07 março, 2013

Ao BPN ninguém paga dividas, o povo paga por todos.



BENFICA E PORTO, CARTÃO VERMELHO NO BPN?!!
O BPN era o banco onde alguns políticos, amigos de políticos e familiares, iam buscar dinheiro, fingindo que era emprestado, mas sabendo que ninguém ia ser obrigado a devolver nada.
Os empréstimos eram aos milhões....
- Duarte Lima pediu perto de 53 milhões..!!!
- O arquitecto Capinha Lopes, autor do Freeport e de vários projectos da SLN pediu 8,3 milhões de euros
- Luís Duque, surge no processo porque, enquanto vereador e vice-presidente da autarquia de Sintra, atestou o valor de alguns dos bens dados como garantia dos empréstimos.
- Arlindo de Carvalho militante do PSD recebeu, perto de 20 milhões de euros em empréstimos.
- Carlos Marques, sócio do genro de Oliveira e Costa, é um dos muitos advogados, com empréstimos no BPN.
- Filipe Baião Nascimento, representante do ex-patrão do BPN, também com empréstimos.
- "Estado assume dívida de 130 milhões do grupo de Aprígio Santos. Fonte

A lista é muito longa... os milhões, que nos faltam nas contas, são mais ainda.
Mas o desplante é sempre tanto, que os envolvidos continuam por aí, protegidos pela justiça, escolhidos para comissões de honra, nomeados para o governo, escolhidos para o BCE, medalhados pelo governo, beneficiados com cargos e com reformas milionárias .. e nada nem ninguém os detêm, nem mesmo a vergonha. 
Para o BPN, era tudo à grande... não era obrigatório deixar garantias, um procedimento obrigatório em outros bancos, para empréstimos elevados. E os poucos que deixaram garantias, eram falsas ou sem valor.
E foi assim a triste história do BPN, um banco que distribui dinheiro alheio, pelos amigos, e depois obrigou o estado a tapar o buraco.

O Victor Baía é apenas mais um dos que pediu grandes quantias em empréstimos, ao BPN. Nenhum banco, NORMAL, anda por aí a emprestar 50 milhões, ou 10 milhões, sem garantias e a qualquer pessoa. Mas no BPN, era tudo premeditado... a ideia não era ser honesto e sustentável, mas sim saquear o máximo, enquanto havia.
"Estado assumiu dívidas de 10 milhões de duas empresas de Baía ao BPN. (...)A dívida resulta da concessão de créditos pelo banco, quando era liderado por José Oliveira e Costa, às sociedades Sunderel - Gestão Imobiliária, e Cleal - Investimentos Imobiliários, que foi gerida por António Manuel Esteves, o ex-sócio a quem Vítor Baía acusou de burla.
Mesmo com a dívida total da Sunderel e da Cleal a rondar os 10 milhões de euros, "os créditos das empresas de Vítor Baía não são os piores, porque têm garantias reais", garante fonte conhecedora do processo. E tanto assim é que, segundo assegura a mesma fonte, "as garantias reais dão quase para pagar as dívidas [da Sunderel e da Cleal]".
A transferência da dívida destas firmas para a Parvalorem não é um caso único: desde o final de 2011, essa sociedade pública já comprou ao BIC créditos malparados no valor total de quase 4,2 mil milhões de euros.
O CM tentou falar, por telemóvel, com Vítor Baía, mas sem sucesso. Foram enviados SMS com o assunto em causa, mas o ex-guarda-redes não respondeu. Vítor Baía realizou, nos últimos anos, investimentos imobiliários: um deles foi o Hotel Évora Machede, no Alentejo."

"Dos vários créditos malparados do BPN que envolvem figuras públicas, há depois casos ainda mais difíceis, por causa dos seus contornos complexos, e em que a recuperação do dinheiro pelo veículo do Estado é virtualmente impossível.
Um dos dossiês à espera de resolução diz respeito a um empréstimo que envolve uma empresa do presidente do Benfica — a Inland. Uma sociedade espanhola, a Administradora Transibérica, pediu um crédito ao BPN para comprar ações da SLN (ex-dona do banco) detidas pela Inland. Já após a nacionalização do BPN, os advogados do banco entregaram uma queixa-crime ao DCIAP em que levantam suspeitas sobre aquela transação e sobre a relação entre as duas empresas, já que eram ambas representadas por Almerindo Duarte, sócio de Luís Filipe 1 Vieira. De acordo com essa queixa-crime, a Inland recebeu €12,6 milhões, a Transibérica não pagou uma única prestação ao BPN, deixando de ter atividade, e as ações desapareceram. Fonte próxima da Inland defende que o negócio foi claro, que as ações foram vendidas ao valor de mercado e que o sócio de Luís Filipe Vieira só foi procurador da sociedade espanhola nesse contrato. fonte 

Luís Filipe Menezes tem mais amigos?

