12 janeiro, 2012

Pagamos as mentiras e demagogias de políticos imorais.



Por incrível que pareça ainda há quem acredite que por mais que se viole o estado democrático, por mais antidemocráticos que sejam os métodos e procedimentos... que ainda vivemos em democracia.
É um insulto à inteligência dos cidadãos, usar e abusar da mentira para enganar uma nação, e se essas mentiras e manipulações, forem pagas pelos impostos dos enganados, o insulto é ainda maior.

A lei do financiamento dos partidos.
Nós, contribuintes, pagamos impostos que sustentam os charlatães políticos ainda antes deles serem eleitos, apenas para gozarem a juventude parasitária de quem não precisa de produzir nada para ter a conta recheada.
São 83 milhões por ano, dos nossos impostos, para sustentar este gang de futuros saqueadores do povo...

Entretanto este antro fervilhante de esfomeados por fama, dinheiro e poder fácil, que se auto denominam jotas e "partidos", recebem também apoios milionários de privados que mais tarde, com os eleitos no poleiro, verão retribuídos, com milhões de euros dos nossos impostos e favores, em adjudicações directas.
"A lei de financiamento de campanhas já favorecia - e de que maneira! - a promiscuidade entre os negócios e a política. Mas a recente decisão do Governo de aumentar os montantes dos ajustes directos permitidos a governantes e autarcas constitui um verdadeiro convite ao roubo. Paulo Morais

Para além do financiamento dos partidos ainda sustentamos as campanhasEm suma, pagamos para eles vadiarem enquanto esperam pelo poleiro, pagamos para os ajudar a venderem as suas mentiras, manipularem o povo e ganharem o poleiro.
Só o presidente Cavaco Silva gastou 1,8 milhões na campanha e garante não ter usado tudo a que tinha direito, pois usou ajudas de outros privados e empresas... Afirma ele orgulhoso!
Num estudo realizado por José Aguiar, conclui-se que só em tempos de antena na TV, gastou-se 21 milhões de euros, desde 1999.  Mota Amaral assume que se devia rever a forma como se esbanja dinheiro nas campanhas, pois as leis que as orientam já estão obsoletas.

Mas há mais...  sustentamos ainda os políticos e gestores públicos quando cessam funções que tem direito a subsidio de reintegração. Quando terminam as funções, os deputados e governantes têm o direito, por Lei (deles) a um subsídio que dizem de reintegração.
Um mês de salário (3.449 euros) por cada seis meses de Assembleia ou governo.

Para terminar em grande ainda prolongam o parasitismo para a eternidade pois ao fim de poucos anos de carreira ficam com reformas precoces e milionárias, que têm provocado grandes rombos na segurança das reformas dos futuros reformados, honestos. 
A procura, desenfreada, destas reformas disparou 400% .

Depois de percebermos o quanto nos custam os políticos (à luz da lei, porque na sombra saem muito mais caros), estranha-se que nos saia sempre material tão rasca.
Na nossa boa fé, acreditamos que ao sustentar campanhas tão dispendiosas, teríamos garantido algo fidedigno, credível, fiável, promessas e planos para cumprir. Tudo provado, legalizado e garantido... Tudo verdadeiro e justo. Pois afinal se sai caro, tem que ser fiável...
Quem poderia acreditar que é tudo falso, uma brincadeira de mau gosto... Uma mera diversão de uma cambada de parasitas, que fazem do povo, palhaço. Uma fantochada... Onde tudo é permitido para chegar ao poleiro? E nós a pagar...
Num estado democrático se somos enganados por publicidade enganosa temos direito a indemnização e o autor do crime é punido...
A lei protege um cidadão individual por danos causados pela mentira, publicidade enganosa, burla, venda agressiva, etc, no entanto não protege uma nação inteira destas violações do direito?!!! As leis existem mas ninguém as faz cumprir.

