27 novembro, 2012

O PREÇO DA CORRUPÇÃO... O PESO NA CRISE

GRAFICO crise portugal corrupção europa
CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR 

"A forma como a corrupção afecta Portugal e outros países flagelados por esta praga fica bem evidente nestes gráficos.
Os países mais corruptos que são os que estão na parte esquerda do gráfico, a começar pela Grécia, como a mais corrupta e a terminar na Noruega, como a menos corrupta.
Este gráfico mostra que os mais corruptos possuem em comum, as elevadas taxas de desemprego e o PIB baixo.
Para os que teimam em defender que a culpa da crise é da Merkel, dos iluminati, do mundo, das chemtrails, dos ET´s, dos portugueses preguiçosos, dos portugueses que viveram à grande, das forças obscuras ...a culpa é da corrupção.

E para que dúvidas não restem, em baixo, um gráfico que traduz a regressão do PIB e do Desemprego em função do Índice de Percepção da Corrupção de uma série representativa de países, cujos dados foram coligidos de instituições conceituadas.
Não vou ser exaustivo, mas ao abordar o gráfico, percebem-se de imediato as inflexões positivas do PIB per capita nos países de baixa corrupção ao contrário dos opostos que primam pelas inflexões em exageradas Taxas de Desemprego.
Vemos que Portugal se demarca negativamente dos valores expectáveis, tanto para a Taxa de Desemprego como para o PIB per capita, sendo o último nitidamente inferior até ao da Grécia, o que já demonstra esforço para a ineficiência...

Ainda podemos inferir que sem corrupção o PIB Português duplicava, para 46.000 dólares per capita, e isso dá-nos um valor bastante aproximado do custo da corrupção nacional em 2011, de 248.5 MIL MILHÕES DE DÓLARES. Da mesma forma a taxa de desemprego reduzir-se-ia tendencialmente a 2.8% em oposição aos 12.7%, ou bastante mais neste ano, se conseguíssemos acabar com a PRAGA DA CORRUPÇÃO.
corrupção portugal  galopante  grafico
Nas vésperas da Expo o Monstro da corrupção acorda em força e em três anos consegue estagnar a economia…
Para quem estava céptico relativamente às capacidades da boa corrupção, pasme-se com esta orquestra. Sim, há uma relação inequívoca entre a corrupção e a resposta da economia, até parece que espera as retomas para atacar de novo.
E o desfasamento de cerca de ano e meio não deixa qualquer dúvida quanto ao parasita e ao parasitado, e acho que não vale a pena acrescentar mais sobre o assunto, a não ser que temos que acabar com ela antes que acabe connosco!!"
Contributo da responsabilidade de Ricardo Palma

Os países cujos dados foram usados para a síntese são : Australia, Austria, Belgium, Bulgaria, Canada, Croatia, Cyprus, Czech Republic, Denmark, Estonia, Finland, France, Germany, Greece, Hungary, Iceland, Ireland, Italy, Japan, Latvia, Lithuania, Luxembourg, Macedonia (FYROM), Malta, Netherlands, New Zealand, Norway, Poland, Portugal, Romania, Slovak Republic, Slovenia, Spain, Sweden, Switzerland, Turkey, United Kingdom, United States of America.
FONTES:
- DICE (The Database for Institutional Comparisons in Europe) : http://www.cesifo-group.de/ifoHome/facts/DICE/Public-Sector/Public-Governance-and-Law/Corruption/Corrup-Percep-Index_0/fileBinary/Corrup-Percep-Index_0.xls
- The World Factbook (prepared by the Central Intelligence Agency - USA) : https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/
FONTES :
DICE (The Database for Institutional Comparisons in Europe) : http://www.cesifo-group.de/ifoHome/facts/DICE/Public-Sector/Public-Governance-and-Law/Corruption/Corrup-Percep-Index_0/fileBinary/Corrup-Percep-Index_0.xls
PORDATA (Base de Dados de Portugal Contemporâneo) : http://www.pordata.pt/Portugal/PIB+e+PIB+per+capita+a+precos+constantes+%28base+2006%29-933


  1. Corrupção mina Portugal
  2. A lista dos maiores crimes de Portugal
  3. O governo não quer mudar
  4. Paulo Morais desvenda Mentiras
  5. Povo sofre corruptos festejam
  6. Corruptos dividem o repasto
  7. Rejeitam cortes no seu regabofe


18 comentários :

  1. "Ainda podemos inferir que sem corrupção o PIB Português duplicava, para 46.000 dólares per capita, e isso dá-nos um valor bastante aproximado do custo da corrupção nacional em 2011, de 248.5 MIL MILHÕES DE DÓLARES. Da mesma forma a taxa de desemprego reduzir-se-ia tendencialmente a 2.8% em oposição aos 12.7%, ou bastante mais neste ano, se conseguíssemos acabar com a PRAGA DA CORRUPÇÃO."