34 comentários :

  1. O BPN é a ponta do iceberg da corrupção organizada, no caso, no PSD.
    Um palco, onde exibiram a sua ambição, com consciência da impunidade prática e verdadeira alma FASCISTA, um grupo de malandros que à sombra da tomada do poder, decidiram roubar à descarada ingénuos depositantes primeiro, e em seguida - por forte influência política - passarem para o estado (impostos de todos nós) a indemnização compensatória para o saque que os enriqueceu.

    Na prática, roubaram os impostos de todos nós e ficaram ricos!

    E não são condenados?

    Bernie Maddof por um roubo 10 vezes maior foi, nos EUA, CONDENADO EM 3 MESES!

    A chamada justiça portuguesa não tem pingo de vergonha?

    Nem nos submarinos?


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bernie Maddof foi condenado a prisão perpétua (3 X) e não 3 meses!!!!!

      Eliminar
  2. Há dias, ouvi o Miguel Sousa Tavares referir no telejornal da Sic, que perante a ineficácia dos órgãos próprios é a VERGONHA o que mais pode castigar estes criminosos.

    Concordo com ele! Os nomes deles devem constar em listas de criminosos na net, nos jornais, nas tvs.
    É importante que futuros bandidos saibam que o seu nome, o nome dos seus filhos, as suas relações familiares a todos os graus, ficarão para sempre marcados.

    E onde quer que haja uma pessoa de bem, tem o dever de fazer sentir a esses criminosos (nem que seja por um simples olhar de desprezo) que NUNCA a nossa sociedade lhes perdoará.

    Claro que isto não será nada para esses canalhas.
    Mas perante a "justiça" que temos compete-nos fazer, pelo menos, o mínimo...


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois mas eles não tem vergonha, os milhões que roubaram compensam isso tudo...

      Eliminar
    2. Se vivece-mos num pais demucratico sim isso aconteceria,
      Em pôr os nomes deles todos na praça publica

      Eliminar
    3. estou de acordo, forca

      Eliminar
    4. O Vitor Baía levou dez milhões e dá direito a noticia de primeira página, já o Luiz Filipe Vieira gamou 12.6 milhões, mas por ser o presidente do Benfica a noticia aparece escondida lá no fundo. quem publicou isto tem forçosamente de ser LAMPIÂO.

      Eliminar
    5. O que se quis dizer é que o julgamento do Maddof demorou 3 meses até ser condenado, não é como a justiça portuguesa que demora anos até os processos prescreverem ou então os ladrões serem absolvidos

      Eliminar
  3. Então mas o Fascismo não é anti-democrático e anti-capitalista?

    Porque é que andam aqui nicks a chamar de fascistas a democratas do psd e a vir com termos de "fascismo financeiro"(que é isso?)

    Então não é a máfia financeira que financia os partidos democráticos,organizações democráticas e igualitárias,não controla os mainstream média que propagam a democracia?

    Que sentido faz chamar de "Fascistas" a anti-fascistas como são todos os liberais-capitalistas?

    Será a maquina de propaganda da esquerdalha neo-marxista a funcionar aqui?
    Estarão com medo que após a queda do regime as pessoas não se deixem enganar novamente e desta vez não consigam ocupar o "espaço" do descontentamento social?

    Se houve alguma ideologia totalitária financiada pelo grande capital foi o comunismo,é só estudar quem o financiou,vai tudo desaguar a banqueiros judeus.

    Aliás,comunismo é capitalismo,só que capitalismo selvagem de estado.

    Mas eles são a favor dos trabalhadores,como se pode ver na china,koreia do norte,laos,vietname e ex-urss.

    São também contra o "imperialismo"(conceito vago dito pelos mesmos),apesar de o comunismo ter sido e ainda é imperialista.

    São a favor da liberdade apesar de matarem dissidentes políticos,gulags para pôr a nata da sociedade lá,holodomores para matar as pessoas à fome,roubo de propriedade privada,etc etc..

    São também muito patriotas,como se viu no ultramar quando se aliaram aos negros marxistas contra os soldados e civis Lusitanos...

