13 fevereiro, 2012

Armando Vara, vai assegurando o futuro, pelo sim pelo não...

armando vara barragem correa milhoes
Por uma elementaríssima questão de justiça, não posso deixar de referir o percurso vertiginoso, de um homem que começou há poucos anos como caixa de uma agência da Caixa Geral de Depósitos em Mogadouro, e que agora, fala ao telefone com alguns dos mais poderosos governantes do nosso (pobre) País.
Um dos principais arguidos de um dos mais falados processos judiciais a decorrer e que, veja-se, é, além de muitas outras coisas de que nós nem sonhamos, o representante para África de uma das maiores empresas de construção civil brasileira, a quem foi adjudicada a construção de nova barragem moçambicana a poucos quilómetros de Cabora Bassa.
E o tipo, ou tipos, com quem ele fala ao telefone também lucram com o negócio ? Seria estranho que não lucrassem...
Estamos ou não entregues a escumalha ?!?!
ESTAMOS...

O típico, os corruptos portugueses, quando as coisas começam a correr menos bem em Portugal, e os crimes começam a somar, já eles têm, investido e garantido, por esse mundo fora um futuro dourado, com o dinheiro que roubaram ao estado português e aos cidadãos, massacrados e sacrificados pela austeridade. Como é que eles hão-de temer a justiça portuguesa, se a  vida deles está assegurada em vários pontos do mundo. E a impunidade garantida em Portugal!

"A construtora Camargo Corrêa anunciou hoje (29) que vai desenvolver uma hidrelétrica de 1.500 megawatts em Moçambique, avaliada em US$ 2 bilhões, que deve começar a operar em 2015."  Fonte

Outros rastos obscuros, de Armando Vara...

2 comentários :

  1. É caso pra se dizer "mas que ganda macacão!"

    ResponderEliminar
  2. a democracia funciona nos países menos corruptos do mundo, porque o povo vota... e quem elege os politicos corruptos são os abstencionistas que são a maioria TEMOS OS POLITICOS QUE MERECEMOS SOMOS NÓS QUE OS MOLDAMOS
    UM POVO QUE NÃO VOTA NEM SABE USAR O VOTO JAMAIS SERÁ REPRESENTADO, TEMIDO OU SEQUER RESPEITADO E JAMAIS SABOREARÁ AS VANTAGENS DA DEMOCRACIA...
    Em Portugal vence sempre a abstenção e a ignorância e os corruptos.
    O povo não sabe que o voto não serve apenas para votar a favor dos que mais se apoiam, serve também para votar contra os que mais roubam e mentem.
    O critério decisivo da democracia é a possibilidade de votar contra os partidos que há 40 anos destroem o país
    Karl Popper, sobre democracia, responsabilidade e liberdade.
    (…)
    Inicialmente, em Atenas, a democracia foi uma tentativa de não deixar chegar ao poder déspotas, ditadores, tiranos. Esse aspecto é essencial. Não se tratava, pois, de poder popular, mas de controlo popular. O critério decisivo da democracia é – e já era assim em Atenas – a possibilidade de votar contra pessoas, e não a possibilidade de votar a favor de pessoas.
    Foi o que se fez em Atenas com o ostracismo. (…)
    Desde o início que o problema da democracia foi o de encontrar uma via que não permitisse a
    ninguém tornar-se demasiado poderoso. E esse continua a ser o problema da democracia. (…)

    ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2015/09/o-criterio-decisivo-da-democracia-e.html#ixzz3qcV7Aoi8

    ResponderEliminar