07 novembro, 2013

Margarida Rebelo Pinto sente repulsa por quem se opõe à austeridade?





NESTE VIDEO, QUE JÁ SE TORNOU VIRAL, MARGARIDA REBELO PINTO, A ESCRITORA ROSA, AFIRMA QUE AS PESSOAS QUE SÃO CONTRA AS MEDIDAS INJUSTAS E EXCESSIVAS DE AUSTERIDADE, SÃO POUCO INTELIGENTES, SÃO POUCO CÍVICAS, CAUSAM-LHE ALGUMA REPULSA, E NÃO DEIXAM O PASSOS COELHO TRABALHAR EM PAZ.
VAMOS DEIXAR O GOVERNO TRABALHAR E CONFIAR NELES, DIZ ELA, SEM SE RECORDAR QUE CONFIAR CEGAMENTE E DESPREOCUPADAMENTE, NOS GOVERNOS E DEIXA-LOS "TRABALHAR", ARRUINOU O PAÍS E OS PORTUGUESES... 

AFIRMA QUE TEM QUE HAVER CORTES, QUE ELA TAMBÉM TEM CORTES, MAS ESQUECE-SE QUE TODOS SABEM, MENOS ELA TALVEZ, QUE EXISTEM ALTERNATIVAS AOS CORTES INJUSTOS -- VEJA-SE NESTE LINK UM VIDEO http://goo.gl/nRDPxh , UM EXEMPLO, DO QUE ELA DEVERIA TER DITO AO GOVERNO, EM VEZ DE OFENDER OS PORTUGUESES. 

NESTE OUTRO VIDEO, - http://goo.gl/lnFMsh ,  PAULO MORAIS MOSTRA ONDE OS GOVERNOS PODERIAM CORTAR, SEM PREJUDICAR OU SUFOCAR O PAÍS E A ECONOMIA, E ALCANÇAR O VALOR EXIGIDO PARA EQUILIBRAR A RECEITA E A DESPESA.

ESTA SENHORA ESQUECE AINDA QUE DEVERÍAMOS VIVER NUMA DEMOCRACIA,  E NEM TODOS CONCORDAM COM A DITADURA, QUE TOMA CONTA DO PAÍS... VIDEO - http://goo.gl/EHf8AN

ESQUECE AINDA QUE HÁ PESSOAS QUE CONHECEM A REALIDADE... http://goo.gl/xCIfPb, COISA ONDE ELA NUNCA DEVE ATERRAR, POIS PELO SOTAQUE, PERCEBE-SE QUE É BEM, VIVE NUMA ZONA DE GENTE BEM RODEADA DE NUVENS SURREAIS E COR DE ROSA... 

CLARO QUE DEVEMOS CONFIAR NO GOVERNO, E SEGUIR OS CONSELHOS SAPIENTES DESTA SRª, MAS APENAS O CONSEGUIMOS FAZER, SE VIVERMOS NA IGNORÂNCIA E OFUSCADOS PELA CEGUEIRA PARTIDÁRIA... PS/PSD/CDS ... POIS É ESTA A REALIDADE QUE MUITOS IGNORAM - http://goo.gl/qRKMkx ... DEPOIS DE LER ESTE LINK, QUALQUER PESSOA PERCEBE QUE NÃO DEVEMOS DEIXA-LOS TRABALHAR EM PAZ... DEVEMOS VIGIA-LOS BEM DE PERTO.

TAMBÉM DEVE IGNORAR QUE PORTUGAL NÃO É UM PAÍS POBRE E SEM RECURSOS, É NA REALIDADE UM PAÍS SAQUEADO E MAL GERIDO, TAL COMO AFIRMA A OCDE, NESTE VIDEO , http://goo.gl/66YnyQ, CITADO POR CAIADO GUERREIRO

MAS NÃO SE DETÉM POR AQUI, AINDA ACHA BEM O GOVERNO AUMENTAR AS TAXAS MODERADORAS, PORQUE ACHA ERRADO AS PESSOAS IREM AOS HOSPITAIS E NÃO PAGAREM NADA???USAREM AQUILO TUDO E NÃO PAGAREM NADA?? MAS JÁ ALGUÉM LHE EXPLICOU QUANTO É QUE AS PESSOAS DESCONTAM PARA TER SERVIÇOS SOCIAIS?  ...  http://goo.gl/LwmnEa