    Só o facto de haver pessoas com relativa cultura e educação e acreditarem nos marxistas, não é somente a prova de que o povo Português é em grande parte ingénuo,estupido e imaturo políticamente.

    É também a prova que a democracia jamais funcionará,pois esses podem votar e poderão sempre votar numa democracia,apesar de serem estupidos,ignorantes ou imaturos polítcamente.

    Se fossem somente eles a serem prejudicados pela sua burrice tanto fazia,o problema da democracia é que à pala dos burros,os outros é que se fodem,é esta a dinâmica da democracia.

    A quantidade vence a qualidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cada qual vê as coisas de acordo com as suas ideologias e isso é de respeitar, mas não acredito que a maior parte dos portugueses é tão estúpida ou imatura politicamente a ponto de se deixar caír por radicalismos oportunistas.

      Eliminar
    2. "Se houve alguma ideologia totalitária financiada pelo grande capital foi o comunismo,é só estudar quem o financiou,vai tudo desaguar a banqueiros judeus."

      Vejam só esta preciosa imagem:

      http://www.flickr.com/photos/viviendoenlaerapop/1442565785/

      É nos EUA, em frente a uma loja maçónica.

      É só juntar os pontos.
      Há que tentar ver o grande desenho.


      Eliminar

    3. Do naco de prosa acima:

      "São também muito patriotas,como se viu no ultramar quando se aliaram aos negros marxistas contra os soldados e civis Lusitanos..."

      A ignorância da realidade geopolítica à época destes acontecimentos, deveria limitar quem quer vomitar ódio usando palavras. Mas não...

      Quem viveu, combateu e respirou nesses tempos, só pode aplaudir a decisão de MacArthur de tirar fotos ao holocausto nazi, para que o mundo não esquecesse a dimensão desse genocídio.

      Mas a ignorância é mãe do ódio. Ignorar estes factos passados permite parir as enormidades presentes...

      Quem se alimenta de veneno a si mesmo se condena!

      A História não esquece:
      http://history1900s.about.com/od/holocaust/tp/holocaustpictures.htm


      Eliminar
    4. Bom discurso N mas estás a pregar no deserto. Eu também acho curioso ver os esquerdinhas todos entusiasmados a falar sobre a corrupção e ineficiência do Estado, são tão burrinhos que nem entendem que estão a dar um tiro nos próprios pés e a cavar a sua própria sepultura, também cheguei a este blog através do fb de uma comunista, eles enchem a boca porque lhes dá jeito falar da corrupção do Estado e nem sequer compreendem que isso retira a sua própria moral para pedir por mais Estado. Quanto á cena do "fascistas" já sabes que esta gente não tem nada na cabeça e não sabe o que mais há de dizer nem saber sequer o que é o fascismo e quão similar ao comunismo ele é, aliás o fascismo é bastante melhor em comparação.

      Eliminar
  4. http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=AlrPPD7aD3U

    Aprendam alguma coisa...

    ResponderEliminar
  5. isto não tem qualidade nenhuma. É fonte anónima de desqualificados ataques, citando esse paladino da verdade que é o pasquim que vos serve de inspiração. E relacionar Benfica e Porto é outra falácia dos 6 milhões. Sois uns pobres tristes, sem coragem, sem carácter, sem princípio, e sem histórias credíveis. Até usam a foto do Baía, para atrair os idiotas que vos seguem, espumando de raiva...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As fontes estão lá bem visíveis...
      Relacionar o benfica e o porto é apenas algo a confirmar, como e porquê, lendo o artigo.
      Pobres e tristes somos, porque realmente só os pobres e tristes permitem ser roubados nesta impunidade e assistir à glória dos que deviam estar a ser julgados. Julgados sim porque não possuem carácter nem princípios nem coragem de viver sem ser a roubar o povo.

      A foto do Baía está contextualizada, pelas dividas ao BPN, e por pertencer a uma comissão de honra....

      Se estão ou não a espumar de raiva, não sei, mas que os portugueses já há muito deveriam estar a espumar de raiva... isso sim concordo consigo. Chega a ser ofensivo a forma como os portugueses aceitam tudo, sem espumar de raiva....

      Eliminar
    2. Anónimo 07 Março, 2013 13:30
      Há dias, ouvi o Miguel Sousa Tavares referir no telejornal da Sic, que perante a ineficácia dos órgãos próprios é a VERGONHA o que mais pode castigar estes criminosos.

