27 janeiro, 2013

Um poema de agradecimento à corja que afunda os portugueses. Raptores de Portugal


Gomes Ferreira, explica quem manda em Portugal. 




Obrigado, excelências.
Obrigado por nos destruírem o sonho e a oportunidade de vivermos felizes e em paz.
Obrigado pelo exemplo que se esforçam em nos dar
de como é possível viver sem vergonha, sem respeito e sem dignidade.
Obrigado por nos roubarem. Por não nos perguntarem nada.
Por não nos darem explicações.
Obrigado por se orgulharem de nos tirar
as coisas por que lutámos e às quais temos direito.
Obrigado por nos tirarem até o sono. E a tranquilidade. E a alegria.
Obrigado pelo cinzentismo, pela depressão, pelo desespero.
Obrigado pela vossa mediocridade.
E obrigado por aquilo que podem e não querem fazer.
Obrigado por tudo o que não sabem e fingem saber.
Obrigado por transformarem o nosso coração numa sala de espera.
Obrigado por fazerem de cada um dos nossos dias um dia menos interessante que o anterior.
Obrigado por nos exigirem mais do que podemos dar.
Obrigado por nos darem em troca quase nada.
Obrigado por não disfarçarem a cobiça, a corrupção, a indignidade.
Pelo chocante imerecimento da vossa comodidade e da vossa felicidade adquirida a qualquer preço.
E pelo vosso vergonhoso descaramento.
Obrigado por nos ensinarem tudo o que nunca deveremos querer, o que nunca deveremos fazer, o que nunca deveremos aceitar.
Obrigado por serem o que são.
Obrigado por serem como são.
Para que não sejamos também assim.
E para que possamos reconhecer facilmente quem temos de rejeitar.
JOAQUIM PESSOA


GOMES FERREIRA PROVA NESTE VÍDEO QUEM REALMENTE MANDA EM PORTUGAL. NÃO SÃO OS GOVERNOS NEM OS PORTUGUESES, MAS OS LOBIES. 
Álvaro Santos Pereira tentou acabar com os lobies e correram com ele.
Gomes Ferreira explica neste video porque não baixam os preços da electricidade, dos combustiveis, do gás, das telecomunicações, das comissões bancárias, das portagens, etc. Porque são sectores protegidos e que funcionam ao serviço do sistema financeiro. Arrecadam dinheiro do povo para a banca, tal como se denuncia há muito tempo em outros países. ARTIGO : http://goo.gl/JoJtTT
- A própria dívida serve os interesses da banca: http://goo.gl/oNRdp2
Ao Minuto 1 do video, as rendas excessivas da EDP,  Álvaro Santos Pereira tenta enfrentar os lobies ::: http://goo.gl/cqabjT
No final do video veja o Ministro da Economia a denunciar o poder da EDP. 
ARTIGO SOBRE O ESCÂNDALO DO PODER DA EDP SOBRE O GOVERNO: http://goo.gl/Y3LXfl
PORTUGAL e os portugueses, são escravos de empresas e de lobies, que têm que sustentar.


7 comentários :

  1. Desculpem se desgraça não agradeço
    ou se reservo direito de vingança.
    Se rejeito aquilo que não mereço,
    desculpem, também, se tenho esperança...




    ResponderEliminar
  2. A Democracia, ao permitir impunidade à corrupção,
    ao sustentar principescamente a chamada Oposição,
    ao remunerar idilicamente quem critica na televisão,
    na prática suborna, os lideres de uma revolução!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais, gosto do que escreve e da forma como o escreve.