Consta da LEI ELEITORAL: Artigo 152º
( Coacção e artifício fraudulento sobre o eleitor ou o candidato )
1. Aquele que usar de violência ou ameaça sobre qualquer eleitor ou que usar de enganos, artifícios fraudulentos, falsas notícias ou de qualquer outro meio ilícito para o constranger ou induzir a votar em determinada lista ou a abster-se de votar será punido com prisão de seis meses a dois anos.
Vejamos o que diz a lei que protege o consumidor; 
 "Quando se adquire um produto ou serviço espera-se que ele corresponda às expectativas, quanto à qualidade e utilidade. A Lei estabelece que estes devem satisfazer os fins a que se destinam e produzir os efeitos que se lhes atribuem"
4) O Direito à Informação:
O direito à informação está consagrado na Lei de Defesa do Consumidor (Lei n.º 24/96, de 31 de Julho). Mas é necessário que a informação chegue até nós de uma forma clara e inequívoca.
A publicidade que é feita aos produtos e serviços tem que ser verdadeira, pois ela leva os consumidores a adquirirem determinado produto pelas características que aí são apresentadas. Se depois verificar que a realidade do produto não corresponde ao que foi enunciado na publicidade, está perante um caso de publicidade enganosa, e como tal, deve denunciar às entidades competentes ou às organizações de defesa dos consumidores.
Quando alguém ou alguma entidade lhe presta informações falsas, lhe vende artigos de má qualidade ou lhe preste serviços que não o satisfaçam ou não correspondam às expectativas, está a causar-lhe um dano. Pois bem, tem todo o direito à reparação desse dano. Para isso basta RECLAMAR!!!  fonte
Sem comentários, políticos mentirosos e advogados trapaceiros...?

Neste vídeos reveja o descaramento e a impunidade com que somos enganados, por pessoas a quem temos que confiar o nosso futuro e a nossa pátria. Descaradamente mentem sem pudor nem vergonhas, sem ética ou moral....E nós a pagar... A pagar uma ditadura. 
Assista aos vídeos das mais recentes mentiras.

As mentiras de Passos Coelho.


  1. AS MENTIRAS DE SÓCRATES, EM VIDEO
  2. As mentiras do Portas... 
  3. É um politico de fachada 
  4. Paulo Portas acalma-se facilmente 
  5. A colecção...



8 comentários :

  1. imbecis sao todos os que ainda contribuem para campanhas politico-partidarias, eleicoes e essa treat toda, e ainda perdem tempo a ouvir discursos de aldraboes e palhacos, que acham que para administrar uma nacao precisam de virar mais papas que o papa e mais reis que os reis, e andarem a viver no luxo...coisas que no final, apenas os faz trabalhar e funcionar bem pior. Que paciencia! vao-se armar aos cucos para o deserto e passear macacos em Africa:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois e os que ainda acreditam neles e votam pactuando com criminosos. As pessoas já deviam ter percebido que deveriam votar noutros partidos, mas as sondagens apontam que estes partidos com provas dadas de décadas de incompetência, gestão danosa e criminosa, burlas e etc e o povo insiste em lhe abrir a porta ao dinheiro dos portugueses.

      Eliminar
  2. Verdadeiros ladroes mascarados de cordeiros

    ResponderEliminar
  3. ja e mais que tempo para o povo abrir a pestana!!!!!!ja chega de ps psd cds-pp.....a que dar hipotese a outros partidos....

    ResponderEliminar
  4. Na próxima eleição é preciso, primeiramente, ir votar. Ficar em casa e não ir votar, alegando que isso é um acto de protesto é parvoíce. Não vais votar e duas coisas acontece: 1) deves ficar quieto e nunca mais reclamar do estado do país, afinal não fostes votar e tens de aguentar calado. 2) por não ires votar, deixas que outros escolham os idiotas que vão governar. O GRANDE PROTESTO é ires votar e não votares nem no PS, nem no PSD nem no CDS/PP. Vote em qualquer outro partido. Proteste votando contra a corja.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando o Voto nao financiar partidos , com dinheiros publicos.....quando eu vir e ouvir uma Oposicao de jeito, e nao com medo e com gorduras de patrimonio imomiliario (denunciando os nomes dos Corruptos)....ai sim eu vou Votar. So mais uma coisa eu tambem desconto desde 1992, e tambem pago impostos e todas as merdas que o voto legitima...Nulo ou Branco nao ganha eleicoes menhumas e dao 13 euros por voto aos Partidos da treta....eu nao voto e tenho mais direito de revoltar-me em quem gosta da mesma merda durante 30 anos seguidos......estes eleitores da treta ainda nao sabem que existe milhares de pessoas que no dia das eleicoes, ou estao a trabalhar, ou ate acamados, mas a maior desculpa e sem duvida, os partidos que estao la sao matilhas de lobos e rebanhos de mansos.

      Eliminar
    2. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
      A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
      Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
      Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
      A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
      MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

      Eliminar
  5. Todos os "vasconcelos",que desde 1975 atiraram, em proveito próprio, êste n/Belo País para a miséria, deviam ser lançados à "rebatinha" pela janela fora. Andam pr`aí cheios de mordomias e fortunas vivendo à grande e à FRANCESA, armados em heróis a arrotar postas de pescada e a gozar c/ a cara do coitado Zé povinho. Até quando???????????????????

    ResponderEliminar