15 fevereiro, 2012

Banco de Portugal, eles querem, eles sonham e a obra nasce...

Resumo do artigo que ocupava as
pg 44 à 47 da revista do Expresso, 
clique na imagem para ampliar. 

Entre privilégios e esbanjamentos, o Banco de Portugal ergue-se omnipotente, qual ilha paradisíaca exclusiva, para os afortunados que têm a sorte de arranjar, por ali, um "tacho" dourado.
É um nicho isolado que contrasta com a paisagem do país onde se insere, país em crise profunda, com empresas carentes e decadentes, vitimas da austeridade. Portugueses empobrecidos vitimas do desemprego, dos cortes nos direitos, dos cortes nos benefícios e aumento dos impostos, taxas e preços.
Mas o governo achou que o BdP merecia mais benefícios, e pouco antes de sair a lei que obrigava os portugueses a perder os subsídios, o governo providenciou para que o Banco de Portugal ficasse de fora.
Por entre os muitos privilégios, abaixo listados, do BdP, encontra-se mais este recém adquirido, é o nrº 19 na lista.

Os privilégios e despesismo do BdP, prolongam-se numa lista longa, ridiculamente ofensiva. 
1 - Usufruem de uma Quinta da Fonte Santa, em Caneças, para festas de aniversário dos funcionários ou filhos e para convívios com amigos, serve ainda para aprenderem equitação etc. Tem piscinas e áreas de desporto, tem um picadeiro para utilização dos seus colaboradores e familiares. No site oficial da instituição, apenas são referidas as instalações de Lisboa (edifícios Portugal e Adamastor), o complexo do Carregado, a filial do Porto e ainda alguns delegações regionais de agências. A quinta não consta. 
Mas é propriedade do Banco e usam-na para privilégios típicos do imperialismo, nada comuns em empresas que não usem dinheiro do estado. - Desculpa esfarrapada; Quinta foi dada ao banco para pagar uma divida. ( E o banco decide oferece-la para luxo dos empregados?) fonte

2 - Usufruem de uma piscina no interior do Complexo do Carregado, onde é produzido o dinheiro. Piscina para uso dos funcionários.  são reservatórios de água para o caso de haver incêndios, e dado que há vários reservatórios, um pode ser usado como piscina.  fonte

3 - Dão-se ao luxo de produzir filmes para suporte de reuniões e formação no valor de 166,5 mil euros! fonte imagem 

4 - Gastam mais de cinco mil euros para pagar carrinho de golfe.Para ajudar "pessoas com dificuldades de locomoção"  Este foi desmentido. 

5 - Gastam exorbitâncias em Telecomunicações. Em Janeiro de 2010, o BdP celebrou contrato de prestação de serviços de telecomunicações móveis, pelo período de 2 anos, no valor de 765 mil euros.  Ora, sendo este montante relativo a 730 dias, conclui-se, sem mais, que o BdP gastou, em média, nos anos de 2010 e 2011, mais de mil euros por dia . fonte

6 - O Banco de Portugal pagou 10 mil euros por uma obra de Fernanda Fragateiro. Numa altura em que o país está sob ajuda externa, o Banco decidiu dar um contributo às artes. fonte ,  Dinheiro vivo

7 - Alugam espaços para festas, quando têm vários espaços do próprio banco? Quase 100 mil euros para o Hotel da Praia para realizar um evento junto ao mar. Apesar de ter uma sede gigante na avenida Almirante Reis (Lisboa), ter a quinta de Caneças, etc  parece não ter espaço suficiente para realizar eventos. fonte

8 - Gastaram 7 mil euros para as agendas do Banco? Confirme aqui, no site do Governo, quanto custaram as agendas do Banco de Portugal para o ano de 2012. Mas em 2011, gastaram mais ainda, foram 15 mil euros de agendas. fontefonte 

9 - Banco de Portugal decidiu gastar 35 mil euros a explicar, num filme, "A Vida da Nota". Quem pode, pode.  fonte

10 - Banco de Portugal realizou um contrato de 48 mil euros para o aluguer de autocarros, com motorista, durante um ano. fonte
O Banco de Portugal (BdP) todos os meses precisa de autocarros de turismo com condutor. Em Novembro foram dois contratos: 1.320,00 € + 240,00 €. Em Dezembro houve menos passeio e "só" gastou 725,00 €. fonte

11 - A 19 de Outubro, o Banco de Portugal adjudicou uma auditoria no valor de 533 mil euros. Menos de 4 semanas depois, era a vez de pagar outra auditoria no valor de 2,2 milhões de euros.
O Jornal Sol explica ajuste de 2,2 milhões no Banco de Portugal
Em causa estavam os testes de stress aos 8 maiores bancos nacionais. Serão os próprios bancos a pagar a conta. O contrato foi assinado pelo Banco de Portugal pela “urgência imperiosa”. (Mas aparece no site do Governo como sempre) fonte ,  imagem , mais auditorias?  SOL

12 - Numa assinatura de um jornal estrangeiro, gastam mais uma boa fatia de euros. Parece que no Banco de Portugal todos os colaboradores são obrigados a ler o Financial Times de uma ponta à outra. Só assim se pode justificar os 15 mil euros gastos na assinatura anual do jornal. FONTE

13 - Recorde-se que alguns dos subsídios financiam a compra de livros e computadores, no valor de 1000 euros/ano por funcionário. Prevê-se a extinção desta regalia em 2012. resumo do artigo na revista do Expresso, (consultar pg 16, ponto 8.1).

14 - O BdP inclui ainda um beneficio original, apoios financeiros para compra de colchões ortopédicos. CM

15 - Apoios financeiros para ginástica correctiva! Também muito comum nas empresas. Imagem em cima (pg 16, ponto 8.1).

16 - Empréstimo até 180 mil euros, com juros bonificados para 1ª e Segunda habitação!? resumo do artigo na revista do Expresso, (consultar pg 16, ponto 8.1).

17 - Apoio infantil tem um subsidio para as crianças em idade escolar.  (consultar pg 16, ponto 8.1).

18 - Oferece mais - 25 dias de férias a que podem somar mais 5 em função da antiguidade. resumo do artigo na revista do Expresso, (consultar pg 16, ponto 8.1).

19 - Esta é explosiva...  Foram pagos subsídios de férias e de Natal a todos os funcionários. Na resposta, o banco explica que as "medidas de contenção salarial consignadas na Lei do Orçamento de Estado para 2011 e para 2012 não entraram em vigor no Banco de Portugal porque este se rege pelo Código do Trabalho e pelas convenções colectivas em vigor."
O banco recorda que o parecer emitido pelo BCE em Novembro, a pedido da Assembleia da República, refere que o Estado se deve abster de impor restrições de natureza salarial (a lei saiu na véspera dos cortes) ou outra que retirem ao banco central o seu poder de organização interna ou que afectem a sua capacidade de recrutamento ou de retenção de pessoas com as qualificações profissionais para desempenharem as missões que lhe competem, no âmbito do Sistema Europeu dos Bancos Centrais.
No comunicado o banco diz-se ainda preparado para decidir sobre a suspensão do pagamento dos subsídios de férias e de Natal aos seus trabalhadores, desde que “os órgãos de soberania competentes adoptem disposições legislativas que o autorizem a fazê-lo, e após a indispensável consulta ao Banco Central Europeu” fonte
ACTUALIZAÇÃO 5/2/14 - Banco de Portugal devolve pensões com juros de 4%. Cavaco Silva, Ferreira Leite e Octávio Teixeira entre os beneficiados por decisão judicial.
O Banco de Portugal vai devolver os subsídios de férias e de Natal relativos a 2012 a todos os reformados da instituição, incluindo às várias dezenas de ex-governantes e economistas. FONTE

Justiça? Equidade? Esta o tribunal não chumba? Não há mesmo vergonha, de mostrar que eles trabalham para eles e contra nós... e nós insistimos em não ver?
Perguntas que surgem: recebem os subsídios de férias porque o governo assim o providenciou?
A lei que reforçou a protecção do BdP contra os cortes salariais aplicados à Administração Pública, foi estrategicamente aprovada em finais de 2011 pelo Ministério das Finanças? E encomendada ao BCE? São todos amigos?