      Eliminar
  3. E, a cada três meses, a lavoura sobe à cidade. Os vinte canteiros aos ziguezagues da urbana avenida da Liberdade e os seus milhares de florzinhas são impiedosamente lavrados, adubados e replantados. Apesar de existir um horto municipal, é por ajuste directo a uma empresa que se compram as plantinhas. Pelo menos foi assim em 2009. E são muitas! Em Maio, 27.360 pés por 34.980€, seguindo-se dois meses depois mais 5.650 pés a 16.102,50€. Nesse ano a média do pé andava, portanto, pelos 1,55€. Ora, isto quatro vezes por ano há-de nos ficar em 140.000€/ano (aí uns 300 salários mínimos), que multiplicados pelos quatro anos de manutenção já pagariam um parque como deve ser e que tanto precisamos. Será sustentável este luxo? De qualquer forma, hoje nem calha mal a lavoura porque ouve-se, a espaços, música pimba vinda de uma barraca em frente à coitada da Arcada.

    ResponderEliminar
  4. Com populismo e demagogia,
    muita mentira,verdade parece,
    mas em liberdade e democracia,
    o Povo tem o Governo que merece.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito acertado, Sr. Cravinho!
      O seus comentários são, em meu entender, muito acertados.Talvez isso tenha a ver com o facto de eu, à semelhança do Sr,, tenha vivido na Holanda.
      Essa minha estadia foi bastante longa - 20 anos - e modificou totalmente a minha forma de ver as coisas. Democracia razoávelmente bem aproveitada e em nada comparável com esta pouca vergonha portuguesa chamada ''democracia''.
      Com todos os seus defeitos também, abençoada a Holanda que tanto me ensinou!

      Eliminar
  5. BASTAVA O POVO SABER COMO SE VOTA CONTRA OS PARTIDOS CORRUPTOS E PORTUGAL SERIA LIMPO DA CORRUPÇÃO. VOTEM EM PARTIDOS SEM ASSENTO PARLAMENTAR SÓ ISSO TEM VALOR E PUNE OS PARTIDOS CORRUPTOS. Nos paises menos corruptos do mundo a democracia funciona porque as pessoas sabem votar e usam o voto, 90% votam... aqui só temos eleitores ignorantes por isso quem não funciona são os eleitores e não a democracia.
    A abstenção afinal obtém um resultado contrário, ao que pretendem os abstencionistas
    Por isso, o que me chateia na vossa abstenção é a falta de colaboração num trabalho importante. Não é uma questão de direitos ou deveres cívicos em abstracto. O problema é concreto. Temos uma tarefa difícil, da qual depende o nosso futuro, e vocês ficam encostados sem fazer nada.
    Isto tem consequências graves para a democracia. Quando a maioria não quer saber das propostas dos partidos, está-se nas tintas para o desempenho dos candidatos e nem se importa se cumprem os programas ou não, o melhor que os partidos podem fazer para conquistar votos é dar espectáculo. Insultarem-se para aparecerem mais tempo na televisão mentirem para agradar. Vocês dizem que se abstêm porque a política é uma palhaçada mas a política é uma palhaçada porque vocês não votam. Vocês não exercem o vosso dever de votar contra quem faz mal ao país. O vosso de dever e direito de punir os que lesam o país nas urnas.
    A culpa é vossa porque não é preciso muita gente votar em palhaços para os palhaços ganharem. Basta que a maioria não vote.. Basta abanar o pano da cor certa e, se mais ninguém vota, eles ficam na maioria. Mas se vocês colaborassem e se dessem ao trabalho de avaliar as propostas, julgar e punir os partidos que há 40 anos destroem o teu país, se os responsabilizassem pelas promessas que fazem e votassem contra os que mentiram, deixava de haver palhaços, interesseiros e imbecis na política.
    MAIS ARTIGOS SOBRE CIDADANIA E EDUCAÇÃO CIVICA, NESTE LINK, APRENDA A VIVER EM DEMOCRACIA SE QUER QUE ELA FUNCIONE::.. INFORME-SE VEJA ESTE LINK
    http://apodrecetuga.blogspot.pt/2015/10/percebam-que-abstencao-afinal-obtem-um.html#.WM_ogfmLTIU

    ResponderEliminar