06 janeiro, 2014

Sec. de estado da Cultura, tem que cortar 15 milhões em pessoal, contrata boy por mais de 3 mil euros/mês?


"Vergonha é o que não falta

Nunca é demais repetir. E espero que alguns leitores partilhem o assunto. Algum modo há de existir para que certas coisas não continuem. E se não houver modo, pelo menos os responsáveis hão de ler por todo lado comentários críticos que retratam a vergonha que deviam ter.
A questão é a seguinte: Jorge Barreto Xavier, secretário de Estado da Cultura, departamento que não tem dinheiro para mandar cantar um cego, vai cortar 15 milhões de euros em despesas com pessoal, recrutou um 'boy' do PSD para o seu gabinete a quem vai pagar como adjunto. Ou seja, mais de três mil euros, mais do que ganha um diretor de serviços, ou, como escreve no Expresso João Garcia, "mais que juiz, o mesmo que coronel, o dobro de professor'. Fernanda Cachão ironiza que "afinal há dinheiro" desde que seja "money for the boys".
Mas o melhor, o melhor mesmo é o currículo do adjunto.
Tem 24 anos, três workshops no centro de formação de Jornalistas, Cenjor, fez o estágio na Rádio Renascença onde trabalhou oito meses e foi durante cinco meses consultor de comunicação do... PSD! Uau!!
Acresce que Barreto Xavier, antes desta contratação já tinha três adjuntos, sete técnicos especialistas, duas secretárias pessoais, chefe de gabinete, dez técnicos administrativos, três técnicos auxiliares e três motoristas.
Falta dinheiro (salvo para os boys) mas há excesso de descaramento.Digamos que se há algo que não falta é vergonha. Henrique Monteiro

"O "técnico especialista, Mestre João Filipe Vintém Póvoas", tem 24 anos e apresenta como qualificação profissional três workshops no Centro Protocolar de Formação Profissional para Jornalistas (Cenjor), um de Edição de Vídeo e Áudio Digital, outro em Apresentação de Diretos em Televisão e o terceiro em Atelier de Programas Televisivos." FONTE
Estranho também o caso de Ana Margarida Soares Heitor de Bellegarde Machado, licenciatura em Prótese Dentária, num gabinete do Ministério da Cultura? fonte

Gabinete do Secretário de Estado da Cultura 
FunçãoNomeIdadeVencimentoData de nomeação
Chefe do GabineteLúcia Flecha Correia Soares43 anos3.892,53 €28-05-2013
AdjuntoMário Rui Braga Rodrigues Carneiro49 anos3.069,33 €01-11-2012
AdjuntaTeresa Margarida Gomez Sousa Botelho de Albuquerque46 anos3.069,33 €01-11-2012
AdjuntoMarcelo Mendonça de Carvalho37 anos3.069,33 €14-05-2013
Técnica EspecialistaFilipa Faria Nunes Lopes de Matos36 anos3.069,33 €01-11-2012
Técnica EspecialistaInês Paula da Cunha Freitas51 anos3.069,33 €01-11-2012
Técnica EspecialistaMaria Inês Sousa Lopes Dias Costa Carvalho50 anos3.069,33 €01-11-2012
Técnica EspecialistaMaria João da Cruz Valente43 anos3.069,33 €01-11-2012
Técnico EspecialistaPedro Teotónio Duarte de Almeida Miranda Albuquerque48 anos3.069,33 €26-10-2012
Técnico EspecialistaJoão Filipe Vintém Póvoas24 anos3.069,33 €
Técnico EspecialistaRui André Catarino Fernandes Rodrigues Gonçalves35 anos3.069,33 €22-01-2013
Técnica EspecialistaMaria Cabral Alves Mineiro27 anos3.069,33 €20-02-2013
Secretária pessoalClara Maria Neves de Oliveira56 anos1.882,76 €12-11-2012
Secretária pessoalIsabel Cristina da Cruz Flores Correia Marcelo45 anos1.882,76 €26-10-2012
Coordenador do Apoio Técnico AdministrativoFernando Manuel Pombas Catrola60 anos1.882,76 €26-10-2012
Coordenador do Apoio Técnico AdministrativoJoaquim Francisco Margalho Serrano54 anos1.917,31 €26-10-2012
Apoio Técnico AdministrativoDiogo Cara d'Anjo Miguéns35 anos1.506,20 €26-10-2012
Apoio Técnico AdministrativoAlice da Silva Pereira Nunes56 anos1.538,52 €26-10-2012
Apoio Técnico AdministrativoEugénia de Jesus Mendes de Campos62 anos1.541,64 €26-10-2012
Apoio Técnico AdministrativoMaria Gorete de Almeida e Silva61 anos1.538,52 €26-10-2012
Apoio Técnico AdministrativoMaria Lucília Ribeiro Delgado Catrola50 anos1.538,52 €26-10-2012
Técnico AuxiliarDário Tosta Cardoso24 anos975,52 €26-10-2012
Técnico AuxiliarGenoveva Maria Delfino Correia Pissarro Cardoso62 anos975,52 €26-10-2012
Técnico AuxiliarAna Margarida Soares Heitor Bellegarde Machado29 anos975,52 €01-04-2013
MotoristaSérgio Paulo Mendes Campos37 anos1.848,53 €26-10-2012
MotoristaNuno Miguel de Jesus Gonçalves35 anos1.848,53 €26-10-2012
MotoristaAndré Wilson da Luz Viola22 anos1.848,53 €26-10-2012
          fonte