    Isto é simplesmente arrepiante.
    Dá mesmo vontade de apertar o pescoço a certas bestas que andam por ai a gozar connosco e ainda nos chamam malandros descaradamente nas TV e jornais.
    Os sobas aprovaram hoje o OE, e alguns soltam boçalidades tipo "não é um bom orçamento, mas era pior se não houvesse orçamento". Mas que é isto?

    Isto não vai acabar bem. Não vai não.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não compreendo como é que a TROIKA sabendo estes dados ainda empresta dinheiro...
      Deve ser por isso que pagamos tantos juros lol a nossa fama mostra que somos de pouca confiança.. os dados provam-no...

      Eliminar
  2. Mais um que foi á SICN mandar umas boas bojardas sobre a corrupção.

    http://www.youtube.com/watch?v=o9iiB0H-0kI

    Vale a pena ver, e está bem em linha com a orientação do blog.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já está a ser cozinhado um texto com o video. Obrigado.

      Eliminar
    2. Mas nesse vídeo o economista comentador (um dos raros que foi lá dizer a verdade sobre o carácter criminoso da política deste desGoverno) nem sequer fala de corrupção.
      Ele limita-se a analisar o orçamento de Estado e a demonstrar que havia alternativa aos roubos à classe média e aos aumentos de impostos.
      Só que essa alternativa passa não por politicas de mais austeridade, sim por políticas de desenvolvimento e, se é preciso dinheiro, vai-se buscar aos bancos, aos ricos. às criminosas PPPs que este governo e o anterior tanto defendem (ainda que mandem um foguetório a fingir que não).

      Eliminar
  3. Já analisaram a proposta da actual ministra da Justiçã contra o Enriquecimento Ilicito, e as razões porque a mesma não passa no parlamento ?

    ResponderEliminar
  4. Os PIGS da Europa têm muita coisa em comum alem da localização geografica (estão no Sul). Têm uma elevada economia paralela, uma elevada evasão fiscal e acima de tudo uma elevada corrupção. E no caso portugues esses piratas da era moderna tiveram o desplante de legitimar o saque e a pilhagem dos dinheiros publicos por largos e bons anos naquilo a que se chamam PPP. Nem sequer têm vergonha na cara e é por isso que Portugal está condenado.

    ResponderEliminar
  5. São os PIIGS e não PIGS. O i duplo é um país do Norte da Europa (Irlanda).

    ResponderEliminar
  6. No movimentocdp.wordpress.com estamos a criar uma alternativa para uma governação sem corrupção. Vejam sff

    ResponderEliminar
  7. Não deixa de ser curioso saber que o nível de corrupção em Portugal desce durante o primeiro governo de José Sócrates :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os indices de corrupção não são medidos de mês a mês, e os reflexos dos inquéritos não são imediatos.
      Ele governou entre 12 de Março de 2005 a 21 de Junho de 2011, e também é visível que a corrupção começou nova escalada em 2009.

      Eliminar
    2. Basta comparar 2005 com 2010 e nota-se que o saldo é positivo. :)

