22 agosto, 2011

Expropriação da igreja ou extorsão do dinheiro público?


Ainda bem que o estado tem por hábito favorecer a igreja com dinheiro do povo e com PRIVILÉGIOS FISCAIS e outros que tais.. Porque assim, pode o estado garantir que um dia quando precisar, a igreja também irá retribuir, facilitando a vida ao estado!!!
Mas não...  vejamos este escândalo, que mais parece a igreja a extorquir dinheiro ao estado, do que uma expropriação do estado á igreja.
Pagou-se 1,2 milhões de euros por um terreno do tamanho de uma piscina!!!!...  
E o mais engraçado é que o estado paga, será que quem assinou este pagamento era temente a Deus? É que realmente somos levados a crer que pagar tão elevada quantia por tão curto terreno, só mesmo por razões que a própria razão desconhece. 
 igreja ou extorsão
Extractos da noticia:  "A Estradas de Portugal - EP, SA pagou ao Patriarcado de Lisboa uma indemnização de mais de um milhão de euros (€1 116 600) pela expropriação de uma faixa de terreno na Buraca, com mil e duzentos metros quadrados. Um valor que excede em muito o preço do metro quadrado na Avenida da Liberdade (3 mil euros) ou mesmo nos parisienses Champs Elysées (sete mil euros). (...)  EP pagou mais de 800 mil euros pela desvalorização do terreno da Igreja, Além disso, a EP pagou ainda uma indemnização de €80 mil para transformar um antigo caminho pedonal no acesso de veículos pesados à Casa do Bom Pastor. Mas não basta: a EP comprometeu-se ainda a pagar mensalmente € 10 mil como "indemnização pela não utilização da Casa.
Ora, acontece que todos estes valores foram obtidos com base numa avaliação que terá sido feita pela própria Igreja, não se sabe por que técnicos, nem com que critérios ou objectivos. Essa "avaliação", é citada no considerando C do acordo com a EP a que o i teve acesso e atribui à propriedade o valor de (6 milhões de euros). Assim se compreendem os valores pagos pela EP." 
Fonte


30 comentários :

  1. E por acaso quando uma igreja tem de fazer obras....tem de ser o povo a tentar arranjar dinheiro para conseguirem fazer as reparações...

    igreja é tipo estado..sempre a xupar e nunca têm dinheiro...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. TEMOS OS POLITICOS QUE MERECEMOS SOMOS NÓS QUE OS MOLDAMOS
      UM POVO QUE NÃO VOTA NEM SABE USAR O VOTO JAMAIS SERÁ REPRESENTADO, TEMIDO OU SEQUER RESPEITADO E JAMAIS SABOREARÁ AS VANTAGENS DA DEMOCRACIA...
      Em Portugal vence sempre a abstenção e a ignorância e os corruptos.
      O povo não sabe que o voto não serve apenas para votar a favor dos que mais se apoiam, serve também para votar contra os que mais roubam e mentem.
      O critério decisivo da democracia é a possibilidade de votar contra os partidos que há 40 anos destroem o país
      Karl Popper, sobre democracia, responsabilidade e liberdade.
      (…)
      Inicialmente, em Atenas, a democracia foi uma tentativa de não deixar chegar ao poder déspotas, ditadores, tiranos. Esse aspecto é essencial. Não se tratava, pois, de poder popular, mas de controlo popular. O critério decisivo da democracia é – e já era assim em Atenas – a possibilidade de votar contra pessoas, e não a possibilidade de votar a favor de pessoas.
      Foi o que se fez em Atenas com o ostracismo. (…)
      Desde o início que o problema da democracia foi o de encontrar uma via que não permitisse a
      ninguém tornar-se demasiado poderoso. E esse continua a ser o problema da democracia. (…)

      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2015/09/o-criterio-decisivo-da-democracia-e.html#ixzz3qcV7Aoi8

      Eliminar
  2. Este comportamento digno de governantes da idade média, onde se gasta dinheiro duma nação, falida, em crenças religiosas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
      A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
      Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
      Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
      A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
      MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

