29 maio, 2012

A banca continua a arruinar nações com o aval do cidadãos que elegem corruptos.






Uma Menina de 12 anos explicou como os bancos estão a arruinar AS SOCIEDADES. Funcionando como colectores do dinheiro público, para distribuir pelas elites do privado e políticos.
Se uma menina de 12 anos já percebeu que estamos a ser roubados pelo sistema bancário e pelo governo.... porque é que os portugueses ainda não perceberam?

É URGENTE QUE TODOS OS PORTUGUESES ENTENDAM, A CRISE É PROVOCADA PELA GANANCIA DA BANCA QUE EXIGE MAIS E MAIS DINHEIRO AO POVO.LEIAM E DIVULGUEM.A CRISE NÃO TERÁ FIM... ENQUANTO O GOVERNO O PERMITIR E ENQUANTO A BANCA E OS POLÍTICOS GANHAREM MILHÕES COM ISTO. SÃO MUITOS MILHÕES TRANSFERIDOS DIRECTAMENTE DOS NOSSOS IMPOSTOS PARA A BANCA, COM A DESCULPA DE PAGAR JUROS DE EMPRÉSTIMOS ABUSIVOS,O GOVERNO TEM O DIREITO E O DEVER DE POR UM FIM A ESTE ABUSO DESCARADO.


Resumo do video de Victoria Grant...Já se questionaram porque pagamos tantos impostos? Já se questionaram porque razão os bancos estão cada vez mais ricos? (Portugal paga €11 mil EUROS por minuto, só em juros) expresso.
Porque a divida nacional está sempre a aumentar? E porque gastamos tantos milhões por dia, apenas para pagar juros da nossa divida nacional, à banca privada?(O estado português paga 574 milhões de euros de juros à banca mas só pagaria 105 milhões se pudesse financiar-se directamente junto do BCE.)

A conclusão é que o governo e os bancos decidiram aliar-se, para escravizar e roubar o povo. No caso do Canadá a divida sempre foi sustentável, até que o governo decidiu implementar o novo sistema bancário. Como funciona?
Primeiro o estado pede dinheiro aos bancos, a juros crescentes e por isso está sempre a aumentar os impostos e a inflação. Desviando o dinheiro do povo para os lucros dos bancos.
O governo permite ainda que seja legal emprestar dinheiro que não existe, como se explica neste video.
Basta fazer um clic virtual num computador e gerar dinheiro fraudulento. No caso do Canadá vejamos o exemplo, os bancos apenas tem 4.000 milhões mas estão a receber juros de 1.5 biliões emprestados.!!???
Pergunta: se o governo é quem tem a capacidade de criar dinheiro, porque oferece esse privilégio á banca privada? (McGeer e Towers) E depois vai pedir emprestado algo que o parlamento pode produzir?

O parlamento tem o poder de mudar o sistema bancário. 
Se o estado precisa de dinheiro, pede emprestado ao Banco Central do País, dessa forma as pessoas pagariam impostos mais justos. E esses impostos seriam injectados, por sua vez na infraestrutura económica interna e a divida seria cancelada.
Haveria prosperidade real, com dinheiro real na base, em vez de dinheiro-divida que é o que temos.
Quanto ao dinheiro que se deve aos bancos, bastava dizer ao banco central,  que imprimisse o dinheiro em divida, e o devolvesse aos privados, cancelando a divida.
É uma medida que está nas mãos do governo que apenas depende da vontade dele, pois é legal.
É demasiado óbvio que estamos a ser defraudados e roubados pelos bancos e pelo governo.
Que fazer para acabar com este crime? Para que as próximas gerações não vivam uma economia baseada sempre em dividas e escravizadas aos bancos.
  • O governo pode acabar com o excesso de impostos
  • O governo pode acabar com o excesso de peso da divida
  • O governo pode acabar com o regabofe criminoso dos bancos
  • O governo pode aliviar os portugueses da miséria 
  • O governo pode travar a inflação e o desemprego
  • Por esta razão politica e banca, sempre foram muito próximos no intercâmbio de profissionais.
Mais dados sobre o assunto. 
"Ao comprar dívida a juros de 7%, banca portuguesa ataca o país. Francisco Louçã acusou a banca portuguesa de estar a atacar o país através da especulação financeira. O dirigente bloquista salientou que os bancos portugueses emprestaram 350 milhões e vão cobrar 700 milhões de euros."

