Tsohatzopoulos, foi condenado hoje em Atenas a 20 anos de prisão efetiva por branqueamento de dinheiro no âmbito de contratos de armamento, num processo que se prolongou durante meses.

França - Um tribunal francês condenou ex-trader do banco Société Générale Jerome Kerviel a três anos de prisão e a devolver à empresa 4,9 bilhões de euros, valor do prejuízo que provocou à instituição, em um processo emblemático para os problemas do mercado financeiro. O juiz considerou Kerviel, 33 anos, culpado de abuso de confiança, falsificação e introdução fraudulenta de dados em um sistema de informática. UOL

EUA -Ex-banqueiro norte-americano condenado a 110 anos de prisão.
Allen Stanford foi condenado a 110 anos de prisão, depois de em março ter sido considerado culpado de uma burla de 5500 milhões de euros. Enganou cerca de 30 mil investidores de mais de 100 países. O esquema financeiro fraudulento era alimentado por depósitos no Banco de Stanford com sede na ilha de Antígua.
-- O ex-presidente executivo do Bank of Lancaster County, nos Estados Unidos, Joseph Braas, foi condenado a uma pena de 15 anos de prisão e ao pagamento de uma coima de 41 milhões de euros, pelo envolvimento num esquema fraudulento.  Segundo o FBI a fraude resultou em centenas de perdas de postos de trabalho, além de prejuízos para o banco, o que constituiu uma situação "grave".   Joseph Braas, 46 anos, e outros membros da direção, alteraram contas, falsificaram documentos e ficheiros, tendo contratado ainda auditores para elaborarem relatórios favoráveis sobre a situação do banco. 

Brasil- Brasília, A Justiça Federal de São Paulo condenou o banqueiro Daniel Dantas, do Grupo Opportunity, a dez anos de prisão e a uma multa de 12 milhões de reais (quatro milhões de euros), por corrupção activa. Dantas foi processado por ter alegadamente oferecido um milhão de dólares a um delegado da Polícia Federal para não ser investigado no âmbito da Operação Satiagraha 
Preso em Itália ex-banqueiro condenado no caso 'mensalão' Pizzolato foi condenado a 12 anos e sete meses de prisão por formação de quadrilha, peculato e branqueamento de dinheiro.

O salgado é apanhado em escutas a afirmar que as luvas dos submarinos de 30 milhões foram para o grupo dele e fica tudo na mesma?
China - Um tribunal chinês condenou a prisão perpétua o ex-vice-presidente do Banco Agrícola da China, uma das principais entidades financeiras do país, por aceitar subornos calculados em cerca de 4,1 milhões de euros. 

EM PORTUGAL PREVALECE A CULTURA ARISTOCRATA DE CORTE, ONDE SE RESPEITA DEMASIADO O PODER E O DINHEIRO



VIDEOS SOBRE O CASO BES. (Clique no link para ver o video)
 

BES intermediário dos milhões que vinham da UE. Para onde foram?


BES. Salgado limpa 1,5 mil milhões, dias antes de sair do BES!?A lata!

 
Alguém acredita que o BES está falido, se fazia lavagem de dinheiro, que só dá lucro.


Banco de Portugal, desmascarado, fracassou nos crimes no BPN?


BES: Porque a troika quer salvar bancos e sacrificar o povo.


BES apresenta relatório de contas ou de crimes?

 
BES, o banco do regime corrupto jamais pode estar falido.

Paulo Morais revela nomes dos devedores dos 3 mil milhões ao BES.

O BES O BANCO DO SISTEMA, A SAGA CONTINUA
  1. As escutas do BES e do CDS (video)
  2. 20 milhões, por assessoria do BES.
  3. BES e os submarinos do Portas
  4. Lusófona e o BES
  5. BES nas obras da Policia Judiciária
  6. Paulo Morais denuncia
  7. As SCUT´s e o BES
  8. O BES e Almerindo Marques
  9. O BES, o Mensalão e o Relvas
  10. BES e a privatização da EDP
  11. BES os juros e as PPP
  12. Manuel Pinho e o BES
  13. O BES e o desfalque nos CTT
  14. O BES na comissão que negoceia com a troika?
  15. O CDS e o depósito de 1 milhão no BES
  16. BES beneficia das PPP de Sócrates.
  17. O BES no Banco de Portugal
  18. As conquistas do BES.
  19. BES e o caso Portucale
  20. PS amigo das PPP´s e do BES
  21. O BES albergue de políticos 
  22. BES acusado de roubar empresa
  23. Gomes Ferreira explica como a Banca manda
  24. Os homens políticos do BES
  25. A vigarice do BES, por CFA
  26. Prender os que enganaram o estado nas PPP
  27. Fisco aliado do BES, contra o cidadão?
  28. Ricardo Salgado, o destemido, limpa o BES
  29. BES & CML uma parceria conveniente? Perguntem ao António Costa


1 comentário :

  1. Tambem vale a pena olhar para os meios que tèm as entidades (DCIAP, Procuradoria e PJ) que como é natural não cresce de repente. E pelo que vemos estes pulhas apanharam o Salazar morto e tèm sido um fartote. Pobres eleitores que demoram muiot a descobrir o caminho das pedras. E ainda uns maduros acham que saindo da UE seria melhor.Deixem-me rir, com eles todos a solta e os crentes a votarem neles.

    ResponderEliminar