25 maio, 2011

CASO BPP, um exemplo de impunidade que os faz continuar.

apodrecetuga corrupção
É APENAS UM EXEMPLO, ENTRE MUITOS, DE IMPUNIDADE. 
A corrupção não tem forma de ser detida. "A dificuldade prende-se com a indefinição dos deveres dos administradores. Aí sim torna-se difícil apanhar algum gestor».
Impunidade é onde são bonificados os que dão prejuízo, e os que desviam milhões das empresas publicas são "perdoados", ocultados, esquecidos.
   
Neste quadro de impunidade, quem é que não quer ganhar as eleições? Quem é que não quer fazer parte da elite, desta república das bananas?
"O caso BPP. Soube-se que três administradores do banco desviaram 100 milhões de euros nos últimos anos. É um acto de má gestão um administrador apropriar-se de uma determinada quantia de dinheiro da empresa. Mas não houve nenhuma sentença de condenação efectiva de um administrador por actos de má gestão. Isto acaba por ser um pouco assustador."
Responsabilidade e responsabilização. Duas forças de um mesmo eixo que sustentam uma boa gestão empresarial. Mas quando algo corre mal, quando chega o processo de insolvência, onde está a responsabilidade civil dos administradores da empresa? Na prática, em lado nenhum, porque a lei de 2006, sobre os deveres fundamentais, e que prevê a punição de um administração por má gestão nunca condenou ninguém...
Das duas uma: «Ou há um novo reforço da regulação para bem de todos, porque a morosidade dos tribunais não dá resposta à rapidez que a vida económica exige, ou vão aumentar casos como o do BPP ou BPN».
 fonteFontefonte

As leis não são para todos.
Agrada-me a referência à "apropriação" de dinheiro como "má gestão", parece-me um abuso do eufemismo, pois sempre se chamou a isso de ROUBAR.
Desta forma desculpabiliza-se um crime grave. Sempre fingindo e andando...

8 comentários :

  1. apesar de ser so merda que se passa no nosso pais
    gosto muito deste blog espero que tenha a forca para continuar...eu pessoalmente tento divulgar o mais que posso,pros ignorantes portugueses terem a minima nocao de onde amda o nosso dinheiro.um sincero abraco.g.santos ,setubal

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário encorajador, realmente ás vezes começo a perder um pouco a pedalada, não é fácil resumir e "descomplicar" todas as informações complicadas que dão ao povo para ver se ele continua a viver na ignorância. Eu vou tentando todos os dias ter pelo menos um texto que contribua para trazer mais luz e verdade a este país tão escuro...
      Obrigada por divulgar pois só assim o meu trabalho pode surtir efeito e ajudar a desmascarar os traidores de Portugal.

      Eliminar
    2. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
      A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
      Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
      Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
      A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
      MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

      Eliminar
  2. É O POVO QUE VIVE ACIMA DAS SUAS POSSIBILIDADES? A C O R D E M.

    ResponderEliminar
  3. Passem para todos os vossos Amigos a promiscuidade aqui denunciada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelo seu incentivo... este povo deve andar a dormir. Numa altura em que tudo se sabe e parece que ninguém sabe nada!!

      Eliminar
  4. isto è a democracia que temos em Portugal,,,,,,,, e aqui se vè que os tribunais comem .todos do mesmo penico morte os corruptos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
      Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão ou porem o Marinho Pinto como cabeça de lista, por exemplo. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam.
      A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote. Também é por vossa culpa que os extremistas estão a ganhar terreno, e pela mesma razão. É fácil pôr os fanáticos a votar. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas dos partidos, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem de acordo com o que acham ser a melhor solução, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.

      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/search/label/Cidadania#ixzz3qcRv2b1D

      Eliminar