MAS O MAIS ULTRAJANTE É A MENTALIDADE DA IDADE MÉDIA QUE ESTA SRª DEIXA TRANSPARECER... DEIXEM OS POLÍTICOS TRABALHAR E CONFIEM NELES??? 
POIS FOI PRECISAMENTE ESSA MENTALIDADE QUE ARRASTOU PORTUGAL PARA A FALÊNCIA... E É PRECISAMENTE O CONTRÁRIO DO QUE ELA DEFENDE, QUE PODE CONTRIBUIR PARA QUE EM PORTUGAL EXISTA UMA DEMOCRACIA REAL... 
AO CONTRÁRIO DO QUE ELE«A SUGERE, O POVO TEM QUE INTERVIR, ESTAR ATENTO, EXIGIR, RECLAMAR, MANIFESTAR-SE, MOSTRAR OS DENTES, MOSTRAR QUE SABE QUE ANDA A SER TRAÍDO, ENGANADO E ROUBADO, PARA SER TEMIDO, RESPEITADO E EDUCAR OS POLÍTICOS, FORÇANDO-OS A SER HONESTOS...  http://goo.gl/sjrX9k
NOS PAÍSES NÓRDICOS,ONDE A CORRUPÇÃO É QUASE NULA, OS CONTRIBUINTES NÃO PERDOAM O MAIS PEQUENO DESVIO DE DINHEIROS PÚBLICOS. UMA MINISTRA DEMITIU-SE POR COMPRAR UMA ESCOVA DE DENTES, COM UM CARTÃO VISA, DO ESTADO. ESTE É APENAS UM EXEMPLO, MAS HÁ MAIS... AQUI EM PORTUGAL PERMITE-SE QUE OS POLÍTICOS COMPREM BANCOS ARRUINADOS COM DINHEIRO PÚBLICO, NEGÓCIOS ARRUINADOS, COM DINHEIROS PÚBLICOS, E OUTROS LUXOS MENOS DISPENDIOSOS MAS IGUALMENTE OFENSIVOS.

Em democracia todos temos o direito à indignação, e quem não se sente não é filho de boa gente, a verdade é que com a aprovação deste orçamento de estado todos ficamos mais pobres, este é o terceiro orçamento de estado em que se aumentam impostos e se corta no salário de quem trabalha, ao mesmo tempo que os responsáveis pela crise, continuam a ser poupados aos cortes e aos aumentos de imposto.... se isto não é motivo suficiente para se protestar, o que será?

CADA CASO É UM CASO, MAS... OS ARTISTAS EM PORTUGAL PRECISAM QUE O GOVERNO OS APOIE COM OS NOSSOS IMPOSTOS, POR ISSO, PARA ELES, É IMPORTANTE FALAR BEM DO GOVERNO, PORQUE QUEM PAGA IMPOSTOS, NÃO DECIDE NADA.
"Mostra em Paris custa 2,5 milhões
É a primeira vez que uma mulher expõe em Versalhes, e ter a artista plástica portuguesa Joana Vasconcelos no famoso museu francês custou 2,5 milhões de euros." FONTE





37 comentários :

  1. Talvez, com uma sova mestra, a Margarida começasse a ter outra perspectiva da coisa...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acima de tudo ela tem uma maneira e um vocabulário muito pobre de se expressar, o seu discurso é muito pobre, não fala fluentemente assim duvido que seja boa escritora no seu sentido mais pleno e concretizado, e obviamente perdeu o seu estatuto quo de intelectual ao defender alguns ofendendo muitos, podia utilizar uma linguagem muito mais diplomática para dizer o que mal disse.

      Eliminar
  2. Interessante perfil desta "escritora" na Wikipédia. Encaixa-se perfeitamente no teor da entrevista. Estranho é que os visados são precisamente os clientes dos livros rosa que ela publica. Os títulos são sugestivos.....não necessitam de leitura mais aprofundada.
    Quantas personagens VIP existirão neste pais com este tipo de mentalidade?

    ResponderEliminar
  3. VIP??? Onde, onde??? Neste caso o I deve ser para ignorante, irreal!

    ResponderEliminar
  4. Esta mulher, expert em plagios, precisa urgentemente de largar as drogas e o alcool e ter ajuda psiquiatrica. Ah e arranjar que se preste a dar-lhe algns momentos de sexo. Pobrezinha...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que já arranjou alguém, mas não sei se tão pouco prestará para f..

      Eliminar
  5. Verdade nua e crua dói de se ouvir. Pensam que o dinheiro cai do céu! O estado somos nós e continua-se a pensar que é uma entidade com recursos sem fim, lembrar que os recursos que o Estado possui somos que os fornecemos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O sr deve viver noutro planeta, ninguém quer que o dinheiro caia do céu, queremos que o dinheiro não seja desviado para o inferno... triste país de gente que só vê partidos à frente.

