10 março, 2014

Ex Presidente de associação e esposa, acusados de desviar 8,7 milhões de fundos da UE.


desvio de fundos europeus presidente PME
Portugal sufoca, moribundo, nas mãos dos mais impiedosos sacanas, imorais que insistem no saque constante.
- Ex-presidente da Associação das Pequenas e Médias Empresas (PME Portugal), Joaquim da Rocha Cunha, mais a esposa Lurdes Mota Campos e Paulo Lima Peixoto, acusados de desviar 8,7 milhões de euros de fundos comunitários, sendo que deste valor, mais de um milhão foi enviado para 60 offshore, um deles localizado nas Caraíbas, conta o Jornal de Notícias.
De 11 milhões de euros vindos do Fundo Social Europeu, não foi justificado o gasto destes 8,7 milhões. (2008)
 Noticia completa,fonte

O mais escandaloso é que, já em 2005 foi denunciado, e continuamos na mesma?
Mota Campos&Cunha apelidos do casal.
Autoridades alertam... 
No relatório pode ler-se que em Dezembro de 2005 já tinham sido feitos alertas pela estrutura de controlo de primeiro nível "para a necessidade de dar atenção redobrada aos projectos desenvolvidos por esta entidade [PME Portugal] devido ao eventual relacionamento com a empresa Mota Campos & Cunha ou com alguns dos seus outros fornecedores". Segundo este alerta, referido no relatório, a Mota Campos & Cunha adopta, para a realização das acções de formação, a denominação social IPME, SA, cuja morada coincidia na altura com a morada pessoal e de trabalho da presidente da assembleia geral da associação, Maria de Lurdes Mota Campos. São também enumerados exemplos de "facturação à associação das PME por parte de entidades que ou se situam na mesma morada, ou são sua propriedade, ou têm responsáveis comuns."
Noticia na fonte



8 comentários :

  1. Porque é que os boys das adminsistraçoes publicas, começam os seus curriculos com cargos importantes, do genero, vogal no conselho de adminsitração da TAP, rumeneração 250.000 euros???

    Será coincidência ou corrupção? Não é corrupção.

    O estado portugues é uma instituição criminosa, não prende os ladroes do povo português.

    ABRA OS OLHOS,
    COMBATA A FRAUDE.

    ResponderEliminar
  2. A coisa ja ultrapassou todos os limtes, o ESTADO PORTUGUES, é mesmo uma instituição crminosa.

    O povo tem de reagir,

    nãoa ceitem empregos com remuneraçoes baixas,nao trablhem, greve de zelo,façam um esforço e deixem andar, ninguem morre á fome,

    retirem todo o vosso dinheiro dos Bancos, especialmetne os que ja sabemos que prevaricam com o estado portugues,

    Não votem.

    Não paguem impostos, não lhes deem dinheiro.Isto é muito importante, nao metam o estao nas vossas transaçoes, ele so vos rouba.-

    EStá nas vossas maos, se nao agirem serão miseraveis. ! Obriguem os galos a sair do galinheiro.

    Rebentem com o Estado portugues criminoso, se nao fazerem nada ele rebenta com voçes e com os vossos flhos.

    Quem avisa amigo é!

    ResponderEliminar
  3. ABRA OS OLHOS, COMBATA A FRAUDE.

    Enquanto voçê anda de transportes públicos eles auferem milhares de euros de rendimento mensal nos conselhos de administração das empresas de transportes pública, com mercedes novo e cartão para despesas.E pior , por ompetência, nunca deviam lá ter entrado.

    ABRA OS OLHOS, COMBATA A FRAUDE. e cuidado com as tentativa de vigarizar e enganar o povo, ao estilo de controalr as mentalidades, muito pior qeu salazar, mais póximo de hitler, as tentativas tem sido bem sucedidas.

    ResponderEliminar
  4. CONFIRMA-SE.

    o ESTADO PORTUGUES MAIS UMA VEZ CONFIRMA, PORTUGAL NA TEM FUTURO.

    Atraves da personalidade de Cavaco sILVA, o estado CRIMINSOSO diz:

    "Economia portuguesa sujeita a supervisão até 2025."

    "Os jovens devem-se dedicar à agricultura."

    ESPEREM SENTADOS, VIGARIZAR E GOZAR COM QUEM TRABALHA, JA ULTRAPASSOU OS LIMITES PARA MIM.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma falra de respeito pelos portugueses.

      Eliminar
  5. É uma falta de respeito pelos portugueses.O palhaço podia começar a trabalhar.

    ResponderEliminar
  6. O BES está a usar as mesmas tácticas do que o BPP
    O BES está a comercializar de forma agressiva um produto
    Obrigacionista do próprio BES para se auto financiar fazendo com que
    os clientes do BES transformem Depósitos a Prazo que estão cobertos
    pelo Fundo de Garantia (até 100,000 euros) em Obrigações do BES sem
    qualquer protecção!

    http://web3.cmvm.pt/SAI/criarreclamacao.cfm

    ResponderEliminar
  7. polos todos de la para fora ,,,,,,, uma guerra contra o governo eu alinho

    ResponderEliminar