20 - O Banco de Portugal contratou, por ajuste directo sem consulta a outras entidades, dois escritórios de advogados para processos judiciais, no valor de 1,3 milhões de euros (650 mil euros cada um). A sociedade de advogados Sérvulo & Associados e a sociedade Vieira de Almeida & Associados. Foi ainda realizado um contrato de 193 mil euros com o escritório Simões Correia Associados. fonte

21 -  Já em 2003 os luxos eram ofensivos, segundo este artigo no CM. 
"O tempo é de crise, mas “o apertar do cinto” passa ao lado do Banco de Portugal. A autoridade de supervisão, que tem apelado à moderação salarial na Função Pública, renovou este ano parte da sua frota automóvel composta por 66 veículos.
O governador, Vítor Constâncio, teve direito a um BMW de 67400 euros. Para dois administradores foram um Saab no valor de 37 mil euros e um Volvo de 36730 euros.
Até o motorista do governador teve direito a um carro pessoal. Um Peugeot 206 com um valor de 11000 euros. A frota de automóveis do banco central costuma ser renovada de três em três anos. Em 2003, a crise fez com que fossem apenas adquiridos sete novos carros, bem menos do que aconteceu em 2002, ano em que o banco comprou 20 novos veículos.
Dos 66 automóveis que compõem a frota do Banco de Portugal, uma dezena pertence ao chamado “serviço geral” e os restantes 56 estão entregues individualmente.
Daquele parque automóvel fazem parte, entre outros; 17 BMW, 12 Mercedes, 7 Audi, 7 Volkswagen, 5 Volvo e 2 Saab." fonte

22 - SALÁRIOS E REFORMAS DOURADAS NO BANCO DE PORTUGAL/2008
O Conselho de Administração do Banco de Portugal, composto por seis membros, que auferem salários anuais de 1,596 milhões de euros anuais (uma média de 266 mil euros por ano para cada).
A este valor médio de 266.000,00 euros por ano, acresce: cartão de crédito para despesas de representação, telemóveis, viagens, carro topo de gama com motorista e segurança privada a tempo integral, etc, etc..
A estas benesses, acresce também o facto destes senhores, no fim do mandato no Banco de Portugal, terem "direito" a uma pensão de reforma integral ( mesmo que só tenham passado 4 ou 5 anos no cargo ). Uma reforma dourada que não é acessível a mais nenhum reles mortal CONTRIBUINTE PORTUGUÊS.
Vítor Constâncio
Rendimentos em 2006 – 282.191,00 euros
José Agostinho Martins de Matos
Rendimentos em 2005 – 244.536,00 euros
Pedro Duarte Neves
Rendimentos em 2006 – 254.586,00 euros
José Silveira Godinho
Rendimentos em 2005 – 364.184,00 euros ( Salário Administrador Banco de Portugal + pensão Banco de Portugal de 139.550,00 euros).
Manuel Sousa Sebastião
Rendimentos em 2006 – 226.081,00 euros
Vítor Manuel Pessoa
Rendimentos em 2006 – 225.240,00 euros (  Salário Administrador Banco de Portugal + pensão de 30.101,00 euros )
Em comparação com outros países, temos que nos EUA, o Presidente da Federal Reserve Board - Ben Shalom Bernanke, que tem formação acadêmica na Universidade de Havard, Massachussets Institute de Stanford, New York University, Princeton Universit, entre outras mais, ganha miseravelmente uns126.938 euros anuais. País pobre ! Caramba. fonte
23 - Analisando as despesas mais recentes do Banco de Portugal, constata-se que a instituição está mais próxima de uma agência de turismo e lazer do que de uma entidade de supervisão financeira. Aqui ficam alguns exemplos:
- 12 mil euros para ficar nos hotéis Tivoli;
- 25 mil euros para viagens;
- Mais de 44 mil euros para outros serviços de viagens (Fundo Social Empregados do Banco de Portugal);
- E mil euros para aluguer de autocarros de turismo (700 euros + 300 euros)." Fonte

2013 -  Veja só os carros que acabaram de ser comprados:
  1. Mercedes E 250 BlueEFFICIENCY Classic (38.406,48 euros);
  2. BMW 520 d Berlina (38.763,93 euros);
  3. Mercedez Benz E 220 CDI BlueEFFICIENCY (40.119,03 euros);
  4. BMW 520 d Berlina (32.256,10 euros);
  5. Mercedes 320 d Touring (40.851,22 euros);
  6. BMW 320d EfficientDynamics Touring (32.382,11 euros);
  7. Lexus IS300h (40.218,86 euros);
  8. BMW 320d Touring (38.382,12 euros). (FONTE)
Questões finais que intrigarão muitos portugueses!
# Se não é empresa Pública quando toca a ter obrigações de cortar os subsídios, porque já o é quando toca a usar o dinheiro do estado, já que as suas despesas aparecem no site do Governo, sustentado pelos nossos impostos? 
# Se não é sustentada com dinheiros públicos, estranha-se tanto luxo. Nenhuma empresa, para além das sustentadas pelo estado, tem por hábito distribuir luxos e esbanjar desta forma insustentável. Creio que ninguém conhece uma empresa em Portugal que tenha condições para privilegiar, desta forma, os funcionários, sem ser ruinoso ou sustentado por dinheiros públicos.  
Se o governo já previa que ia haver cortes nos subsídios e mudou a lei que protegeu o BdP dessa medida, pouco antes de a implementar, não será isso ilegal? 

É, indubitavelmente, um albergue criado e aperfeiçoado para servir de "incubadora ou reserva" (citando o expresso) de economistas que intercalam poleiros entre empresas públicas e a politica. Os nomes que já passaram pelo BdP e pela politica, intercalando num e noutro, é uma lista infindável segundo a revista do Expresso.
É o local ideal para colocar a elite de amigos, os militantes, os protegidos e oferecer tachos. Tem todas as condições garantidas para fazer qualquer funcionário feliz.
(Fica finalmente claro o porquê de a Remax ganhar quase sempre o prémio do melhor empresa para se trabalhar em Portugal... O Banco de Portugal, não concorre, porque até parece mal.)

Se o BdP não cumprir o seu dever, quais as sanções que lhe são aplicadas? (ao povo já sabemos as sanções que se aplicam quando o BdP não fiscaliza como deve ser - o povo paga)
"Compete especialmente ao Banco de Portugal "velar pela estabilidade do sistema financeiro nacional,(...) Assim, o Banco exerce a supervisão prudencial das instituições de crédito, das sociedades financeiras e das instituições de pagamento.
O Banco de Portugal exerce também a supervisão da actuação das instituições na relação com os seus clientes – supervisão comportamental. Neste âmbito, o Banco de Portugal intervém no domínio da oferta de produtos e serviços financeiros – para que as instituições actuem com diligência, neutralidade, lealdade, discrição e respeito no relacionamento com os clientes – e também ao nível da procura de produtos e serviços – estimulando e difundindo informação junto dos clientes bancários, promovendo uma avaliação cuidada dos compromissos que estes assumem e dos riscos que tomam.
O Banco de Portugal produz estudos e análises da economia portuguesa, da economia da área do euro e do seu enquadramento internacional e dos mercados e sistemas financeiros.
Fonte

Paulo Morais afirma... 
"O Banco de Portugal é outra central de corrupção. Pois no seu conselho executivo tem pessoas da banca privada!!
Nos países decentes são os bancos centrais que supervisionam a banca privada, em Portugal é o oposto. Pois a banca privada está dentro do próprio BdP a decidir sobre os interesses dos bancos privados. Como é o caso de Almerindo Marques, ligado ao BES e faz parte do conselho consultivo do BdP.
Ou ainda o caso de António de Sousa era a figura máxima na representação da banca privada e tinha também poder no BdP." O video e o resumo.
Chegada a hora de avaliar o seu desempenho, ao fiscalizar a banca, não passou despercebida a inércia que exibiu perante o regabofe que se desenvolvia no BPN. Ou ainda no caso do BPP.
# Não soube, ainda, prever ou evitar que os "portugueses tenham vivido acima das suas possibilidades", como tem sido impingido, sucessivas vezes, pelos políticos, acusando os portugueses de usar e abusar dos empréstimos bancários... Como se fossem os portugueses a ter que perceber o impacto desse comportamento na economia e finanças do país... e não o Banco de Portugal  ou o Governo a regular os agiotas da banca. Como se fossem os portugueses a ter que colocar um travão nisso, e não o BdP...
 # Permitem o empréstimo de dinheiro com base em usura e vícios gananciosos e insustentáveis... fingindo não saber que esta situação enriquece a banca e empobrece os países, como está, aliás, já a acontecer...

CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR
(Nota: Foram consultados para este artigo o site do BdP, o site do governo, o  site do sindicato dos bancários, o "Má Despesa Pública" e o Artigo da Revista do Expresso " O fim do último oásis?" , apenas encontrei o resumo do artigo do Expresso(consultar ponto 8.1).
Podem ainda encontrar mais despesas, sem fim, ao procurar nestas 2 listas, que me enviaram, do site do governo, com os ajustes directos do BdP. Já que não é possível colocar os links, para cada uma. 

O economista e a jurista, autores do Má Despesa.
"De Bárbara Rosa e de Rui Oliveira Marques, Má Despesa Pública, primeiro um blogue e agora um livro, lista uma série de casos onde o dinheiro público ou foi mal gasto ou levanta algumas dúvidas sobre a sua utilidade. "O livro tem mais de 200 casos e até agora não tivemos nenhuma reclamação", diz Rui Oliveira Marques ao Dinheiro Vivo. "Por uma razão simples: toda a informação está contida no portal Base - Portal Oficial dos Contratos Públicos e no Diário da República. Logo é informação pública e incontestável", sintetiza o co-autor."  Dinheiro Vivo
















88 comentários :

  1. Era bom que se torna-se publico e fosse noticia (isto daria uma grande reportagem) em todos os noticiarios da nossa televisão, as regalias que têm os funcionarios do BdP, os funcionarios da TAP, os funcionarios das empresas dos transportes publicos (metro, carris, CP etc...) esses que andam sempre em greve e a pedir cada vez mais... Numa altura em que a maioria dos funcionarios publicos recebem cada vez menos... Não sou funcionario publico, mas se é para cortar acabem tambem com estes que andam a abusar a muito... daquilo que nos pagamos dia a dia como nosso trabalho.... f*p!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aquilo que deve ou não ser noticia e divulgado, não cabe ao cidadão decidir, eles divulgam uma noticia destas e tentam não lhe dar importância e ver se passa despercebida.
      Se muita gente soubesse destas coisas haveria muita contestação e o governo já tem que chegue.
      É sem dúvida um abuso haver pessoas com estes benefícios e privilégios quando tudo à volta se desmorona e transforma num país diferente... mais pobre, mais miserável, mais carente .. e eles permanecem no seu oásis intocável e isento de sacrifícios.

