27 dezembro, 2013

Exemplar!! Deputados falsificam o livro de ponto na Assembleia da República!


A história veio na imprensa e tem os ingredientes todos para ser um caso de polícia.Mas, ou há justiça, ou ainda vai parecer que há um deputado da Assembleia da Rui Duarte, do PS de Coimbraque, ou possui asas a jacto ou, ainda mais espantosamente, deterá o dom divino da ubiquidade!
República, de nome
Vá-se lá a ver que o deputado Rui Duarte terá estado no Brasil, no dia 15 de Dezembro de 2012, na boda do casamento do seu irmão e, nessa mesmo dia, porém, o deputado tem presenças registadas na AR.
Para que conste: as presenças na AR são registadas presencial e pessoalmente por via electrónica, quando os deputados inserem as respectivas passwords e logins nos computadores, nos seus lugares no plenário.
Devia ser assim, mas passou-se uma coisa diferente.
E então o caso piora: o deputado faltoso terá contado com a ajuda de um outro colega deputado que fraudulentamente inseriu os dados do faltoso para, afinal, o dar como presente!!!
Ou seja, e a ser verdade esta história denunciada na imprensa, temos, pelo menos dois deputados apanhados, com o rabo preso no livro de ponto da Assembleia da República.
O primeiro já não tem como fugir, falta só saber quem foi o compincha.
É de pasmar, a ser verdade a ocorrência desta fraude este parlamento português ainda corre o risco de ser identificado como uma escola de crime! fonte

Mas também não havia necessidade, para eles é tão fácil faltar! Para quê cair na asneira de o fazer de forma fraudulenta? Será para ganharem calo? Têm que começar cedo a mostrar que estão aptos? Que são peritos? Este falhou?

Como os deputados justificam faltas por doença.
Sim, são os mesmos que legislaram sobre a suspensão do vencimento nos 3 primeiros dias de um atestado médico!
Para bom entendedor, basta ler o ponto 7...
Os deputados são pessoas de confiança, basta a palavra deles para justificar uma falta, já os portugueses, comuns, não são de confiar.

"Aprova o Regime de Presenças e Faltas ao Plenário
Resolução da Assembleia da República n.º 21/2009, de 26 de Março
A Assembleia da República resolve, nos termos do n.º 5 do artigo 166.º da Constituição, o seguinte:
1 ‐ As presenças nas reuniões plenárias são verificadas a partir do registo de início de sessão efectuado pessoalmente por cada Deputado, no respectivo computador no hemiciclo.
2 ‐ Os serviços registam oficiosamente na base de dados que faz a gestão das presenças, a partir dos elementos de informação na sua posse, os Deputados que, por se encontrarem em missão parlamentar, não comparecerem à reunião.
3 ‐ Aos Deputados que não se registem durante a reunião ou não se encontrem em missão parlamentar é marcada falta.
4 ‐ Os procedimentos referidos nos números anteriores reportam‐se a cada reunião, podendo esta repartir‐se por vários períodos num só dia.
5 ‐ Para efeitos da eventual aplicação de sanções, apenas releva uma falta em cada dia, prevalecendo a referente às reuniões plenárias, no dia em que estas tenham lugar.
6 ‐ Os Deputados têm o direito de apresentar justificação para as faltas, nos termos estabelecidos no respectivo Estatuto e no Regimento, observando as respectivas exigências de fundamentação.
7 ‐ A palavra do Deputado faz fé, não carecendo por isso de comprovativos adicionais. Quando for invocado o motivo de doença, poderá, porém,ser exigido atestado médico caso a situação se prolongue por mais de uma semana." fonte

Oh Rui, não havia necessidade.... A PALAVRA DO DEPUTADO FAZ FÉ, NÃO CARECE DE PROVAS...

ALGUNS EXEMPLOS DE PRIVILÉGIOS OFENSIVOS, DAS ELITES QUE SE SERVEM DE NÓS
  1. Em flores
  2. Em Assistentes pessoais
  3. Em cantinas
  4. Em subvenções vitalícias, precoces e que dobram de valor aos 60 anos
  5. Em Golf subsidiado, é essencial
  6. Em regalias aos ex-presidentes
  7. Em despesismo inútil
  8. Em Regalias e mais regalias aos deputados
  9. Em Incompetência / irresponsabilidade
  10. Majestoso menu de luxo, da AR
  11. Em video, mais luxos
  12. Os carros de luxo... ou bólides
  13. O orçamento da AR de 2013, engorda?
  14. Deputados defendem o povo, atacam deputados?
  15. Em Água mineral, por favor.
  16. Deputados representam o interesse dos deputados
  17. Em numerosos de deputados 
  18. O futuro dourado
  19. Marinho Pinto tenta enfrentar os deputados advogados
  20. os privilegiados
  21. CORRUPÇÃO À DESCARADA






13 comentários :

  1. Perderam o tino e a vergonha
    São farrapos que enfeitam a Assembleia da Républica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enfeitam mas de forma dispendiosa e ostensiva.

