26 março, 2014

POLÍTICOS RECUSAM FALAR DE CORRUPÇÃO, NEM SE ATREVEM A MENCIONAR A PALAVRA.


Discurso de Passos Coelho, acabadinho de chegar de Marte. Surpreendido com a justiça?
Neste video assista a uma compilação de depoimentos para perceber as diferenças entre o discurso dos que lutam contra a corrupção e dos que a querem manter.



Este é mais um discurso, de Passos Coelho, que vem comprovar que, a luta contra a corrupção, na esfera politica, continua a ser ignorada. Recusam-se a assumir que existe e que é um problema grave que todos os portugueses querem ver eliminado. O discurso, no video, é mais uma prova disso. Apesar do tema central do discurso ser um acto de corrupção que saiu impune por corrupção, Passos Coelho recorre a todos os eufemismos possíveis para nunca usar as palavras proibidas.


Há algo que distingue os que lutam contra a corrupção dos que fingem que lutam contra a corrupção.
Os que lutam contra a corrupção, chamam os bois pelo nome, usa e abusam da palavra corrupção, fraude, desonestidade, falta de ética, impunidade, etc etc. Talvez porque têm a consciência tranquila. Acho que todos já devem ter reparado neste fenómeno.
Quem ouviu Mário Soares falar de corrupção e de corruptos? Cavaco Silva? Sócrates? Durão Barroso? Passos Coelho? Já para não falar noutros.
Mas nada... ninguém toca no assunto, é como se não existisse tal coisa em Portugal.
Apesar de ser um dos maiores flagelos nacionais, que afectam a economia, as finanças públicas, a sociedade, etc etc ... os políticos jamais falam do assunto.
Peso na consciência? Medo que lhe façam perguntas para as quais não tem respostas?

Quem tem filhos, e talvez também quem os não tem, saiba que este é um truque básico usado com as criancinhas para as levar a esquecer determinada coisa. Os políticos tratam-nos como criancinhas.
Se uma criança com 2, ou 3, ou 5 anos, embirra que quer um algo mas é muito caro ou nós não queremos comprar, qual é o truque a utilizar para não haver birras e esquecer o assunto? É distrair a criancinha, e jamais falar desse objecto ou tudo que lhe faça lembrar esse objecto, em frente a ela. Se somos nós que temos o poder de criar a realidade da criancinha, podemos eliminar e acrescentar a essa realidade aquilo que quisermos. Podemos valorizar e subvalorizar o que queremos que ela valorize ou subvalorize. Esta técnica é útil para educar criancinhas, e quando utilizada para o bem de todos. Mas os políticos portugueses (incluindo as oposições) utilizam-na com adultos, para nos manipular, para nos poderem lesar tranquilamente.
A este fenómeno há que juntar um outro.
Já reparam que na Ucrânia (a coisa depois descambou, mas isso é outro assunto) e na Islândia as manifestações foram contra a corrupção?
Em Portugal as manifestações, como são manipuladas por pastores ao serviço das seitas politicas, têm nomes e objectivos, que servem precisamente para desviar a atenção do povo, dos corruptos e da corrupção.
Que se lixe a troika?? Não aos cortes? Fim à austeridade? Marchas pacificas, fechadas em autocarros para não dar nas vistas? Então as manifestações não são para dar nas vistas???
E o povo segue silenciado!!!! Todos sabemos que o problema que mais revolta o povo, é a corrupção. Todos sabemos que a austeridade, os cortes, a crise, a Troika, são consequências da corrupção... então porque será que NÃO HÁ MANIFESTAÇÕES CONTRA A CORRUPÇÃO???

