12 dezembro, 2013

O novo banco de fomento já tem gestor especializado em fraudes, ex administrador da SLN, tem todo o mérito.


Não se sabe ao certo porque é que os governos insistem em nomear, para cargos que exigem elevada responsabilidade e ética, gente ligada a empresas envolvidas em escandalosos e vultuosos saques e fraudes.
Será porque sendo esta gente especialista em fraudes, sabem como nos proteger de fraudes, e topam os larápios facilmente, protegendo o dinheiro dos cidadãos?
Ou será que sendo esta gente especialista em fraudes, sabe repetir a proeza, e mais uma vez, em beneficio da elite politica e afilhados, vão usar um banco para roubar um povo?
É um método inovador... creio que nenhuma prisão, ou nenhum banco, ousaria contratar para sua segurança, quem esteve envolvido em fraudes... mas os nossos governos, tudo gente experiente, com provas dadas de mérito, estudiosa e inovadora, querem ousar por novos métodos?

"Passos Coelho nomeia Franquelim Alves para comissão instaladora do banco de fomento.
O ex-administrador da SLN, a holding proprietária do BPN, e ex Secretário de Estado do Empreendedorismo, Competitividade e Inovação, foi nomeado pelo primeiro ministro para vogal da comissão instaladora da Instituição Financeira de Desenvolvimento (IFD), conhecida como banco de fomento.
Franquelim Alves vai agora integrar a comissão instaladora da Instituição Financeira de Desenvolvimento (IFD), que tem como objetivo “a realização de todos os atos e operações necessários à criação da IFD, por forma a que esta se encontre constituída até ao final do 1.º semestre de 2014”, segundo avança a agência Lusa.
Paulo Azevedo, ex diretor geral do Millennium investment banking, ocupará o cargo de presidente desta comissão. Carla Castro Chousal, ex-administradora da RTP e do BPI, e Nuno Miguel de Ferreira Soares, serão, a par de Frankelim Alves, vogais desta estrutura.

A IFD, cuja criação foi aprovada em Conselho de Ministros a 15 de novembro, terá como finalidades “desempenhar as funções de gestão ‘grossista’ de instrumentos financeiros públicos de estímulo, incentivo e orientação do investimento empresarial em bens e serviços transacionáveis” e “exercer as funções de apoio técnico sobre modelos de financiamento público na promoção da competitividade e da internacionalização”, entre outras.
"Pretende-se que haja, através de uma instituição grossista em complemento com a banca comercial, operações de financiamento e de capitalização, para reduzir custos, aumentar a liquidez da economia e a flexibilização e criação de novos instrumentos de financiamento", salientou o ministro Pires de Lima aquando o anúncio da criação da IFD.
Franquelim Alves foi Secretário de Estado no governo de Durão Barroso e um dos responsáveis pela administração da sociedade que controlava o BPN, a Sociedade Lusa de Negócios (SLN). Nessa qualidade, não avisou o Banco de Portugal quando se deparou com as fraudes.
Em janeiro de 2013 foi nomeado Secretário de Estado do Empreendedorismo, Competitividade e Inovação, cargo que ocupou durante menos de seis meses, tendo regressado ao COMPETE, o programa de incentivos às empresas, para onde foi encaminhado pelo governo em fevereiro de 2012." fonte

Os salários de sacrifício para o novo albergue?
O Correio da Manhã noticia hoje que o presidente da comissão instaladora da IFD, conhecida como banco do fomento, vai ganhar 13.500 euros por mês.
O despacho assinado pela ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, que fixa o ordenado de Paulo Pereira da Silva (administrador do BCP) foi publicado em Diário da República.
De acordo com o despacho, à vogal Carla Chousal (vice presidente do BPI Gestão de Ativos) é atribuído um vencimento de 12.515 euros e ao vogal Nuno Ferreira Soares (diretor da banca de investimento do BCP) 8.034 euros.
“E depois vem o Governo, que está sempre a falar de que os sacrifícios são para todos, de que há uma equidade de sacrifícios, e vem um administrador de um banco a ganhar 13.500 euros por mês”, criticou Jerónimo de Sousa. fonte