      Eliminar
  2. É aqui e na Madeira! Aquele Estado anarca, sabem? http://www.publico.pt/politica/noticia/deputados-da-madeira-multados-por-nao-comprovarem-gastos-das-subvencoes-1617616

    ResponderEliminar
  3. Boicote às Europeias27 dezembro, 2013 18:57

    Se o voto fosse nominal muitos seriam devidamente escrutinados e jamais seriam eleitos. Agora com esta democracia de faz-de-conta na qual existe essa aberração democrática que dá pelo nome de Lugares Elegíveis, eles lá se vão safando, não é? Não admira pois as cada vez mais elevadas taxas de abstenção e a consequente péssima qualidade da "nossa" democracia. Temos um sistema eleitoral ao nível do da Albânia, esse país "próspero e magnífico". Por tudo isto vamos todos boicotar as Eleições Europeias e assim mostrar um cartão vermelho a esta Partidocracia que não nos representa. Queremos votar em Pessoas e não apenas em logotipos partidários. Chega de "cheques em branco" e "procurações com plenos poderes" a favor dos Partidos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Neste caso das europeias temos uma grande pessoa para eleger, Marinho Pinto.

      Eliminar
  4. Temos um Sistema Eleitoral vetusto, aberrante e perverso. Graças a ele, os Partidos foram capturados por Jotinhas e ex-Jotinhas eternamente imberbes, medíocres, sem currículo ou experiência na "vida real". Muitos certamente nunca se sujeitaram a uma simples entrevista de emprego. Os líderes já não se preocupam em falar para os eleitores. O que interessa mesmo é garantir apoios, "contar espingardas", ou seja, dominar o aparelho. Ostraciza-se o mérito e por isso estão lá os piores "invertebrados" da Política facilmente "permeáveis" aos interesses dos "lóbis". Nunca ninguém é responsabilizado individualmente em termos políticos. Não há escrutínio. A principal e mais importante Reforma Estrutural de que o País carece é a do Sistema Eleitoral.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Subscrevo por completo as suas palavras.

      Eliminar
  5. PS e PSD são 2 faces da mesma moeda. Ambos foram capturados pelos oligarcas que dominam este País, tal é a promiscuidade despudorada e descarada com muitos desses interesses obscuros. À cabeça surge sempre a M*ç**a**a e o Poder Financeiro, mas também os Oligopólios, Sociedades de Advogados, Agências de Comunicação, Assessorias e certas Empresas de Construção Civil. Isto deve-se a um Sistema Eleitoral ao nível do Albanês que perpetua estes políticos de carreira, imberbes, medíocres e facilmente "permeáveis". São os "apparatchik" de um sistema que só deteriora a Democracia e impede o verdadeiro "julgamento" pelos eleitores. Esta Democracia é um embuste, um logro, apenas equiparável à decisão de umas eleições no âmbito de uma "moeda ao ar".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito bom o seu comentário, obrigada pela descrição esclarecedora, esperemos que muitos pensem assim para se possa começar a agir.

      Eliminar
    2. Muito correcto Cara ou Coroa e todos queremos mudar. Como já vimos =pelo numero de petiçoes ignoradas pelos própios deputados que sem serem obrigados não vão mudar teremos que votar em listas que coloquem essa intenção bem clara e prioritaria. Alguns talvez até bem intencionados desenharam um sistema de país rico sem dificuldades que se verifica agora nunca vai ser o caso de Portugal. Só temos que mudar de voto e rápido, antes que estes jotinhas /holandinhos nos desgrassem mais.

      Eliminar
  6. Vai ver é um caso de física quântica, segundo shrodinger!

    ResponderEliminar
  7. Mas há registos de vídeo de tudo o que por lá se passa, penso eu, portanto devia ser fácil verificar este assunto...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já olhou para a coluna do lado direito? Tem noção de como eles não querem saber das infracções que eles próprios cometem? Quando o juiz é também réu, que se pode esperar ?

      Eliminar