      Eliminar
    2. Ermelinda Vizinho11 julho, 2013 11:38

      Zita, Subscrevo na íntegra suas palavras. É um absurdo, um abuso. Tudo se está a desmoronar em Portugal.Estamos nesta situação danosa devido à incompetência de políticos oportunistas de carácter reduzido a pó,traidores perversos cujo crime não é penalizado, a mentira é o seu escudo e a mesquinhes a sua virtude.É mentira????????????????????????

      Eliminar
    3. TEMOS OS POLITICOS QUE MERECEMOS SOMOS NÓS QUE OS MOLDAMOS
      UM POVO QUE NÃO VOTA NEM SABE USAR O VOTO JAMAIS SERÁ REPRESENTADO, TEMIDO OU SEQUER RESPEITADO E JAMAIS SABOREARÁ AS VANTAGENS DA DEMOCRACIA...
      Em Portugal vence sempre a abstenção e a ignorância e os corruptos.
      O povo não sabe que o voto não serve apenas para votar a favor dos que mais se apoiam, serve também para votar contra os que mais roubam e mentem.
      O critério decisivo da democracia é a possibilidade de votar contra os partidos que há 40 anos destroem o país
      Karl Popper, sobre democracia, responsabilidade e liberdade.
      (…)
      Inicialmente, em Atenas, a democracia foi uma tentativa de não deixar chegar ao poder déspotas, ditadores, tiranos. Esse aspecto é essencial. Não se tratava, pois, de poder popular, mas de controlo popular. O critério decisivo da democracia é – e já era assim em Atenas – a possibilidade de votar contra pessoas, e não a possibilidade de votar a favor de pessoas.
      Foi o que se fez em Atenas com o ostracismo. (…)
      Desde o início que o problema da democracia foi o de encontrar uma via que não permitisse a
      ninguém tornar-se demasiado poderoso. E esse continua a ser o problema da democracia. (…)

      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2015/09/o-criterio-decisivo-da-democracia-e.html#ixzz3qcV7Aoi8

      Eliminar
    4. A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
      Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
      Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão ou porem o Marinho Pinto como cabeça de lista, por exemplo. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam.
      A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote. Também é por vossa culpa que os extremistas estão a ganhar terreno, e pela mesma razão. É fácil pôr os fanáticos a votar. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas dos partidos, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem de acordo com o que acham ser a melhor solução, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.


      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#ixzz4b1OdNPET

      Eliminar
  2. É uma pena ler as palavras que se escrevem neste blogue sobre o BdP e seus trabalhadores. Denotam a má índole de quem escreve a inveja por direitos alcançados ao longo de anos e a falta de respeito e de verdade sobre quem durante muitos anos trabalhou e trabalha na Instituição. Escusa de dizer que é necessário dizer a verdade. Quem escreve é deturpador da mesma e mesquinho de ideias e opiniões e mentiroso.
    Informe-se bem, não reduza as pessoas á sua estupidez e falta de carácter. Sou reformado e empregado bancário do BdP onde trabalhei 45 anos e você su/- patet/- quantos anos tem de trabalho HONESTO! e se tem este pseudo blogue onde arranja dinheiro para o manter?
    Olhe bem para si e depois pense se deve atirar pedras a outros... que nem conhece. Passe bem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo,
      PONTO 1 - acusa-me de má índole quando é o Sr que a ostenta, usando insultos pessoais contra a minha pessoa.
      PONTO 2 - Acusa-me de falta de verdade quando está bem explicito que este artigo tem por base várias fontes sob as quais a minha inveja não detém qualquer poder. São fidedignas; o jornal Expresso, o jornal Iolonline, Correio da Manhã, o site do Governo das despesas, o site do BdP.
      PONTO 3 -Eu apenas faço compilação de noticias. Por isso dificilmente será inveja minha, a origem que move todas estas fontes.
      PONTO 4 - Baseia-se na sua falta de verdade e informação para me acusar de nada! Os blogs são grátis, e sim também trabalhei, mas como não era no banco de Portugal, não tinha os tais direitos adquiridos.
      QUANTO ÁS PEDRAS foi o sr que as atirou todas, sem me conhecer.
      Finalmente em relação aos direitos adquiridos... todos os cidadãos acreditavam que isso era realmente verdade mas desde que foram retirados a muitos portugueses muitos direitos adquiridos, e mantidos em determinados oásis, tais como BdP, Justiça, etc... ficamos a saber que os direitos apenas são adquiridos, por alguns.
      E é disso que aqui se trata.
      Lembro-lhe que este local pode servir o propósito do debate, sobre ideias e posturas. Mas parece-me de péssima índole que tentem usa-lo para ataques e insultos pessoais.
      Passe bem...

      Eliminar
    2. Parte é verdade, parte é mentira, outra parte não é verdade nem mentira. Que raio de País é este? Temos que ser solidários com a miséria? E por que não com os doentes com cancro? Devemos ter todos cancro para demonstrar que estamos "solidários"? O País precisa mesmo da "miséria" a que o estamos a reduzir?
      o BdP não utiliza dinheiro do Estado Português para custear as suas despesas. Por favor, leiam a sua lei orgânica em www.bportugal.pt;
      Isto é então uma desculpa? Não. É uma afirmação séria.
      Temos Cavalos? Burros temos muitos, penso que como em qualquer outra empresa ... mas o Burro é protegido por lei em Portugal.
      Temos uma Quinta? Temos. Mas não colhemos e distribuimos gratuitamente comida aos empregados do BdP, embora eles estejam autorizados a comer toda a erva que conseguirem comer.
      Temos carrinhos de "golfe"? Temos. Servem para ... peçam para visitar a Quinta e depois percebem. Temos muitos buracos, mas nenhum é de golfe. Então para que serão os carrinhos?
      Temos € ????,?? por ano, de graça, para esbanjar em ... quem é o sacana que está a ficar com a minha parte? Se o apanho ...
      Não se deixem enganar. A verdadeira discussão não é sobre o Bdp, a CGD, os CTT, os ... A verdadeira discussão é: O que estão a fazer a este nosso País? Até aonde é que querem ir? O que será do futuro dos meus filhos? Os homens do dinheiro estão à rasca? Onde???
      Desculpem lá, EU também sou empregado do BdP. Muito do que se disse é verdade ... falhámos na nossa principal missão. Alguém levou nas orelhas? Só se foi um continuo ... mais ninguém.
      Tudo o resto que se discute é palha.

      PS: Por favor "telecomunicações" não respeita a "telemóveis". São "telemóveis", linhas de dados, linhas de videovigilância, comunicação entre edíficios, etc, etc. Não acreditem em mim ... INFORMEM-SE.
      Já agora: o valor gasto com as agendas é asqueroso, tanto mais que voçês não davam 1 cêntimo por elas. Enfim ...

      Eliminar
    3. Concordo consigo o que importa e se sobrepõe, é lutar contra o que se está a fazer a este país. E este blog tem como mote isso mesmo. Quando fiz esta pesquisa sobre o BdP COMO PODEM VER PELAS FONTES, não fui movida pela inveja ou por outra questão qualquer como pretendem afirmar.
      Este blog tenta mostrar aos portugueses que a politica e os políticos de Portugal são injustos, incompetentes, traidores, criminosos, mentirosos, mesquinhos, oportunistas, tendenciosos, etc etc etc etc etc etc etc etc

      Os casos que descrevo inserem-se nesta luta, tento mostrar onde e como os políticos mostram que são aquilo que pretendo provar.

      QUERO LÁ SABER SE O BDP DÁ IATES AOS AMIGOS OU EMPREGOS VIRTUAIS AOS FILHOS, EU QUERO É QUE TODOS SAIBAM QUE TEMOS UM REGIME PODRE COMANDADO POR POLÍTICOS PODRES. onde tudo é permitido aos amigos e politicos e nada é deixado aos simples cidadãos.

      Só pessoas perversas é que podem achar que qd descrevo injustiças da TAP ou do BdP estou a faze-lo por inveja ou maledicência. Quem conhece a linha ideológica do BLOG sabe que o que me move é apenas a desmistificação da divindade politica... fazer cair por terra a ideia que mts portugueses tem de que os políticos, só pq aparecem na TV e vestem fato e gravata, automaticamente, devem ser sempre respeitados e honestos... brilhantes e poderosos.

      PARA FINALIZAR DEIXO A QUESTÃO A QUEM SABE... SE INSISTEM EM QUE O BDP NÃO RECEBE DINHEIRO DO ESTADO ENTÃO PORQUE É QUE AS DESPESAS APARECEM NO SITE DO GOVERNO???? Já tinha perguntado pq julgo importante para todos os portugueses perceber isto, mas ainda não houve resposta.

      MAIS UMA VEZ RELEMBRO OS DADOS ACIMA REFERIDOS têm por base várias fontes sob as quais a minha inveja não detém qualquer poder. São fidedignas; o jornal Expresso, o jornal Iolonline, Correio da Manhã, o site do Governo das despesas, o site do BdP.