      Concordo com ele! Os nomes deles devem constar em listas de criminosos na net, nos jornais, nas tvs.
      É importante que futuros bandidos saibam que o seu nome, o nome dos seus filhos, as suas relações familiares a todos os graus, ficarão para sempre marcados.

      E onde quer que haja uma pessoa de bem, tem o dever de fazer sentir a esses criminosos (nem que seja por um simples olhar de desprezo) que NUNCA a nossa sociedade lhes perdoará.

      Claro que isto não será nada para esses canalhas.
      Mas perante a "justiça" que temos compete-nos fazer, pelo menos, o mínimo...

      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2013/03/ao-bpn-ninguem-paga-dividas-o-povo-paga.html#ixzz2Ms9wtNcY

      Eliminar
    3. O Vitor Baía levou dez milhões e dá direito a noticia de primeira página, já o Luiz Filipe Vieira gamou 12.6 milhões, mas por ser o presidente do Benfica a noticia aparece escondida lá no fundo. quem publicou isto tem forçosamente de ser LAMPIÂO.

      Eliminar

  6. Esta é que é democracia da boa.
    Esta democracia tem o selo de qualidade made in USA.

    http://expresso.sapo.pt/ex-diretor-da-cia-formou-esquadroes-da-morte-no-iraque=f791955

    Fraternidade, liberdade e igualdade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais uma vez gostava que se usasse o blog para comentar a corrupção em Portugal, e os artigos em causa, como disse e repito, não é a democracia que está errada, são os homens que se apossam dela e que o fariam com qualquer outro regime.

      Todos sabemos que há dezenas ou centenas de exemplos de democracias que em nada se podem comparar o que se faz em Portugal ou nos USA, onde temos democracias raptadas por ditadores.
      Islandia, suecia, suiça, noruega, finlandia, nova zelandia, etc etc etc ...

      Eliminar
  7. TEMOS UM GOVERNO DE ASSASSINOS!

    AS SUAS POLITICAS AFUNDARAM PORTUGAL NA BANCA ROTA LEVANDO A UMA CONTRACÇÃO DO DÉFICE DE 1,6& EM 2011 E 3,2% EM 2012 (A MAIOR RECESSÃO DE SEMPRE).

    APESAR DISTO NINGUÉM É RESPONSABILIZADO PORQUE TERIAM DE ACUSAR TODOS OS GOVERNOS.

    EM VEZ DE AUMENTAR A CARGA FISCAL A QUEM TEM MAIS RENDIMENTOS ATACA-SE OS EMPREGADOS POR CONTA DE OUTREM QUE TEM UM SALÁRIO MÍNIMO DE 485 EUROS.

    NOTE-SE QUE O SALÁRIO MÍNIMO NA IRLANDA É DE 1462 EUROS E NA GRÉCIA DE 877 EUROS.

    INFELIZMENTE PARECE QUE SÓ HAVERÁ RESPEITO PELAS PESSOAS QUANDO ALGUÉM EM VEZ DE SE SUICIDAR LEVAR ALGUNS COM ELE.

    TENHO DITO!

    ResponderEliminar
  8. Olá! Sou o anónimo das 13:12

    Quando referi que:

    "Bernie Maddof por um roubo 10 vezes maior foi, nos EUA, CONDENADO EM 3 MESES!"

    Queria dizer, embora tal possa por cá parecer impossível, O PROCESSO JUDICIAL demorou, apenas, 3 meses...

    Inacreditável, não? É assim que se poupa dinheiro aos contribuintes...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ao anónimo das 21:15,

      As minhas desculpas. Má interpretação e falta de atenção minha na leitura do texto.

      Os USA tem coisas muito más mas também muito boas. A justiça é uma delas; pelo menos é célere !!

      Eliminar

  9. Há quem já tenha visto um porco andar de bicicleta, mas isso não é nada.
    Há porcos que falam.

    http://www.publico.pt/politica/noticia/antonio-borges-o-ideal-era-que-os-salarios-descessem-1586988


    A Velha máxima!! "Se reduzirmos os salários as empresas tornam-se mais competitivas e podem vender os produtos mais baratos no mercado internacional".

    Mas .... e se pararmos um pouco para pensar?
    E se depois os outros concorrentes baixarem também os deles?
    Voltam a ficar eles mais competitivos novamente e nós temos de voltar a baixá-los. Até chegarem a ZER0.

    É a Aldeia Global pá!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Alemanha tb baixa os salários, por isso é competitiva... estes mediocres estão sempre a tentar enganar quem? Não há vergonha?

