15 fevereiro, 2013

DESCOBERTA A SINISTRA INTENÇÃO DA UNIÃO EUROPEIA :

Porque razão o governo insiste em afirmar que o estado social está a falir? Que vai colapsar? Apesar dos recentes estudos, realizados por economistas e historiadores, afirmarem que o estado social só não é sustentável porque o dinheiro é utilizado pelo governo, para tapar buracos da corrupção? 

"À SOCAPA E COM UM PROGRAMA OCULTO, QUEREM PRIVATIZAR A SEGURANÇA SOCIAL, ALÉM DE SERVIÇOS PÚBLICOS .
Quem disse que é bom ter um português como presidente da Comissão Europeia, que neste caso importante se manteve em silêncio como cúmplice desta sinistra intenção ? Se hoje em França não fosse Hollande o presidente, continuaríamos na total ignorância por falta de divulgação na imprensa desta tramóia  que continuaria escondida numa gaveta dos governos ultra-liberais da Europa ao serviço dos Bilderberg's Group. 
Esta directiva existe desde Dezembro de 2011, já depois de o governo de Passos Coelho estar em funções. Alguém ouviu ou leu algo a seu respeito na imprensa portuguesa ? Pois...

A proposta de Directiva da União Europeia relativa aos contratos públicos, em apreciação no Parlamento Europeu, é um novo exemplo do processo em curso de destruição do chamado “modelo social europeu” e de regressão social e democrática do espaço europeu. Convertendo a União Europeia num espaço económico e político inteiramente comandado pelos mercados financeiros e por um ultraliberalismo suicidário. É também uma boa ilustração de como o diabo está nos detalhes.
A intenção de liberalizar e privatizar a segurança social pública é remetida para um anexo (o Anexo XVI) dessa proposta de directiva, mencionado singelamente como dizendo respeito aos serviços “referidos no artigo 74º”, sendo aí listados os serviços públicos que passariam a ser sujeitos às regras da concorrência e dos mercados:
- Serviços de saúde e serviços sociais
- Serviços administrativos nas áreas da educação, da saúde e da cultura
- Serviços relacionados com a segurança social obrigatória
- Serviços relacionados com as prestações sociais
Entre estes, avulta a intenção expressa de privatizar a segurança social pública, a par dos serviços de saúde e outros serviços sociais assegurados pelo Estado. Um alvo apetecido do capital financeiro em Portugal e no espaço europeu, que há muito sonha com a possibilidade de deitar a mão aos fundos da segurança social e às contribuições dos trabalhadores, sujeitando-os inteiramente às regras da economia de casino.

E como o fazem? À socapa, para ver se escapa à atenção e vigilância públicas. Um mero anexo, que remete para um mero artigo, nesta proposta de directiva em discussão.
Só que o artigo em causa (o 74º) diz que “os contratos para serviços sociais e outros serviços específicos enumerados no anexo XVI são adjudicados em conformidade com o presente capítulo”. Neste, relativo aos regimes específicos de contratação pública para serviços sociais, estabelece (artigo 75º) a regra do concurso para a celebração de um contrato público relativo à prestação destes serviços. E logo de seguida, enumerando os princípios de adjudicação destes contratos (artigo 76º), é estabelecida a regra de que os Estados-membros “devem instituir procedimentos adequados para a adjudicação dos contratos abrangidos pelo presente capítulo, assegurando o pleno respeito dos princípios da transparência e da igualdade de tratamento dos operadores económicos…”
Uma perfeição. De um golpe, escondido num anexo e numa directiva que daqui a uns tempos chegaria a Portugal, ficaria escancarada a porta para a privatização da segurança social pública e para a tornar inteiramente refém dos mercados financeiros. Que são gente de toda a confiança e acima de qualquer suspeita. Como esta crise tem comprovado. Ou não andamos nós há muito a apertar o cinto (e a caminho de ficar sem cintura) para merecermos o respeito e a confiança dos mercados financeiros, nas doutas palavras de Coelho & Gaspar, acolitados pelos representantes no Governo português dos interesses da Goldman Sachs, António Borges e Carlos Moedas? E, como também nos têm explicado, o que é bom para a Goldman Sachs e os mercados financeiros, é bom para Portugal e os portugueses.

