15 outubro, 2013

RSI - Agência mafiosa no rendimento mínimo e a injustiça da justiça



Quantos casos existirão assim em Portugal? 
NO RSI GANHA-SE MAIS, ACEITAM-SE CANDIDATOS
Desde 2009, casal recebia o RSI a dobrar e não só, bastou mudar o numero da porta?
Gente inteligente esta que protege os impostos dos portugueses.

Um casal romeno encontrou falhas no sistema do rendimento mínimo, aproveitou-se delas e viveu mais de dois anos à custa do Estado DUPLICANDO SUBSÍDIOS, e como rendia, ainda foram buscar mais Romenos à Roménia, para juntar à festa. Para ajudar tiveram O APOIO de duas funcionárias da Câmara de Gaia e um dos CTT, conseguiram angariar mais estrangeiros para a fraude.

O primeiro requerimento foi feito em nome do homem, que declarou a mulher e um filho. Mas, como o casal se apercebeu de falhas na forma como a delegação da Segurança Social em Gaia tratava dos casos, decidiu receber duas vezes o rendimento mínimo. Assim sendo, o segundo pedido foi feito pela mulher, que declarou o mesmo agregado familiar, morador na mesma rua, mas com um número diferente de porta. E, conta o JN, tudo correu bem, tendo o casal passado a receber subsídios a dobrar do Estado português, continuando sem trabalhar. FONTE


O casal romeno acusado de liderar esta rede de corrupção e burla ao Estado no rendimento mínimo está em prisão preventiva desde Março do ano passado. Além disso, uma técnica da Câmara de Gaia e o funcionário dos CTT de Gaia foram suspensos de funções.
Quando ele e a mulher passaram a receber duas vezes Rendimento Social de Inserção (RSI) ele chamou dois irmãos e outro homem para o esquema, com a colaboração de duas funcionários da câmara de Gaia, uma técnica superior (agora suspensa de funções) e uma assistente técnica (sujeito a termo de identidade e residência), que passavam certidões de residência  e um funcionário dos CTT, que entregava os pagamentos, a troco de "luvas".
Angariavam outros emigrantes e o líder do grupo chegou a deslocar-se à Roménia para trazer mais documentos. Pessoas que nunca tinham estado em Portugal chegaram a receber RSI. FONTE

MAS NÃO É APENAS O ESTADO QUE É VITIMA DA INCOMPETÊNCIA DE QUEM NOS GOVERNA... OS CIDADÃOS QUE GOSTAVAM DE PODER TRABALHAR HONESTAMENTE, TAMBÉM SÃO VITIMAS DA JUSTIÇA INCOMPETENTE.
BURLÕES E PARASITAS RECEBEM MAIS DE RSI DO QUE FUNCIONÁRIOS DA PSP, DE SALÁRIO, EM FUNÇÕES.
E APESAR DE TEREM CENTENAS DE PROCESSOS E QUEIXAS NA JUSTIÇA, CONSEGUEM MANTER-SE APOIADOS PELO DINHEIRO DOS PORTUGUESES E AINDA PROTEGIDOS PELA INCOMPETÊNCIA DA JUSTIÇA?
4 Romenos, beneficiam do RSI e burlam há 4 anos os portugueses.
Têm entre os 30 e os 40 anos e desde 2008 que terão feito centenas de burlas em todo o País. Os quatro cidadãos, dois homens e duas mulheres de nacionalidade romena, conseguem sempre escapar impunes e vivem à conta do Rendimento Social de Inserção (RSI).
Só um dos casais recebe mais de 700 euros, a que se juntam 140 euros pelo facto de terem uma filha de três anos. Ontem à tarde, o grupo tentou ludibriar o dono de uma frutaria na avenida do Conde, em São Mamede de Infesta, Matosinhos. Foram levados pela PSP e libertados. Horas depois, foram apanhados novamente na Senhora da Hora.
A PSP de São Mamede de Infesta levou de imediato os dois casais para a esquadra. Tinham mais de 800 euros e sacos com diferentes bens, cujo valor está avaliado em mais de mil euros. Quando questionados sobre a origem dos produtos, os burlões não hesitaram: apresentaram os papéis que comprovam que recebem o rendimento mínimo e disseram aos agentes que tinham comprado tudo à conta do dinheiro que recebem todos os meses do Estado.
Sem provas, a PSP teve de os libertar mas, horas depois, aqueles foram apanhados na Senhora da Hora, Matosinhos, onde já tinham tentado um novo golpe.
Ao que o CM apurou, os quatro burlões, que actualmente vivem em Santa Maria da Feira, têm já quase uma centena de processos em várias zonas como Tavira, Faro, Barcelos, Santarém, Braga, entre outros locais.