Mais um artigo... 
"Ao abrigo do artigo 123 do Tratado de Lisboa, os estados membros da União Europeia não podem recorrer ao Banco Central Europeu (BCE) para contrair dívidas, têm de o fazer através dos bancos privados.
Mas a banca financia-se junto do BCE pagando uma taxa de juro de apenas 1% e depois essa mesma banca empresta esse mesmo dinheiro às famílias, às empresas e ao estado cobrando taxas de juros de cerca de 5%.

Por outras palavras, o estado português paga 574 milhões de euros de juros à banca mas só pagaria 105 milhões se podesse financiar-se directamente junto do BCE.

O mesmo se passa com as famílias e as empresas.
Não admira que os quatro grandes da banca privada portuguesa lucraram 4,1 milhões de euros por dia no terceiro trimestre deste ano.
O economista Eugénio Rosa questiona: se não seria justo lançar um imposto sobre estes lucros extraordinários e sem risco da banca? Isto para já não falar no valor real do IRC pago pela banca, que é de cerca de 4,3%.

As medidas sociais e económicas drásticas que os governos tomam para pagar as dívidas, foram na realidade criadas pelos próprios, autorizando a criação monetária privada e a obrigação por partes dos estados a que os empréstimos sejam feitos pela banca privada. São os bancos e os grandes grupos financeiros que mais beneficiam com as crises.
Como dizia Henry Ford: "Ainda bem que as pessoas não compreendem o nosso sistema monetário e bancário, porque, se compreendessem, eu acredito que haveria uma revolução antes do amanhecer." octopedia.

Esta situação é um ciclo vicioso alimentado pelos impostos cada vez mais insustentáveis para os portugueses, pois ainda tem que alimentar outros parasitas.

Mota Engil sugadouro descarado 
SCUTS outro sorvedouro sem vergonha 
ETC ETC ETC, BASTA consultar a coluna à direita com a lista de despesas criminosas que por sua vez levam o estado a pedir emprestado à banca para se endividar cada vez mais em juros.... 




19 comentários :

  1. O problema não é uma menina de 12 anos saber, nem é o povo saber! Porque todos sabem! O problema é eles, os políticos e os banqueiros saberem, e sabem o que está a acontecer. Mas não podem fazer nada, eles são coniventes com as chamadas Elites, que têm por objectivo provocar um colapso financeiro a nível mundial, para eles (A tal ELITE) poderem formar a Nova Ordem Mundial, que seria um governo mundial, Em que eles ditam as leis a seu gosto. Ou seja, se for com as intenções que demonstram! Estamos feitos, porque não vai haver hipótese de os travar, mesmo que as pessoas se revoltem, e será o que vai acontecer a nível mundial, apenas e simplesmente serão esmagadas, dizimadas, lembrem-se que eles têm todas as armas nas mãos, eles podem acabar com os tumultos rapidamente, ninguém imagina ou poucos sabem os segredos que os Estados, pelo menos os mais desenvolvidos tecnologicamente têm guardados. Não é por acaso que os problemas da crise não se resolvem, já houveram outras crises da mesma ou até em escala maior e tudo se resolveu, eles podem resolver tudo. Mas quando não interessa, ou melhor, quando há interesses, nada se resolve, porque há um complô, e sendo assim! Penso que caminhamos para tempos complicados, porque já devíamos saber que este mundo não é para todos. Ou nós pensávamos que a nossa evolução da inteligência e tecnologia, era só para beneficio de toda a humanidade?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo com as suas palavras... Apenas discordo quando diz que todos sabem...
      Em Portugal uma grande percentagem Das pessoas ainda vive alienada de acontecimentos nacionais ... e maior percentagem ainda alienada, dos globais.
      E é neste ponto que os demagogos políticos nos batem aos pontos, eles não se cansam de divulgar o que o corrupto adversário fez de mal e de divulgar o que eles vão fazer de bem.
      Nós andamos sempre calados sem divulgar a verdade que eles ocultam, é um dever cívico, mais do que votar nestes criminosos, divulgar o que acontece se eles ganharem as eleições.
      Não podemos nem devemos partir do principio que todos sabem... porque não sabem e devemos DIVULGAR ATÉ QUE A VOZ NOS DOA...

