09 abril, 2014

Saúde faz ajuste directo a empresa de ex-dirigente, criada um mês antes!

contrato consultoria ajustes directos boyAFINAL O QUE ESTÁ A DAR É MONTAR NEGÓCIOS!
2 MESES DEPOIS DE SER DESPEDIDO E 1 MÊS DEPOIS DE ABRIR UMA EMPRESA JÁ TEM CONTRATO COM O ESTADO, DE 54 MIL EUROS, SÓ POR COINCIDÊNCIA FOI CONTRATADO PELO SERVIÇO PÚBLICO ONDE TRABALHAVA!

A SPMS – Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, EPE fez um ajuste directo de 54 mil euros a uma empresa criada no dia 1 de Fevereiro, e cujo sócio, Fernando Mota, foi até Dezembro vice-presidente da Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS).

A empresa Lenus – Sistemas de Informação, Lda, com sede em casa do próprio Fernando Mota, no Porto, ganhou o contrato de "consultoria nas áreas de arquitectura, planeamento, concepção, análise de necessidades e pesquisa de soluções do sistema de informação de saúde" pelo prazo de um ano, com o fundamento de "ausência de recursos próprios" na SPMS.
Fernando Mota, foi nomeado para vice-presidente da ACSS em Junho de 2008, com o pelouro dos sistemas e tecnologias de informação e comunicação do Ministério da Saúde. A 20 de Dezembro, foi exonerado pelo ministro Paulo Macedo.
Afinal o desemprego sempre traz oportunidades. Falta saber porque foi despedido, certamente com uma choruda indemnização, para ficar a trabalhar para o estado, novamente??
Adjudicante
Adjudicatário
LINK
Aquisição de serviços de Consultoria nas áreas de arquitetura, planeamento,...
54.000,00 €
13-03-2012
Serviço Partilhados do Ministério da Saúde, E. P. E.
LENUS - SISTEMAS DE INFORMAÇÃO, LDA
+

Fonte: site do governoPara ver detalhes do contrato, clique no +, na coluna "LINK"

"Alternativa mais económica"
Questionado sobre as razões que levaram a SPMS a contratar a empresa do ex-vice-presidente da ACSS - organismo que até Novembro tinha todas as competências dos sistemas de informação na Saúde - o gabinete do ministro Paulo Macedo respondeu: "Trata-se de um ajuste directo à empresa onde trabalha agora o sr. Fernando Mota, a quem solicitámos que coordenasse o estudo de sistemas de informação que incumbe à SPMS, quer por força da sua designação como representante no Grupo de Projecto para as Tecnologias de Informação e Comunicação (GPTIC), quer por força do contrato-programa com a ACSS".
"Dado o seu conhecimento dos temas e disponibilidade, foi a alternativa mais económica de contratação face à exiguidade de recursos internos que obviamente colaboram mas não têm a disponibilidade necessária para levar a cabo a tarefa a tempo e horas", acrescentou. 
Fernando Mota confirma que agora está a fazer "consultoria" para a SPMS. "Estou a acompanhar projectos que vinham do passado, como o da prescrição electrónica e planeamento dos sistemas", esclareceu. A SPMS percebeu que há "algum conhecimento que deve ser capitalizado na área dos sistemas de informação", acrescentou. No ano passado, o Governo aprovou um plano de acção para a melhoria e introdução de poupanças no uso das TIC e o secretário de Estado da Saúde fez um despacho a designar a SPMS como entidade responsável e o seu presidente, Raul Mascarenhas, como interlocutor, conta. Fernando Mota ficou agora incumbido de fazer "o planeamento sectorial para a saúde", neste âmbito.
Mas, tal como acontecia na ACSS, que "já fazia outsourcing" na área das TIC, este número de pessoas não chega, considera Fernando Mota, frisando que "não há nenhum ministério que tenha tão pouca gente" nas tecnologias de informação como o da Saúde. Dá os exemplos do Instituto da Segurança Social, que tem cerca de 150 funcionários mais 150 contratados a empresas, e o Instituto de Informática das Finanças, com 400.

As verbas do Orçamento do Estado nos últimos anos na área das TIC da saúde têm oscilado entre os 33 e os 40 milhões de euros por ano, sendo que cerca de 60 a 70% deste valor é para manutenção.O PÚBLICO questionou ainda o ministério sobre as razões que levaram a transferir as competências da ACSS para a SPMS e se este organismo não tem "recursos próprios" neste domínio, mas não obteve resposta. O gabinete do ministro já tinha sido confrontado com o anúncio publicado em Diário da República, no dia 1 de Março, tendo em vista a obtenção de um "acordo- quadro para a prestação de serviços de consultadoria, desenvolvimento e manutenção de software e gestão operacional dos sistemas e base de dados", procedimento este que apresentava o valor do preço-base de 0,00 euros. fonte

OS AJUSTES DIRECTOS COM O ESTADO
  1. Empresa fantasma ganhou 47 obras por ajuste directo
  2. S. Bento contrata ex de Santana Lopes
  3. O exemplo dos 3 milhões directos!! Esta até mudou de ramo, para ganhar os 3 milhões...
  4. Os milhões para os advogados!!
  5. Paulo Portas engana-se no ramo, molduras ou desporto?
  6. Adjudicados 485 milhões, obscuros
  7. 5 milhões de euros em material anti-motim.
  8. 5 milhões a escritórios de advogados
  9. 20 milhões por assessoria do BES
  10. A Madeira faz os ajustes directos em família.
  11. Ajustes dão sempre mais dinheiro ao fornecedor.
  12. Ajustes directos salvam empresas amigas.
  13. Viva o luxo...
  14. Viva a promiscuidade.. 
  15. A família em primeiro.
  16. 695 milhões duvidosos
  17. 3 milhões para luzes, a um amigo.
  18. Fintar o limite para os ajustes directos
  19. Tachos por ajuste directo
  20. Mudar a lei para facilitar o saque

4 comentários :

  1. Assim é fácil enriquecer, cambada de sacanas até metem nojos. Estes tristes políticos não são eles os culpados, mas sim quem os pariu. Nessa altura as mães destes sacanas que desgovernam Portugal ao longo de 40 anos todas mas todas e sem exceção deviam ter abortados.

