13 julho, 2015

Maçonaria portuguesa reforça o poder, recruta maçons em Portugal e África

corrupção maçonaria deputados maçonsMaçonaria lusa recruta altos dirigentes lusófonos
Em São Tomé e Príncipe, a Grande Loja Legal de Portugal (GLLP) conta com uma parte da elite governativa do país, como é o caso do Presidente da República, Manuel Pinto da Costa, e do primeiro-ministro Patrice Trovoada.
Outro exemplo, regista-se em Cabo Verde, onde foi criada uma nova loja – a Eugénio Tavares – e que tem como recrutados o ex-bastonário da Ordem dos Advogados, Arnaldo Pina Pereira Silva, o diretor da polícia, Júlio Melício, e ainda um dos membros da direção do Banco Cabo-verdiano de Negócios, Pedro Mendes de Barros.
Estas três personalidades fazem parte dos sete fundadores da loja – que inclui ainda Marcos Barbosa Rodrigues (CEO da Artecomum) e o ex-deputado Miguel Cruz Sousa –, que tem como líder o português Armindo Azevedo, administrador da Parques Tejo.

Uma seita faminta de dinheiro e poder tem que manter entre os seus fieis, pessoas com poder público e com acesso ao dinheiro público. Não importa de que país se é ou de que partido, o importante é ter poder e gostar de fazer favores e de receber favores, com dinheiro alheio. 



DOS 230 DEPUTADOS QUE NOS DEVERIAM REPRESENTAR, 206 DEPENDEM DE LIDERES PARLAMENTARES LIGADOS À MAÇONARIA. PORTANTO A MAÇONARIA ESTÁ BEM REPRESENTADA EM PORTUGAL E RECOMENDA-SE, QUEM QUISER SER REPRESENTADO NO PARLAMENTO TEM QUE PERTENCER À MAÇONARIA OU SER RICO, BANQUEIRO, OU DA FAMÍLIA E AMIGOS DOS POLÍTICOS.
Estes votam sempre. O povo nunca vota, está condenando a ser governado pelas escolhas dos que votam e escolhem... e eles escolhem bem, escolhem governos que defendem os ricos, os maçons, os boys e os amigos. E para as elites e minorias, é tão fácil eleger quem os representa, porque como o povo não vota, eles elegem quem querem com meia dúzia de votos. O povo não vota contra para lhe dificultar a vida. Depois queixa-se que não se sente representado... sente-se uma vitima, mas é uma vitima da sua própria ignorância.
No video, Mendes Bota deputado do PSD diz que a maçonaria, a opus dei, e outras seitas secretas, fazem convites em pleno Parlamento. Mendes Bota garante que não aceitou fazer parte das seitas, porque gosta de transparência. Estas revelações foram numa manhã em que surgiram mais notícias a dizer que os líderes parlamentares dos três maiores partidos fazem parte da maçonaria.
Não encontras emprego? não encontras tecto, não encontras amigos? Não consegues consulta em centros de saúde nem hospitais, não consegues nada? Vai ao parlamento que a maçonaria está a recrutar, e verás que jamais terás problemas em encontrar seja o que for.

AINDA SOBRE O TEMA...
  1. Sócrates «está no topo da pirâmide dos que dão cabo disto», A MAÇONARIA
  2. Maçonaria e BPN/SLN 
  3. Partidos servem lobies e sociedades secretas
  4. Maçonaria e banca
  5. Património da Maçonaria ultrapassa os 30 milhões.
  6. Maçons protegidos com dinheiro público?
  7. Lusófona e maçonaria.
  8. Lusófona e mais um caso
  9. Henrique Neto assume que sentiu o peso do poder da maçonaria na politica
  10. MAÇON DE LUXO
  11. Novo chefe da Maçonaria era presidente da SLN e agora da Galilei.
  12. 81 maçons "atacam" cargos autárquicos.
  13. Nova loja maçonica
  14. Emidio Rangel reformado de luxo maçonico
  15. O governo e a maçonaria 
  16. Relvas

4 comentários :

  1. Eles andam por aí !

    https://www.youtube.com/watch?v=O3OQweUnqm0

    ResponderEliminar
  2. EH EH

    https://www.facebook.com/300628049979748/photos/a.300635583312328.67599.300628049979748/983334218375791/?type=1&theater

    ResponderEliminar
  3. Passos também está metido nisto tudo ?

    https://www.youtube.com/watch?v=G99Xyj-EVvo

    ResponderEliminar
  4. Escândalos (fraudes, burlas, amiguismos) continuados em todos os sectores da vida pública, praticados com o maior descaramento que banalizam a corrupção a ponto da opinião pública já estar desarmada e nem reagir.
    Mas é preciso não desistirmos de lutar contra o despotismo que os Capitalistas implementaram em Portugal.

    ResponderEliminar