Mais tachos sem fim
  1. As listas infinitas dos boys
  2. 164 ESPECIALISTAS sem currículo?
  3. Boys e girls que nem aparecem em serviço?
  4. Mais uma lista de colocações. 
  5. Outra longa lista de mais especialistas, com salários de luxo.
  6. A troika proíbe, mas o regabofe continua... 
  7. Mais Boys em todo o lado
  8. Boys de Paulo Portas
  9. Mais albergues de Boys a caminho
  10. Boys de luxo
  11. 4500 boys para todos sustentarmos
  12. 120 pessoas para fazer um elo?
  13. 13 motoristas num dia, mais...
  14. 13.740 albergues de boys de ouro
  15. 15 papa tachos, TOP.
  16. 15 tachos, Ministra da JUSTIÇA
  17. 15 tachos? Falta tempo e competência
  18. 167 mil/mês, reforma de Jardim
  19. 17 mil de pensão por 6 anos trabalho
  20. Lista longa de nepotismo 
O mais preocupante em todo este caos insustentável de boys e girls, é que estamos neste momento a pagar centenas de milhões de euros de indemnizações para o estado se ver livre de funcionários públicos que se foram acumulando e engordando o estado, e são agora despejados para o desemprego, para poupar na despesa, dizem eles. Na verdade é para dar lugar a uma nova vaga de boys e girls. Os governos sentem-se no direito de decidir quem merece ter emprego e comida na mesa. Em poucos anos, voltaremos a ter o estado a rebentar pelas costuras, com muitos boys e girls que cada politico coloca, a estes há que somar os funcionários normais, para realizarem o trabalho dos boys. E o ciclo repete-se e o povo paga.

Mas o governo prossegue na sua imoralidade. 
Alguém poderá explicar como é que ainda há quem acredite que vivemos numa democracia, quando os políticos insistem em proteger uns sacrificando outros? É democracia enriquecer e proteger os mais fortes com dinheiro e sacrifícios dos mais fracos e desprotegidos?
(A citação é do PS. Mas agradeço coerência. Antes de deduzir que esta citação pretende defender o PS ou que eu sou do PS, leia a coluna ao lado direito do blog, para perceber que para mim, a verdade é que pesa e não os partidos. Apenas cito este srº por ser um facto bem real, o que ele afirma e não por acreditar que ele não pertence a um partido corrupto, como todos sabemos tanto o PS como o PSD são corruptos, mas é importante saber discernir quando existe verdade e extrai-la. Por um elemento do PS dizer a verdade, não significa que é honesto, apenas quer dizer que, neste momento, está na oposição.)