      Eliminar
    4. A limpeza que este país necessita tem de ser tão dura e implacável que tão depressa não cresça uma geração que volte a fazer o mesmo. Por mim o bdp bem como um vasto conjunto de instituições deste país precisa de ser "purificado".

      Eliminar
    5. O voto branco e nulo, tem poder?
      As mentiras são muitas, são estratégias sujas para manter as vitimas longe do tribunal onde os seus carrascos estão a ser julgados, e poderiam ser condenados: as urnas.
      "É de respeitar a posição de quem prefere não optar, mas o voto branco não funciona para quem quer tomar posição na luta social e política.
      Uma impressionante cadeia de emails anónimos tem divulgado uma mentira.
      Um apelo ao voto branco "contra estes políticos" garantia que, "se a maioria da votação for de votos em branco, são obrigados a anular as eleições e fazer novas, mas com outras pessoas diferentes nas listas".

      Tanto circulou a mentira, que a Comissão Nacional de Eleições teve de lançar um esclarecimento sobre a lei: "Os votos em branco e os votos nulos não têm influência no apuramento dos resultados - será sempre eleito, à primeira ou segunda volta, o candidato que tiver mais de metade dos votos expressos, qualquer que seja o número de votos brancos ou nulos." A abstenção nem é digna de referencia pois todos sabem que a esta tem diversas causas, e portanto não pode ser uniformizada. Não se pode apurar que o abstencionista quer isto ou aquilo, porque na realidade o abstencionista apenas não quis ou não pode votar, porquê? Apenas se pode especular.

      Os votos brancos e nulos já atingiram percentagens importantes. Somados, em eleições presidenciais anteriores, chegaram a 2% a 3%, ultrapassando mesmo alguns candidatos. Cabe perguntar: quem o recorda? Quem se incomodou? Quem vibrou e quem tremeu? Os votos brancos e nulos são uma má opção de protesto, desde logo porque podem não ser protesto nenhum. São apenas uma expressão vazia, onde cabe o apelo autoritário, a hesitação radical (que não se decide a tempo), a desilusão do momento. É de respeitar quem prefere não optar, mas o voto branco não funciona para quem quer tomar posição na luta social e política. Jorge Costa, Jornalista

      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2012/11/o-poder-do-voto-voto-em-branco-e-nulo.html#ixzz4YE29VO6z

      Eliminar
    6. A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
      Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
      Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão ou porem o Marinho Pinto como cabeça de lista, por exemplo. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam.
      A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote. Também é por vossa culpa que os extremistas estão a ganhar terreno, e pela mesma razão. É fácil pôr os fanáticos a votar. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas dos partidos, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem de acordo com o que acham ser a melhor solução, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.


      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#ixzz4b1OdNPET

      Eliminar
  3. Tenho muito respeito por quem trabalha, no Banco de Portugal, como em qualquer outra instituição pública. Mas não desconheço, que houve membros de governos que antes e depois, passaram pelos quadros do BP, quase virtualmente. Alguns, duvido que tenham alguma vez tido tempo de saber onde era o WC e hoje recebem chorudas reformas pagas pelo erário público. São os tais que pregam a moralidade e as boas práticas salariais e consumistas. Aliás, relativamente ao corte dos subsídios, não se esperaria que este governo não poupasse a sua gente, e no caso do ministro das finanças, não poupasse a sua economia doméstica, porque a sua mulher também faz parte dos privilegiados quadros do BP.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelo seu contributo, faltou-me esse detalhe no texto, é hábito os políticos e amigos oferecerem tachos com o único intuito de oferecer salários sem ser sequer preciso aparecer no local de trabalho. Mas não encontrei nenhum artigo sobre o caso do BdP, nesse sentido. Mas fica a sua informação que reforço com este exemplo...

      "O presidente da CML, Carmona Rodrigues (já envolvido noutros casos de abuso de poder e dinheiro), sabia que ia continuar a ter Margarida Loureiro como sua assessora jurídica mas, mesmo assim, mandou a EPUL contratá-la como assessora da administração, equiparada a directora, com inerentes regalias, e com um vencimento bruto de 2.891 euros mensais. Esta advogada também sabia que apesar de entrar nos quadros da EPUL não teria de trabalhar um dia sequer na empresa municipal. Prova é que no mesmo dia da sua contratação, foi requisitada em tempo recorde pelo presidente da autarquia, para voltar no mesmo dia para a CML de onde nunca havia saído, e continuar como a sua assessora, função que continua a desempenhar até hoje.
      A contratação da advogada pela EPUL, foi a solução encontrada por Carmona Rodrigues para assegurar um emprego 'vitalício' para a sua assessora jurídica.
      Margarida Loureiro a única vez em que esteve nas instalações dessa empresa foi para assinar o seu contrato na direcção de Recursos Humanos."

      Acesse ao Artigo completo: http://apodrecetuga.blogspot.com/2011/10/12-milhoesano-em-cargos-da-era.html#ixzz22I1xTkhV

      Eliminar
    2. Você,Zita não tem mesmo vergonha na cara...

      Eliminar
    3. O sr deve etstar confuso, não sou eu que não tenho vergonha...
      Além do mais não sei quantas vezes tenho que repetir, este artigo é uma compilação de artigos de vários orgãos de comunicação , não entendo porque não vão dizer aos jornais que cito que não tem vergonha na cara...

      Eliminar
    4. Siga as fontes dos artigos, para saber quem e porque e onde estão os artigos originais... deixo-lhe aqui um exemplo.

      http://www.mvice.net/ficheiros/BancodePortugaleCasadaMoeda.pdf

      Não cabe ao senhor decidir quem devia ter vergonha na cara, pois ou os jornais e o site do governo são mentirosos ou alguém que não eu , deveria ter sim vergonha na cara

      Eliminar
    5. Caro anónimo,

      Lembro-lhe que este local pode servir o propósito do debate, sobre ideias e posturas. Mas parece-me de péssima índole que tentem usa-lo para ataques e insultos pessoais.
      MAIS UMA VEZ RELEMBRO OS DADOS ACIMA REFERIDOS têm por base várias fontes sob as quais a minha inveja não detém qualquer poder. São fidedignas; o jornal Expresso, o jornal Iolonline, Correio da Manhã, o site do Governo das despesas, o site do BdP.

      Passe bem...

      Eliminar
    6. Já agora diga tb ao Paulo Morais para ter vergonha das coisas que disse neste video...
      mais ou menos isto
      " O banco de Portugal é outra central de corrupção. Pois no seu conselho executivo tem pessoas da banca privada!!
      Nos outros países normais e decentes são os bancos centrais que supervisionam a banca privada, em Portugal é o oposto. Pois a banca privada está dentro do próprio BdP a decidir sobre os interesses dos bancos privados. Como é o caso de Almerindo Marques, ligado ao BES e faz parte do conselho consultivo do BdP.
      Ou ainda o caso de António de Sousa era a figura máxima na representação da banca privada e tinha também poder no BdP."

      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2012/07/corrupcao-descarada-do-presidente-da.html#ixzz2Jt80Y4XB

      Eliminar
    7. Zita não tema, eles sentem-se picados e disparam em pontas com respostas hipócritas e claramente comprometidos assim se denunciam. Um dia, qui ça quando, eventualmente mais cedo do que pensam, Portugal terá noticias que correrão mundo, de como morrem os corruptos intocáveis e ex governantes do favor feito em detrimento do interesse público e pago a peso de ouro para o corrupto, onde suborno, extorsão, fisiologismo, nepotismo, clientelismo, corrupção e peculato estão no cardápio do dia-a-dia dos designados partidos do arco governativo. Designação assim dada por um dos maiores corruptos deste país, aos 3 partidos que têm alternado no poder desde 1975, se bem que com clara vantagem do PSD/CDS-PP, porque no PS há-os assim (Sócrates é um exemplo flagrante) mas também os há que não são assim. Inclusive, já vai sendo usual e comum quando alguém se quer referir ao PSD ou ao CDS-PP, designá-los de imediato como organizações de crime financeiro organizado travestidas de partido político. E não é que é inteiramente verdade?
      Mas quando se provar que não são de todo intocáveis, talvez o medo que adquirirão sem saber qual será o próximo, possa ser útil ao Povo e a Portugal e aí talvez estes escroques se recolham ou afastem, não querendo contudo dizer que não sofram as consequências dos seus crimes...mais tarde...ou mais cedo.

      Eliminar
  4. O Banco de Portugal é o unico banco central a nivel europeu, onde os bancos ( privados portanto ) têm assento no Conselho Consultivo. O regulador, exerce de facto nos outros países europeus a sua actividade e regular a actividade. Em Portugal não. Em Portugal são os privados que supervisionam o Banco de Portugal!!!! Rings you a bell o nome BPN concerteza e aquela obra de arte de regulação levada a efeito pelo dream team da governação. Quem paga afinal e o quê!? Portanto não pagamos directamente... pagamos devido á incompetencia!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Video onde se acusa a passividade e benevolência de Victor Constâncio, perante vários crimes BPN. Esta "incompetência" voluntariosa, valeu-lhe uma promoção, agora tem o futuro garantido no BCE.

      Acesse ao Artigo completo: http://apodrecetuga.blogspot.com/2011/10/maior-roubo-ao-estado-portugues-e.html#ixzz20YR8CZIj

      BPN/SLN
      Navegue por este oceano de crimes cobardes contra um povo inocente que já não tem a capacidade de se defender... Ou porque desconhece que o saqueiam, ou porque mesmo conhecendo os crimes não encontra justiça que lhe valha.