Este golpe surge, como não podia deixar de ser, sob o alto patrocínio desse supremo exemplo de carreirismo e cobardia política chamado Durão Barroso que, além de se ter pisgado do governo português com a casa a arder, tem no seu glorioso currículo o papel de mordomo das Lajes na guerra do Iraque e, agora em Bruxelas a fazer de notário dos poderosos, faz jus ao seu nome sendo Durão ultraliberal com os fracos e sempre servente dos mais fortes. Como é bom ter um português em Bruxelas!
Claro que isto anda tudo ligado. Esta proposta de directiva tem relação com os golpes sucessivos infligidos à segurança social pública em Portugal, com a operação para já frustrada em torno da TSU, com os insistentes cortes de direitos sociais, com os recorrentes argumentos do plafonamento e da entrega de uma parte das pensões ao sistema financeiro. Afinal, a lógica ultraliberal de que o melhor dos mundos será quando, da água à saúde, da educação à segurança social, tudo e toda a nossa vida estiver controlada pela lógica dos mercados e do lucro. Ou seja, pela lei do mais forte. Que é também coveira da democracia. E o Estado contemporâneo abdicar, como tarefa central, da sua função redistributiva e de redução da desigualdade social e regressar à vocação residualmente assistencialista do Estado liberal do século XIX.

Como refere o deputado socialista belga no PE, Marc Tarabella , “ privatizar a segurança social é destruir os mecanismos de solidariedade colectiva nos nossos países. É também deixar campo livre às lógicas de capitalização em vez da solidariedade entre gerações, entre cidadãos sãos e cidadãos doentes …”, lembrando os antecedentes da sinistra proposta designada com o nome do seu autor por directiva Bolkestein (Bilderberg's member), e exigindo a eliminação da segurança social desta proposta de directiva.

    NOTICIA EM FRANÇA    
É preciso defender a Segurança Social (e a Saúde e a Educação públicas) como uma prerrogativa do Estado e um sector não sujeito às regras dos Tratados relativas ao mercado interno e da concorrência. Para não termos um dia destes os nossos governantes e os seus comentadores de serviço, com a falsa candura de quem nos toma por parvos, a explicarem que vão entregar a segurança social pública aos bancos e companhias de seguros porque se limitam a cumprir uma decisão incontornável da União Europeia, como já estão a fazer na saúde e na educação. Decisão pela qual, evidentemente, diriam não ser responsáveis. Como é próprio dos caniches dos credores. E acrescentando sempre, dogma da sua fé neoliberal, que nada melhor do que a concorrência e a privatização para baixar os custos e proteger os “consumidores”, aquilo em que querem converter os cidadãos. Como se vê nos combustíveis, nas comunicações ou na electricidade. Tudo boa gente.
É preciso levantar a voz e a resistência social e política à escala europeia contra este projecto, antes que seja tarde demais. Em defesa da Segurança Social pública e do Estado Social. Garante de democracia e de menos desigualdade social."  JD-

24 comentários :

  1. É pá podem acabar com estado Social, podem acabar com o próprio estado, podem aumentar o IRS para 80%, podem aumentar a gasolina para 50 contos o litro, podem por portagens em caminhos de cabras, podem subir o IVA sobre a sardinha.Podem fazer isto e mais um par de botas desde que expliquem tudo bem explicadinho.
    Não é assim doutor Marcelo?

    http://sol.sapo.pt/inicio/Politica/Interior.aspx?content_id=68280

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ridículos estes falsos sonsos que fazem do povo estúpido, não dizem nem deixam de dizer, não tomam posições nem deixam de tomar, vivem num submundo que apenas existe para agradar a todos , não sendo nada nem ninguém... e o povo cai, continuam a beber Marcelo como se fosse o ópio que os tranquiliza perante o caos que se aproxima...

      Eliminar
    2. Zita,

      Eu já há muito tempo que lhes topo as manhas.
      Recorrem geralmente á técnica de deitar fumo no nevoeiro.
      Por vezes alguns até dizem verdades, mas não a verdade.

      "A melhor mentira é aquela que é 99% verdadeira".

      Eliminar
    3. A especialidade do Marcelo, precisamente... e do cavaquinho... que sempre passou entre a chuva.

      Eliminar
    4. P'ra mentira ser segura
      e atingir profundidade,
      tem de trazer à mistura
      qualquer coisa de verdade.

      Antóno Aleixo (poeta algarvio)

      Eliminar
    5. A melhor mentira é aquela que é tão grande que ninguém ousa desacreditá-la!

      Eliminar
    6. Olá...

      Falaram em mentiras e tamanho... Não posso, nem DEVO, deixar passar em BRANCO...

      No entanto eu sou um, dos poucos, que ousamos!