“É imoral, não tem precedentes no momento tão difícil que vivemos e tratar os portugueses de forma diferente. O Governo protege os seus e corta a todos os outros”, disse o deputado José Junqueiro, em declarações aos jornalistas na sede do PS, em Lisboa.
(...)confirmou a notícia hoje avançada pelo Diário de Notícias, segundo a qual um total de 1454 pessoas nomeadas para gabinetes do Governo e cargos na Administração Pública receberam subsídio de férias em 2012.
Os números foram dados pelo próprio Governo ao PS, na resposta a uma questão colocada por escrito pelos deputados socialistas ao Executivo, que justifica o pagamento destes subsídios por corresponderem a férias de 2011.
Para José Junqueiro, “não há nenhuma boa explicação”: “E os que trabalharam uma vida inteira? E os que trabalharam durante 40, 30, 20 anos não têm essa interpretação da lei porquê?”, questionou.
“Há apenas uma habilidade imoral, absolutamente imoral”, sublinhou, dizendo que é um “pagamento baseado numa interpretação da lei que não foi feita para todos os outros 10 milhões de portugueses, apenas para aqueles que foram nomeados pelo Governo”, para as "nomeações políticas".
Para o deputado do PS, “caiu a máscara” e o Governo “perdeu legitimidade moral e política para exigir mais qualquer outro sacrifício”, lembrando que o Executivo além de cortar subsídios a muitos portugueses, cortou reformas e pensões e vai diminuir em 6% os subsídios de desemprego e em 5% os de doença.
“Os portugueses podem agora avaliar a imoralidade do Governo, do primeiro-ministro e do ministro das Finanças”, afirmou. FONTE

E para que o PS não se fique a rir, eis este desplante: 
05 abril 2011  - "Governo demissionário nomeia militantes do partido Socialista de norte a sul de Portugal. Segundo o "Correio da Manhã", entre as 120 nomeações e promoções do Governo que foram publicadas no Diário da República desde 23 de Março, o dia em que entrou em gestão, contam-se diversos militantes do PS, de norte a sul do país. FONTE 



6 comentários :

  1. A técnica Ana Margarida Soares Heitor Bellegarde Machado, é higienista oral.A sua entrada também foi objeto de comentários via mail.

    ResponderEliminar
  2. vamos todos fazer trabalho comunitario e reenviar este escandalo a todos os conhecidos. Assim mais vão entender que para alem da fé há que ser informado aqui no apodrecetuga

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Diz-se que uma boa mentira tem de conter uma parte de verdade, só assim se torna credível, só assim, à força de tão repetida, se torna numa verdade incontestável. É o caso de se dizer “os Portugueses gastaram”, esta é a meia verdade que serve os interesses de quem quer penalizar o Povo pelos seus (deles, não do Povo) actos. A frase verdadeira é “Alguns Portugueses gastaram…”, esses Portugueses chamam-se governantes.

      Eliminar
  3. "os responsáveis hão de ler por todo lado comentários críticos que retratam a vergonha que deviam ter."


    És muito ingénuo:

    1 - A culpa de haver ladrões na política é de quem vota neles.
    Os políticos não têm culpa - é normal cada pessoa tentar sacar o máximo possível...
    Portanto, a culpa é do povo.
    O povo tem os governantes que merece.
    O melhor é o povo votar branco ou nulo (abstenção não é solução).
    Quando o numero de brancos/nulos for maior que o número de votantes nos partidos isso significará que o povo poderá exigir mudar as coisas.

    2 - Existe uma solução para tornar todas as pessoas ricas.
    Quando se acabar o egoísmo e a ignorância podemos ser todos ricos.
    Ora egoísmo é um pouco difícil de eliminar mas é possível ir esclarecendo o povo.
    Cada vez vai haver mais pobres e, se esses pobres souberem que existe uma solução para tornar toda a gente rica, poderão fazer alguma coisa.

    É melhor leres isto:
    http://uniorder.org/8dia_intro.pdf

    ResponderEliminar
  4. O tecnico João Filipe Vintém Póvoas, é mestre em jornalismo e com uma grande competência e honestidade. Está na Secretaria de Estado da Cultura, por mérito. Foi sempre aluno de 20 valores. Foi muito bem colocado para bem do País. Não é nenhum boy, é uma competência e um homem de bem. A sua pouca idade não lhe tira nenhum valor. Força mestre João Filipe...
    JV

    ResponderEliminar