      Aliás nada do que ela diz no video defende que se poupe o dinheiro, público , o que defendem este tipo de pessoas é que se poupe tudo com quem paga e se gaste tudo com parasitas.

      Eliminar

  6. Essa senhora só presta serviço em hotéis de 5 estrelas.
    Não é para qualquer um.

    ResponderEliminar
  7. Vá lá, então!? Não sejam mauzinhos. A senhora, afinal, não tem culpa de ter um cerebrozinho de galinha, bem mais pequenito que o de uma galinha... É digna de pena, a coitadita. A patologia de que sofre é tão severa que não a deixa ver o ridículo daquilo que diz e nem, já agora, daquilo que escreve... Enfim, sejamos mais condescendentes com as loiritas burras.

    Agora, grave, grave, é estarmos a pagar para a RTP e sermos bombardeados com programas cuja qualidade é tão elevada que não passam da altura do chão! Mas, por outro lado, com o governo que temos, com os governos que temos tido, que margem para dúvidas resta que o que eles querem é mesmo um portuguezito embotado, ignorante, programado e imbecilizado, tal qual esta senhora?

    ResponderEliminar
  8. Só em países cuja população tem pouca educação, discernimento, ética, etc é que estas "coisas" aparecem a dar entrevistas ou o que seja. Nem vale o tempo perdido dos nossos comentários.

    ResponderEliminar
  9. Detroit também era anti-austeridade… e… levou com a falência em cima!
    .
    .
    .
    P.S.
    -» A elite da finança e das corporações está apostada em destruir a Nações.
    -» Armadilhou o sul da Europa pelo endividamento, quer com a colaboração de políticos medíocres, quer fazendo os estados resgatar com o seu dinheiro a corrupção financeira. Eles querem destruir as soberanias… dividir/dissolver as Identidades para reinar… tudo para criarem uma "massa amorfa" de gente inerte, pobre e escravizada e assim melhor estabelecerem a Nova Ordem Mundial: uma nova ordem a seguir ao caos – uma ORDEM MERCENÁRIA (um Neofeudalismo)... ou seja, a 'Ordem Natural' que emerge de um 'barril de pólvora' (leia-se, o caos organizado pela alta finança).
    .
    .
    P.S.2.
    -» Um erro numa folha de cálculo - num estudo que defende a implementação de medidas de austeridade - foi considerado pela comunicação social (nota: é controlada pela superclasse: alta finança - capital global) como um erro gravíssimo de consequências bíblicas… ora, mas depois… uma errata publicada posteriormente, que corrigiu alguns valores... mas que, todavia, no entanto, MANTEVE A CONCLUSÃO FINAL INTACTA... foi... ignorada pela pela comunicação social?!?!?!
    -» Anda por aí muitas marionetas cujo trabalhinho é 'cozinhar' as condições que são do interesse da superclasse: emissão de dívida e mais dívida, implosão de Identidade Autóctone, etc.
    Nota:
    -> Um caos organizado por alguns - a superclasse (alta finança - capital global) pretende 'cozinhar' as condições que são do seu interesse:
    - privatização de bens estratégicos: combustíveis... electricidade... água...
    - caos financeiro...
    - implosão de identidades autóctones...
    - forças militares e militarizadas mercenárias...
    resumindo: uma Nova Ordem a seguir ao caos… um Neofeudalismo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Observacao interessante a ponderar.

      Eliminar
    2. É extraordinário como as pessoas racionalizam os problemas. É sempre tudo culpa de um inimigo sombrio, com uma agenda igualmente sombria, que conspira nas sombras para dominar o Povo ignorante.
      Planos secretos de dominação mundial, sejam eles orquestrados por maçons, financeiros, corporações, políticos ou mesmo extraterrestres, são cada vez mais a resposta mágica para todos os problemas.
      Só que há um problema com essas teorias da conspiração: a Bufos & Limitada. Veja-se o caso da Wikileaks e o caso Snowden. Mas alguém acha que alguém pode planear algo tão complexo e grandioso como a implantação de uma pseudo “Nova Ordem Mundial” sem que um qualquer bufo ponha eventualmente o “plano” a descoberto na Internet.
      O problema do teóricos da conspiração... é que perde muito tempo a tentar resolver um puzzle que que já está resolvido à muito tempo ou que não tem solução. A chamada “Nova Ordem Mundial” já está aí, meus senhores, e chama-se: globalização, moeda fiduciária, G.A.T.T (Acordo Geral de Tarifas e Comercio), G20, neoliberalismo, União Europeia, mercados financeiros, NSA/CIA, OPEP, EUA, China, etc, etc, etc... Na realidade, não existe apenas uma única “nova ordem mundial”, mas várias, não existe um único cúmplice por detrás da cortina, mas várias mentes a conspirar.
      O problema é que todos nós sabemos quem eles são, todos sabemos qual é a sua agenda mas uma maioria, teimosamente, prossegue em fila indiana para a matança legitimando afásicamente este sistema.