      1- O advogado e ex-deputado do PSD Duarte Lima foi detido, é suspeito de envolvimento em fraudes ao banco BPN de quase 50 milhões de

      Acesse ao Artigo completo: http://apodrecetuga.blogspot.com/2011/10/sln-o-buraco-negro-que-tudo-absorve-em.html#ixzz20YRJphJL

      Eliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  6. Não quero de qualquer modo criticar o seu trabalho, mas muito do que escreve é mentira, sei por experiência própria e posso afirmá-lo com toda a certeza que existem muitas lacunas informativas neste texto sobre o Bdp. Apesar de se basear em artigos "mal" escritos e sem qualquer objectivo de informar as pessoas correctamente, faz aqui acusações e afirmações que são muito graves e que não têm um pingo de veracidade. Poderia falar das suas motivações políticas de desmistificações e outros assuntos, mas o que acaba por fazer é informar mal qualquer pessoa que leia este texto. Sendo um blogue de acesso público, qualquer pessoa que o leia fica com certas ideias erradas do que se passa realmente, devido à falta de busca pela veracidade. Acho que deveria pensar, sinceramente, nas consequências que o seu texto pode ter para quem o lê. Desenvolva os seus ideais, as suas ideias e motivações mas de uma maneira mais "limpa" e verdadeira por favor. Um bom trabalho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Apenas por teimosia sua insiste em dirigir-se a mim. Eu sou uma mera cidadã que compila noticias sobre o mesmo tema para se tornarem mais claras e objectivas. Como lhe disse, tudo o que está aqui escrito foi retirado dos órgãos de informação e do site do governo. É uma pesquisa minha, mas com bases. Os links para as fontes, estão disponíveis no texto. Se tem alguma coisa a dizer, quanto à sua falta de veracidade, dirija-se aos profissionais que investigaram o assunto, do BdP ou siga os links com as fontes e pode ir comentar nas páginas dos jornais de onde foi retirado o material, eu apenas divulgo e compilo, não tenho equipas de investigação nem capacidade para o fazer, apenas para o divulgar.

      As minhas motivações politicas são claras, não gosto de injustiças e exponho-as seja na politica ou noutras áreas que afectam o contribuinte/ eleitor. Não sigo partidos nem seitas, apenas a verdade sobre o que deveria ofender e indignar os portugueses... e não ofende! Eu quero que os portugueses sintam na pele as ofensas que lhe são dirigidas e para isso me dedico a este blog, despindo de eufemismos e rodeios, as verdades que os órgãos de comunicação e outras fontes (sites), tentam disfarçar...

      A minha verdade e limpeza pode ser diferente da sua, se lhe apresento fontes daquilo que este artigo transmite, não sei como pode acusar-me de falta de verdade... talvez apenas porque não goste de frontalidade?

      Além do mais parece-me menos iverosimel que uma pessoa como o sr que diz que fala por experiência própria... como se o facto de conhecer de perto o BdP, lhe garanta uma visão total de todas as verdades sobre a mesma instituição. Já reparou quantos empregados e amigos descobrem que afinal sabiam tão pouco sobre a casa onde viviam, a empresa onde trabalhavam, etc

      Eu fiz esta pesquisa, podia nem ter colocado as fontes ordenadamente, mas elas aí estão, se continua a duvidar da verdade e limpeza, pode ir falar com o Pinto Balsemão, do Expresso, e criticar a sua forma pouco limpa e pouco verdadeira, ou o correio da manhã, ou o iolonline, ou o site do governo e ainda o site do BdP, e do sindicato dos Bancários... se eles acederem à sua verdade... Deixo já aqui a minha promessa de que eu farei o mesmo.

      Eliminar
    2. Primeiramente, nunca tinha comentado neste blogue. A senhora fala como se de um ataque a si se tratasse mas não. Se reparar atentamente ao meu comentário eu falo que a falta de busca de veracidade é tanta da sua parte como das fontes a que foi buscar a informação. Eu também luto pelas verdades políticas, mas não desta forma. O jornalismo neste momento está um lixo, ao ler este texto que agora escreveu e sabendo que metade das coisas não são verdade sequer, fico a pensar na informação toda que recolhemos diariamente dos jornais e na sua veracidade. Eu acredito que colegas do Bdp fiquem espantados com estes textos e desconheçam certas situações, muitas delas não sendo verdade não serão de espantar??? Eu também não conheço muitos aspectos de que falou do BdP, e acredito que se faça a prática de injustiças sociais e de direitos na instituição, tal como no país, mas dos aspectos que conheço verifico que a informação é tão errónea, que fico a interrogar-me sinceramente em relação ao resto. Não defendo nenhum político, até porque penso que provavelmente poucos ou nenhuns são honestos e capazes dos seus cargos. Ao ler este texto que publicou, apesar de ser uma compilação do que encontrou, as palavras são suas, e para quem está dentro do assunto, que acredito muitas pessoas estarem, torna-se deveras revoltante ler tanta informação descabida e exagerada. Tendo sido retirada de fontes que se pensam "boas" de informação ou não, esta "compilação" de informação denota mesmo sentimentos de revolta pessoais, quer queira quer não, eles estão lá. Daí este blogue se tratar de uma pessoa particular onde pode escrever tudo o que quer, mas acho que devemos ter o cuidado de se escrever informação baseada na realidade e veracidade da mesma e não cópias de artigos escritos dos jornais ou de algo que se ouviu falar. Por último não tenho qualquer problema em comentar os artigos desses jornais. Não leve estas críticas como um atentado a si mas como algo construtivo, leia com atenção e releia, antes de soltar qualquer resposta atacante a mim, porque a minha intenção não é de todo fazer uma critica destrutiva mas sim construtiva. Bom trabalho.

      Eliminar
    3. Peço desculpa por deduzir que tinha sido o mesmo anónimo do post mais acima, e por isso ter respondido de forma mais impaciente.

      "Desenvolva os seus ideais, as suas ideias e motivações mas de uma maneira mais "limpa" e verdadeira..."
      É óbvio que isto é um ataque pessoal mesmo que não intencional, apelidar-me de suja e mentirosa é algo que cai sempre mal. Daí a minha reacção menos pacifica.
      Mas como lhe digo os artigos são fundamentados em bases diversas, que estão acessíveis ao público. Eu apenas as compilo e dou um toque pessoal com algumas achegas, e repare que o site "má despesa pública" também o faz, são liberdades que cada um tem sobre aquilo que escreve, sem fugir da verdade, expondo o ridículo, o injusto, o ofensivo.

      Os sentimentos de revolta pessoais existem obviamente, eu pessoalmente já confessei que me revolta a forma como a politica e seus "anexos" sujam este país e subjugam os fracos e ignorantes. Essa revolta deveria existir em todos os portugueses esclarecidos e é esse um dos intuitos do meu blog.

      Acredito que o jornalismo está um lixo, e também sabemos que a politica e a promiscuidade que ela desenvolveu é outro lixo ainda mais tóxico. Mas a informação acima escrita está a circular há meses em todos os locais onde eu a fui buscar, e em muitos blogs que copiaram este meu artigo e o divulgam, com menos escrúpulos ainda que eu.

      Quanto à veracidade e ao lixo da imprensa, poderia começar por deixar aqui exemplos de quais são os temas em concreto, que divulgo em cima, que carecem de verdade e expor qual é a versão correcta.
      Talvez se perceba que existe uma falha de interpretação ou de comunicação. E de qualquer forma serve ficará acessível aos leitores que se sentirão livres de optar por uma das versões.

      Eliminar
    4. Não vale a pena atacar-mos uns aos outros deixando de fora os corruptos e os criminosos, pois quem nos manda fazer sacrifícios e sofrer são os mesmos que esbanjam e nos roubam todos os dias...e continuam impunes a justiça e a uma qualquer forma de maus tratos porque eles merecem ser mal tratados, fisicamente até...

      Eliminar
    5. Gostaria que todos os Portugueses se levantassem contra estes politicos, contra estas leis de protecção aos criminosos, contra esta gente falsa e demagoga, contra todos eles e não os deixar fazer o que fazem como se Portugal fosse de meia dúzia de asquerosos..

      Eliminar
  7. Boa Noite,

    Zita revejo as suas palavras e muito mais! Acrescento que o Banco de Portugal é um antro familiar... pai, mae, filho, tio, tia, sobrinho... (os gurus do BDP)

    Familias inteiras que se passeam nos corredores durante a manhã porque há tarde só restam os funcionarios externos das consultoras e dos serviços de limpeza a trabalhar, porque afinal não é para isso que os funcionários do BDP são contratados....

    A Casta do Banco de Portugal!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os portugueses desconfiam que assim seja, mas custa sempre a acreditar. Eu não duvido...

      Já trabalhei no SIVA... conheço alguns meandros obscuros do nepotismo.

      Eliminar
  8. Eu,um simples operário emigrante na Holanda desde 1964 e já velho (88anos),deixo aqui o meu OBRIGADO à senhora Zita,por me ter dado a conhecer no seu Blog a escandaleira,a pouca vergonha,a velhacaria,a pulhice,a hipocrisia,o cinismo que grassa em Portugal fruto da Política da DIREITA que desde 1976 jurou vingar-se do 25 d'Abril.
    A Pátria-Mãe p'ra mim madrasta,
    empurrou-me p'rà emigração,
    e maldita seja a Governação,
    que Portugal p'rà miséria arrasta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também lhe agradeço ter-me deixado conhecer o seu blog uma autentica obra de arte. Parabéns, infelizmente os portugueses com garra, partem, não gostam de viver a sustentar pulhas, como diz, e bem, o José.

