15 junho, 2012

41 mil milhões muito mal explicados. Portugal a saque?

votar direito pactuar crime
Se nós achávamos que o buraco do BPN de cerca de 10 mil milhões, era suficiente para abalar a estabilidade de Portugal... então que dizer de um buraco de 41 mil milhões para somar a todos que já conhecemos? (BPN, PPP, etc)
O Tribunal de Contas (TC) detectou 41 mil milhões de euros irregulares na execução orçamental de 2010, quando ainda estavam no governo Sócrates e Teixeira dos Santos. Entre as irregularidades mais graves são:
1 - abertura de créditos especiais sem autorização do Parlamento, 
2 - operações extraorçamentais não registadas nas contas de serviço rodoviário, 
3 - despesas fiscais de IRC e não contabilização do montante de acordos de regularização de dívidas na lista dos vários encargos assumidos e não pagos na Região Autónoma da Madeira.
4 - pelo elevado valor envolvido, “a autorização, pelo governo, da abertura de créditos especiais com contrapartida em passivos financeiros que, por constituírem receita não efectiva, careciam de autorização da Assembleia da República”.

Os cerca de 41 mil milhões de euros de irregularidades correspondem a mais de metade do total da despesa orçamentada em 2011, que se fixou em 79,9 mil milhões de euros. Isto significa que, se as irregularidades  não forem corrigidas ao longo do ano, quase metade do orçamentado foi esbanjado sem justificação plausível ou legitima. 
Apesar de o TC recusar 85 vistos que não respeitavam a lei, e travando a despesa pública no montante de 318,6 milhões de euros, pois não tinham cabimento orçamental ou ultrapassavam os limites legais do endividamento, muitos milhões voaram sem serem travados. 
Não conseguiu impedir que os 41 mil milhões, saíssem dos cofres, sem justificação legal.


Sinais evidentes de que a corrupção é um fenómeno em franca expansão, e as tentativas de extorquir dinheiro do estado estão muito na moda...
"Por comparação com 2010, o número de vistos recusados aumentou 60,4% e o montante envolvido disparou 143%. 
Entre os principais resultados obtidos em 2011, o relatório refere ainda o controlo prévio de 1980 actos, contratos e outros instrumentos geradores de encargos remetidos por 808 entidades, envolvendo uma despesa de 10,4 mil milhões de euros."

A fracas penalizações e a impunidade servem de incentivo aos desfalques. Em irregularidades no montante de 41 mil milhões, apenas houve multas de 361,7 mil euros!!!!!!!!!!!!!!! Certo que ainda não foram apurados todos as ilegalidades, mas não deixa de ser ridículo, as multas servem apenas para incentivar os criminosos e gozar com a cara de quem trabalha e desconta. Quem sofre o desfalque é o povo e certamente, é ele que paga a multa, pois o criminoso lucrará com o desfalque, e é com esses lucros que confortavelmente paga as multas, com o dinheiro do povo.
É muito fácil e agradavel abusar do erário público...  
"No âmbito da efectivação de responsabilidades financeiras foram aplicadas e pagas voluntariamente multas que totalizaram 361,7 mil euros e foram ainda devolvidas verbas gastas indevidamente (reposições) no montante de 52,2 mil euros.
Por sua vez, em matéria de controlo sucessivo foram concluídas 83 auditorias, abrangendo cerca de 330 entidades, incluindo 62 do sector público empresarial, estatal e autárquico." Fonte

6 comentários :

  1. É demasiado repugnante para merecer comentário!
    Mas, quem pagou facturas sem o visto do Tribunal de Contas?
    Não sabia que não podia pagar?
    Porque o fez?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque crimes políticos parece que são impunes em Portugal, ou mal punidos. O crime compensa e muitooooo

      Eliminar
  2. A impunidade é para todos ou para ninguém.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
      A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
      Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
      Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
      A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
      MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

      Eliminar
  3. Eu,um simples operário emigrante na Holanda desde 1964 e já velhote (88anos),digo mais uma vez que os pulhas,os trafulhas,os cínicos,
    os hipócritas,os velhacos,os espertalhões da Alta,da Média da Pequena Burguesia com destaque para os Vigários de Cristo,mas também gente da Plebe,que sabiam como tirar o melhor partido da Ditadura clerical-fascista do Estado Novo,agora em liberdade e «democracia»e com o liberalismo económico-financeiro em que cada qual se safa como pode,ÊLES,seus apaniguados e os «filhos da mesma
    escola»,muito melhor sabem com tirar o melhor partido desta SITUAÇÃO.Sòmente os bem intencionados ou os palermas como eu,é que foram,são e serão sempre as eternas vítimas.E não esquecer que ÊLES estão a vingar-se do 25 d'Abril.Mas,porém,todavia,contudo......
    Com populismo e demagogia/muita mentira,verdade parece/
    mas em liberdade e democracia/o Povo tem o Governo que merece.
    A Pátria-Mãe p'ra mim madrasta/empurrou-me p'rà emigração/
    e maldita seja a Governação/que Portugal p'rà miséria arrasta.

    ResponderEliminar
  4. Meu PORTUGAL ,NÓS O ZÉ POVO ESTAMOS MUITO MAL TRATADOS mas já vão muitos anos ,eu não acredito em nenhum partido mas ACREDITO QUE MAIS TARDE OU MAIS CEDO ALGUEM DO POVO VAI DAR CAÇA A ESTA CORJA DE BANDIDOS(AS )UM ENORME ABRAÇO PARA TODOS OS MEUS COMPATRIOTAS CLARO MENOS PARA ESTA GATUNAGEM DESDE DEPUTADOS A DESGOVERNANTES .

    ResponderEliminar