31 julho, 2014

Canal do Youtube que denuncia a corrupção e alerta para a cidadania activa.


NESTE CANAL DE VIDEOS, PODE FICAR A CONHECER ALGUNS DOS MAIS GRAVES ESCÂNDALOS DE CORRUPÇÃO E ABUSO DE POLÍTICOS, EM PORTUGAL.
Basta escolher em baixo a lista do tema que mais lhe interessa e ir vendo os vídeos, nem que seja um por dia.
É importante partilhar para que cada vez mais pessoas saibam. Nunca se esqueça que a ignorância do povo é a melhor arma dos corruptos. Por isso ajude a partilhar e subscreva o canal, Portugal agradece. Em baixo encontra as várias listas de reprodução sobre temas específicos, basta clicar na faixa dos vídeos ou no nome da lista e será encaminhado para essa mesma lista de vídeos. Neste outro link  será direccionado para a página principal do canal.





























5 comentários :

  1. Infelizmente quem consome os fardos de palha que lhes são atirados vêem conteudos televisivos que premeiam a passividade cerebral. Atirem-lhes rebuçados e entretenham-nos ...

    Em todo o caso bom trabalho no blog :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. TEMOS OS POLITICOS QUE MERECEMOS SOMOS NÓS QUE OS MOLDAMOS
      UM POVO QUE NÃO VOTA NEM SABE USAR O VOTO JAMAIS SERÁ REPRESENTADO, TEMIDO OU SEQUER RESPEITADO E JAMAIS SABOREARÁ AS VANTAGENS DA DEMOCRACIA...
      Em Portugal vence sempre a abstenção e a ignorância e os corruptos.
      O povo não sabe que o voto não serve apenas para votar a favor dos que mais se apoiam, serve também para votar contra os que mais roubam e mentem.
      O critério decisivo da democracia é a possibilidade de votar contra os partidos que há 40 anos destroem o país
      Karl Popper, sobre democracia, responsabilidade e liberdade.
      (…)
      Inicialmente, em Atenas, a democracia foi uma tentativa de não deixar chegar ao poder déspotas, ditadores, tiranos. Esse aspecto é essencial. Não se tratava, pois, de poder popular, mas de controlo popular. O critério decisivo da democracia é – e já era assim em Atenas – a possibilidade de votar contra pessoas, e não a possibilidade de votar a favor de pessoas.
      Foi o que se fez em Atenas com o ostracismo. (…)
      Desde o início que o problema da democracia foi o de encontrar uma via que não permitisse a
      ninguém tornar-se demasiado poderoso. E esse continua a ser o problema da democracia. (…)

      ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2015/09/o-criterio-decisivo-da-democracia-e.html#ixzz3qcV7Aoi8

      Eliminar
  2. Por tudo o que sei agora e com o vosso contributo, percebo a existência cultural da fuga aos impostos. Sempre me foi ensinado que eram necessários para o desenvolvimento da nação e surpreendido, não acredito mais nisso. Não os pagamos em conformidade com o que temos. Pagamos sim, para alimentar uma corja de bandidos saqueadores. Fica fácil perceber onde foram parar os milhões de euros recebidos dos fundos europeus e o estado em que a nação ficou. Praticasse a máxima: "quem parte e reparte e não fica com a maior parte ou é burro ou não tem arte", e esta é a lição tirada dos governantes por nós escolhidos. Faltam-nos guerras para ganhar coragem e perder o medo pois sem ela, morreremos de passividade doentia.
    Parabéns pela coragem e por usarem a democracia a favor do povo que é a nação. Fica assim feita a homenagem àqueles que por ela deram as vidas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Corrupção no contexto do poder público é eles serem pagos/subornados com 20 milhões para lesarem o país e os contribuintes, em 70 mil milhões. Um crime hediondo cobarde e sem risco porque os lesados geralmente estão fora do negócio. Tudo se passa entre corrupto e corruptor.

      Eliminar