      Eliminar
  9. Parece-me que todos, ou praticamente todos, os argumentos usados caem por terra quando se tem um conhecimento efectivo do financiamento do BdP, isto é, tem recursos próprios. Ora, se tem recursos próprios não dependentes do Estado, porque não há-de usá-los como bem entender?

    Até era bom que todas as empresas que dispõem de recursos próprios conseguissem promover o bem-estar dos seus trabalhadores como o faz o BdP...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Questões finais que intrigarão muitos portugueses! Já pesquisei mas é difícil encontrar as respostas, se as puder fornecer, agradeço imenso.
      # Se não é empresa Pública quando toca a ter obrigações de cortar os subsídios, porque já o é quando toca a usar o dinheiro do estado, já que as suas despesas aparecem no site do Governo, tal como se poderia confirmar pelos links em frente ás despesas, o tal sustentado pelos nossos impostos?

      # Se não é sustentada com dinheiros públicos, estranha-se tanto luxo. Nenhuma empresa, para além das sustentadas pelo estado, tem por hábito distribuir luxos e esbanjar desta forma insustentável. Creio que ninguém conhece uma empresa em Portugal que tenha condições para privilegiar, desta forma tão dispendiosa, os funcionários, sem ser ruinoso ou sustentado por dinheiros públicos.

      # se é independente do estado como explica esta noticia, "Banco de Portugal vai entregar 60% dos lucros obtidos no ano passado ao Estado sob a forma de dividendos.
      Dos 349,23 milhões de euros de lucros alcançados no ano passado, 209 milhões vão para os cofres do Estado."
      http://economico.sapo.pt/noticias/estado-recebe-209-milhoes-em-dividendos-do-banco-de-portugal_12929.html

      #Afirma ainda que era bom que todas as empresas oferecessem tão boas condições como o BdP oferece aos empregados. E acha que empresas sustentadas pelo seu trabalho e em Portugal, possuem condições para o fazer, sem contar claro com as favorecidas pelos governos?

      #Deixo ainda outra questão, e como referiu o próprio jornal Expresso, se o BdP é independente do estado, porque razão passam por ali quase todos os políticos e gestores públicos, antes de mandatos, após mandatos e nos intervalos entre mandatos?

      Óbvio que pode existir uma separação entre o governo e o BdP, a vários níveis, mas a promiscuidade, o exagero, o intercâmbio de cargos, deixam qualquer pessoa atenta, na dúvida... essa independência, ficará apenas nos papeis?

      Mais .... Paulo Morais afirma -Temos um caso único que não se vê ou permite em mais nenhum país no mundo civilizado, e que se passa em Portugal com o maior descaramento. Em Portugal a banca privada tem administradores e gestores dos seus bancos a trabalhar no conselho consultivo do Banco de Portugal. Aquele que representaria a isenção e deveria exercer a fiscalização, acaba por estar nas mãos dos que deveria fiscalizar e supervisionar, e portanto jamais o fará com isenção ou a favor dos interesses dos país.
      Cita alguns exemplos:
      O caso de Almerindo Marques que está no BdP e está ligado ao BES.
      Ou ainda o caso de António de Sousa que era a figura máxima na representação da banca privada e tinha também poder no BdP.

      Acesse ao Artigo completo: http://apodrecetuga.blogspot.com/2012/08/paulo-morais-convida-os-corruptos-terem.html#ixzz2DcElAYvF

      A independência do BdP em Portugal é semelhante à da justiça e outras instituições que tais, era bom que fosse uma realidade, mas todos desconfiamos que não é.

      Sejamos sinceros, não há nenhuma empresa que ofereça estas regalias assim sem mais nem menos, a não ser que saibam que essa empresa servirá para criar um ninho de abrigo para pessoas especiais e queridas dos que tem na mão o poder de decidir estas coisas.

      Mesmo a banca privada, que é a única empresa passivel de se comprara, e com lucros comparáveis ao BdP, apenas oferece mordomias deste género aos cargos de chefia, por isso não podem querer que os portugueses acreditem que o BdP é um oásis recheado de luxos e benefícios, apenas porque quem o gere, são bondosos senhores de bom coração, que gostam de cidadãos comuns...

      Eliminar
    2. http://www.publico.pt/economia/noticia/banco-de-portugal-teve-lucro-de-449-milhoes-1594350

      acho que o artigo é explícito. De facto, por se tratar de uma entidade que não visa o lucro (ao contrário das empresas privadas), acaba por pagar mais de impostos e contribuir mais para o estado e, daí, os trabalhadores receberem mais compensações. Mais, os bancos privados não têm tido este nível de lucros. Mais ainda, o BdP ao "distribuir" os lucros, se não o fizesse de forma sustentável, estaria insolvente, certo?

      Em relação à [falta de] independência, desse mal padecem todas as empresas. Aí falamos da mentalidade tipicamente portuguesa dos "tachos" e "cunhas"... Nota-se mais nas entidades de maior visibilidade, mas achará que não sucede o mesmo noutras entidades?

      Ainda assim, considero que é um bom artigo de investigação, na medida em que deteta as regalias que tanto se tenta "esconder"......

      Eliminar
    3. Obrigada pelo seu comentário.
      A PT também tem lucros imensos assim como a EDP. Mas todos sabemos que são impérios construídos com os impostos de todos nós, contribuintes.
      O BdP terá lucros, mas desconhecemos que peso têm esses lucros nos contribuintes.
      Os procedimentos são pouco transparentes e tal como Paulo Morais divulga a sete ventos, o BdP tem na sua gestão, vários representantes de grandes bancos privados. Só isso deixa antever o quão lesivo poderá ser o BdP , para o interesse nacional. Quem serve afinal o BdP?
      Os grandes tachos de futuros e ex-politicos? A banca Privada?
      É algo que jamais saberemos mas que é estranho é.
      Claro que sei que as outras entidades fazem o mesmo.
      Basta ver que a EDP levou para as suas chefias mais de 7 ex influentes políticos.

      Eliminar
    4. Sem prejuízo das eventuais posições dominantes da EDP e PT, a verdade é que se tratam de monopólios naturais (cada vez mais diluídos, mas ainda na prática), pelo que não considero exemplos comparáveis. O BdP presta vários serviços públicos, sem quaisquer custos associados... Tem funções de supervisão (com criticas que podem sempre ser apontadas - BPN e BPP - mas que podem ser feitas a outras entidades, como a ERSE, ANACOM, autoridade da concorrência, etc...) que sancionam comportamentos menos corretos, nomeadamente com multas... Produz e vende notas de euro... compra e vende metais preciosos... faz investimentos em bolsa, etc. etc.

      Tem tachos? sim, como muitas outras. O seu fim último, de defesa do cliente bancário, é visado e atingido? Sim, ainda que nem sempre da forma mais eficiente (problema que pode ser apontado a inúmeras entidades).

      No meio dos jogos de poderes, estão os colaboradores. Colaboradores esses que têm "regalias", mas não à custa dos demais cidadãos. Algumas delas exageradas? porventura sim, mas o bdp é uma entidade com lucro.

      cpts.

      Eliminar
    5. A comparação realmente foi infeliz mas quis eu dizer que existem centenas de empresas com lucros elevados , e mais independentes do estado, que não se dão a estes luxos.
      Acho que é óbvio e muito estranho que o BdP albergue quase sempre politicos, amigos, familia, ex politicos e pretendentes a politicos, nos altos cargos.
      Todos acham estranho também que o BdP, supervisor da banca privada, tenha nas suas chefias, pessoas que representam a banca privada.
      É algo que salta à vista, e o lucro não é justificação.
      Não conheço nenhuma empresa que dê as regalias que se dão no BdP, aos seus funcionários.
      E certamente que existem empresas mais lucrativas que o BdP... a diferença é que essas têm um patrão e o BdP não tem.
      A diferença é que o dinheiro que paga as regalias das empresas lucrativas, sai do bolso do patrão e o dinheiro que paga as regalias dos do BdP sai do bolso de quem?
      Há taxas que pagamos ao BdP, há várias formas de perceber que só faz este uso do dinheiro, pessoas e empresas, que não sabem gerir, que não defendem o interesse da empresa. Portanto qual defenderão?

      Eliminar
  10. Desculpa, mas você, a pessoa que criou este artigo, não tem o direito de falar assim do Banco de Portugal, provavelmente têm mais direitos, porque também trabalham mais do que você, porque se esforçam mais. Se você tivesse um pouco de noção do que se passa lá dentro não escreveria essas barbaridades e percebiria que tentam dar oseu melhor e não são eles que têm que levar com comentários comos os seus, lá porque se esforçam para tirar o nosso país da crise e esforçam-se para arranjar soluções favoráveis para todos nós.
    E para a próxima, quando quiser falar mal de alguma instituição que tenta gerir o dinheiro de uma forma a que consigam tirar Portugal de todos os problemas, tenha dois dedos de testa, e pensse que pode estar a falar mal de uma instituição que pratica o bem.
    E se não quer ser denunciado à polícia, se faz favor apague este blog e esse artigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este artigo é a compilação de artigos de vários órgãos de comunicação... Não fui eu que inventei nada, como tal terão que dirigir o seu descontentamento contra quem escreveu os vários artigos que compilei, que como podem ver tem as fontes bem claras para poderem consultar e onde ir reclamar.