      Eliminar
  3. O mais engraçado é que se não fosse a Igreja a esta hora estaríamos todos a "rezar" 5 vezes por dia virados para Meca, entre outras coisas espectaculares. E se calhar não existiriam por aí tantos pedintes miseráveis a chularem organizações da Igreja que ajuda os mais desfavorecidos, pois claro. A bandeira do meu país tem as quinas, agora a dos vossos países, não sei.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não vamos agora discutir crenças pois o que está aqui em causa é o direito de o estado usar o dinheiro dos impostos para privilegiar esta ou aquela crença. O que a igreja fez no âmbito social fará qualquer instituição que receba subsídios para o fazer sem ter por isso que albergar crenças que não são de todos... É isso que está em causa.

      Eliminar
    2. Muito bem!Mas de forma honesta por favor!Nunca acreditaria nesta notícia,se não a tivesse lida!INDIGNADO, me sinto um comparsa deste roubo.Inacreditável...

      Eliminar
    3. SE NÃO FOSSE A IGREJA, MUITOS MAIS PESSOAS VIVERIAM MISERAVELMENTE. AS PESSOAS QUE SE ESTRETEEM A FALAR DO QUE NÃO CONHECEM,PRECISAM DE IR PARA O TERRENO,EMBRENHAREM-SE NO SERVIÇO SOCIAL QUE A IGREJA PRESTA, SUBSTITUINDO-SE AO ESTADO E, MAIS GRAVE AINDA, ÀS FAMÍLIAS, QUE NA QUESTÃO DOS SEUS IDOSOS, SÓ LHES DÃO IMPORTÂNCIA SE DEIXAREM BOAS FORTUNAS. NÃO FALEM DO QUE DESCONHECEM, FAÇAM ALGUMA COISA ÚTIL!

      Eliminar
    4. Se não fosse a igreja?
      Se fossemos por aí haveria tanta coisa para dizer...
      Se não fosse a igreja, não teriam morrido milhões de pessoas inocentes, apenas porque eram de outra religião...
      Se não fosse a igreja, não teriam sido queimadas vivas centenas ou milhares de mulheres acusadas de bruxaria, algo que todos sabemos que não existe, portanto eram inocentes e perseguidas.
      Se não fosse a igreja, não teriamos cientistas brilhantes a serem censurados e mortos, por descobrirem coisas que punham em causa a verdade da igreja.
      Se não fosse a igreja, era menos corrupção que havia, basta ver o que se tem vindo a descobrir do vaticano, e de pedofilia e etc.
      Se não fosse a igreja...
      Os países mais crédulos são onde há mais corrupção, mais futebol e menos lucidez.
      Devo ainda acrescentar que uma cientista descobriu recentemente que a crença, religiosa, o fundamentalismo, e outros que tais, estão em vias de serem considerados uma doença, e possível de curar. http://noticias.gospelmais.com.br/neurocientista-religiosidade-tratada-doenca-mental-54753.html

      Não podemos dizer a ninguém que não sabe do que fala, porque por vezes a nossa verdade ainda consegue ser menos verdadeira que a dos outros.
      Gosto de justiça... as forças superiores são muito injustas...

      Saramago dizia em bem, quando lhe perguntaram;: Como podem Homens sem Deus serem bons ?
      e ele respondeu?
      -Como podem Homens com Deus, serem tão maus ?

      As igrejas possuem muitos benefícios, para pagar o pouco que fazem. Não se esqueça disso.
      http://apodrecetuga.blogspot.com/2011/08/igreja-anti-democratica-e-cara.html

      De qualquer das formas este blog denuncia corrupção, não defende nem ataca nada ou ninguém. E para mim corrupção é corrupção, e não devemos desculpar actos vergonhosos, apenas porque existem outros menos vergonhosos.


      Eliminar
    5. mulheres acusadas de bruxaria, algo que todos sabemos que não existe,

      AHAHAHA

      ESSA NUNCA TINHA OUVIDO ,

      OLHA NO OUTRO DIA APARECEU-ME UNS OSSO PINTADOS DEBAIXO DO MEU CARRO E UMAS VELAS , Á VOLTA, O QUE ACHAS QUE E?