      "A sociedade está a ser redesenhada de tal forma que as dificuldades aumentam todos os dias, para os pobres e idosos, e os benefícios, para os ricos e poderosos.
      Entretanto o fosso afunda-se, a elite ascende... as fronteiras definem-se com mais nitidez.
      A selecção natural que determinava o futuro individual e a conquista de direitos e regalias, está a ser substituída pela selecção partidária e económica. Cada vez menos depende de nós ter ou não uma vida de sucesso, um futuro justo e promissor. Um trabalho, uma casa, uma vida digna...
      A elite conquistou o poder de decidir quem deve ter e quem deve carecer. E jamais abdicará dele de livre vontade...

      O povo perdeu o poder de decidir ou intervir... vazio de força, de dinheiro, de poder, despojado de direitos e sem justiça que nos valha, resta-nos assistir impotentes, aos parasitas que bebem o nosso sangue e a mastigam a nossa carne."

      Eliminar
    2. Concordo com voces !!! mas o Povo anda dormindo, se nao ja os tinha posto na lua, mas so com bilhete de ida

      Eliminar
    3. Esta menina sabe que os políticos são cobardes e corruptos! O que esta menina não sabe é que brevemente o POVO vai cortar a cabeça destes politicos corruptos. .\\.

      Eliminar
    4. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
      A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
      Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
      Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
      A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
      MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

      Eliminar
  2. ISTO SÓ JÁ LÁ VAI À BOMBA, E SEM REIVINDICAÇÕES, POIS TAL QUAL ESTÃO AS COISAS JÁ NEM É PRECISO PERDER O TEMPO EM REIVINDICAR, POIS ESTÁ BEM CLARO.

    ÁS ARMAS! CHEGOU A HORA DE DERRAMAR SANGUE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Liquidar os politicos corruptos e os juizes que os lideram, podem juntamente levar os banqueiros mafiosos e ladrões. .\\.

      Eliminar
  3. A mim entristece-me que de facto a maioria das pessoas prefere ouvir as coisas superficialmente e fazer de todo este problema conversa de café. Acabam por discutir com base no chico espertismo e não se preocupam em boa verdade no saber o que realmente se passa á sua volta! as elites vêem essa falta de cultura e obviamente riem-se, gozam e continuam a aproveitar e a pensar, "nós roubamo-los e eles discutem e matam-se uns aos outros"!

    Sabem, A única razão que fez estalar todos estes casos podres e corruptos foi pelo facto de os ladrões que lá estão agora sentirem-se ofendidos pelo factos de os que lá passaram terem roubado quase tudo e não lhes terem deixado quase nada se não um punhado de contratos blindados! e agora para se vingarem armam-se em bons samaritanos e procuram mostrar que alguém fez e alguém tem de pagar, mas não dizem tudo porque ainda há qualquer coisa para meter as mãos! Mas esta situação é de aproveitarmos, os mais atentos e preparar para agir assim que houver oportunidade porque ela vai aparecer porque isto infelizmente ainda vai bater num buraco muito fundo ao contrário do que nos querem fazer crer!