      E apesar de, assim de repente, não parecer que tem nada a ver com o tema... A Ilusão rapidamente se esfumaça... Pois no que toca ao desperdício de Dinheiros Públicos para alimentar as Grandes Corporações do Complexo Médico-Farmacêutico, esta MENTIRA CIENTIFICA, já sugou RECURSOS FINANCEIROS POR DEMAIS... E como é lógico, já matou, igualmente, demais pessoas...

      Pronto... Já fiz a minha boa acção do dia!

      Quanto ao tema directo da mensagem... Simples:O objectivo das 8 Famílias que actualmente são DONAS das Sociedades Ocidentais é o de CONCENTRAR, ainda mais, sob o seu domínio os recursos financeiros... E é o que estamos a assistir... Uma cada vez maior transferência das "notas de banco" (BANCOS que são propriedade DELAS) da MAIORIA, para a MINORIA...

      O resultado... Está à vista...

      Abraço
      Desculpa pela ligação à minha feira de loucuras!

      Eliminar
    7. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
      A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
      Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
      Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
      A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
      MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK
      http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

      Eliminar
  2. Felizmente que os USA têm um presidente não completamente dependente dos subsídios dos lobbies americanos do costume: petróleo e armas, por exemplo.

    Obama foi eleito, pela segunda vez, com apelos a contributos voluntários individuais colocados num nib. Como os americanos são cerca de 315 milhões, se apenas 100 milhões tivessem contribuído com $5, a candidatura teria arrecadado 500 milhões de dolares, o que lhe permitiu não ficar dependente do "apoio decisivo" - leia-se comprada por - de qualquer lobby.

    Muito mais poderia dizer, mas deixo apenas o desafio: porquê em Portugal, e por toda a Europa, aquando das campanhas eleitorais, não são lançadas solicitações de apoio generalizado APENAS a indivíduos, identificados e com valores limitados, lançados em conta bancária, e PROIBÍDOS sob qualquer forma os apoios de empresas privadas?

    Todas as despesas de campanha deveriam estar cobertas pelos valores dessa conta.

    Ponham esta ideia a circular e vão ver os corruptos nos partidos a gritar histericamente contra ela...



    ResponderEliminar

  3. O cerne da corrupção:

    Eu não sei porque razão
    certos homens, a meu ver,
    quanto mais pequenos são
    maiores querem parecer.

    António Aleixo (poeta algarvio)

    ResponderEliminar
  4. Um dos problemas dos portugueses é serem governados pela cultura portuguesa.

    Uma cultura que admite com indiferença a pequena corrupção, tolera a corrupção média e não exige, com a veemencia necessária, castigo à grande corrupção.

    Alguém duvida que o nosso presente e o nosso futuro seriam muito melhores, se tivéssemos sido durante os últimos vinte anos governados por finlandeses, por exemplo?

    Tal como no futebol, eu ficaria muito mais tranquilo se a arbitrar jogos nacionais, aparecessem árbitros estrangeiros.
    A possibilidade de corrupção, compadrio, pressões seria infinitamente menor.

    Não acham?




    ResponderEliminar
    Respostas
    1. « Os cordeiros vão ao matadouro nada dizem e nada esperam. Mas ao menos eles não votam no açougueiro que os matará, e no burguês que os comerá. Mais besta que as bestas, mais ovino que os ovinos, o eleitor elege seu açougueiro e escolhe seu burguês. Revoluções foram feitas pela conquista desse direito. » - Octave Mirbeau

      Eliminar
    2. Completamente de acordo, meu caro!! Eu preferia ser finlandês, dinamarquês, sueco , norueguês ou até holandês. Ser português, para minha vergonha, é e sempre foi associado, a todos os níveis, a tudo o que não se deve confiar!
      Lamentável, não é?

      Eliminar
    3. Até agora cheguei à conclusão que face a tudo que nos vai sendo dado a conhecer, tudo farei para que até as minhas ossadas não sejam sepultadas neste amaldiçoado país.
      A minha essência fisica, moral e espiritual é demasiado pura para isso!

      Eliminar
    4. "Eu preferia ser finlandês, dinamarquês, sueco , norueguês ou até holandês. Ser português, para minha vergonha, é e sempre foi associado, a todos os níveis, a tudo o que não se deve confiar!
      Lamentável, não é?
      "

      Essa mentalidade é rasca. Desculpe a frontalidade.
      Na II GG, portugal enviou alimentos e medicamentos á Finlândia, devido á guerra contra os sovietes.
      Portugal era uma pais nobre e acolhedor.
      Os portugueses nunca foram barbaros contra os povos dos descobrimentos. Os Ingleses, Os Holandeses, e até esses Nórdicos foram sempre mais violentos contra povos indefesos que os Portugues.