      Eliminar
    6. É as bruxas e ovnis... vejo todos os dias!

      Eliminar
  4. Face a isto e outras falcatruas e roubos, o que é possível fazer para travar estes bandalhos?????

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parece que nada podemos fazer, os políticos certificaram-se que ficavam com a faca e o queijo na mão e o povo ficaria indefeso e impotente. E assim é.

      Eliminar
    2. Luís
      Como católico, gostaria em primeiro lugar de saber da veracidade desta notícia, que me parece uma mais daquelas do "bota-abaixo" como tantas que têm surgido contra a Igreja, porque é a única instituição que ainda levanta a voz contra as injustiças sociais, e que rema contra a maré.
      Alguém comenta aqui que, "O que a igreja fez no âmbito social fará qualquer instituição que receba subsídios...". Será? A senhora sabe fazer contas? Sabe por quanto ficam as obras sob encargo da Igreja e por quanto ficam ao encargo de outras instituições? Sabe quem ao longo da história acolheu os indigentes, os excluídos, os órfãos, as viúvas... quem abriu hospitais e leprosarias para doentes que todos (inclusivé o Estado) voltavam as costas?
      E no campo da cultura, as escolas (as melhores do País até são católicas, segundo estudos anuais sobre o assunto), nas artes, na música...

      No voluntariado nas múltiplas obras sociais, conhece o real papel da Igreja?

      Sabia que os monumentos históricos mais bonitos e mais visitados do País têm o cunho da Igreja?

      Como é triste falarmos tanto de cor!!!

      Eliminar
    3. A veracidade da noticia tem a ver com a fonte que a divulgou, como pode reparar no final da citação está um link com a noticia original e completa, que vem de um jornal público e reputado.

      Se tem alguma coisa a criticar ao falar de cor deve dirigir-se ao jornal que fez a investigação...
      Porque de cor fala quem apenas refere as coisas lindas que a igreja faz... e finge que ninguém sabe as coisas más que se fazem pela Igreja, e em nome da igreja, e dentro da igreja....
      Se costuma ler os órgãos de comunicação social e conhece a história mundial, sabe bem que a igreja é também uma das mais cruéis instituições...
      - Atrofiou muitas vezes a evolução tecnológica com o obscurantismo da idade média.
      - assassinou grandes nomes da ciência penas porque descobriam que a igreja estava errada em determinados conceitos científicos
      - queimou vivas sabe-se lá quantas mulheres apenas porque eram mais perspicazes ou sabiam mais ou eram menos submissas, acusando-as de bruxas ou outras coisas piores
      - Dizimou milhares de pessoas pelas cruzadas que obrigavam as pessoas a acolher a igreja.
      - tem sido acusada de pedofilia em vários níveis.
      - vive faustosamente indo contra as teorias do Messias que afirmava que os seguidores do senhor deviam viver na pobreza e dando tudo aos pobres.

      Agora se o srº apenas vê um lado da moeda, só lhe posso dizer que também concordo consigo quando diz que é triste falarmos de cor.

      Se quiser perceber porque existem e podem existir pessoas que pensam ao contrário de si veja este video.

      http://www.youtube.com/watch?v=KlOmBHjG3Wk&feature=related

      Se quiser mais há muitas pesquisas na história que mostram o lado menos bonito da igreja católica. Basta pesquisar sobre o assunto ou sobre pedofilia na igreja.

      Eliminar
    4. E a igreja de hoje? Quantos milhares de voluntários salvam milhares de pessoas por dia?
      E nas ruas de Lisboa à noite, com os sem abrigo?

      E na distribuição de alimentos a casa de pessoas carenciadas? E cooperação com o banco alimentar?

      Igreja de hoje.

      Quanto à pedofilia e afins, há todos um leque de altos cargos bem menos dignos. E as pessoas votam neles. eheh! Mas são titulos individuais, lobbies, movimentos com dinheiro que se movem bastante bem.
      A igreja é sempre bem mais fácil de atacar. Até porque comprar uma guerra com a igreja, é sempre uma guerra ganha. Experimente comprá-la com alguém com poder. eheh!