      Eliminar
  8. O que é arrepiante é um artigo destes, que mostra o quanto é fácil usar a ignorância para manipular.
    O autor arranjou uns gráficozitos quaisquer, que ninguém percebe muito bem como foram feitos (até porque na prática não significam absolutamente nada - só analfabetos económicos engolem essas), mero décor visual sem nenhuma causa-efeito com as CONCLUSOES TOTALMENTE GRATUITAS que extrai.
    Uma dessas conclusões é que, sem corrupção, Portugal atingiria um Rendimento per capita de 46.000 dólares.
    Mas que maravilha!
    Assim, num golpe de mágica, Portugal passa do atual modesto, mas razoável, 39º a 48º lugar (conforme o ranking), para um espetacular 10º a 13º lugar.
    À frente, imagine-se, duma Alemanha, duma Suécia, ou de países como Holanda, Bélgica, Canadá, França, Reino Unido, etc. etc. (países que “até nem” possuem economias muito mais avançadas. eficazes e produtivas que a nossa, está-se mesmo a ver).
    E com este fabuloso passe de mágica, o autor e esse blogue anulam todos OS FACTOS que só não vê quem não quer.
    Factos como ter sido a destruição das nossas pescas, agricultura e indústria – desde a SOREFAME à COMETNA, desde a SIDERURGIA às CERÂMICAS, enfim praticamente toda a nossa indústria pesada e boa parte da ligeira, a diminuição das pescas para menos de metade à altura da adesão à CEE/UE, ou uma agricultura em que nos produtos alimentares de base passámos a importar quse tudo.
    Portanto não foi isso (pelo euro forte e as baixas taxas de juro) que desincentivou totalmente os nossos emigrantes a deixar de pôr as suas poupanças em Portugal, e ainda a crise de 2008 e a recessão mundial, que provocaram os desequiibrios das nossas contas.

    Com uma siomples palavrinha, para os ignorantes, fica tudo explicado: CORRUPÇÃO, eis a palavra mágica.

    E depois, essa palavra tem um tremendo efeito psicológico: afinal quem se atrave a estar do lado duma monstruosidade como a corrupção? E combatê-la dá aquele ar sério, quem não concorda?

    Mata-se dois coelhos duma única pancada: impede-se alguém de dizer a verdade (uuuuiii – malandro, está do lado dos corruptos, abrenúncio!) e desvia-se a atenção da gigantesca operação em marcha no mundo, dum novo fascismo neoliberal, de que a UE será um dos instrumentos mais poderosos, comandado pelo americano-sionismo.

    Eu é que afinal ainda era ingénuo, pensava que estas campanhas dos Paulos Morais, Gomes Ferreiras e todos esses mails estúpidos que as pessoas vão reenviando fosse mais coisa de ignorantes ou fruto do acaso.

    Agora tenho a certeza. Isso foi tudo estudado em laboratório, está muiiiiiiiito bem pensado e nada tem de casual.

    Boa malha, pá! Parabenzeeeeee!!

    Obrigado ao vosso blogue por me esclarecer. Porreiro!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já que é tão bom a fazer análises tb poderia ter reparado que no final do artigo diz que esta análise é da responsabilidade de Ricardo Palma, ou seja não é do blog. Claro que é livre de o criticar mas faça-o discordando do que Ricardo Palma afirma, e não colocando em causa todo o blog. É um pouco diferente.

      Eliminar
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  11. A mesma busca que me trouxe casualmente a este blogue, levou-me a um outro, que recomendo como leitura bem mais séria e fundamentada sobre a corrupção e seu peso na "crise":

    http://noreinodadinamarca.wordpress.com/2013/06/20/cuidado-com-o-discurso-da-corrupcao/

    Ou ainda, este outro, um estudo académico que, embora à primeira vista possa parecer levar alguma água ao moínho deste blogue, se analisado com atenção vê-se que as teses são muito diferentes e bem menos simplistas.
    Cfr.: http://www.scielo.oces.mctes.pt/pdf/egg/v13n3/v13n3a04

    Mesmo sendo a autora uma académica com tendências pró-capitalistas (a sua frase "O Economic Freedom da Heritage Foundation e do Wall Street Journal é um bom indicador" - ao incensar fontes do capitalismo americano mais conservador, trai-a), o estudo nem por isso deixa de ser sério, e como tal leva a conclusões bem diferentes das do vosso tendencioso blogue.
    E é de observar que o esudo incide sobretudo na Europa dos 15, não na UE alargada, portanto compara Portugal com uma exigente élite europeia.
    Mesmo assim a autora várias vezes conclui que Portugal e Espanha se situam num nível médio de "percepção de corrupção".
    E uma sua conclusão muito interessante é "Na UE15, a remuneração média na função pública é muito superior nos países nórdicos, onde a corrupção é muito baixa. Portugal é o segundo estado-membro dos 15 com remunerações mais baixas."
    Mesmo assim, a autora conclui (pág. 79) que o "nível de corrupção em Portugal situa-se na tendência [média] da UE".
    Acho que ficou claro, só não vê quem não quer.

    ResponderEliminar