07 setembro, 2018

ELEITORES NÃO ENTENDEM QUE TÊM QUE IR ÁS URNAS PARA EXPULSAR OS MAIS CORRUPTOS DO PODER


Má notícia: corrupção não conta na hora do voto. Eleitores não avaliam entre os mais e menos corruptos. Saiba por quê

diante de candidatos corruptos, os eleitores se sentiam menos motivados para comparecer às urnasPesquisas apontam que a corrupção pode impactar negativamente o comparecimento às urnas, mas costuma não ser considerada na decisão do voto ou seja o eleitor não sabe o que deve fazer para votar contra a corrupção e então deixa de votar ou anula o voto, portanto não vota contra os mais corruptos e não pune a corrupção.

PROTESTO CONTRA A CORRUPÇÃO: 29% dos eleitores apontaram o fato de todos os candidatos serem corruptos como razão para anular o voto

O problema é que, diferentemente do que se poderia imaginar, a corrupção não leva os eleitores às urnas para mudar o quadro de políticos eleitos ou tirar os corruptos do poder —estudos apontam que, na verdade, a corrupção não é nem
CORRUPÇÃO , ABSTENÇÃO, VOTOS BRANCOS NULOS
levada em conta na hora de votar.

Impacto no comparecimento

Dois pesquisadores das universidades da Califórnia e de Pittsburgh, nos Estados Unidos, se uniram para mostrar que a indignação com a corrupção impacta negativamente o comparecimento às urnas. Miguel Carreras e Sofia Vera incluíram uma pergunta experimental em uma pesquisa de opinião nacional na Colômbia, conduzida entre agosto e outubro de 2016, para avaliar o impacto da corrupção na participação eleitoral. Eles decidiram realizar o experimento na Colômbia por ser um país com níveis altos de corrupção —segundo o AmericasBarometer, 80% dos colombianos afirmaram, em 2012, que a corrupção era “muito generalizada” em seu país.


Na pergunta, os pesquisadores alternavam os registros variados de corrupção de um candidato hipotético concorrendo para o Congresso. A conclusão foi que, diante de candidatos corruptos, os eleitores se sentiam menos motivados para comparecer às urnas, e não em votar em alguém honesto (ou menos corrupto).

No Brasil, onde o voto é obrigatório, dados da pesquisa da CNI reforçam essa tese em relação ao índice de brancos e nulos: 29% dos eleitores apontaram o fato de todos os candidatos serem corruptos como razão para anular o voto.
Uma pesquisa de Nara Pavão, professora do Departamento de Ciência Política da Universidade Federal de Pernambuco, mostra um cenário ainda mais desalentador: quanto maior a corrupção em um país, menor o peso que ela tem como fator para a escolha do voto. Por isso, governantes corruptos sobrevivem nas democracias e não são punidos nas urnas.

“Existia uma expectativa teórica de que a democracia traria governos menos corruptos, porque, entre outras coisas, a democracia traz a possibilidade de jogar o lixo fora”, explicou Nara em entrevista a EXAME. “Minha pesquisa olhou para 80 eleições ao redor do mundo, e o peso que os eleitores dão para a corrupção é muito pequeno. Mostra que era uma expectativa irrealista.”

A pesquisadora usou dados de dois levantamentos do projeto de pesquisa colaborativo Estudos Comparativos de Sistemas Eleitorais (CSES, na sigla em inglês), que conduz entrevistas pós-eleições em mais de 40 países. Uma das perguntas é sobre o grau de corrupção no país. Cruzando esta resposta com o resultado eleitoral, a pesquisadora conclui que a corrupção como fator determinante para a escolha do voto tem pouco peso ao redor do mundo. Mas esse peso é ainda menor nos países com mais corrupção.

Em um estudo posterior com americanos, Nara fez um experimento para manipular a percepção sobre a corrupção nos Estados Unidos. O resultado confirma o anterior: o grupo que passou a acreditar que os EUA tinham um alto índice de corrupção tornou-se mais tolerante à corrupção quando comparado ao outro grupo, que ouviu que o país possuía baixos níveis de corrupção.
voto lei eleitoral, corrupção portugal

A corrupção como parte do sistema

Nara argumenta que o eleitor percebe a corrupção de forma diferente do que outros temas eleitorais. Na hora de avaliar um candidato em busca de reeleição por suas propostas econômicas, por exemplo, há elementos concretos que podem ser considerados: a inflação, a taxa de desemprego, o poder de compra. Com a corrupção, não é possível fazer esse tipo de avaliação, já que ela não é uma política pública, mas sim parte da forma de governar.

Há ainda outro agravante: em países como o Brasil, onde a corrupção é vista como parte —e não resultado— do sistema político, todos os candidatos são percebidos como “farinha do mesmo saco”. Ao não conseguir diferenciar os políticos corruptos dos não-corruptos, o eleitor deixa de considerar tanto o tema para definir seu voto.  Na pesquisa da CNI, 54% dos entrevistados concordaram com a frase: “se todos os candidatos são corruptos, então não faz diferença em quem eu voto”.

