14 setembro, 2012

ELES CONTINUAM A ROUBAR... SEM DÓ NEM PIEDADE.

PASSOS COELHO tivoli cortes 18%
Um homem preocupado com a fome que
impôs a mais uns milhares de portugueses

Já não é possível, para o governo, esconder a falta de escrúpulos com que escolheram os portugueses mais pobres, para pagar e os ricos para beneficiar. 
As medidas de austeridade vão sendo impostas sempre com o mesmo resultado - empobrecimento das classes mais baixas e favorecimento das classes mais altas... 
Mas como se não fosse suficiente, o desfalque que nos é anunciado através de palavras muito "sentidas" nos discursos públicos, dos  Ministros, também teremos de ser vitimas indefesas dos golpes que nos infligem nos bastidores!!. E pela oposição... que também quis dar uma ajudinha à festa... afinal todos eles vivem do mesmo - dos cofres do estado - e por isso convém tê-lo sempre bem recheado.

"Extinção das fundações aprovada - PS votou contra
A maioria PSD/CDS-PP aprovou hoje na generalidade a proposta de lei para a extinção preventiva das fundações públicas, com os votos contra do PS e a abstenção do PCP, BE e PEV." Fonte 

Hipocrisia e cinismo dos partidos que fingem defender os mais fracos e os mais pobres. Este é  mais um exemplo da hipocrisia da oposição, protegeram os reformados da justiça, com reformas elevadas.
Seria interessante ouvir a explicação dos partidos que votaram contra, esta medida, ou se abstiveram, sabendo que está em causa travar um dos grandes sorvedouros inúteis de dinheiro do estado. Fingem que se preocupam com o peso já insustentável, dos sacrifícios infligidos aos cidadãos mais pobres, mas quando se trata de aliviar o peso... abstêm-se ou votam contra? Não faz sentido.


O CDS também fez questão de mostrar o apoio que dá aos cidadãos... RICOS. 
Não o vimos argumentar em defesa dos salários mínimos, do corte de 7%. Nem os salários de 600, ou de 900 euros... Ou terá ele achado que eram os salários um produto de luxo? Ou não saberá ele que para poupar nos proprietários de casas de 300 mil, talvez terá que roubar, mais um pouco, nos que já nem têm casa? 


"Portas travou imposto especial para imóveis acima de 300 mil euros - IMI
O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros conseguiu convencer Passos Coelho a travar Vítor Gaspar, mesmo estando em viagem pelo Brasil e pela Venezuela. Por telefone, Paulo Portas argumentou que um imóvel com 300 mil euros de valor patrimonial não era um produto de luxo e conseguiu que só os edifícios com valor superior a um milhão de euros tenham de pagar IMI especial. fonte 

E mais... 
Passos Coelho alivia pensões acima de 5000 euros em 2013. As pensões de valor superior a 5000 mil euros vão ser aliviadas no Orçamento de 2013. fonte

O resultado brilhante só poderia ser este:
"Portugal é um dos três países europeus com mais desigualdades sociais. 
Portugal é o país da União Europeia, com excepção da Letónia e Lituânia, a ter maiores desigualdades na distribuição dos rendimentos das famílias, revela um estudo que vai ser apresentado na sexta e no sábado em Lisboa. " fonte

Ou ainda estes... 

Deixo-os ainda com este video, de José Gomes Ferreira, que desvenda um exemplo da utilidade das fundações... demasiado privada para receber tanto dinheiro público.  (Só encontro esta versão do video, apenas disponível no facebook, por isso não sei se será acessível a todos.) 

2 comentários :

  1. "Governo poupa 151,5 milhões com a extinção de 139 fundações"

    http://economico.sapo.pt/noticias/governo-poupa-1515-milhoes-com-a-extincao-de-139-fundacoes_151845.html

    Ou seja, vão poupar cerca de 10% (se tanto) do dinheiro que distribuem às fundações anualmente. Isto é ridículo, é absurdo, é típico de quem faz as coisas para fingir que faz. Quando há um potencial para poupar na ordem dos 700 a 800 milhões de euros em fundações, isto é claramente para desviar as atenções do "xerife" Troika.

    Resta saber como vão desviar os olhos do "xerife" Troika na questão das freguesias, camaras...

    Relativamente à fotografia de Coelho no Tivoli, este homem, tal como 99,9% dos políticos cada vez me mete mais asco. "Já tirei mais de 30 euros a quem ganha o ordenado mínimo? Bem...vamos lá ao concerto!". Já nem fingem que se preocupam.

    Vai à manifestação Zita?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pretendo ir, não sei ainda a que horas.

      Realmente é essa a verdade, quando se trata de cortar, cortam apenas o mínimo possível sem atingir interesses de amigos e família, certamente.

      Eliminar