Simples... porque cada vez que há vestígios de que se está a organizar uma manifestação, ou se suspeita de que haja uma eminência de descontentamento explosivo, os infiltrados servos dos políticos, tomam a liderança, conduzem a indignação para objectivos menos escandalosos. Dão-lhe um nome que desvie as atenções de quem realmente o povo queria atacar, e transformam as manifestações em algo sem abstracto e inócuo...  Que se lixe a Troika?? Mas a troika foi convidada pelos corruptos!! Não aos cortes? Mas isso é natural as pessoas não gostarem, mas tem que ser. Basta de austeridade? É normal, ninguém gosta, mas já se calam... A raíz de todo o mal, a corrupção, fica novamente esquecida.
O que eles politicos, não gostariam nada de ver, era milhões de portugueses a marchar contra os corruptos e a corrupção. Empunhando as fotografias deles em belos cartazes, à vista de todos. Era uma vergonha.
Claro que os milhares que precisamos para lutar contra a corrupção, ao que parece são criancinhas que não sabem que existe corrupção, e preferem ir manifestar-se nos estádios, pagando 60 ou mais euros, do que manifestar-se contra a corrupção de borla. Tudo porque eles sabem que existe futebol, porque os políticos o sobrevalorizam, e não sabem que existe corrupção, porque os políticos a SUBVALORIZAM!!!! 
(Nada como encher a comunicação social de horas de debates de futebol, em que os comentadores se picam uns aos outros, para espicaçar os ceguinhos em casa. Triste e deplorável espectáculo, pois por vezes os comentadores deixam escapar gargalhadas, porque não se conseguem conter com a farsa e as palhaçadas que são pagos para fazerem. A missão é picar o sporting, contra o benfica e o benfica contra o porto, e etc etc,  para o povinho se sentir impelido a juntar-se à luta e a socorrer as vitimas do ataque - o seu clube. Portugal está a salvo, não se preocupe... o seu clube é que corre perigo.)

Para reforçar a teoria veja neste video ao ponto que eles chegam para subvalorizar a corrupção. Paulo Morais vai ao parlamento denunciar os nomes dos corruptos e eles nem aparecem. O melhor para eles é o desprezo, e fingir que nada se passa.

Repare-se na ginástica verbal, a que ele recorreu, para não ter que usar a palavra maldita.
"O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, afirmou que o Governo pretende corrigir as "injustiças" e "assimetrias" entre portugueses, dando como exemplo processos que prescreveram por terem grande visibilidade mediática.
"Grande parte da nossa acção política destina-se precisamente a corrigir estas injustiças, estas assimetrias, estes acidentes ou os privilégios que ainda possam existir na sociedade portuguesa", afirmou Pedro passos Coelho, este domingo, 16 de Março, depois de aludir a "processos que tinham uma grande visibilidade mediática e acabaram por não ter decisão porque foram prescritos".
Sem querer fazer "qualquer observação em particular sobre esses processos", Passos Coelho adiantou que "custa à maior parte dos portugueses admitir que isto aconteceu porque as pessoas que estavam envolvidas nos processos não eram pessoas simples, cidadãos anónimos", sublinhando que "a maior parte das pessoas está convencida de que um cidadão comum não teria conseguido um desfecho destes nestes processos".
Bem ou mal "ainda há uma percepção de injustiça na sociedade portuguesa, na forma como uns e outros são objecto de tratamento na justiça", acrescentou o primeiro-ministro, admitindo haver "muitas reformas" que o Governo terá que executar e que este é o momento para todos aqueles que "querem conquistar o seu direito deixar um legado no futuro de maior esperança para os seus filhos ou para os seus netos" dizerem "presente". fonte
    ignorancia politica arruina
  1. -CONSULTE ESTA MEGA LISTA DE CORRUPÇÃO
  2. -MAIS UM CASO DE IMPUNIDADE, FILHO DE JUIZ  
  3. -TRIBUNAIS ARBITRAIS, LEGITIMAM CORRUPÇÃO, MARINHO PINTO 
  4. -MEDINA CARREIRA E CAIADO GUERREIRO DEFINEM CORRUPTOS.
  5. -PAULO MORAIS, 85% DA DIVIDA, FOI CAUSADA PELA CORRUPÇÃO
  6. -CORRUPÇÃO NA JUSTIÇA TIAC 
  7. -CÂNDIDA ALMEIDA, JURA QUE PORTUGAL NÃO É CORRUPTO
  8. -PAULO MORAIS, PORTUGAL MAIS CORROMPIDO DO MUNDO, EM 10 ANOS.
  9. -O ORÇAMENTO DE ESTADO SERVE OS PADRINHOS.
E AINDA... 
---A justiça está a transformar-se num negócio privado lucrativo.
"O bastonário da Ordem dos Advogados afirmou que o que se tem passado com as leis fiscais é "um crime monstruoso", com a arbitragem transformada num "negócio magnífico".
"Qualquer grande contribuinte em Portugal só paga impostos se quiser, de impugnação em impugnação, as leis têm todas as insuficiências para impedir que pague impostos" ARTIGO COMPLETO

