18 abril, 2014

Empresas que contratem os políticos que faliram Portugal, têm sucesso garantido?

Quando o mau desempenho politico, que todos conhecemos e sofremos na pele, é premiado com cargos top bem pagos, em empresas privadas, só temos que desconfiar que algo anda muito mal em Portugal.
Aqueles que gerem danosamente e incompetentemente Portugal, são os mais procurados e mais bem pagos, para altos cargos em empresas top? As empresas privadas possuem uma estranha predilecção por falhados? Gostam do que eles fizeram ao país? Apreciam o seu desempenho e valorizam todos os processos na justiça e suspeitas que correm, sobre muitos deles?

NO PARLAMENTO DENUNCIAM A FALTA DE VERGONHA DA EDP


PENSAVAM OS PORTUGUESES, QUE OS EX POLÍTICOS ERAM BEM PAGOS E MUITO DISPUTADOS POR EMPRESAS TOP, PELA SUA COMPETÊNCIA?
"Mais de metade das empresas portuguesas que se encontram cotadas na Bolsa, tem ligações políticas. Segundo o Jornal de Notícias, 47% dos políticos que integram as maiores empresas são ou foram ministros, destacando-se o PS e o PSD.
As empresas que contam com funcionários que desempenham ou já desempenharam cargos políticos, tal como no PS ou no PSD, faturam quase o triplo das que não contam com a ajuda de qualquer governante.
Em Portugal, os antigos e atuais políticos exercem funções em cerca de 90% das vinte maiores empresas nacionais. Em 31 das 50 empresas que se encontram cotadas na Bolsa de Valores, foram contabilizados 51 políticos em cargos de gestão, administração e fiscalização, e mais 70 encontram-se igualmente envolvidos. Desses, 47% são ou foram ministros.
Estes números, analisados por Maria Teresa Bianchi, doutorada em Ciências Empresariais pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto, revelam que muitos dos ex e atuais ministros desempenham funções em mais de uma empresa.
Entre os exemplos, destacam-se, segundo a doutorada, o atual ministro da Defesa, José Pedro Aguiar Branco, com funções na Portucel, na Semapa e na Impresa, António Lobo Xavier, que passou pelo BPI, pela Mota Engil e pela Sonaecom e ainda Júlio Castro Caldas, ministro de Guterres. A EDP contava com vários políticos como António Mexia, Eduardo Catroga e António de Almeida.
Segundo o estudo, 60% das empresas segue este exemplo e o PS e o PSD dividem o número de políticos, normalmente licenciados em economia ou política." fonte
Sete ex-governantes, todos das áreas do PSD, PS e CDS, ganharam, em 2013, mais de 812 mil euros como membros do Conselho Geral e de Supervisão da EDP. No grupo há seis ex-ministros e um ex-secretário de Estado. Do PSD, são, além de Catroga, os ex-ministros Jorge Braga de Macedo (Finanças, 1991-1993) e Luís Filipe Pereira (Saúde, 2002-2005). Do PS, são os ex-ministros Rui Pena (Defesa, em 2001 e 2002) e Augusto Mateus (Economia, 1996-1997). FONTE

Ganhar muito dinheiro e poder.
O gráfico do link em baixo, deixa a nu a razão porque estamos falidos, a razão porque somos tão mal governados, e o que ganharam os compinchas que nos governaram mal.
As empresas que os acolhem estão em alta, Portugal afunda-se. Onde estará o dinheiro? Quem o desviou /levou? Encontre as respostas neste gráfico.
ECOSSISTEMA POLÍTICO-EMPRESARIAL
No gráfico animado com uns bichinhos parasitas, veja quantos e quais os ex políticos que alberga cada empresa e quais são as empresas... sortudas.
Uma aplicação interactiva criada por investigadores da Universidade de Coimbra e mostra o transito frenético entre os políticos da burguesia e o tecido empresarial, desde 1975 até 2013. Pode apreciá-la aqui:  http://pmcruz.com/eco/ ---  ARTIGO COMPLETO: 

Também Gustavo Sampaio investigou e concluiu algo que o vai deixar de boca aberta... No video explica: 
Dos 230 deputados na Assembleia da República, 117 estão em regime de part-time, acumulando as funções parlamentares com outras atividades profissionais no setor privado. Advogados, juristas, médicos, engenheiros, consultores, empresários, etc.


Alguns casos chocantes... 
  1. 7500 EUROS POR REUNIÃO?
  2. CHEGAM A OCUPAR MAIS DE 10 CARGOS? DIAS DE 48 HORAS?
  3. 40 POLÍTICOS DIRECTAMENTE PARA EMPRESAS PRIVADAS
  4. POLÍTICOS QUE FAVORECERAM AS PPP, TRABALHAM AGORA NAS PPP
  5. 20 ADMINISTRADORES COM MIL CARGOS NA ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS
  6. MAIS ALGUNS PAPA TACHOS
  7. OS TACHOS PARA PAGAR SILÊNCIOS?
  8. EMAIL ONDE CHEFES DO BPN DECIDEM O QUE É IMPORTANTE NUM GESTOR
  9. MAIS CASOS DE POLÍTICOS QUE SALTAM PARA O PRIVADO
  10. 15 PAPA TACHOS
  11. UM CASO MIRABOLANTE
  12. PÚBLICO OU PRIVADO? QUAL DEFENDER?
  13. MAIS EXEMPLOS DE GESTORES IMPARÁVEIS 
  14. PAIS DO AMARAL, 73 CARGOS?
  15. PAULO MORAIS EXPLICA OS BOYS DA EDP
  16. A MAÇONARIA PRECISA DE ESTAR NO CONTROLE?
Vivemos numa ditadura controlado pelos incompetentes
 

1 comentário :

  1. Olá!

    A melhor solução é simples: Desviar pelo menos uma fase... Claro que não convém anunciar a ninguém que se fez, pois os ESCRAVOS sempre sentem inveja uns dos outros!

    Bj

    ResponderEliminar