10 junho, 2011

Estado gasta 9,7 milhões em «vacinas que vão para o lixo»



Seria um sonho ou utopia desejar que alguém que saiba gerir o dinheiro do estado, trabalhe no estado?
Vamos somando perdas atrás de perdas.
A gripe assusta os portugueses.
O que assusta mesmo é a pandemia que se alastra no governo português, corrupção e má gestão, e não tem vacina que a trave ou previna.
Sintomas são: Sensação de esvaziamento dos cofres do estado, cansaço do povo, lentidão nos movimentos da ascensão económica, dores de cabeça dos contribuintes.

"As vacinas da "gripe A" que chegaram a Portugal para combater a pandemia de 2009 perderam a validade em Agosto(2009), refere o Diário de Notícias estimando um desperdício de 9,7 milhões de euros com as doses que terão de ser destruídas. Dos dois milhões de doses pagos pelo Ministério da Saúde à farmacêutica GlaxoSmithKline (GSK), «apenas 700 mil foram usadas», refere a fonte. Para as restantes, a única solução passa pela destruição. «São cerca de 9,7 milhões de euros deitados ao "lixo" por 1,3 milhões de vacinas que continuam em stock», concretiza o rotativo.fonte
Estado já gastou 67 milhões de euros com gripe A. fonte




1 comentário :