      Eliminar

    2. Que baixem os Impostos ás PME's e aumentem o IRC dos grandes conglomerados económicos, dos melos, amorins, xonés e outros da mesma estirpe. Salavaria muitas da falência e salvaria empregos.
      Mas e os tomates?

      Eliminar
    3. é isso mesmo... e os tomates? Por cá os políticos desconhecem tal símbolo de integridade..

      Eliminar
  10. Caso BPN, medricas e bardamerdas


    «Novembro e dezembro de 2008 foram meses marcados pela detenção de dois vigaristas a grande escala. Nos Estados Unidos da América, Bernard Madoff fez tremer Wall Street e o FBI deitou-lhe a mão após provocar um rombo da ordem dos 65 mil milhões de euros usando um esquema de pirâmide em fundos de investimento, alimentado por uma série de gente gananciosa.

    Em Portugal, sob suspeita de burla, fraude fiscal e branqueamento de capitais, Oliveira e Costa, até então todo-poderoso presidente do Conselho de Administração do Banco Português de Negócios (BPN), foi também detido.

    As coincidências terminam aqui.

    Quatro anos e poucos meses depois, roçará o ridículo a tentativa de comparar consequências para os autores das falcatruas.

    O sistema de justiça americano foi célere e cortou rente quaisquer hipóteses de malabarismos a Bernard Madoff. Em junho de 2009, isto é, sete meses após ter ido parar com os ossos a um estabelecimento prisional, foi condenado a 150 anos de prisão! E atrás das grades está.

    Em contraponto, o que aconteceu a Oliveira e Costa - e já agora a uma série de gente que sob a sua cobertura também encheu os bolsos?

    É imprevisível uma sentença para a ruína provocada no BPN e de cujos prejuízos o povo português paga uma fatura elevada pela via da nacionalização - já vai em quatro mil milhões de euros e, upa!, upa!, pode subir até aos sete mil milhões.

    A boçalidade de Oliveira e Costa, patente num mastigar de boca aberta e sorriso cínico numa comissão parlamentar, está longe de ter um final. O julgamento tem centenas de testemunhas, arrastar-se-á por tempo indeterminado nos tribunais, e os acólitos de uma vigarice inqualificável vão, também eles, sendo acusados num sistema de conta-gotas. Uma vergonha!

    Um país incapaz de ter um sistema de justiça no qual os prevaricadores não sejam punidos em tempo razoável é, em certa medida, um sítio pouco recomendável.

    O caso BPN - como outros de escala igualmente não negligenciável - legitima todas as suspeitas dos portugueses sobre a existência de um esquema no qual os vigaristas mais poderosos se safam das malhas da lei, em contraponto aos pobres e remediados.

    Madoff já está a pagar pelos crimes cometidos. Oliveira e Costa continua à solta - ele e o bando que o rodeou e dele se alimentou, obtendo igualmente benesses ilícitas.

    Um país assim, insiste-se, não augura nada de bom. É um país entregue em muitos setores a corporações nas quais os competentes existem, mas são uma minoria; pior, são constituídas por demasiados medricas e bardamerdas.» - Fernando Santos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Depois de ler vários comentários, proponho formação de novo partido que mesmo sendo maioritário, nunca governaria mas fiscalizava o 2º partido mais votado que seria governo e teria de respeitar o anunciado no programa eleitoral.

      Eliminar
  11. O Vitor Baía levou dez milhões e dá direito a noticia de primeira página, já o Luiz Filipe Vieira gamou 12.6 milhões, mas por ser o presidente do Benfica a noticia aparece escondida lá no fundo. quem publicou isto tem forçosamente de ser LAMPIÂO.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que sou lampião, eu que detesto futebol e tudo que tenha a ver com futebol, sou lampião candeeiro e mais outras coisas brilhantes ligadas ao futebol, lol

      Eliminar
  12. O Sr. Vitor Baía comprou um Mercedes por 600.000 euros ( uns módicos 120.000 contos ), com que se pavoneava na cidade do Porto e arredores. Todos nós, contribuintes, temos a obrigação de contribruir com alguns euros para esta "modesta" aquisição do ex guarda redes. Não sei porque reclamam.

    ResponderEliminar
  13. Lendo o que estes figurões escreveram, assim se vê o que é o povo português! Razão por que 43% se abstiveram, quase 2 milhões votaram pelos gatunos e outros 2 milhões votaram pelos outros que são tão culpados como os PPD .Esta corja gosta de baixar as calças......

    ResponderEliminar