      Não me fodam. Quem confunde a merda politica com os "Portugueses" não merece ser levado a sério. Ofendem-se a sí próprios. "Olha vou-me embora para a França, ou para a Irlandia, lá é que é bom".
      O problema deste pais resolve-se como um simples carregar num interruptor.
      Desligar a merda Maçónica e isto florescerá.
      Desde que tenha uma base ideológica coerente e adequada á nossa sociedade peculiar. Embora e sempre numa lógica Europeia. A tal "Europa das Nações" e não o Federalismo.

      Eliminar
    5. Conversa de nacionalista que só vê o que quer ver!

      Eliminar
    6. Os indios brasileiros têem uma história colonial muito diferente. Ainda hoje contestam veemente a tortura da tentativas de escravidão usadas pelos colonos portugueses. Claro que essa parte da nossa história não interessa a muita gente conhecer..
      A única parte diferente em relação aos outros países colonizadores é que o português misturou o seu gene com bastante facilidade, quiçá pela força.
      Vá ao Brasil e tente contactar um índio que ele lhe contará melhor que qualquer biblioteca europeia a trágica história de seus antepassados.
      Na Africa colonizada a situação era muito idêntica.

      Eliminar
  5. www.facebook.com/odolizerdiaetamalkoak

    Este governo em Janeiro/Fevereiro acabou de protagonizar, mais um corte=Assalto aos Portuguêses !

    Os subsídios de desemprego, o Social de desemprego o complemento social para idosos e o rsi, tornaram a ser cortados !

    Governo Fascista, cobarde ataca os que menos têm e não se podem defender !

    Neste exacto momento existem milhares de famílias a passar FOME .
    Fome e desalento, tristeza por nada terem para dar aos filhos !

    Cambada de cães que não conhecem o dono; Fascistas=capitalistas=Xulos !

    Povo, está mais do que na hora de acabar com as agressões que estamos a ser sujeitos ! Estes Ratos fascistas, estão a transformar Portugal num pais de 3 mundo, num pais de escravos !

    Eles não sabem fazer nada, precisam de escravos para viver !
    É preciso 100 Pobres escravos, para alimentar um Rico !

    Até quando ? Até quando é que vamos deixar de olhar só para o nosso umbigo ?

    O povo olha demais para o próprio umbigo !

    O mal dos outros, não os incomoda.
    Não percebem que hoje sou eu a chorar mas "amanhã" são vocês !

    Os Governos, jogam com estas maldades e invejosidades , que "temos uns dos outros" .

    O Mundo era para ser... O Planeta é um Paraíso, "nós" teimamos em fazer dele um Inferno.

    Infelizmente...

    Talvez um dia este sistema finde...
    Talvez um dia o Homem se destrua de tal forma, que o seu Fascismo/Capitalismo o auto estrangule !

    Acabará a Pobreza e a escravidão... No dia que os Pobres de barriga vazia, começarem a comer os Ricos !

    Ontem já era tarde !

    ResponderEliminar
  6. BASTA de CORRUPÇÃO em CHAVES

    Em Chaves o Partido Socialista, o Centro de Emprego e a Segurança Social, estão "Controlados" pelo amigo e companheiro de Miguel Relvas, o maçon Alexandre Chaves, ex-governador civil de Vila Real, ex-deputado pelo PS, ex-presidente da câmara municipal de Chaves.

    É ele quem escolhe os candidatos a cargos dentro PS a quem exige obediência. É ele que na sombra Controla e Domina o PS. Quem não lhe obedecer ou se sujeitar aos seus “concelhos” ou ordens vai para a lista Negra e é Perseguido.

    BASTA
    De Corrupção e Compadrio em Chaves.

    O Centro de emprego de Chaves (Fernanda Dias), convoca para entrevistas de (Bons) Empregos, quem nem sequer esta inscrita como "Desempregada", deixando na "prateleira" pessoas "qualificadas".

    Quando aparece uma “Oferta de Emprego” com um Bom Ordenado Telefonam aos “Amigos”, aos “Protegidos” e aos “Boys”. São eles que são mandados à entrevista. Quando tem o Emprego Garantido, são então inscritos como desempregados.