      Btw, com conhecimentos do nível básico, se provou que a noticia é falsa e tendenciosa. Visto que o blog atenta à denuncia da corrupção, já nem faz sentido que a mesma aqui esteja. Digo eu...

      Eliminar
    5. A igreja dá ....a igreja faz...etc, etc e etc. MENTIRA MENTIR e MENTIRA.
      A igreja dá coisissima nenhuma.
      A igreja apenas gere uma riqueza COLOSSAL, contituida por dádivas e trabalho gratuito (vulgo voluntario).
      E será que a igreja distribui tudo que recebe? eu não sei
      o que sei é que tudo isto redunda em beneficio da propria igreja, pois permite-lhe fazer a sua propaganda.
      Mas, se estiver-mos atentos, veremos que a igreja (a católica) está sempre do lado dos exploradores, apesar de dizer o contrario.
      Reparem no favor que a igreja fez ao governo, no caso da estrondosa salva de palmas ao PR, PM e MNE. E nem uma critica, uma condenação por parte desta intituição.
      e ainda diz o novo patriarca (o ´p´ minusculo é propositado) que estava na sacristia.
      porque é que quando ele abandonou a sacristia e foi para a igreja não deu uma reprimenda ao povinho de deus (o ´d´ minusculo é propositado), condenando-os por louvarem aquelas tres vedetas, ensinando-os , que naquela casa a unica vedeta é Deus?
      A igreja está sempre do lado do mal. Sempre esteve e sempre estará. Ou não fosse o Novo Testamento o branquamento do mal.
      Quando um ´grande faz mal a alguem ou a todos, manda a filosofia do NT que não te revoltes, e rezes por ele.
      Mas se a vitima se revolta, então cai em cima desta com toda a sua condenação. É um pecador.
      Prestem atenção ao discurso dos maiorais desta igreja, não esqueçam as entrelinhas.
      Pessoalmente, estou convencido que sem a igreja catolica o mundo estaria muito melhor.

      Eliminar
    6. Em relação ao comentário da sra. Zita e ao anónimo de 07/09/2013, é explícito: não passam de comentários impregnados de ódio e ignorancia.
      Afirma em seu comentário que: «a igreja é também uma das mais cruéis instituições». Deve sair da capa do generalismo e explicitar, a quê, se refere em concreto, e lembrar-se, também no que se refere ao século atual, de que «um cristão ou parte dos cristãos» não são a «Igreja no seu todo»; pretender confundir e acusar uma parte pelo todo, no mínimo é nojento e execrável. Recorre também ao velho reportório das faltas cometidas em séculos passados, se consultar melhor sobre o assunto, também verificará que já houve na Igreja quem por elas tivesse pedido desculpas. Também é notório que as citações que faz sejam só em tom acusatório, para difamar, nem uma palavra pelo que de bem a Igreja faz: em vez de mostrar um ar 100% irrepreensível, oxalá tenha também coragem no dia-a-dia para se olhar ao espelho para ver as próprias "plicas" ou "nódoas" de conduta e sequentemente pedir «desculpas». Além disso deveria também utilizar a calculadora para ver que 1.2 milhões a dividir por 1200m2 dá 1000€/m2, excessivo, claro, mas muito longe da Av. da Liberdade ou Paris, como se refere noutro comentário. Quanto ás práticas ocultistas também defende nos Comentários que são coisas na realidade não existentes: mesmo sem grande investigação sobre o assunto, bem se sabe que não é verdade.
      Quanto ao segundo comentário de anónimo de 07/09/2013, é revelador de profunda ignorância do que é o «Novo Testamento».

      Eliminar
    7. ACLARANDO O COMENTÁRIO RECENTE: aonde se lê
      «pretender confundir e acusar uma parte pelo todo» evidentemente deve-se entender
      «pretender confundir e acusar uma parte (outra parte) pelo todo (da parte referida)» OU «pretender confundir e acusar, generalizando a parte referida ao todo».