      Eliminar
    2. Denunciar-me porque estou a divulgar o que está já publicado?
      Siga as fontes dos artigos, para saber quem e porque e onde estão os artigos originais... deixo-lhe aqui um exemplo.
      http://www.mvice.net/ficheiros/BancodePortugaleCasadaMoeda.pdf

      Eliminar
    3. Já agora diga isso também ao Paulo Morais pelas coisas que ele teve o direito de nos dizer sobre o BdP...
      mais ou menos isto
      " O banco de Portugal é outra central de corrupção. Pois no seu conselho executivo tem pessoas da banca privada!!
      Nos outros países normais e decentes são os bancos centrais que supervisionam a banca privada, em Portugal é o oposto. Pois a banca privada está dentro do próprio BdP a decidir sobre os interesses dos bancos privados. Como é o caso de Almerindo Marques, ligado ao BES e faz parte do conselho consultivo do BdP.
      Ou ainda o caso de António de Sousa era a figura máxima na representação da banca privada e tinha também poder no BdP."

      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2012/07/corrupcao-descarada-do-presidente-da.html#ixzz2Jt80Y4XB

      Eliminar
    4. Todos os que tem interesse nestas informações temos que agradecer a Zita, ao Paulo Morais, ao Marinho , a Raquel e tantos outros que nos dizem todos os dias quem são estes Abutres..mas em Portugal é assim atacasse quem divulga e protegesse quem nos rouba...belo País..dasssssssse

      Eliminar
  11. Muita dor de cotovelo vai aqui..

    Em vez de dizerem mal, candidatem-se ao banco. Existem vários concursos durante o ano. Se querem ter esse beneficios de que tanto falam mal, façam por os ter!

    E aqui para nós, VÃO MAS É TRABALHAR CAMBADA DE MANDRIÕES E FRUSTRADOS!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Outro Ulrich? Fala de barriga cheia e ainda tem a lata de desafiar quem não pode ter benefícios próprios de um país que não é o nosso.
      Os portugueses gostavam de trabalhar se houvesse emprego, e se os parasitas que nos desgovernam e os seus amigos boys não roubassem todos os cargos e não gerissem criminosamente e incompetentemente os impostos dos portugueses, até arruinar a economia portuguesa.

      Eliminar
    2. Claro que é dor de cotovelo e inveja... Já agora diga isso também ao Paulo Morais pelas coisas que ele teve o direito de nos dizer sobre o BdP...
      mais ou menos isto
      " O banco de Portugal é outra central de corrupção. Pois no seu conselho executivo tem pessoas da banca privada!!
      Nos outros países normais e decentes são os bancos centrais que supervisionam a banca privada, em Portugal é o oposto. Pois a banca privada está dentro do próprio BdP a decidir sobre os interesses dos bancos privados. Como é o caso de Almerindo Marques, ligado ao BES e faz parte do conselho consultivo do BdP.
      Ou ainda o caso de António de Sousa era a figura máxima na representação da banca privada e tinha também poder no BdP."

      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2012/07/corrupcao-descarada-do-presidente-da.html#ixzz2Jt80Y4XB

      Eliminar
    3. Caro anónimo,

      Lembro-lhe que este local pode servir o propósito do debate, sobre ideias e posturas. Mas parece-me de péssima índole que tentem usa-lo para ataques e insultos pessoais.
      MAIS UMA VEZ RELEMBRO OS DADOS ACIMA REFERIDOS têm por base várias fontes sob as quais a minha inveja não detém qualquer poder. São fidedignas; o jornal Expresso, o jornal Iolonline, Correio da Manhã, o site do Governo das despesas, o site do BdP.

      Passe bem...

      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2012/02/banco-de-portugal-eles-querem-eles.html#ixzz2MmoijSN3

      Eliminar
    4. Está visto que as pessoas do BDP são muito agressivas, não gostam do que os jornais dizem deles, defendem bem o seu império?
      O argumento é sempre o mesmo - Inveja -
      Pois podem ter a certeza que devem haver milhões de portugueses com inveja de pessoas que vivem acima das nossas possibilidades. Milhões de portugueses com inveja de quem ainda tem comida na mesa, tem tecto e emprego, e o srº acha que isso é motivo de chacota?

      Se quer comentar como uma pessoa educada e normal, esteja à vontade, agora se vem para aqui mandar os desempregados prostituir-se para o intendente, como já mandou, e proferir e outras tiranias próprias de quem tem bons empregos e intocáveis, como o Ulrich e o Cavaco Silva, claro que terei que apagar a sua má criação.
      Todos sabem que não é permitido insultos pessoais, e se o quer fazer faça-o nos jornais que divulgam o acima compilado, eles possuem mais empregados que eu, para vigiar a sua educação, e eles é que são os invejosos, por andarem a dizer estas coisas do seu império.

      Eliminar
    5. O Cavaco não tem emprego Zita, e a prova disso é que ele vive da sua reforma..

      Eliminar
    6. Ele vive das suas reformas... porque ele tem várias

      Eliminar
  12. Receber, recebem eles. Mas e trabalhar? se tanto merecem estes direitos todos que o resto dos portugueses não merece porque não trabalha tanto como os funcionarios do BP, como é que o sistema financeiro de Portugal está tão mal que o Estado tem que injectar o MEU dinheiro nos bancos falidos? Ou o trabalho nos hoteis Tivoli não rende tanto como eles pensavam? Ainda dizem que merecem o que têm...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Têm que defender o tacho, aliás os comentários mais arrogantes, petulantes e cheios de si mesmo que recebi neste blog até hoje, são dos defensores desta fortaleza de privilégios, onde trabalham ilustres políticos e amigos.
      Os comentários que me vi forçada a pagar, era de tal forma arrogantes e ofensivos que nem pude deixar de os apagar. No caso da TAP tb houve alguns casos de arrogância, mas mais uma vez a TAP é para privilegiados, com salários e regalias que todos conhecemos.
      Mas o pessoal do banco de Portugal, que vem aqui comentar, expõe de forma clara o tipo de pessoas que por lá pairam, só comparáveis ao Ulrich, pessoas que não se comovem com os problemas alheios, porque estiveram sempre acima dos outros, não por mérito mas por outra razão, e que ainda utilizam essa condição para se gabar e humilhar os que não conseguem chegar onde eles chegam ...
      E depois dizem que quem critica é inveja... inveja do jornal Expresso, Inveja do iol, etc etc etc

      Parecem os meninos da escola, se o colega se queixa que o professor está a favorecer outro colega... é inveja. Então pois claro que é. Todos sabemos que sim.

      Eliminar
  13. A verdade que eles não querem reconhecer, mas que é tão evidente quanto 1 + 1 = 2, é que se o BPN fez asneira (da grossa) e agora está arruinado (quer dizer, arruinando os cofres do estado que não tem para manter serviços de saúde mas sim para injectar em empresas geridas por corruptos), das duas uma: ou o BP sabia e não agiu (sendo cúmplice desta locura), ou então não sabia (o que faz deles uns autênticos INÚTEIS). Pâra quê estamos a manter uma agência que, alem de nos sair bastante cara, não serve para nada (para o povo, porque para os políticos está claro para que serve). Coisas destas só se vêm em Portugal, terra de eventos insólitos...

    ResponderEliminar
  14. Os meus parabéns Zita! Continue com o seu trabalho, pode ser que abra mais os olhos de alguns portugueses menos atentos às notícias. São nestes "pequenos debates" que se vêem as "feras do império" a se revelarem com os seus comentários de indignados com as supostas "notícias de má fé".
    cumprimentos
    DN

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Realmente, nunca vi tanto ataque, quando estou farta de explicar que isto é uma compilação e não uma invenção minha, só por aí se vê a má índole das pessoas que defendem aquele império... é tal como eu disse, uns arrogantes e snobs, como o ulrich que ainda acham que devem gozar com quem não tem trabalho ou comida.

      Se visse os comentários que tive que apagar, eram próprios de qualquer psicopata, a dizer ás pessoas que se quisessem podiam ir para lá trabalhar, bastava concorrer, e que havia uma vaga para electricista, ou então que fossem para o intendente. E baixezas desse nível- pessoas doentes com a mania de que são superiores por terem os tachos garantidos e boas contas bancárias sem fazerem nada para o merecerem.

      Eliminar
  15. Sra. Zita,

    Tenho a dizer-lhe que acho este blog uma prova cabal da sua capacidade de iniciativa e esforço em reunir toda esta informação e colocá-la ao alcance de todos os cibernautas.

    É essa capacidade que deve ser valorizada nas pessoas que procuram trabalho para viver uma vida digna. Atualmente encontra-se a exercer alguma profissão Zita?

