16 outubro, 2011

SLN comprou 6000 hectares perto do novo aeroporto.

SLN  6000 hectares novo aeroporto.

SLN, antiga dona do BPN,  a tal sociedade que está metida em tudo quanto é negócio estranho em Portugal, comprou 6 mil hectares à volta do novo aeroporto, em 2007.
SLN tem servido para pagar, financiar, encobrir e fazer,  todos os buracos que aparecem, provocados por graves actos de incompetência ou de corrupção.,
Este é apenas mais um acto estranho já que o novo aeroporto, aparentemete é  mais uma obra ruinosa e inútil, com os reais objectivos camuflados, apesar de já se desconfiar de alguns.
E é com este desplante e incompetência, que se gere uma nação inteira e a encaminha para abismo.
O sector imobiliário é apenas mais um dos que é manipulado pelo estado, para favorecimentos e enriquecimentos pessoais. No entanto eles tem variadíssimas formas de manipulação,  mais abrangente e eficaz, sempre debaixo da asa, pois o sector imobiliário não é suficiente. fonte

"Governo vai rever os pressupostos que estiveram na origem da decisão de construir o novo aeroporto de Lisboa. "Rendibilização da capacidade disponível" fonte
Agora os novos estudos da viabilidade do aeroporto da OTA servirão para atestar que o novo aeroporto é para avançar, inventando necessidades que todos desconhecemos, mas para satisfazer a ganancia de todos que já conhecemos.. os políticos.
É do conhecimento geral a forma como funcionam os "estudos"  em Portugal, servem para enriquecer quem dá os pareceres e quem faz os estudos e finalmente para obedecer e viabilizar um projecto do governo mesmo que seja estúpido.
Caso recuem e desistam do aeroporto... não haverá problema de maior para eles, pois arranjaram maneira de  ir buscar o dinheiro perdido nos terrenos, aos impostos dos portugueses.
Tem sido assim e assim continuará... sempre que a sua incompetência faz um buraco, o povo tapa.

Já Duarte Lima também teve azar com estas negociatas... 
"O advogado e ex-deputado do PSD Duarte Lima foi detido, é suspeito de envolvimento em fraudes ao banco BPN de quase 50 milhões de euros.
Lima usou dois testas-de-ferro para adquirir 35 parcelas de terreno na zona para onde chegou a ser anunciada a construção das novas instalações do Instituto Português de Oncologia (IPO), em Oeiras."
ARTIGO COMPLETO: (Visite o primeiro da lista deste artigo, dos mais de 50 roubos ao BPN,  que compilei)


Sem comentários :

Enviar um comentário