“A corrupção entra no cálculo do voto como qualquer assunto eleitoral, mas ela é um problema muito diferente. Por ser uma forma de governar, as pessoas olham com certo ceticismo. Elas não acreditam que os políticos sejam capazes de resolvê-la ou mesmo que fariam algo para mudar uma prática que os beneficia, por mais que a corrupção seja vista como um grande problema”, explica Nara.

É o que ajuda a explicar o “rouba, mas faz”, eternizado por Paulo Maluf. É também o que explica, em partes, os 39% do eleitorado que declaram voto em um candidato preso desde abril por corrupção passiva. Ou o que faz Aécio Neves, réu na Lava-Jato, confiar que será o deputado mais votado em Minas Gerais. A atitude dos eleitores, infelizmente, não é ilógica. Apenas segue a lógica política.


VEJA AINDA ESTES VÍDEOS SOBRE  LEI ELEITORAL, A LEI DA VALIDADE DO VOTO, O MÉTODO DE HONDT, OS EFEITOS NEGATIVOS DA ABSTENÇÃO...  A FALTA DEMOCRACIA DEVIDO À FALTA DE ELEITORES ACTIVOS. ( Clique na imagem para ver cada video à sua escolha, e seja um eleitor cívico informado e eficaz para o bem de todos nós e do país)

1

Deixamos destruir Portugal com Bipartidarismo e abstenção
Zita Paiva


Pessoas cultas e confiantes votam e eles não querem isso.
Zita Paiva


Abstenção sustenta o arco da governação /corrupção.
Zita Paiva

Eleitores com hábitos de corte, não sabem usar a democracia (Álvaro Beleza)
Zita Paiva

A democracia precisa de vigilância. Acordem! (Luís de Matos)


Só quando o povo der o "coice violento" nos corruptos, é que isto muda. Votar contra


PDR quer democracia direta/ participativa e nova lei eleitoral



Pedagogia para eleitores lúcidos. Clubismo e eleições.


Corruptos são eleitos pelo povo. Não por golpe de estado!
Zita Paiva


Suiça o milagre da democracia direta dos eleitores ativos
Zita Paiva



General desafia civis a cumprir o dever de votar, proteger o país da corrupção(Loureiro dos Santos)
Zita Paiva



Método de Hondt: onde entra a abstenção? Nulos e brancos?


Vota contra corrupção, NÃO TE ABSTENHAS, PORQUE AS ELEIÇÕES SÃO SEMPRE VÁLIDAS


Marinho Pinto: os nossos políticos, eram varridos para o lixo, pelos nórdicos

8 comentários :

  1. copia cola google
    171115-O GRANDE LOGRO-pir-ifc

    ResponderEliminar
  2. ESTE SISTEMA É CRIMINOSO - QUEM QUER MUDAR?
    *
    Precisamos de Debate Permanente e Abrangente, em cada Lugar com cada Cidadão pela Educação Cívica e Cidadania Participativa.
    *
    VOTAR EM QUÊ? - VOTAR EM QUEM?

    *
    SÓ OS CRIMINOSOS CHEGAM ÀS LISTAS DE CANDIDATOS.
    SÓ OS CRIMINOSOS CHEGAM AO POLEIRO.

    **
    A IGNORÂNCIA É A CAUSA DE TODOS OS MALES

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o sr não sabe ler e por isso continua a fazer o mesmo erro que se repete há 40 anos, a ignorancia tem dado optimos resultados aos corruptos e pessimos para o país e o sr nem ler sabe e nem percebeu o texto que comentou, se o sistema está mal a forma de o mudar é votar contra os que mantem este sistema e não o deixam mudar, é assim que funciona a democracia mas o sr tal como a maioria dos tugas, não sabe nem quer saber nem sabe ler, e continuaremos a viver na idade das cavernas no que toca à democracia e cidadania. INFELIZMENTE A IGNORANCIA DOS ELEITORES É A MELHOR ARMA DOS CORRUPTOS

      Eliminar
  3. Por favor...indique-me onde estão os políticos honestos para que eu passa ir votar neles.Obrigado.

    ResponderEliminar
  4. Por favor:-indique onde estão os políticos honestos para que eu possa votar neles. Obrigado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. https://verdade-rigor-honestidade-diferente.blogspot.com/2017/06/as-r220617-evolucoes-do-futuro-ifc-pir.html

      Eliminar
  5. Alguns estão tão obcecados com a corrupção e a moda que não conseguem ver mais nada! Para esses eu digo:
    "O que mais me preocupa não é o grito dos violentos, dos desonestos, dos corruptos ou dos sem ética, o que mais me preocupa é o silêncio dos bons"
    (Luther King)

    Os grandes problema atuais são o silêncio dos bons, a falta de transparência e o "circo" de que o povo tanto gosta!

    ResponderEliminar