06 fevereiro, 2012

Vítor Gaspar em compadrio descarado? Não tenham ilusões...

Vitor Gaspar compadrio BPN
"O provedor de Justiça queixou-se de estarem a ser ignorados pelos governos os repetidos alertas que fez para ilegalidades no processo de reprivatização do BPN e pediu a intervenção da Assembleia da República.
Numa carta dirigida à presidente do Parlamento, o provedor Alfredo José de Sousa aponta a "recusa de colaboração" do anterior ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, e do actual, Vítor Gaspar, em relação aos sucessivos apelos para que o Governo crie "uma reserva de capital a favor dos pequenos subscritores" na operação de reprivatização do banco.
Sem essa reserva, a operação de reprivatização tem uma "manifesta ilegalidade", indica o provedor, que salienta que "as opções de política económica e financeira não podem sobrepor-se àordem jurídica"
fonte

Esta noticia deixa-nos preocupados com o evidente desinteresse, (ou será compadrio?) do governo perante um assunto que tanto tem lesado o estado. Aparentemente, Vítor Gaspar já tem por hábito esquivar-se a defender os interesses do povo que representa. Neste
assunto melindroso e coberto de uma nuvem de mistério e ilegalidades, o caso BPN, não lhe interessa?
"O deputado do BE assinalou que, na última vez em que esteve na Comissão Eventual de Acompanhamento do memorando de entendimento, Gaspar «nunca respondeu» às questões levantadas no âmbito do BPN." fonte

Mas se recuarmos uns tempos atrás, ainda mais preocupados ficamos com o desfecho da história, pois já se advinha prejuízo e impunidade.
Anteriormente, Vítor Constâncio, então Governador do Banco de Portugal, foi alertado, insistentemente, para as ilegalidades que se estavam a cometer no Banco Insular. ("uma instituição do BPN em Cabo Verde, que o banco encobriu ás autoridades de supervisão bancária durante quase seis anos." Veja aqui compilação dos crimes que fazem parte do BPN ).
Vítor Constâncio, desprezou as denuncias, não tomou medidas que eram exigidas pelo seu cargo e os crimes somaram mais e mais prejuízos, nas suas negociatas, lesando o estado impunemente. A história repete-se agora, com Vítor Gaspar!!! Ou os "Vitores" são muito permissivos, ou os assuntos BPN são mesmo para deixar andar... 

Não tenham ilusões... 
Os crimes proliferam livremente, num regime permissivo e impune, de compadrio claro. Num país onde o responsável máximo pelo destino dos impostos de milhões de portugueses, exibiu uma postura molenga e apática, perante crimes de grande magnitude contra o estado. 
Em baixo cito as convicções de Victor Constâncio, revelando conformismo e tolerância, nada compatíveis com o cargo que desempenhava ou com o crime ao qual deveria colocar um ponto final.
Conformismo e tolerância que provavelmente lhe valeram, não um processo crime por cumplicidade no mínimo, mas uma promoção directamente para Vice do Banco Central Europeu. Parece que por lá apreciam pessoas permissivas e sem vontade de fazer justiça. 
Talvez por isso Vítor Gaspar esteja a seguir-lhe os passos, e a ignorar as queixas que lhe estão a ser dirigidas, actualmente, sobre as negociatas ilícitas do BPN, ambicionando um futuro brilhante lá pelas Europas... 

Esta foi a resposta de Vítor Constâncio, quando foi questionado sobre o porquê de não ter agido quando lhe apresentaram provas das ilegalidades, conformado com a corrupção... 
"Num sistema de organização capitalista de mercado de livre iniciativa, há fraudes, há corrupção, há tudo isso, em todos os países e em todos os sectores, e não há regulação e supervisores que descubram todas essas fraudes quando elas estão a ser cometidas."
"Não há garantias absolutas em nenhum país e em nenhum sistema, nessa matéria, a menos que queiram, de facto, que se constitua uma espécie de polícia de supervisão com milhares de pessoas que se instalem ao pé de cada administração e de cada direcção de serviço dos bancos, e de outras actividades, já agora, e que controlem tudo. Não é esse o sistema em que vivemos, de facto, e, portanto, não tenham ilusões de que haverá fraudes e corrupção nestas actividades, em todos os países e também em Portugal."fonte

Sem comentários....  há corrupção em Portugal como em todos os países? Não. Existem países onde se combate a corrupção, como a Finlândia e outros que estão no topo dos  menos corruptos. Mas isso nem vale a pena falar, tal como Vítor Constâncio diz.... Não tenham ilusões... Esqueçam.
Veja neste video a reacção despreocupada de Vítor Constâncio perante as acusações incompetência.