    Eu tambem pensava que o povo tinha de sair á rua, mas consoante fui aprofundando o meu conhecimento percebi a falta de cultura da maioria para perceber sequer o que se passa e que muitos nunca vão chegar a saber bem.


    para mim 3 passos muito importantes!

    1.Nomes (individuais) de quem o fez e como o fez. deixar de usar termos como politico, empresário, parcerias! é preciso um rosto e um cadastro. se quiserem chamemos-lhe curriculum dos corruptos! nome, cara e respectivo repertório de crimes, não esquecendo o respectivo grupo de criminosos associados! assim como eles fazem a quem rouba uma lata de atum na grande superfície.

    2.Juntar não necessariamente o máximo de pessoas, mas as que realmente se preocupam á causa que todos em particular defendemos que é o direito á liberdade, o direito a saber para onde vai o nosso dinheiro quem lida com ele e de que forma o trata!

    Julgo que cabe a poucos como nós juntar-mo-nos tentado não ser considerados uma facção ou um grupo de terroristas que em caso de ameaça aos interesses instalados é a primeira coisa de que nos vão acusar, de sermos terrorista quando nada queremos mais que a verdade, sem medos nem hipocrisias!

    tentar explicar da forma mais simplista a que ponto chegou a podridão e quem nos levou á mesma!

    3. Para todos os que pensam que vivem numa democracia!
    A fusão entre estado e poder empresarial, por definição chama-se fascismo! é isto que tentamos combater!

    Vamos usar a nossa arma, que é a informação sem medo de a ter e sem medo de partilha-la e de uma forma inteligente para mostrar quem serve o país e quem se serve do país e colocar cada um no seu lugar!

    Não sou anónimo, o meu nome é Gonçalo e sou a favor da verdade por isso tenho partilhado muito deste blog!

    ResponderEliminar
  4. Para quem quiser aprofundar um pouco sobre as origens dos sistemas monetaristas de criação de dívida pública a partir do... nada pode pesquisar "política de reservas fraccionadas" ou "Alex Jones talks about the FED" entre outros.

    Quanto à crise financeira e as suas origens poderá ver aqui como a desregulação (ou má regulação) de funcionamento dos mercados criou os chamados activos tóxicos, ao escândalo Madoff,...

    http://bicadinhas.blogspot.com/2012/04/os-mercados-esses-malvados.html

    ResponderEliminar
  5. Abra a caça ao corrupto!
    Tiro de zagalote pra cima, até não haver trafulha ou chico-esperto que se arrisque!

    ResponderEliminar
  6. CARTA ABERTA AOS DESENCANTADOS DE PORTUGAL

    Vamos deixar-nos de ilusões...

    Quase desde sempre que existem apelos à Unidade da Esquerda

    Primeiro era o PCP que lançava reptos ao PS, na vã ilusão de que este se dividisse, e que a sua desagregação trouxesse muita gente para a sua influência.

    Ao longo dos anos, os vários grupos trotskistas não se cansaram de propor a unidade da esquerda – atualmente são o MAS e o POUS que o fazem.

    O BE e o PCP, pelo menos, não responderam como deviam, quando o descalabro se tornou evidente – durante a queda de Sócrates e as eleições de 2011 – preferindo “cada um a pedalar na sua bicicleta”

    O PS já há muito meteu o socialismo na gaveta, e ultimamente é um dos responsáveis pela ofensiva neoliberal de destruição das nossas vidas a que se assiste.

    Mesmo que se unissem, PCP+BE+MRPP+POUS+MAS+RC nunca teriam os votos suficientes para formar governo. O PS vai sempre tentar a maioria absoluta.

    Uma convocatória independente “Que se lixe a Troika, queremos as Nossas Vidas” mobilizou 500.000 pessoas em Lisboa e cerca de 1.000.000 em todo o país, em 15 de Setembro.

    A CGTP, com toda a sua organização, dias depois, em 29 de Setembro, mobilizou 130.000 em Lisboa, apesar do apoio de muita gente independente.

