22 junho, 2012

Melhor que ser gestor público é ter o marido como seu auditor.

SNS esposa nomeia marido hospital guarda
Melhor que ser gestor público é poder nomear e conseguir ter, como seu auditor, o próprio marido... O dinheiro público fica assim gerido e vigiado em família, a bem dos portugueses? 
Gestora pública nomeou o marido para auditor,PS considera um «escândalo» a nomeação feita pela Presidente do conselho de administração da Unidade Local de Saúde da Guarda, Ana Manso nomeou o administrador hospitalar Francisco Pires Manso, para as funções de auditor interno da ULS/Guarda, por despacho do conselho de administração.
António Serrano disse esperar que o ministro da Saúde, Paulo Macedo, «possa anular essa decisão, porque ela viola todos os princípios de natureza ética que deve presidir na gestão da coisa pública».tvi24

E depois os resultados são estes, que se vêem no exemplo da imagem em cima e nos links em baixo... um regabofe com o dinheiro alheio. 

5 comentários :

  1. A falta de cultura de serviço público que existe neste país, permite ao recém nomeado sentir-se um semi-Deus.
    Ele manda, em mulheres, homens, dinheiro, imóveis, carros...

    Ele pode inclinar decisões para que lado quiser. Normalmente, para o lado dos amigos - que enquanto ele estiver no poder são mais do que muitos - e exibir-se no seu círculo familiar e social como poderoso.

    Vive um sonho, que sempre invejou aos que sabia que tinham poder.

    Servir quem? o Povo? mas que disparate...!
    Os meus amigos também são Povo, ou não?

    E depois, só aqui estou três anos, se não me safo agora e aos que me apoiam, quando é que vou ter outra oportunidade? E quando sair daqui quem é que vai apoiar o meu futuro?

    Tenho de fazer amigos "interessantes" agora, para depois continuar a "voar" com esta qualidade, no mínimo...

    Faço-me entender, meus amigos?

    Sem fortes raízes de dignidade, honestidade e respeito pelos impostos, sempre que "lá" chegar alguém é apenas mais um para nos trair...

    ResponderEliminar
  2. Presidente Cavaco:

    Sei como é difícil escolher nomes a condecorar em cada 10 de Junho.

    Para o ano, por favor, não esqueça o admirável, único e exemplar Domingos Duarte Lima homem que, ao contrário do que acontece com medíocres incondecoráveis como eu, já em tempos (bons) teve o privilégio de ser fotografado lado a lado com o sr. presidente e sua distinta esposa Maria.


    http://www.ptjornal.com/201206228979/geral/politica/duarte-lima-com-jackpot-de-um-milhao-na-compra-dos-submarinos-portugueses.html

    ResponderEliminar
  3. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
    A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
    Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
    Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
    A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
    MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

    ResponderEliminar
  4. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
    A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
    Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
    Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
    A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
    MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

    ResponderEliminar