13 comentários :

  1. António Fonseca09 fevereiro, 2012 16:25

    Bom Dia

    Dei uma leitura a alguns dos artigos que publicastes e só posso dizer PARABENS, muito do que escrevestes é precisamente o que eu penso, e isso motivou este comentário, para expressar o desejo que continuas a publicar.

    Obrigado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelo apoio, a cidadania é o que me move. Saber que o nosso país esta a ser devastado por políticos gananciosos, incompetentes e sem escrúpulos já nos devia ter levado a fazer alguma coisa para mudar...
      Acredito que espalhar a verdade é a melhor forma de começar alguma coisa.

      Eliminar
  2. Continua Zita!
    Podem roubar-nos, mas não podem é fingir que são honestos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelo apoio. A ideia deste blog é precisamente divulgar, espalhar a palavra, tentando fazer da verdade dura e crua o alimento da revolta.
      Tentar acordar os portugueses para uma realidade que se alastra e mina o país e que temos todo o direito e dever de parar estes desgovernos de usar e abusar do dinheiro do povo.

      Eliminar
  3. Obrigado por centralizar no seu blog toda esta informação.
    Mostra que em Portugal o "Rei vai nú" e só não vê quem não quer.
    Um verdadeiro acto de cidadania.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelo encorajamento. A intenção é apenas essa, compilar e resumir para ser acessível a mais cidadãos. Acender a chama, chocar os adormecidos, esclarecer os menos esclarecidos, espalhar esta verdade que devia doer e não dói.
      Uma pátria saqueada e subjugada ao serviço de uma elite, nas barbas do povo. Um povo sequestrado e submisso a adorar os saqueadores e a apoiar.
      Isto não é nada normal, é doentio já... mas prossegue e a impunidade é tal que já perderam a vergonha e o medo. Isto tem que mudar e pode mudar... bastava o governo adoptar regimes usados na Finladia, onde a corrupção é quase nula, ou na Islândia pais que foi arruinado pela corrupção e pelas mesmas razões que Portugal, mas agora o povo tem direito à palavra... Aqui os links de ambos os países que mencionei.

      Islândia, repare-se no final do texto, que o povo agora tem poder de decisão sobre a legislação. Nunca pode funcionar uma democracia, onde quem legisla são os que beneficiam da lei, exclusivamente... http://apodrecetuga.blogspot.com/2011/10/islandia-foi-saqueada-como-portugal-mas.html

      Finlândia e o mérito nas carreiras politicas...
      http://apodrecetuga.blogspot.com/2011/06/finlandia-como-lutou-contra-corrupcao.html

      Eliminar
  4. Bom dia

    - Precisamos de um Tribunal de Contas, que não faça apenas relatórios! As suas decisões tem de ter aplicabilidade.
    - Precisamos de Leis que julguem estes ladroes, rapidamente e apenas com a defesa de advogados oficiosos.
    - Precisamos de juizes isentos. Precisamos de um Ministerio Publico sem compadrios e sem medo de acusar!
    - Precisamos de começar a "rotular" todos estes vigaristas que diariamente nos roubam.
    - Precisamos que alguns dos homens que vem á TV, á radio e aos jornais, dizer as verdades que se assumam numa plataforma, num forum, ou naquilo que queiram chamar, mas que SE ASSUMAM UNIDOS na defesa dos interesses de PORTUGAL e dos PORTUGUESES.

    - Eu estou pronto e voce ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos sabemos o que precisamos e ardentemente o desejamos... mas os senhores politicos criaram um forte impenetravel que ao abrigo das leis que eles fazem para eles, deixa o povo impotente, nada podemos fazer sem ser pela força e essa será facilmente neutralizada, pois a UE já tem autorização para intervir militarmente caso haja tumultos em Portugal.