    Os que estão à Meses ou Anos inscritos, além da obrigatoriedade de Presenças Quinzenais, são mandados as piores “Ofertas”, como “Santa Casa da Misericórdia”, com “Ameaças” se não aceitarem estes trabalhos precários e mal pagos.

    Há provas Documentais inequívocas.
    O Director do Centro de “Emprego” tem conhecimento desta ocorrência.
    Pergunta-se: Esta personalidade goza de impunidade?

    Manuel Leão

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A propria segurança social goza de impunidade. Recebi uma carta a dizer que teria direito a um subsidio (ja de si miseravel) de x por dia, entretanto os meses passa e o x por dia nao entra, mas sim x-y.

      Ou seja nao sei porque, ou sei, o dinheiro nao entra , fazendo as contas de multiplicação simples.

      MAs é msi engraçado é que depois de lagum tempo recebo ainda menos, porque se antes nao entrava todo, agora entra menos , menos o que decontam por "lei".

      Mas vamos ao mais engraçado.


      Antes eu ganhava 400 ( um valor ficticio e redondo so apra entenderem), já com os tais descontos que foram classificados como insconstituicionais, mas agora recebo a mesma coisa. ora com descontos ou sem desconto, por "lei", ou seja lá o que quiserem, recemo sempre menso desde que recebi aquela carta e informação que teria o direito a x por dia.

      Alguem usurpra da segurança social e vai roubando uns eros aqui e outros ali.

      E melhor ja encie dezenas de mails para a segurnaça social, DEZENAS!!!!!!!!


      e só obtive a primira resposta que o mail seria reencaminahdo, até hoje ninguem me explica como é que fazem as contas.

      É para isto que andamos descontar para segurança social?

      Eliminar
    2. Amigo veja as explicaçoes que ja dei aqui a explicar quem controal o pais e como se procede a influencia para comprar o poder em portugal.

      Noa exsite democracia e votar ps ou psd é tudo a mesma coisa, forma o poder dos bastidores que os puisram la, e eles tem nome. mas nao dao a cara, apra nao dar nas vistas.

      Eliminar
    3. veja as explicaçoes que aqui ja dei quem controla o pais,

      95 dos jobs em portugal ja tem dono e 95 dos negocios em portugal ja tem cliente.

      veja quem concorre e quem la metem, depois chega a uma conclçusao, a coisa é tão óbvia que até mete impressao, mas enquanto o povo for estupidizado, a coisa vai andando com o plano apra a frente.

      E sei do que falo, eu convivi de perto com eles.

      Os maçons estão por detras de tudo, abra os olhos.São os trabalahdores dos iluminati, aqueles que se julgam superiros, por serem ladroes e corruptos, hipocrotas e..(ironia da relaidade) judeus.É este o pais que queremos para si? Para os seus filhso, para os amigo e para os nosso compatriotas, nao contem comigo apra tamanha corrupçao e hipocrisia.

      O ser humano nao e nenhum animal.

      Eliminar
  7. ATENÇÃO.

    QUEM ESTÁ POR DETRAS DO MERCADOS FINANCEIROS SAOS AS ELITES JUDAICO-ILUMINTI E OS SEUS OPERARIOS, OS MAÇONS.

    O PLANO EM PORTUGAL E NOUTROS PAISES QUE SE RENDERAM Á CAUSA E JA NAO SAO INDEPENDENTES É LAVA-LOS Á ESCRAVIDAO TOTAL,ATRAVES DO CONTROLO DE PODER NOS BASTIDORES DOS GOVERNOS, FZEMDO-OS ENTRAR EM CLUBES DE PODER, E OFERECENDO-LHES MORDOMIAS E CHEQUES EM BRANCO PARA ELES FAZEREM O SERVIÇO DELES, PARA,

    ENTREGAR TUDO AOS PODERES DO CAPITAL QUE JÁ É DOMINADO POR ELES. PRIVATIZAR TUDO, VENDER TUDO AO DESBARATO, DAR TUDO AOS CAPITAIS, DESVIAR MILHOES, ENRIQUECER COORPORATIVAS QUE CONTROLARAO TUDO NO FUTURO, COM DINHEIRO SUJOS E DESVIADOS.ASSIM ELES FICAM COM TUDO E CONTROALM TUDO E TODOS.

    ISTO É MUITO PERIGOSO, PORQUE DEPOIS FICAM Á MERCE DE COISAS MUITO RUINS.

    ResponderEliminar
  8. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
    A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
    Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
    Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
    A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
    MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK
    http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

    ResponderEliminar