22 dezembro, 2011

Empobrecer a classe média dá poder ás elites. Um ponto de vista de Daniel Estulin.



Neste video, Daniel Estulin jornalista e escritor de dois best-sellers "A verdadeira história do clube de bilderberg" e "Os senhores das sombras", obras retiradas do mercado em Portugal.
O autor explica o porquê de se "criar" esta necessidade urgente de pagar as dividas, que todos sabem que são impossíveis de se pagar. Tudo para criar um estado de crise geral premeditado. A ideia alastra-se para instalar pânico e forçar os cidadãos a aceitar sacrifícios em silêncio e a empobrecer pacificamente.

Provocar instabilidade e medo, levando os países a vender a sua autonomia, obrigar países a depor governos para colocarem no poder, aqueles que representam os interesses dos poderosos do mundo actual e do clube. 
Desta forma as elites mundiais irão definitivamente assegurar que os seus interesses fiquem sempre garantidos mesmo em momentos e assuntos de carência grave.
A própria União Europeia não representa nem defende interesses de nações independentes, mas interesses das potências económicas mundiais representadas pelos "sócios" do famoso clube Bilderberg.
São muitas as teorias que apontam para a predominância do poder dos donos do mundo, e os acontecimentos em pouco ou nada contrariam estas teorias.
No video o autor usa como exemplo a água e a sua escassez no futuro, para mostrar como é importante para os donos do mundo terem os países sob o seu controle.

PAULO PORTAS E SEGURO VÃO À REUNIÃO BILDERBERG, PASSOS COELHO FOI CONVIDADO MAS NÃO PODE IR?



"Imagine um clube onde presidentes, primeiros-ministros e banqueiros internacionais convivem, onde a realeza presente garante que todos se entendem, onde as pessoas que determinam as guerras, controlam os mercados e impõem as suas regras a todo o mundo dizem o que nunca ousariam dizer em público. Pois este clube existe mesmo e tem um nome. Ao longo dos últimos cinquenta anos, um grupo seleccionado de políticos, empresários, banqueiros e outros poderosos tem-se reunido em segredo para tomar as grandes decisões que afectam o mundo. Se quiser saber quem mexe os cordelinhos nos bastidores dos organismos internacionais conhecidos, não hesite: leia este livro.
Não temendo pôr em risco a própria vida, Daniel Estulin foi a única pessoa a conseguir romper o muro de silêncio que protege as reuniões do clube mais exclusivo e perigoso da história.
Fique a saber:
- Porque se reúnem os cem mais poderosos do mundo todos os anos durante quatro dias.
- O porquê do silêncio dos media em relação a estas reuniões.
- Que vínculos existem entre o Clube Bilderberg e os serviços secretos ocidentais.
- Quais os planos do Clube Bilderberg para o futuro da humanidade."
Este livro foi retirado do mercado em Portugal, devido às grandes pressões exercidas pelo governo e pelo Clube Bilderberg e é por isso que decidi divulgar este grande livro!

Aqui está a mensagem do autor do livro em relação à censura:
"Bom dia a todos,
Os Senhores do Mundo". Devido a algumas informações muito perturbadoras que temos recebido dos nossos amigos em Portugal, estou a escrever a todos os bloggers portugueses a pedir ajuda.Recebi informações de alguém que trabalha para a Temas & Debates em Portugal que os editores receberam FORTES PRESSÕES de membros do governo PARA NÃO VENDEREM O LIVRO acerca do Clube Bilderberg. Aparentemente este apanhou mesmo o governo de surpresa e assustou-o. Têm medo que este se torne num fenómeno mundial. De facto, está a tornar-se num fenómeno mundial, uma vez que foi editado em 28 países e em 21 línguas.
Esta carta é um pedido de ajuda. Por favor enviem-na a qualquer pessoa disposta a lutar pela liberdade de expressão. O governo e o meu editor em Portugal, Temas & Debates, estão a tentar sufocar este livro porque têm medo que este possa criar uma base que se transforme num movimento populista em Portugal, como já aconteceu na Venezuela, na Colômbia e no México, nos quais a primeira edição esgotou em menos de 4 horas e causou manifestações em frente das embaixadas dos EUA, algo que, como é óbvio e devido ao bloqueio da comunicação social, você não viu nem ouviu na televisão nem na imprensa nacionais.
Se não enfrentarmos estas pessoas da Tema & Debates e do governo elas irão vencer esta luta e nós, o povo, ficaremos UM POUCO MENOS LIVRES E UM POUCO MAIS PODRES INTERIORMENTE.
(...)
Quantas mais pessoas telefonarem e assediarem o editor, e o governo, menos possibilidades terão eles de levar essa tarefa a cabo. Se não fizermos algo seremos tão só MENOS LIVRES NO FUTURO. É ESSE O OBJECTIVO DA BILDERBERG. MAS NÃO É ISSO O QUE EU QUERO PARA OS MEUS FILHOS.
Com base nas nossas fontes no Porto e em Lisboa, descobri que a muitas pessoas têm ido à FNAC à procura do livro mas que, de acordo com a FNAC, "o editor, por qualquer razão, não está disposto a vendê-lo."
Posso dizer-lhes, por experiência própria em Espanha, que esta pressão funciona. Inicialmente a primeira edição foi de 4.000 exemplares que se esgotou num dia. A Planeta (a editora espanhola - nota do tradutor) estava a ser MUITO vagarosa no reabastecimento das livrarias. Organizamos uma campanha massiva na comunicação social na qual isto quase se transformou num ponto crucial para a liberdade de expressão. E funcionou. A Planeta cedeu, o livro avançou e actualmente foram vendidas mais de 65.000 cópias. Também podem divulgar este número na vossa página.
Além disso, estou a organizar uma série de seminários em Portugal para falar sobre os Bilderbergers e os Planos da Ordem Mundial. Esta atenção indesejada irá irritá-los profundamente. Os Bilderbergers são como vampiros. O que odeiam mais que tudo na terra é que a luz da verdade brilhe sobre eles.
Adicionalmente, se isto resultar em Portugal, irá enviar uma dura mensagem a outros países que desejem ceder à pressão dos membros do governo ou a quem quer que seja.
Agradeço-lhe adiantadamente e estou disponível para o que possam desejar da minha pessoa."

Mais vídeos e mais verdade ocultadas sobre a crise. 

Sem comentários :

Enviar um comentário