      Eliminar
    8. Nos seus 2.000 anos de história a Igreja Catolica foi a instituição que mais fez caridade neste mundo.
      Se a Igreja não existisse provavelmente o mundo ocidental nem conheceria o sentido da palavra caridade. Essa é uma palavra que surgiu na Igreja, no sentido de ajudar, sem querer nada em retorno, essa idéia para os povos antigos, como os gregos e romanos, seria um absurdo! Essa virtude surgiu depois que o mundo ocidental se tornou católico.

      -São milhares de Obras Assistenciais da Igreja Católica espalhadas por este mundo.

      - Na época em que a lepra foi um grande mal, na Europa e Ásia haviam 3000 leprosários católicos.

      - Em muitos paises africanos as escolas e hospitais são matidos pela Igreja Católica.

      - A Igreja educou mais crianças do que qualque outra instituição educativa ou religiosa.

      - 25% das obras que cuidam de aidéticos em todo o mundo são mantidas pela Igreja Católica.

      - Incontáveis hospitais, sanatórios, escolas para crianças carentes, asilos, creches etc espalhadas em todo o mundo!

      - Durante 2000 anos, 20 séculos de existência, ninguém como a Igreja socorreu tanto os pobres, órfãos, viúvas e doentes, como ainda hoje fazem, por exemplo, as irmãs de Madre Teresa de Calcutá.

      - É inegável, nenhuma instituição no mundo ocidental fez e faz tanta caridade como a Igreja Católica, infelizmente isto parece não ser importante para os insistem em difamar a Igreja.

      Em Portugal:
      - Até ao século xix, num contexto antecedente à legislação de política social, a assistência social baseava-se em instituições de caridade privada (maioritariamente ligadas à Igreja e às ordens religiosas), directa ou indirectamente financiadas pela casa real, sendo sublinhada a não intervenção do Estado na sua actividade. Somente a partir do sec. XX é que começaram a desenvolver-se as instituições de assitência social do Estado.
      - A Santa Casa da Misericordia surgiu de uma iniciativa conjunta da Coroa Portuguesa e a Igreja Católica.
      - A Cáritas Portuguesa é uma instituição oficial da Conferência Episcopal Portuguesa, vocacionada para a promoção e dinamização da acção social da Igreja. Visa a assistência e também a promoção, o desenvolvimento e a transformação social. Luta por uma sociedade mais justa, com a participação dos que são atingidos por qualquer forma de exclusão ou emergência, sem olhar a crenças, culturas, etnias ou origem.
      - Os Centros Sociais Paroquiais, os Centros Paroquiais de Bem-Estar Social ou outras congregações religiosas, fortemente ligadas à Igreja Católica, são as segundas IPSS mais antigas, denominadas antes de 1983 por Institutos de Assistência. A Igreja é a instituição que em Portugal mais atenção prestou e de um modo mais persistente à acção social. A Igreja sempre foi um agente determinante e uma força fundamental na gestão das pessoas e dos meios relacionados com a solidariedade social. Para esta a acção social “... trata-se de um agir eficaz em ordem à edificação do Reino de Deus, contribuindo para a melhor ordenação da sociedade humana, a partir de comunidade cristã,...”.,De notar que 25% dos Centros Sociais Paroquiais são presididos por um sacerdote.

      Eliminar
  5. Luís, Portalegre26 julho, 2012 15:57

    Se é verdade o teor da notícia, é de lamentar, há uma falta de moral e ética impressionante da parte de quem fez tal negociata.

    Por outro lado, sobretudo a comunicação social esquece-se dos enormes roubos que o Estado também fez à Igreja, outrora, confiscando o que no fundo foi pago pelos crentes, e estava ao serviço dos mesmos...

    Admito que haja gente dentro da Instituição que tenha comportamentos menos lícitos; desde o Papa ao sacristão... A verdade é que todo o bem que tem feito ao longo dos seus mais de 2.000 anos de existência, foi expressivamente mais relevante.
    A par dos erros de alguns, nunca deixou de exercer o seu papel de caridade/solidariedade, de denúncia do mal e das injustiças, da atenção perspicaz aos mais pobres da terra.