AGENTES DA PSP RECEBEM MENOS QUE BURLÕES
Os agentes da polícia não esconderam a revolta quando viram que o casal de burlões recebe, no total, do Estado, mais de 840 euros, uma vez que nas esquadras de todo o País existem elementos que ganham muito menos de salário mensal.
Ao que o CM apurou, a filha do casal, de três anos, já nasceu em Portugal, motivo que os leva a receber o dinheiro. Nunca tiveram qualquer ocupação profissional e passam os dias a viajar por várias localidades e a enganar lojistas." fonte

"Estado subsidia traficantes ricos.
Família julgada por tráfico de droga recebe rendimento mínimo
Três veículos de luxo, entre eles dois Mercedes – um SLK e uma carrinha Sprinter –, formavam o parque automóvel da família de feirantes, à porta da moradia no Vale da Amoreira, Moita. Eram a face mais visível do luxo em que viviam pai, mãe e filho, 40, 39 e 21 anos, todos com direito a rendimento mínimo, 740 €/mês que o Estado lhes continua a atribuir apesar de estarem a ser julgados por tráfico de droga.
Célia Isabel Santos não teve problemas em assumir ao colectivo de juízes que a sua família, supostamente carenciada, ainda hoje recebe os 740 euros mensais do Estado." FONTE

"Recebia rendimento mínimo e andava em carro de luxo, DE 70 MIL EUROS?
Homem foi acusado de 20 crimes, 15 dos quais burlas a idosos e pessoas com debilidade." FONTE

"Fraude no rendimento mínimo ascende a €16,7 milhões
As fraudes no Rendimento Social de Inserção ascenderam a €16,7 milhões no último ano e meio, informa o Ministério do Trabalho." FONTE


PARA PAGAR INCOMPETÊNCIAS E ROUBOS, OS IMPOSTOS CONTINUAM A SUBIR, DISCRETAMENTE... PERSEGUINDO OS DE SEMPRE, OS QUE NÃO CONSEGUEM FUGIR, NEM DO PAÍS NEM DOS IMPOSTOS. OS TRABALHADORES HONESTOS.
Governo agrava IUC para ligeiros a gasóleo
Imposto Único de Circulação será agravado com taxas adicionais que vão desde 1,39 euros nos veículos mais antigos e de cilindrada mais baixa aos 68,85 euros para os veículos mais recentes e com cilindrada mais elevada. FONTE







3 comentários :

  1. As Sanguessugas da Nação15 outubro, 2013 15:55

    Muitos auferem salários pornográficos e mesmo assim não abdicam dela. Sempre vai dando para uns bons almoços, whisky e charutos, não é? Neste momento são 400 os “reformados” (sem vergonha na cara) da política que recebem subvenção vitalícia e nos custam 10 milhões de € por ano, entre os quais: Bagão Félix 1000 €; Dias Loureiro 1700 €; António Vitorino 2000 €; Armando Vara 2000 €; Marques Mendes 2100 €; Rui Gomes da Silva 2100 €; Ângelo Correia 2200 €; Duarte Lima 2200 €; Ferreira do Amaral 3000 €; Zita Seabra 3000 €; Álvaro Barreto 3400 €; Carlos Melancia 9450 €; Eduardo Catroga 9690 €; Miguel Relvas 2800 €; Também recebem Almeida Santos, Manuela Ferreira Leite, Carlos Carvalhas, Odete Santos, Narana Coissoró, Anacoreta Correia

    ResponderEliminar
  2. Esperemos que os funcionarios sejam mais duramente castigados e prisão maior que os romenos. Sabem bem que custa a todos o dinheiro para assistencia e são criminosos sem escrupulos.

    ResponderEliminar
  3. Tudo isto já não me admira.Sempre fomos um País de saqueadores, vejamos a nossa historia de 900 anos.Colonizados por xicos espertos que gravitam em
    torno dos mais variados lobby's económicos,controlam politicamente este povo
    que é manso e sem auto-estima É pena, porque este canto até é geograficamente
    e de clima agradáveis. É uma decepção de 34 anos, em que na altura eu tinha a
    esperança de ver este País dignamente ao lado de outras nações, embora pequeno
    mas tesudo.

    ResponderEliminar