    1ª conclusão – A esquerda não consegue ultrapassar as suas divisões, nem os estigmas a que está sujeita, aos olhos da população.

    Aproveitando essa circunstância, os orgãos de comunicação social fizeram os impossíveis para identificar o Congresso das Alternativas como se fosse “Congresso das Esquerdas” - é uma manobra torpe para isolar a iniciativa de, pelo menos, metade do eleitorado.

    Nenhum destaque foi dado às propostas – todo o destaque foi para as vaias a Ana Gomes e ao facto forjado da eventual candidatura de Carvalho da Silva à presidência.

    Mas deste Congresso saiu o embrião da Alternativa para Portugal, em termos de Programa.

    2ª conclusão - Falta criar a Alternativa de Governo.

    Proposta – criar um amplo Movimento, que adote o Programa anti neoliberal, mas que seja transversal na sociedade e na política, fugindo à identificação com os dogmas da dicotomia esquerda/direita.

    Apontar como objetivo o Governo de União do Povo, para aplicar as medidas urgentes que salvem as nossas vidas, e que salvem o país.

    POR UM MOVIMENTO DOS CIDADÃOS PELA DIGNIDADE – PARA UNIR O POVO

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Absolutamente de acordo, todos nós sabemos que há cidadãos com ideias transversais á politica e sabem o que tem que ser feito, para acabar com esta podridão. Porém, eles também sabem como o sistema está instalado e porventura, assltá-los-á a ideia de que o seu combate será inglório. Aliás, já temos alguns exemplos de pessoas menos conotadas com o sistema que se viram obrigadas a abdicar das suas ideias e afastar-se (ou foram afastadas!)

      Eliminar
  7. Levamtem o vosso dinheiro dos bancos deixem -nos depenados, deixem-se de comudismos com os cartões nem q8ue seja por uma semana se todos levantassem o dinheiroeles abririam banca rôta e os milionarios desses gestores que financiassem as transaçãoes.O comudismo faz disto: Dirigi-me ao banco para efectuar uma transferencia, e por incrivel que pareça embora tivesse dinheiro suficiente o cartão não autorizava a transação. Perguntei se podia passar um cheque visado também me disseram que não. Decedi então levantar ao balcão a quantidade que necessitava para pagar a pessoa que estava comigo : E agoara começa o filme o caixa informa-me que como era Sexta-feira e estavam a carregar as maquinas não tinham essa quantia para me dar, como tal se eu não me importava de me deslocar a outra dependecia do grupo para levantar o dinheiro . Eu concordei ; depois de o funcionário ligar para outar dependencia do banco desloquei-me semsivelmente 4Km para levantar o que queria. Nesse local entregaram-me o dinheiro e paguei pelo levantamento 5€,48 de comissão. Que tal emprestamo-lhes o dinheiro e ainda nos cobram por levantar o que é nosso . Neste momento quero saber quem me paga o meu deslocamento e tempo perdido por onde eu confiei o meu dinheiro não tinha para dar algum. Isto é veridico e naão tenho medo de divulgar o Banco foi o Santander Tota ao qual já informei que quero fechar a conta e não pago mais nada da transação

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A CULPA É DA MERKEL QUE GERIU CRIMINOSAMENTE OS IMPOSTOS DOS PORTUGUESES
      A CULPA É DA MERKEL QUE INVENTOU O BPN
      A CULPA É DA MERKEL QUE ACEITOU OS CONTRATOS RUINOSOS DAS PPP
      A CULPA É DA MERKEL QUE "DOOU" O EMPRÉSTIMO DA TROIKA À BANCA
      A CULPA É DA MERKEL QUE ELEGE CORRUPTOS E CRIMINOSOS PARA GOVERNAR PORTUGAL
      A CULPA É DA MERKEL QUE EMPRESTOU DINHEIRO PARA OS CORRUPTOS TAPAREM OS BURACOS DA CORRUPÇÃO E MÁ GESTÃO
      A CULPA É DA MERKEL QUE DÁ ORDENS CLARAS AO GOVERNO PARA NÃO CORTAR NOS LUXOS E CORTAR NOS POBRES
      ILUDIDOS OU MANIPULADOS? BASTA!!!!

