29 setembro, 2013

Mais reformados de luxo e precoces para sustentarmos...



Há realmente quem viva acima das nossas possibilidades... Há também certamente, quem receba muito acima do que descontou, e esses serão sempre os reformados precoces, bafejados por tachos com privilégios exclusivos, que eles próprios fabricam para cada classe e tacho... privilégios que permitem que ao fim de alguns anos de descontos, possam optar por viver regaladamente do parasitismo, durante 20, 30 ou mais anos, penalizando aqueles que são obrigados a trabalhar e a descontar até aos 65 anos.

"Ex-chefe da ASAE reforma-se aos 59 anos
O ex-inspetor-geral da ASAE, António Nunes, o deputado socialista José Junqueiro e o ex-ministro dos Negócios Estrangeiro António Martins da Cruz passam à condição de reformados a partir de maio. No total, são mais de 1500 funcionários públicos que saem do Estado no próximo mês, segundo a lista publicada ontem pela Caixa Geral de Aposentações (CGA).
O polémico dirigente da ASAE, de 59 anos, já tinha anunciado que tinha entregado os papéis para a reforma, mas só agora é que a CGA validou a sua aposentação, com uma pensão de 3652,30 euros por mês.
José Junqueiro, reeleito pelo Partido Socialista para a Assembleia da República nas últimas eleições de 2011 e candidato dos socialistas à câmara de Viseu, também se reformou com 2470 euros. O deputado, de 59 anos, é também professor na Universidade de Aveiro.
O embaixador e ex-ministro dos Negócios Estrangeiro António Martins da Cruz, 67 anos, também integra a lista dos aposentados de maio, com uma pensão de 3844,69 euros mensais. No total, incluindo funcionários das empresas públicas, reformam-se a partir de maio mais 1534 profissionais, entre administrativos, técnicos superiores, militares e juízes. A pensão mais elevada da listagem vai para o vice-presidente do Supremo Tribunal Administrativo, com uma reforma de 5516 euros.
Da lista, destacam-se as saídas no Ministério da Saúde, que vai perder 358 profissionais, e no Ministério da Educação, com menos 321 pessoas."  CM.

Mais privilégios fabricados à medida, para elitistas 
  1. Subvenções vitalícias dos políticos, duplicam aos 60 anos
  2. Marinho Pinto denuncia como se reforma quem faz a lei
  3. Lista dos reformados de luxo da justiça
  4. A injustiça da lei dos injustos
  5. depois disto, que mais podemos esperar da justiça?
  6. Denuncia ainda nepotismo da Ministra da Justiça.
  7. Portugal no top 3 das desigualdades-
  8. Ex-ministério da Justiça com crédito de luxo.
  9. Justiça para ricos e pobres?
  10. Justiça só para estúpidos?
  11. Desigualdades na morte
  12. As elites da CGD
  13. Desigualdades na saúde
  14. Lei à medida das necessidades
  15. Lei do financiamento dos partidos
  16. Mudar a lei para facilitar o saque?
  17. Mudar a lei para fazer swaps?
  18. ERSE a lutar pelos seus privilégios

11 comentários :

  1. Portugal é hoje um imenso lodaçal e um terceiro mundo imundo de que dificilmente, ou nunca sairemos, com esta classe politica corrupta e incompetente.

    Lembremo-nos que mais de 50% dos portugueses (famílias com filhos) vivem hoje com menos de 600 euros. Milhares de crianças passam fome e os mais idosos com pensões indignas e miseráveis, não têm dinheiro nem para comida e menos para medicamentos.

    Aos que ainda falam de "barriga cheia" e apenas olham para o seu umbigo, e permitem este ignóbil estado da nação, eu direi que chegará também o vosso dia.. mas nessa altura será demasiado tarde!

    FGonçalves “in” 29Sept2013

    http://www.ionline.pt/artigos/dinheiro/pobreza-tres-milhoes-vivem-menos-500-eurosmes

    ResponderEliminar
  2. Excelente documentário no jornal o Publico de 29/9 intitulado '' Na ilha de onde não se pode saír'' , sobre as extremas situações de pobreza na cidade do Porto.
    Talvez a leitura desse testemunho ajude alguns cépticos a refletir um pouco mais e a pôr as ideias e prioridades em dia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não consegui encontrar...

      Eliminar
    2. Se consultar o Publico de hoje encontrará logo a seguir à secçao Opinião o secção de Portugal - Especiais. Nesta última (lado direito) poderá ver a foto da cara incompleta de uma mulher com expressão triste e desgastada. Esse é o documentário que referi e que ainda poderá ser lido.
      Espero que o encontre.

      Eliminar
    3. Conseguiu encontrar essa reportagem (SOS zona pobre) ''na ilha donde não se pode saír'' ?

      Eliminar
    4. Que pena....

      Eliminar
  3. Conforme definido por Gonzalo Fernández de la Mora, "a partidocracia é uma forma de Estado na qual as oligarquias partidárias assumem a soberania efectiva"

    ResponderEliminar
  4. É urgente a moralização e a reposição da justiça, mas com novos juízes, porque os actuais já estão infectados.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E os que vierem padecerão do mesmo mal... é preciso acordar o povo o único que pode e deve exigir justiça.

      Eliminar
  5. porra, a asae abriu relativamente à pouco tempo e esse palerma já se reformou da asae com 3600 euros, não admira que o pais nao tenha futuro.

    O pais so la vai se o que foi roubado for devolvido, e como nao fazem isso...

    ResponderEliminar