      Eliminar
    3. E esquecem também a própria NWO nacional... que essa sim é quem nos rouba mais e sem pudor.

      Eliminar
  10. Já está quase, por isso é importante implodir a armadilha deles, por muito que isso nos custe, só pagar o que for determinado e provado ser legítimo ( ver dívida odiosa), sair do euro e se possível da União Europeia e depois o máximo de desobediência civil no que estiver moralm e éticamente errado. Tem de ser tipo guerrilha pela calada, enfraquecê-los e não mostrarmos medo. Tirem dinheiro dos bancos sobretudo do Bes é o sopeiro-mor desta máfia internacional, comorem ouro, prata e bitcoins mesmo que tenham pouco dinheiro, sempre que puderem poupar invistam em algo concreto, pois eles estão a prepararem-se para puxar o tapete.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estamos perto, sim , também acredito que sim, que algo de "inesperado" vai acontecer

      Eliminar
  11. http://podcast.cdn.tsf.pt/tub_20131107.mp3

    ResponderEliminar
  12. Dona Isabel de Jonet08 novembro, 2013 18:02

    É assim mesmo Guidinha! Estou contigo. Eles, o Povinho, só sabem comer bifes e lavar os dentes com a água a correr. E só sabem queixar-se de... barriga cheia com os alimentos que eu, a Santa da Caridade, lhes dou.

    ResponderEliminar
  13. Coitada da Guidinha, para ser burra, só lhe faltam as penas. - À pois, mas os burros não têm penas.

    ResponderEliminar
  14. Sejamos honestos, essa merece o prémio nobel da burrice e estupidez (2 em 1) cá no norte chamamos vacas a esse tipo de gente (sem ofensa para o animal)

    ResponderEliminar
  15. Zita adorei a resposta dada ao "dinheiro caído do céu" muito correcta, embora leve, no entanto, penso que quem fez esse comentário seja algum membro do governo ou, no minimo, um secretário de estado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. `´E o habitual, andam por aí jotinhas, é assim que começam a aprender o curso de politicos, a comentar para distorcer, por isso ficam tão bons a mentir... lançam o isco a ver se pega, e por vezes pega mesmo, o pessoal que padece de partidarite aguda, e é fã do governo, vai aplaudir o que estas pessoas dizem.

      Eliminar
  16. Deve ter algum tacho no "des"governo .só pode ser!...

    ResponderEliminar
  17. Não me canso de ver o video, tento entender como esta p. tem o descaramento de dizer tais coisas, chama estúpidos à maioria dos Portugueses, será a p. porta voz do governo contratada pelo paulo portas ?

    ResponderEliminar
  18. Meus amigos tentem não pensar nesta desgovernada mental que é a MRP, até a própria voz irrita. grande p.

    ResponderEliminar
  19. A Margarida Rebelo Pinto limitou-se a dizer o que muitos pensam mas não tem coragem de dizer na praça pública. Ela é apenas o reflexo de uma certa maioria intelectualmente medíocre, elitista, egocêntrica, provinciana, sem cultura democrática e profundamente ignorante. É por isso, que segundo ela, somos um país “pequeno” e com “poucos recurso”, é por isso que somos o 3º país mais endividado da Europa e atualmente no 9º lugar dos mais endividados do mundo (segundo dados 2012). Isso é que nos deveria por a pensar, em vez de andarmos todos a olhar para o nosso umbigo.
    O fato é que esta senhora, que não tem qualquer tipo de formação económica, política, etc... achou que era boa ideia vir comentar na televisão sobre temas sobre os quais não percebe rigorosamente nada.
    Na realidade este país “pequeno” e com “poucos recursos” é o 45º país mais rico do mundo em termos de PIB per Cápita, numa lista de 187 países (dados do FMI 2012). À frente de países “enormes” e com imensos recurso naturais como a Argentina (55º), Rússia (58º), México (67º), Brasil (81º), Angola (114º), etc...
    Se somos pobres, a culpa não é da escassez de recursos, mas sim da corrupção, da gestão pública danosa, da falta de instrução do povo, entre outros fatores.
    Relativamente às taxas moderadoras elas servem para moderar os abusos e não para “pagar” seja o que for. Talvez esta senhora ignore que o Povo paga impostos e que são estes que financiam o SNS, entre outros serviços públicos. Se existem défices e dívidas é porque "alguém" andou a gastar mais do que estava orçamentado, e isso meus senhores é um crime, pois o orçamento de estado não é um papel informal sem valor, mas sim uma LEI.
    O que é “fundamentalmente triste” e deveria repudiar esta senhora, era observar este povo que se limita a cantar “vilas morenas” e a ser instrumentalizado por manifestações controladas por pseudo grupos cívicos, comandados por uma esquerda radical, demagógica, irresponsável, anti-democrática e sem ideias, em vez de exigirem uma reforma da democracia agindo no momento das eleições através do “voto” em massa numa “Nova Ordem Nacional”, que ponha os interesses do povo acima dos interesses de terceiros. Chamem-lhe Voto em Branco, Voto Nulo ou “Greve às eleições”.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Belíssimo comentário, muito obrigado pelo seu lúcido contributo... pois que o que afirma esclarece muita gente, se forem ver os comentários que estão a deixar no youtube, até ofende... a dizerem que ela tem razão e quem discorda é que é ignorante... enfim.
      " Ela é apenas o reflexo de uma certa maioria intelectualmente medíocre, elitista, egocêntrica, provinciana, sem cultura democrática e profundamente ignorante. É por isso, que segundo ela, somos um país “pequeno” e com “poucos recurso”... "