      E sim já sei que vão dizer que os alemães não são nenhuns santinhos, cobram juros, são maus e ricos... e então? Eu disse o contrário? Eles cobram juros porque a corrupção nos levou a cair nas mãos deles. Eles estão ricos porque não permitem corruptos a roubar os impostos, nos seus países.
      Não são nenhuns santinhos... ainda bem para eles, sabem defender-se ao contrário dos portugueses... que por todo lado são apregoados como os santinhos (OTÁRIOS) que aguentam tudo.

      Acesse ao Artigo completo: http://apodrecetuga.blogspot.com/2012/11/estamos-perdidos-confusos-e-manipulados.html#ixzz2CBlTjybF

      Eliminar
    2. Parabéns pela sua atitude ... devemos ser assim, ter a lucidez para ver as coisas de outra perspectiva...
      """"Que tal emprestamo-lhes o dinheiro e ainda nos cobram por levantar o que é nosso""" .

      É isso que faz falta em Portugal, percebermos que temos direitos que afinal somos nos que fazemos favor ao banco e não o contrario. Como eles querem fazer crer e conseguem claro,

      Eliminar
    3. O senhor(a) tem toda a razão para estar revoltado com a actitude do seu banco. A cobrança dessa verba é inconcebível e é um roubo. Esse comportamento consubstancía uma queixa ao banco de Portugal, não exite e faça-o

      Eliminar
    4. O BPI faz o mesmo é uma alteração das condições unilateral enviadas para casa calculo. É mais que abusiva.

      Eliminar
  8. É no mínimo estranho e realmente parece um filme.
    O carregamento das máquinas ATM (vulgarmente chamadas Multibanco) faz-se após o encerramento dos balcões ao público, pelo que o argumento de estarem a carregar a ATM é estranho.
    Embora a narrativa acima apresentada fale em transferância, quer-me parecer que o cliente estava a tentar levantar em numerário uma importância acima do que está autorizado diariamente para os cartões e que é igual para todos os bancos. O limite diário é de €400 e o máximo que as máquinas pagam em cada levantamento são €200. Se pedir à máquina €210 duma vez ela não dá, nem que tenha o euromilhões depositado na conta.
    Se não tinha cheques, o cliente não poderia solicitar que lhe visassem um cheque, mas podia pedir a emissão dum cheque bancário. No entanto o custo dessa emissão é elevado.
    Por questões de segurança, os saldos actuais de caixa são substancialmente mais baixos do que eram há alguns anos atrás, o que pode ocasionar "rupturas de saldo" para satisfazer alguns levantamentos de quantias mais elevadas. Normalmente sugere-se aos clientes que avisem previamente, se necessitarem de levantar quantias avultadas.
    Quanto ao pagamento de €5,48 pelo levantamento ao balcão, tal deveu-se ao facto do cliente não possuir cheques consigo e consta do preçário do Banco. Podia ter comprado 3 cheques (na máquina ou ao balcão), que lhe ficava mais barato e eram fornecidos imediatamente. Só não é possível essa solução para quem estiver inibido do uso de cheques ou não tiver convenção de cheques com o banco.
    Durante muitos anos os levantamentos ao balcão foram gratuitos, mas os caixas começaram a ficar "entupidos" com clientes para pequenos levantamentos, que poderiam ser efectuados nas ATM.
    No entanto, por algum motivo os bancários têm um ditado: "O banco dá um chouriço a quem lhe der um porco".

    ResponderEliminar
  9. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
    A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
    Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
    Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
    A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
    MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

    ResponderEliminar