    Quanto aos erros de alguns, não estava Judas entre os 12 que Jesus escolheu para seus amigos? Não estava Pedro, seu melhor amigo mas que o negou numa hora difícil? Não estava Tomé que o acompanhava e não cria? Portanto... eram apenas 12, e escolhidos por Jesus. Hoje os seus apóstolos são milhões!...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é isso que importa ressalvar, entre os muitos da igreja deve haver boas pessoas que realmente estão lá pela caridade e pela bondade. Mas claro que sabemos que existe sempre o outro lado da moeda. E que também não pode ser descurado.

      Em todo lado há gente boa e gente má...
      Menos na politica, pq aí só há gente má, os bons são logo escorraçados...
      "O relatório do secretário de Estado da Energia que se demitiu e que foi chumbado pelo Governo, apesar de ter por base um estudo da Universidade de Cambridge encomendado pelo próprio Governo, dizia que era preciso cortar 165 milhões por ano no que a EDP cobra a mais aos consumidores na factura da luz."
      Não gostaram deste relatório e arranjaram um mais adaptado.
      Foi substituído por um relatório de Carlos Moedas para a troika, onde se dizia que bastava cortar uns miseráveis 4 milhões.
      Estranha-se ainda que António Mexia, que criticou o estudo dos ingleses, tenha tido acesso ao relatório poucas horas depois de ter sido entregue ao Governo, segundo Henrique Gomes.
      Mexia cumpriu bem o seu papel, ao não querer menos rendimentos para a empresa que gere.


      Acesse ao Artigo completo: http://apodrecetuga.blogspot.com/2012/05/o-governo-aliado-edp-no-saque-aos.html#ixzz21kfv4lQR

      Eliminar
    2. Assim vale a pena acompanhar esta discussão. Concordo inteiramente com a ZITA. Deve ser uma Mulher às direitas e bastante sensata. Parabéns Zita.

      Eliminar
  6. eu só sei que se foi na Buraca está justificado. Tive lá uma vez e como toda a gente sabe,"aquilo" é brutal, vale bem o dinheiro.
    E acho que por uma questão de principio quem deve avaliar o imovel deve ser sempre o proprietario, ainda mais quando é a igreja, que é uma instituição feita de pessoas que dão muito valor sentimental a tudo.Eu tenho uma panela de pressão para vender que me ajudou a fazer grandes jantaradas e gostava muito de conseguir vendê-la por um valor que me desse para comprar um automovel. Mas por muitos contribuintes que apanhe pela frente nenhum me dá o valor em que ela está avaliada.Acho que vou a belém fazer negócio, o pessoal ali é menos "agarrado" ao dinheiro e é mais sensivel aos problemas das pessoas.

    ResponderEliminar
  7. Para quem tem facilidade com a lingua inglesa aqui fica um stand up do george carlin sobre religião.

    http://www.youtube.com/watch?v=MeSSwKffj9o

    ResponderEliminar

  8. Como "dizia", recentemente, um cartaz numa manif em Espanha "não nos falta dinheiro, sobram-nos ladrões".

    ResponderEliminar
  9. Enquanto os fies e crentes continuarem a defenfer a igreja cegamente, quando o rasto do dinheiro roubado é sempre alojado naquela instituição, nunca mais Portugal vai sar da lama.

    "Nenhuma religião, entre as existentes é boa, porque todas de igual modo, são instrumentos de poder e levam os homens a lutas fraticidas e a guerras sangrentas"

    Padre, Giordano Bruno. (Nola, Reino de Nápoles, 1548 — Roma, Campo de Fiori, 17 de fevereiro de 1600)

    ResponderEliminar
  10. o que é triste é o povo não saber viver sen as religiões e custarlhe admitir que as religiões todas elas foram inventadas pelos homens com o proposito de dominar o outro abiblia k dizem ser livro sagrado quem escreveu os homens essa de bondade só pode ser para rir pois esse bando só dá o rabo a quem lhe dá o porco vejam o caso do recente reino de deus religião é doênça mental e potugal está doente á muitos anos

    ResponderEliminar