    Tudo de bom para si! Cumprimentos


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desde já muito obrigada pelo seu elogio... Sim estou a exercer uma profissão, mas se o Banco de Portugal precisa de pessoas para recolher informação, eu como cidadã preocupada com o bem do país, coloco à disposição os meus serviços, empenho e capacidade de iniciativa e esforço. Para o bem de Portugal , bem precisamos de um banco de portugal bem informado. Pois parece que os funcionários não sabiam nada do BPN, nem do caos financeiro que a bolha imobiliária estava a causar, nem do endividamento, nem do buraco da Madeira, e parece que recentemente não informaram o presidente sobre sobre as acções suspeitas do BCP, nas offshores do Cayman...
      Por isso estarei disponível para servir o país. E informar o BdP.

      http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/economia/carlos-costa-desconhecia-que-offshores-so-compravam-acoes-do-bcp

      Eliminar
    2. Tem aqui um exemplo de como faz falta gente que trabalhe mesmo a sério, no BdP... é que pessoas que trabalhem só para recolher salários dá nisto http://www.youtube.com/watch?v=Dcusd4O-vyc

      Eliminar
    3. http://www.youtube.com/watch?v=VOWGROErzrE

      PORTAS OUTRORA FEROZ EXPLICOU A INCOMPETENCIA DO BDP

      Eliminar
    4. A INGENUIDADE MATA? http://www.youtube.com/watch?v=pElZ3evHK3w

      Eliminar
  16. Despesas do banco de Portugal, no site do governo. (1)

    Após publicar este artigo, onde compilei vários casos, divulgados NA IMPRENSA, sobre o despesismo do Banco de Portugal, o artigo foi atacado por comentários agressivos de gente sem nível, a defender o BdP ou mesmo a acusar de que denunciar o abuso, é de pessoas que têm é inveja. Será que essa agressividade serve para mostrar que tipo de pessoas trabalham lá? Inclusive alguns com insultos de tão baixo nível que tive que os eliminar. Talvez pretendam fazer do Banco de Portugal um oásis protegido da crise mas também longe da vista critica, dos portugueses?
    Um dos argumentos dos agressores, é que o banco de Portugal não utiliza dinheiro do estado, portanto não temos nada a ver com o despesismo e luxo das regalias dos funcionários.
    Por isso decidi partilhar este extracto do site das despesas do Governo, (basta pesquisarem pelo nome do Banco), para encontrarem uma lista infindável que desde 2009 até à data, já atinge valores 22.752.012 EUROS, apenas em ajustes directos. Fico sem perceber porque tantos afirmam que o BdP, não despende do estado?
    ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2013/04/despesas-do-banco-de-portugal-no-site.html#ixzz2Q4PGRlQR

    ResponderEliminar
  17. Soube há uns dias no Jornal de Negócios que os trabalhadores do BdP vão receber o subsídio de férias este ano. Ao que parece os sacrifícios são só para alguns, como já é hábito no nosso país.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está no artigo no ponto 19 explicado como conquistaram isso com a ajuda do governo.

      Eliminar
  18. No site do banco de portugal está lá a dizer que há um concurso aberto para engenheiros electrotécnico, com link para fazer a candidatura e tudo.

    Só não se candidata quem não quer..

    ResponderEliminar
  19. Porque quer o Banco de Portugal contratar Engenheiros electrotécnicos?

    Herança de pais, tios e padrinhos para filhos, sobrinhos e apadrinhados.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro amigo,

      Quem é bom tem sempre lugar no Banco de Portugal.

      Os concursos existem para as pessoas se candidatarem, e quem é bom, é contratado. E quem não é bom, vem para aqui escrever lamurias e a lamentar-se que o Banco de Portugal é só para familiares e amigos. Temos muita pena...

      Eliminar
    2. Todos os portugueses sabem que isso é verdade... todos os portugueses sabem que o competentíssimo cavaco silva foi para o banco de portugal por ser bom... foi bom no BPN a fazer negócios sujos.
      Todos sabem também que o vitor constancio foi muito competente e por isso foi para o banco de portugal, era tão competente que deixou o bpn fazer o maior desfalque ao país que ele vigiava, e não viu nada.
      O conceito de bons para o banco de portugal deve ser diferente do das pessoas honestas... é que os exemplos dos que trabalharam no bdp mostra que são pessoas com ligações a tudo menos à competência. Não percebo porque insiste nesse cargo do bdp, não me diga que os empregados do bdp, já não tem nenhum tio ou prima ou afilhado ou vizinho para lá meter com cunha?

      Eliminar
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    4. http://www.youtube.com/watch?v=Dcusd4O-vyc

      Eliminar
  20. Depois de ler vários comentários, proponho formação de novo partido que mesmo sendo maioritário, nunca governaria mas fiscalizava o 2º partido mais votado que seria governo e teria de respeitar o anunciado no programa eleitoral.

    ResponderEliminar
  21. seria uma forma de acabar com a corrupção

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Paulo Morais afirma...
      "O Banco de Portugal é outra central de corrupção. Pois no seu conselho executivo tem pessoas da banca privada!!
      Nos países decentes são os bancos centrais que supervisionam a banca privada, em Portugal é o oposto. Pois a banca privada está dentro do próprio BdP a decidir sobre os interesses dos bancos privados. Como é o caso de Almerindo Marques, ligado ao BES e faz parte do conselho consultivo do BdP.
      Ou ainda o caso de António de Sousa era a figura máxima na representação da banca privada e tinha também poder no BdP." O video e o resumo.

      Chegada a hora de avaliar o seu desempenho, ao fiscalizar a banca, não passou despercebida a inércia que exibiu perante o regabofe que se desenvolvia no BPN. Ou ainda no caso do BPP."

      E nós acrescentamos: neste caso, BPP, o BdP, então liderado por Vitor Constâncio - o tal premiado com a mordomia de vice do BCE, depois da supervisão negligente ou conivente, permitindo ao Rendeiro vender gato por lebre aos clientes - não terá tido pejo em manipular as actas no decurso da intervenção no BPP relativamente à data em que foi determinada a suspensão de pagamentos, fazendo constar depois de 12 de Dezembro de 2008, que a mesma ocorreu em 1 de Dezembro simultaneamente com a deliberação de intervenção com nomeação de novos administradores, quando todos os documentos oficiais e as próprias declarações do governador mostram o contrário. Esta presumível manipulação, não passou de um recurso abusivo de justificar o não pagamento dos depósitos do chamado RETORNO ABSOLUTO, quando se aperceberam do seu volume para o qual não chegavam os 450 milhões do empréstimo garantido com o património do banco. Sobretudo, por que a pagarem tais depósitos, não pagariam a outros credores nacionais internacionais, como outros Bancos e Caixas de Crédito, que nada receberiam em sede de insolvência.


      Eliminar
    2. http://www.youtube.com/watch?v=VOWGROErzrE

      Eliminar
  22. A muitos mamoes por ai...ficam ofendidos por serem tratados por aquilo que são parasitas do países

    ResponderEliminar
  23. É uma pouca vergonha, descaramento e falta de lucidez de quem fala assim do BdP. Se não conhecem a realidade calem-se. O BdP não é só Governador e Administração. Também tem administrativos, chefias intermédias (que ganham menos do que pensam), contínuos, pessoal de limpeza etc. Calem-se estúpidos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A muitos mamoes por ai...ficam ofendidos por serem tratados por aquilo que são parasitas do países

      Eliminar
    2. Pouca vergonha é o que a imprensa divulga sobre o banco de portugal, porque se a imprensa divulga é porque é verdade, senão já tinham sido processados. Mas o estilo da maltinha que trabalha no albergue de boys, mantem-se, mal educados, arrogantes e irracionais, a atirarem pedras para todo o lado sem perceber que não são os estúpidos daqui que denunciam este escandalo, pois ele está por toda a internet denunciado.

      Eliminar
    3. Uma das coisas que o BdP tem de bom é que o cão ladra mas a caravana passa. Não respondemos a insultos menores. Apenas nos defendemos de quem tem categoria para isso. Não é o vosso caso certamente. E por aqui me fico, que tenho mais que fazer.

      Eliminar
    4. Pois claro é a atitude correcta, mais uma vez arrogante dos meninos mal habituados, Que nunca fizeram nada para merecer o tacho, habitual postura dos parasitas.

      Eliminar
    5. Aliás como fazem no governo, e em todos os albergues de boys e de parasitas, o povo ladra e eles continuam a roubar e a parasitar. Enquanto houver para eles, os outros que ladrem.

      Eliminar
    6. GENTE SUPERIOR QUE DEIXOU ROUBAR 9 MIL MILHÕES NO BPN FORA O RESTO http://www.youtube.com/watch?v=VOWGROErzrE

      http://www.youtube.com/watch?v=Dcusd4O-vyc

      http://www.youtube.com/watch?v=pElZ3evHK3w

      Eliminar
    7. Fala do que não sabe... O Banco de Portugal não consegue controlar quem comete os crimes que o BPN cometeu. O BPN reportou durante anos informação falsificada que obedecia às normas impostas pelo BdP...

      Eliminar
    8. Mentira https://www.youtube.com/watch?v=fAS-jx1fYnA

      Eliminar
  24. No Banco de Portugal, so entra os amigos intimos, e sabem tudo da vida de uma pessoa.

    Basta usar-se o banco, depois tudo o que é dividas, transaçoes, creditos, cartões multibanco, está lá tudo, sabem tudo sobre ti.

    ResponderEliminar
  25. NÃO DÊ EXPLICAÇÕES EXCESSIVAS:
    AMIGOS NÃO PRECISAM
    INIMIGOS NÃO ACREDITAM
    ESTÚPIDOS NÃO ENTENDEM

    ResponderEliminar