E TUDO O VENTO LEVOU! E agora regressa o vendaval.
Foi assim que tudo começou... Veja, neste video um resumo de vários factos sobre o percurso no passado de Oliveira e Costa... Já há muito tempo dava sinais que não era pessoa de confiança, mas foi presidente da supervisão do Banco de Portugal, aprendeu a enganar o BdP, e depois esteve 10 anos a roubar os portugueses, na ignorancia do Banco de Portugal. Bastava analisar o passado deste homem para perceber que todas as pistas suspeitas que vinham do BPN, deveriam ser imediatamente travadas e investigadas, e jamais desvalorizadas ou ignoradas, como fizeram.



ARTIGOS RELACIONADOS
  1. Novo chefe da Maçonaria era presidente da SLN e agora da Galilei.
  2. Galilei mantém negócios com o estado apesar de ter enganado o estado?
  3. Sobre nomeação de Franquelim Alves
  4. Envolvido no caso BPN volta ao governo
  5. Ex-administrador da SLN vai distribuir subsídios às empresas
  6. Relvas e Franquelim passam empresas para nome das filhas
  7. Franquelim autorizou venda suspeita de prédio dos CTT
  8. Governo alterou currículo de Franquelim Alves de forma "premeditada e intencional”




6 comentários :

  1. É pena o 1º Ministro não ser entrevistado por Stephen Sackur do programa Hardtalk da BBC. Lá teremos mais logo de nos contentar com essa "amostra" de Jornalista, a agora "recauchutada" Juju. Vá lá que o Paulo estará lá para fazer o "contraditório". Eu gostaria de perguntar ao 1º Ministro o seguinte:
    – O que tem a dizer aos eleitores que enganou em campanha conforme se vê no vídeo do YouTube "As 2 faces da Política"? – O que pensa do nosso Sistema Eleitoral? – Não o preocupa as (cada vez mais) elevadas taxas de abstenção e a (fraca) qualidade da democracia? – Porque é tão lesto a cortar ordenados e pensões e em simultâneo aumenta a despesa em 2000 M€ com aquisição de bens e serviços? – Quantos "boys" foram nomeados pelo seu Governo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem duvida que o "sistema" está mal instalado logo na raiz. Mas é aí que não se percebe porque os eleitores não se impoem e preferem abster-se. Acham que são os "outros" ou "eles" que podem resolver os problemas. Mas têm que fazer a V.parte =votar e se possível com critério.deixem a fé para as missas ao domingo.

      Eliminar
  2. aqui está uma solução para o nosso país:

    http://noticiasdomundo.pt/site-sinistro-recebe-doacoes-anonimas-para-assassinar-politicos/#

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para quem gosta de musculação já tem divertimento suficiente em Atenas, Cairo ou Siria. Basta um bilhete só de ida em lowcost e duas cestas dos nossos paralelipipedos e têm divertimento todos os dias; ainda com a vantagem que assim só estragam uma casa.

      Eliminar
  3. O primeiro e o vice são iguais aos escolhidos e o seu raciocínio ronda a vileza e a incapacidade. Isto só mudará quando eles forem responsabilizados e punidos pelos crimes cometidos. Quem vier depois tomará providências para não repetir os erros...???

    ResponderEliminar
  4. Por favor, acordem. Quantas vezes é preciso dizer que o povo continua a pactuar e legitimar patifes medíocres que são meros bonecos nas mãos de grandes interesses económicos sem pátria? É por isso que se rscolhem entre eles, entre medíocres, vaidosos e ambiciosos, mas incompetentes de preferência para ser mais fácil a destruição, sem haver remorsos ou percepção da merda que estão a fazer. Esta escumalha só será erradicada quando eliminada e os que sobrarem perceberem que têm de tentar enganar e roubar doutra forma pois esta não pegará nessa altura... Até lá vomitem e defendam-se como puderem

    ResponderEliminar