--A ministra da Justiça foi questionada pelo público sobre se, em Portugal, há uma justiça para ricos e uma justiça para pobres.
"Neste momento em Portugal há uma justiça para ricos e uma justiça para pobres a partir do momento em que se alguém tiver meios pode eternizar um processo, indo de recurso em recurso, suscitando uma série de incidentes e quem não tem esses meios não o pode fazer", respondeu ARTIGO COMPLETO: 

--- Em boa verdade e como diz Marinho Pinto, só mesmo se forem corruptos estúpidos é que são apanhados, pois todos os envolvidos no acto corrupto têm interesses a preservar, e interesse em manter o assunto em sigilo. O potencial queixoso, que no caso da corrupção politica é quase sempre o povo e a nação, não chega a ter conhecimento de nada. ARTIGO COMPLETO

-- Caiado Guerreiro- Todos estes casos, que estão em tribunal, não vão dar em nada, porque a norma, mesmo que eles fossem filmados no acto de corrupção, seria difícil provar em tribunal. ARTIGO COMPLETO: 

VIDEOS SOBRE CORRUPÇÃO
  1. Escutas a Paulo Portas e CDS, de rabo preso? Há crimes não há é justiça.
  2. Portas, Barroso sem justiça, submersos, sub-humanos e impunes.
  3. Deputados acusados de corrupção, cobardes, não aparecem.
  4. Grandes Empresários são parasitas do estado, sem ele, não existiam.
  5. Corrupção descarada.Viagens, carros, cartões de crédito, fraudes,, etc
  6. Sócrates mente a Portugal inteiro, para avançar negócios ruinosos?
  7. A corrupção em Portugal, à descarada.
  8. Políticos empresários, um negócio que todos pagamos? Ensino privado.
  9. Houve verdadeiros saques a bancos, e ao erário público. Discurso histórico
  10. PPP negociadas e renegociadas, por deficientes ou criminosos? Caiado Guerreiro.
  11. Banco de Portugal, desmascarado, fracassou nos crimes no BPN?
  12. BPN, quem está rico com o teu dinheiro? Quem foi ao pote do BPN?
  13. 485 MILHÕES NO SIRESP- UMA PPP CRIMINOSA COM OLIVEIRA E COSTA
  14. Ministra das Finanças o BPN e a "Girl" do PS
  15. OCDE: PORTUGAL DESTRUÍDO PELA CORRUPÇÃO
  16. Gomes Ferreira, explica quem manda em Portugal.

4 comentários :

  1. Dos 230 deputados à Assembleia da República, 117 estão em regime de part-time, acumulando as funções parlamentares com outras atividades profissionais no setor privado. Em diversos casos, prestando serviços remunerados a empresas que operam em setores de atividade fiscalizados por comissões parlamentares que os mesmos deputados integram!!! Ao que se acrescem as ligações a empresas (cargos de administração, participações acionistas, serviços de consultoria, etc.) que beneficiam de iniciativas legislativas, subsídios públicos ou contratos adjudicados por entidades públicas visando a execução de obras, o fornecimento de produtos ou a prestação de serviços. Conflitos de interesses? Ai se o voto fosse nominal!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas eles não querem e eles é que mandam

      Eliminar
  2. Cara Zita, concordo o que o diz em relação ao povo quando um arbitro rouba a sua equipa de futebol, mas não concordo quando está em causa o seu salário até porque este povo preciso do seu salário para o gastar em futebol, circo e outras tretas. Este povo individualista só não faz nada quando o problema atinge os outros, se é com eles já não gostam. Ainda em relação ao povo, vejam este excelente vídeo: http://apodrecetuga.blogspot.pt/2013/05/se-votas-reclamas-de-que-es-tu-que.html. Temos de enfrentar o verdadeiro problema deste país, um problema cultural e de educação cívica. Este povo precisar lutar por causas e não por tretas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora nem mais... é aí que tudo começa e tem que ser por aí que vai acabar. A educação cívica.

      Eliminar