28 dezembro, 2014

O custo da energia em Portugal, é 40% superior à de França.





De visita a Portugal, após ser empossado presidente da PSA Peugeot Citroën, Carlos Tavares estará reunido com o secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, para falar sobre energia e logística.
Um dos assuntos que será tratado durante o encontro será o desnível de preços da electricidade praticados pela indústria a nível europeu. "Os preços da electricidade em Portugal são 40% mais altos do que em França", afirmou Carlos Tavares durante uma mesa redonda com jornalistas portugueses.

“O custo da energia é 40% superior a França o que é uma penalidade muito grande, porque a indústria automóvel usa muita electricidade sobretudo na pintura. Os custos de energia para um país como o nosso têm de ser os mais baixos possíveis e é difícil, obviamente.”
“Este é um factor de não competitividade. Tudo o que puder ser feito para melhorar os preços da energia vai ajudar não só a indústria automóvel mas muitas outras indústrias. Temos uma força que é a nossa energia renovável, e podemos trabalhar para fazer com que a energia limpa baixe os custos para sermos mais competitivos”, salientou.
O presidente executivo do grupo de automóvel francês levantou o véu sobre os temas que discutirá com o secretário de Estado, Sérgio Monteiro, que além da energia incluirá assuntos relacionados com a logística. Neste aspecto, Carlos Tavares considera de vital importância a construção de uma linha ferroviária que permita escoar os automóveis da fábrica de Mangualde para o Porto de Vigo, onde posteriormente serão exportados.
Recorde-se que a PSA possui uma fábrica de produção automóvel localizada em Mangualde onde são produzidos os comerciais Berlingo e Partner.

EM BAIXO, OS VIDEOS QUE EXPLICAM COMO A EDP POSSUI MAIS FORÇA QUE O INTERESSE NACIONAL

Gomes Ferreira, explica quem manda em Portugal.

2 comentários :

  1. Sempre com temas importantes e que revoltam o mais santo pelo amrasmo com que se vota.
    Um Bom Ano Novo para todos e reenviem os temas pelos amigos, a ver se temos uma votação mais equilibrada nas próximas vezes.

    ResponderEliminar