      "O que é “fundamentalmente triste” e deveria repudiar esta senhora, era observar este povo que se limita a cantar “vilas morenas” e a ser instrumentalizado por manifestações controladas por pseudo grupos cívicos, comandados por uma esquerda radical, demagógica, irresponsável, anti-democrática e sem ideias, em vez de exigirem uma reforma da democracia agindo no momento das eleições através do “voto” em massa numa “Nova Ordem Nacional”, que ponha os interesses do povo acima dos interesses de terceiros. Chamem-lhe Voto em Branco, Voto Nulo ou “Greve às eleições”.

      Obrigada ... continue, que os portugueses precisam.

      Eliminar
    2. Comandados por uma esquerda radical, demagógica, irresponsável, anti-democrática e sem ideias ? certo, então e não se está a esquecer da direita radical e direita moderada que tão bem se tem servido do país como se dum quintal tratasse, essa mesma direita composta por cds psd e ps tão bem se encaixa que nos arruinou, será que têm sido democráticos? responsáveis? será que também esses não são demagógicos? sim realmente esses tiveram muitas ideias, muitas ideias no sentido de encherem o cú às custas do povo português.

      Eliminar
    3. Heather ele está a referir-se ás manifestações ... por manifestações controladas por pseudo grupos cívicos, comandados por uma esquerda radical, demagógica, irresponsável, anti-democrática e sem ideias,

      Não está a excluir a direita do mal que se faz ao país, apenas está a incluir a esquerda...

      Eliminar
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  20. Já agora deixo aqui um dado interessante sobre um estudo feito sobre as greves gerais na Europa entre 1980 e 2008:
    Em que se conclui que a França, Itália, Grécia, Espanha, Bélgica e Portugal são as campeãs das greves gerais, curiosamente todos estes países estão a implementar programas de austeridade (com ou sem Troika) por divida excessiva. Enquanto que países como a Dinamarca, Finlândia, Alemanha, Suécia se encontram nos últimos lugares deste ranking.
    O que é mais interessante é ver qual o impacto real dessas greves na alteração de políticas. E o que se conclui é que quanto maior é o número de greves menor o impacto sobre a alteração de políticas por parte dos governos. Ou seja, fazer muitas greves trivializa o seu efeito.
    Outra curiosidade é verificar que o nível de participação sindical é bastante inferior nos países do sul da Europa, onde os sindicatos possuem uma maior identidade com partidos de esquerda radical e em particular com o partido comunista. Em relação aos países do norte da Europa a participação sindical anda na casa do 90%, e os mesmos sindicatos são, quase exclusivamente de orientação, social democrata ou da esquerda moderada.
    Logo Sindicatos moderados => sindicatos mais fortes => menos conflitos => mais consensos ao nível da concertação social => classe trabalhadora mais satisfeita => povo mais rico.
    Sindicatos de extrema esquerda => maior nível de conflitualidade => menos interesse dos cidadãos em participar nesses mesmos sindicatos => menos poder negocial dos sindicatos => classes trabalhadores menos satisfeitas => povo mais pobre.
    Se calhar em vez de andarmos a criticar a "senhora", devíamos era participar mais nos movimentos sindicais (moderados) para que possamos todos ter uma voz mais forte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Nuno Pinto, permita-me felicitá-los pelo seus excelentes comentários que subscrevo a cem por cento!

      Eliminar