    Conheço alguns blogs, mas muito deles não são isentos, a Zita denuncia sejam do Ps, psd, psd, comunistas, bloquistas, ou seja denuncia caso de corrupção. Eu aprecio e gosto desse ponto de vista.

    Acho que os Portugueses tem aquilo que merecem, toda a gente sabe que o Sócrates fez disparar a dívida pública, andou a aumentar a despesas com as ppp´s, E para meu espanto este espantalho tem muitos seguidores.

    Os portugueses gostam de ser enrabados, só pode, como é possível. Peço desculpa pelo termo, mas é aquilo que sinto. Quem pensa por cabeça própria e que tenha consciência e que seja honesto, mas alguém em perfeito juízo defende o Sócrates???


    Sócrates não defende o Povo nem coisa nenhuma. Estes políticos apenas querem é rapar no pote. Mas algum deputado defende o Povo? Já se ouviu em reduzir os deputados de 230 para metade. E mesmo assim já são muitos. Portugueses há 40 anos que somos roubados por esta escumalha dos parasitas, sejam eles Psd , Cds e Ps. Portanto não tenham ilusões que não há salvadores neste triste Portugal. Realmente os portugueses tem memória curta, o Sócrates fez disparar a dívida pública, aumentou descaradamente as ppp´s. Foram criados os parques eólicos, com aquelas enormes caravelas, para não estarmos tão dependentes do exterior. Vejam que quem paga as rendas para a EDP, o cliente/consumidor. Este Passos coelho é um sacana, mas o Sócrates não é melhor. E quem viveu acima das possibilidades simplesmente foram os governos, os políticos e ex-políticos. Já algum português viu um politico na miséria? Mas que é honesto e vive do seu trabalho de forma honesta, vive sim com muitas dificuldades. No tempo do Sócrates, os portugueses viviam melhor, mas isso era outra conjuntura. Mas também não se vivia à grande a à francesa. Não há milagres como 2 + 2 = 4.

    Em média um salário de 500€ é muito pouco para fazer face ao custo de vida. Gasolina das mais caras da Europa, e energia e telecomunicações das mais caras da Europa. Tudo do mais caro e dos salários mais baixos da União Europeia. Como podemos ter uma economia competitiva, o preço da energia caríssimo, uma elevada carga fiscal, e sem poder de compra para dinamizar a economia interna.

    Portanto votem no Ps sem qualquer alteração nada resolve. Temos sim de mudar de mentalidade, minimizar a corrupção. E quem lesa o estado em milhões terá de repor aquilo que roubou.

    Não vamos a lado nenhum com jotinhas, nem com o cancro da maçonaria.


    O povo português é do mais ignorante que há, não são exigentes aceitam tudo e de toda a merda. Basta dizer mal do passitos que temos um líder o Sócrates??

    Andámos a brincar com as politicas, basta fazer um apanhado 40 anos de democracia 3 partidos a desgovernar 3 ajudas do FMI, e alguém em perfeito juízo defende o Sócrates. Isto é brincadeira de crianças só pode

    Pessoas responsáveis alguém defende sacanas que roubam e vão estudar para Paris, com um empréstimo que fez. Só os totós pessoas burras e estúpidas acreditam nisto, até as criancinhas nem acreditam que existem Pai Natal mas há adultos que acreditam que os políticos portugueses são honestos.


    Realmente Zita os cidadãos honestos estão entregues à bicharada. Muita das vezes mais vale falar sozinho para as paredes que debater ideias com burros.


    Zita continue com o seu bom trabalho, e muitos dos portugueses que leiam blogs, não se deixam manipular e quando sejam insultados respondam da mesma forma. Mas não acreditem que temos salvadores de Portugal.


    Vejam mais casa dos segredos que na escumalha apenas nos rouba e ninguém faz nada.

    Triste Povo

    Fernando

    ResponderEliminar
  2. Na minha opinião, vivemos num país onde vale tudo. Este é mais um caso vergonhoso.

    ResponderEliminar
  3. O mais interessante nessa entidade, a bela SPMS, é não seguir as práticas de boa-fé e transparencia como dizem que seguem. Se forem ao site da dita cuja tem um código de ética que é de rir...fala em tudo o que precisamente não cumprem.
    Eles não abrem concurso publico de contratação nem há nada sobre recrutamento, mas sabe-se que há contratos de valores bastantes elevados para determinadas pessoas que pessoas lá dentro conhecem...e eu sei de nomes!!

    ResponderEliminar
  4. a SPMS esté cheia de gente de corruptos...gente que subiu na vida de forma nada digna e quando chega lá acham que tem o rei na barriga. Sei de podres dentro dessa entidade que qualquer dia direi, com nomes e tudo...! Depois terei de emigrar porque emprego nunca mais terei...! Cuidado com as pessoas da SPMS...

    ResponderEliminar