      Os políticos souberam e muito bem construir o seu paraíso, nós que votemos quer não eles estarão lá nem que seja apenas com os votos dos amigos, colegas e fanáticos....

      Eles jamais abdicarão de livre vontade do direito de legislar e aprovar leis para seu beneficio... jamais abdicarão do sonho dourado de viver regaladamente e definitivamente parasitando...

      A TV é deles, a lei é deles, a justiça é deles, o Portugal ... nosso, é também deles.

      Eliminar
  5. Apenas umas linhas para informar que se eu pudesse, faria o seguinte:

    1. Demitia toda esta cambada, para de seguida serem presos e julgados, por crime de LESA PÁTRIA.
    2. Todos os condenados deveriam ser encerrados em estabelecimentos prisionais e tratados como presos vulgares, com a obrigação de "SO TEREM REFEIÇAO, SE TRABALHAREM".(O estadio Nacional, foi erigido por detidos!)

    3.OS eleitos deixavam de poder nomear acessores, e apenas poderiam ter 1 por matéria, sendo estes repescados de entre os funcionarios publicos de carreira, existentes nos respetivos ministerios.

    4. Todos os cargos abaixo do Ministro deveriam ser ocupados por pessoal afecto ao ministerio.

    5.todos os eleitos, não poderiam exercer actividades paralelas durante o mandato e nos 10 anos seguintes não poderiam ocupar qualquer cargo em empresas ou organismos, com os quais pudessem ter por alguma forma intervido.

    6. Os negocios do estado deveriam passar pelo crivo do tribunal de contas,devendo este ter uma intervenção activa e actuante, não deixando efectuar negocios de ruina, e accionando mecanismos de levar a julgamento os eventuais prevaricadores.

    7. Promover a igualdade, entre os Portugueses, coisa que neste momento não existe, temos sim tres classes:
    a) os Politicos ladroes
    b) os funcionarios do Banco Portugal, TAP e CGD.
    c) os Portugueses de 2ªexpoliados como eu.

    8. Acabar com as mordomias e estabelecer um ordenado de acordo com o cargo, onde efectivamente o Presidente da Republica seja o mais bem remunerado, seguido do Presidente da Assembleia, o 1º Ministro e por ai fora.

    9. Mais medidas, enviarei nos proximos capitulos.......

    Eu ja NÂO VOTO NELES, E TU ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso seria tudo fácil... mas esquece-se de uma coisa, o que ninguém sabe como fazer nem consegue ser feito é a base para o resto.... TIRA-LOS DE LÁ. Ninguém consegue tirar estes senhores de lá... ponto final. A partir daí até podemos sonhar com o Pai Natal, com a democracia real, com Portugal limpo ... mas não passa de sonhos .

      Eliminar
  6. Cara amiga, saber, até sabemos!

    Precisamos efectivamente que " Os conjurados " que expulsaram os espanhóis em 1640, reencarnem em alguns dos poucos que ainda são honestos, e voltem a dar Portugal aos Portugueses.

    Repare que uma reviravolta Politica contra a corrupção, a vilanagem e o roubo, iria logo melhorar um dos nossos sectores económicos - a construção civil ! já fez contas a quantas prisões não teriam de ser construídas de raiz para albergar tanto gatuno ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Basta consultar a coluna aqui ao lado direito para encontrar muitos mas deixo aqui o mais persistente dos gatunos

      http://apodrecetuga.blogspot.com/2011/10/jorge-coelho-e-o-percurso-atribulado-e.html

      Quanto à sua sugestão de 1640, não é fácil explicar aos portugueses que estes senhores políticos nos roubaram Portugal. Eles estão ocupados a ver futebol e novelas. Encharcados em intrigas que confundem o real com a ficção...

      Os portugueses adoram e respeitam pessoas que aparecem na TV, pq acreditam que são divindades e estrelas... Os políticos não podem ser más pessoas,,...!!!

      Por isso é importante divulgar e espalhar a palavra pois os portugueses estão deslumbrados.

      Eliminar
  7. tantos ladrões neste país de trabalhadores escravos

    ResponderEliminar